Fórum do Búfalo

Versão Completa: Relato sinistro
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3
Este relato foi retirado do HR:

Citar:Trazido por Lobo Mau
quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Aí galera, hoje estou remexendo o fundo do baú e lembrei desse relato sinistro que espantou muita gente na época que foi postado, alguns membros mais antigos talvez se lembrem dele:

"Experiências que geram traumas... permanentes.

vou começar..... depois postem as suas.... vamos discutir...


Um dia, fui dar uma chegadinha no serviço da minha ex-esposa (a que morei junto lá em gyn), um dia como quem não quer nada, nessa época a gente tinha 4 meses que estávamos morando juntos...

Fui lá normal... porque tinha saído mais cedo do serviço e ia pra casa... sei que cheguei no consultório, pra falar com ela.. avisar de boa... como sempre fiz...

Quando cheguei lá... bem devagarzinho... a porta tava fechada... achei estranho... naquele horário às 4 da tarde... estranho... quando fiquei... lá esperando pra poder ver se ela chegava... e nada.... tinha mais ou menos... uns 20 minutos.... comecei ouvir uns barulhos estranhos... tipo barulho de batendo nas coisas... sei lá dentro do consultório... estranhei.. pq comecei a ouvir um gemido... estranho.... fui olhar pela fresta da janela... lá estava.. minha esposa fazendo (cachorrinho) com o dentista (irmão do marido falecido dela)... cara como chorei..... segurei pra não gritar pra não falar... como sofri... quase desmaiei. Engraçado que a coisa tava tão boa... que ... nem notaram que eu tava olhando pela fresta da janela... e vi tudo... e eles foram até o fim (literalmente)... como chorei ao ver aquilo... (antes não era inseguro) e ela dizia todo dia que me amava e talz... que estava comigo e só estava comigo porque gostava de mim... cara fiquei com tanta raiva naquele dia... mas meu medo de perder ela era muito grande... não sei... se me impressionava com a beleza dela... não sei...

Sei que naquele mesmo dia... fui embora... pra casa (nossa casa), e até a mãe dela estranhou meu jeito entrando calado lá .. porque fiz força pra não falar um monte pra ela... sei lá .... deu 6 horas e subi... lá ... pra pegar ela no consultório pra gente ir pro colégio... (estudávamos na mesma sala na época)... como quem não queria nada perguntei.. E aí como foi seu dia de trabalho... e ela na cara mais lerda do mundo... disse ..nossa... foi corridíssimo.. estou muuuuuuuiiiiito cansada... e blá blá blá... e eu ainda falei... com o coração na mão... nossa então quando chegar em casa... vou fazer um negócio legal e talz... nesse dia terminamos a aula normal... quando cheguei... em casa... na hora do vamos ver... parece que no final da aula... tava ruim... não tava conseguindo disfarçar... a decepção... (mas meu medo de perder ela era maior) e aí...

Acho que ela também queria disfarçar... o que tinha feito naquela tarde... disse que queria fazer comigo... e eu... fiquei assim... com medo... e aí... quando fomos começar... ela quis sentar no meu colo... e aí... sei que na hora... começou a descer.. aquele negócio (não precisa falar neh...vcs sabem... esperma) e desceu muito... que chegou a molhar o colchão... nosso colchão... !!!! Fiquei indignado com aquilo... mas me segurei... ainda com cara de quem não acreditou perguntei... e ela na cara mais limpa do mundo disse que era tesão... que tava sentindo... e eu falei... vamos deixar pra depois... tá????? e passei a noite toda chorando...

Depois disso... mudei completamente... deixei de ser seguro de mim... passei a ser bem inseguro... e é uma coisa que é difícil pra mim superar. Isso já tem quase 9 anos. Sei que é um trauma... não consegui superar... acho que talvez eu não tenha dado certo com ninguém por causa disso... pq não consigo confiar... gosto muito... mas meus namoros acabam... porque não consigo superar isso... foi muita humilhação pra mim... acho que pra qualquer homem..."
http://forum.homensrealistas.info/viewto...=46&t=3052

Veja a gravidade da situação ñ foi só ela ter transado com outro cara, mas a porra do outro escorrendo das pernas dela sujando todo o seu colchão...
PQP!
Além de trair, a vadia não usava preservativo. Preferia se expor à possibilidade de contrair uma DST e de passá-la para o marido, não teve sequer a consideração de lavar a própria vulva e ainda teve a cara de pau de dizer que o esperma do outro escorrendo de dentro dela era excesso de lubrificação natural por estar com tesão.
Eu lembro desse relato. Também postaram no antigo Forum do SK...
Foi um dos relatos mais absurdos e chocantes que eu já li, mas mesmo assim, acredito que aconteçam coisas muito piores por aí...
É humilhação demais! PQP!
Fico pensando se esse relato é verídico msm, mt bizarro!
Chegou a doer até mim. Uma vagabunda desse nivel merecia ser atropelada ao atravessar um cruzamento.
(30-04-2012, 04:49 PM)barão_kageyama Escreveu: [ -> ]Fico pensando se esse relato é verídico msm, mt bizarro!

Cara eu também pensei que poderia ser fake, mas vindo do mundo vaginante, é mais lógico até por um pouco de fé no relato do rapaz.

Acredito sim que isso é verídico e deve acontecer fatos parecidos constantemente se duvidar nesse mundo vaginante.
Se tem cara que fica excitado vendo outro comer sua mulher, esse tipo de coisa ai é pouco!
Lembro de um vídeo caseiro que vi uma vez duma vadia reclamando que não queria dar o cu pq tinha que dar o cu pro marido mais tarde e ele ia notar se tivesse frouxe demais.
Traição de mulher é de longe pior que a de homem.
Não acredito que seja fake não, já ouvi até histórias piores do que essa, mas não acho válido ficar aqui contando diversas histórias tristes de derrotas amorosas, isso não leva a nada, ao mesmo tempo, sinto uma vontade inexplicável de tentar entender as ações desse sujeito.

Por que ele usa tanta reticências(...) no texto?
Por que ele não entrou no consultório ou bateu na porta pelo ao menos?
Por que ele quis trepar com a vadia depois?
Por que um cara frio como ele, a ponto de se segurar para não explodir de raiva, não conseguiu lidar com uma situação como essas?

Na minha opinião, esse cara gostou de ver a mulher dele trepando com outro cara, só que ele tem medo de admitir isso para ele mesmo, é o mesmo caso de um gay que nasce em uma família cristã, ele reluta em aceitar seus sentimentos, até o dia que alguém joga na cara dele a realidade dos fatos, deve ser foda... eu não queria esta na pele dele.

Posso arriscar dizer que toda a cadeia de acontecimentos ocorrido, inclusive a própria traição da sua mulher, foi devido a um desejo inconsciente dele, isso explicaria o fato dele "misteriosamente" não ter percebido nenhum indício anterior a esse acontecimento.

Todo esse sofrimento, acabaria se ele aceitasse naturalmente sua condição, assim como faz o Pragakram, se você gosta dessa orgia, então pare de tentar ser um cara "monogâmico tradicional", lembrando que nenhuma condição é imutável, pode ser que hoje em dia ele tenha outro tipo de pensamento ou desejos.







Terrível, mas depois disso tudo ele ainda disse ter medo de perdê-la... aí eu comecei a rir da desgraça dele. O cara viu litros de esperma do alfa descendo pela vagina da mulher... deve ter sido uma foda dada com tesão.

Numa situação traumatizante dessas só resta é sair fora.
O que esse sentimento de perda não faz?! a falta de amor-próprio, insegurança, e o medo da perda fazem o o homem se sujeitar a tais condições. O cara devia ter derrubado a porta e desmascarado a vadia logo de começo, ele sofreria uma vez só, a culpa e dele por aturar tudo isso.

Fúria

Lembro desse relato também, tenebroso demais!
Já conhecia também. É sinistro, porém muito possível nesse mundo de hoje. tanto é que quando postaram esse lembraram de um outro igualmente nojento, que a mina chupou o pau de um cara dentro de um carro, chegou na casa do corno e menos de 5 minutos depois de tomar uma esporrada na boca, beijou a boca do cornuto sem ele nem desconfiar que estava literalmente pegando PORRA ALHEIA.

E o Jornal da Real de ontem, falando das mulheres que 60% chegam no médico com queixa de candidíase... que chegavam da balada, ou davam muito a ostra gratinada bêbadas e se mijavam e nem limpavam, causando assim infecção? As mulheres estão cada vez mais nojentas e não é só no caráter! Todo cuidado é pouco.
Acredito na vericidade do texto. È realmente ruim a situação do cara,e acho que compreendo por que ele se segurou esse tempo todo, talvez isso seja pelo fato dele ter se segurado pra não discutir com ela,e,se brigassem,era capaz dele acabar por brigar com ela,manchando a reputação com a familia dela e se ferrando judicialmente também. Muita gente faz isso hoje em dia,e isso não é tão incomum quanto parece.

Como já disseram antes,cuidado é vital nos dias de hoje.
Em um futuro não muito distante, essa será a atitude padrão do homem casado, se fingir de morto.
Ela vai chegar bêbada em casa depois de ter trepado com uns cinco e jogar toda porra deles na cama do casal. Ele vai ficar calado.
Ou ele finge que não sabe das safadezas dela, ou ela destroi judicialmente, economicamente, socialmente, moralmente, etc... a vida do marido.
O marido terá que fazer de conta que não viu.

O mundo caminha para isso.

Será que estou sendo muito pessimista?
Não sei. Depois de ler o outro tópico sobre a nossa "presidente" (me nego a chamá-la de outra forma) em que ela mudou até a gramática por decreto feminazi, acho que estamos indo por esse caminho.

Estou sendo pessimista?
(01-05-2012, 08:03 PM)Golgo 13 Escreveu: [ -> ]isso dai me parece improvável demais reune alguns elementos bastante incomuns

ex esposa

traição com dentista

porra que vaza do buraco X horas depois


parece copy paste de algum conto erotico de corno adaptado pra ''relato''



alias qual é a lógica desse infeliz ai do relato ??

mulher da a bunda pro cara .. oh nao vou perdoar amo ela e tal

porra do cara vaza do buraco .. nao a amo mais acordei pra vida


wtf





na realidade o proprio Búfalo pareceu esquisito em alguns momentos dizendo que não existe bem e mal

http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=1220


e

http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=1167

Entendeu tudo errado. O tópico q eu publiquei (q foi escrito e publicado pelo Batman, um dos administradores do HR) ñ diz q ñ existe o bem e o mal, mto pelo contrário, ele vai dizer q atitudes erradas devem ser criticadas e devidamente punidas, mas q as pessoas ñ devem ser demonizadas e "extrair do bem do mal" como disse o Nessahan. Leia com mais atenção.

O outro tópico, vc ñ vê nada de esquisito nas declaraçoes do Bolsonaro sobre a prostituição? Abra o olho, ñ é pq ele se destaca no combate ao gayzismo e q ele está certo em tudo, o João Campos tb se destacou na luta contra o gayzismo (estava admirando a postura dele como deputado) e pretende implantar o feminazismo sueco, quem ñ garante q o Bolsonaro (até por suas declarações, veja suas declarações no Superpop) ñ está junto com o Joao Campos?
(02-05-2012, 12:19 AM)Navarre Escreveu: [ -> ]Em um futuro não muito distante, essa será a atitude padrão do homem casado, se fingir de morto.
Ela vai chegar bêbada em casa depois de ter trepado com uns cinco e jogar toda porra deles na cama do casal. Ele vai ficar calado.
Ou ele finge que não sabe das safadezas dela, ou ela destroi judicialmente, economicamente, socialmente, moralmente, etc... a vida do marido.
O marido terá que fazer de conta que não viu.

O mundo caminha para isso.

Será que estou sendo muito pessimista?
Não sei. Depois de ler o outro tópico sobre a nossa "presidente" (me nego a chamá-la de outra forma) em que ela mudou até a gramática por decreto feminazi, acho que estamos indo por esse caminho.

Estou sendo pessimista?

Você só esqueceu de dizer que ela vai encher o cara de porrada e tudo estará justificado por causa do revanchismo em relação à opressão machista.

Eu só consegui ler o que estava em negrito... não sabia se ria ou se chorava!
Esquisito.....se o cara era louco por ela, dificilmente, ia ver a cena e ficar de boa, sem perder a razão e fazer uma merda mto grande.
Duvidar que a mulher seria capaz de tal absurdo, eu nao duvido, pois tenho visto dia a dia coisas do nível. Mas...vá saber...
(02-05-2012, 09:54 AM)Gekko Escreveu: [ -> ]
(02-05-2012, 12:19 AM)Navarre Escreveu: [ -> ]Em um futuro não muito distante, essa será a atitude padrão do homem casado, se fingir de morto.
Ela vai chegar bêbada em casa depois de ter trepado com uns cinco e jogar toda porra deles na cama do casal. Ele vai ficar calado.
Ou ele finge que não sabe das safadezas dela, ou ela destroi judicialmente, economicamente, socialmente, moralmente, etc... a vida do marido.
O marido terá que fazer de conta que não viu.

O mundo caminha para isso.

Será que estou sendo muito pessimista?
Não sei. Depois de ler o outro tópico sobre a nossa "presidente" (me nego a chamá-la de outra forma) em que ela mudou até a gramática por decreto feminazi, acho que estamos indo por esse caminho.

Estou sendo pessimista?

Você só esqueceu de dizer que ela vai encher o cara de porrada e tudo estará justificado por causa do revanchismo em relação à opressão machista.


Realmente, após ler esse relato e o outro sobre a Dilma, é normal que todos fiquemos apreensivos em relação ao futuro, porém... vamos ser sensatos, esposas infiéis e maridos bobalhões nunca foram novidades e espanto para ninguém.

"-Mas Capitão, isso vem crescendo a cada ano..."
Quem disse?
Antigamente não existia internet e o simples fato de contar isso a alguém, seria o mesmo que dar um tiro no pé.

Só lembrando que o erro da Dilma, é uma débil, mas útil tática para ganhar mais popularidade(de verdade) e não tem nada haver com mulheres infiéis, fluidos corporais, cornos conformados, contos eróticos e o "futuro apocalítico de mulheres bombadas que dão porrada nos maridos".

Na minha opinião, seria mais fácil o casamento acabar de vez, no lugar dele talvez entraria outra instituição, com outro nome, bem diferente do que agente conhece hoje em dia, mas isso é claro em uma visão beeeem pessimista.
(01-05-2012, 02:43 AM)Capitão Escreveu: [ -> ]Não acredito que seja fake não, já ouvi até histórias piores do que essa, mas não acho válido ficar aqui contando diversas histórias tristes de derrotas amorosas, isso não leva a nada, ao mesmo tempo, sinto uma vontade inexplicável de tentar entender as ações desse sujeito.

Por que ele usa tanta reticências(...) no texto?
Por que ele não entrou no consultório ou bateu na porta pelo ao menos?
Por que ele quis trepar com a vadia depois?
Por que um cara frio como ele, a ponto de se segurar para não explodir de raiva, não conseguiu lidar com uma situação como essas?

Na minha opinião, esse cara gostou de ver a mulher dele trepando com outro cara, só que ele tem medo de admitir isso para ele mesmo, é o mesmo caso de um gay que nasce em uma família cristã, ele reluta em aceitar seus sentimentos, até o dia que alguém joga na cara dele a realidade dos fatos, deve ser foda... eu não queria esta na pele dele.

Posso arriscar dizer que toda a cadeia de acontecimentos ocorrido, inclusive a própria traição da sua mulher, foi devido a um desejo inconsciente dele, isso explicaria o fato dele "misteriosamente" não ter percebido nenhum indício anterior a esse acontecimento.

Todo esse sofrimento, acabaria se ele aceitasse naturalmente sua condição, assim como faz o Pragakram, se você gosta dessa orgia, então pare de tentar ser um cara "monogâmico tradicional", lembrando que nenhuma condição é imutável, pode ser que hoje em dia ele tenha outro tipo de pensamento ou desejos.

Acho q o Capitão está certo: no fundo ele gostou de ver a sua mulher com outro. O q ele ñ gostou foi de ver a porra do outro sujar o cochão.
Páginas: 1 2 3