Fórum do Búfalo

Versão Completa: Funcionária querendo dar para mim. Comer ou não comer?!
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3
Criei esse tópico só pra contar que estou prestando um serviço autônomo à uma empresa, e, tem uma funcionaria do setor no qual estou alocado para trabalhar, que está apaixonada por mim.

Vejam só:

Desde o 1º dia meu de serviço lá, ela não parou de me olhar, comentava de minha pessoa para as suas colegas de serviço, queria saber se eu tinha namorada, etc....

Enquanto isso eu estava concentrado no meu ofício, e agi com indiferença. Mesmo depois de saber pelos outros, que a mulher me achou maravilhoso e está afim de minha pessoa.

Com a minha indiferença, deixou a mulher mais louca. Passou a se insinuar mais.

No almoço ela senta perto de mim pra ficar me olhando. Engraçado que ela não vem conversar comigo, parece que tem medo.

Ela tem o perfil de mulher tímida e insegura.

Tudo isso em dois dias de trabalho lá.

Hoje foi o terceiro e deixa eu descrever para vocês.

Cheguei no setor, dei bom dia para todos, e olhei no fundo dos olhos da mulher e dei um bom dia bem viril. Ela se perdeu. Sorriu, gaguejou e retribuiu o Bom Dia.

Depois disso, fui ao meu local de serviço e comecei a meter a real no trampo. Trabalhava honradamente, e ela começa a ficar andando pela sala, passando próximo à minha mesa para se insinuar e me "secar".

Enfim. O papo é esse.

Sigo o lema honrado no qual diz:

Citar:
" Onde se ganha o PÃO, não se come a CARNE. "


Porém, essa mulher está me deixando com ódio no pirú. Penso em dar um a ídeia na mulher, pegar seu telefone e marcar um encontro na surdina, pois sempre eu presto serviço para esta empresa, e se eu comer mulher de lá e cair na boca de alguem, a casa cai.

Eu prezo pelo sigilo e discrição. Quem come quieto come duzentas mil vezes.



Bom, e você?! O que faria no meu lugar?!

Pegava a mulher?!

Ou seguiria o lema honrado?!


Postem ai !
Lema honrado,sem pensar duas vezes.
Um emprego não vale uma buceta...mas dar pra pagar algumas.

Mulher caga e anda pra honra.

Se eu fosse tu, tentava marcar um encontro às escondidas.
Acredito q se vc marcar de sair com ela fora do ambiente de trabalho, não teria problema algum, contando que no ambiente de trabalho deixe bem claro pra ela q está lá para trabalhar honradamente e não pra outra coisa, assim mesmo como ja esta fazendo.


Eu penso que esse ditado se aplica mais em relacao as funcionarias subalternas, quase nada as colegas de trabalho. Ja mandei pica em varias, mas nunca me insinuei ou tentei nada com qualquer mulher que trabalhasse pra mim. Isso eu considero moralmente errado.

Um dia eu estava terminando umas coisas no escritorio sabado de manha, e essa colega de trabalho descobriu que eu estava trabalhando sozinho. Descobriu pela minha chefe, e ainda disse que ia la para me ver. Foi la tranquilamente eu mandei uma foda animal.
Minha chefe sabia, mas era mais velha e gostava muito de mim, eu fazia o meu trabalho bem e ela fingia que nao via nada, uma pessoa muito legal. Eu tambem nunca me importei com nada alem de fazer meu trabalho, se fosse pra me mandar embora nao iria ser por incompetencia.

Agora se vc esta numa posicao em que pode perder seu emprego, e vai ficar numa situacao de merda se isso acontecer, eu sugiro que vc nao execute essa lebre! Mas se vc nao sair prejudicado com isso, manda pica!

Tenho dito
Joe
Cara,sei que não sou o melhor cara para te dar conselho,mais,vamos la:

O ideal mesmo é não comer a bucetinha,Por que?
Simples,vai que vc saia com ela,coma ela e ela resolve dar uma de louca e fica te enchendo o saco em seu local de trabalho?
Vai que ela fique braba com vc e acabe queimando o seu filme com a empresa que te contratou,ja pensou perder dinheiro por causa de uma vadia? Pois é,isso acontece.As vezes vc acha que é só uma funcionaria de cargo mais baixo,e levantando a fundo ela influencia o chefe,que por azar pode ser um manginão,ou então ela pode ser amante de algum chefe da empresa que vc esta prestando serviço ou até do cara responsavel pelas contratações;ja pensou se da uma merda com ela,e a mesma começa a te queimar na empresa?
Existe o risco dela ser até casada(mulheres são mentirosas,vc sabe disso melhor que eu),e por azar aparece um corno enfurecido em seu local de trabalho,ja pensou?
O pessoal come as funcionarias por ai,o negocio virou uma zona mesmo,é um tal de chefe comendo funcionaria pra ca,pião comendo outra pra la,mulher subindo na vida abrindo as pernas,por isso que eu sou contra muita mulher trabalhando na empresa,em minha opinião deveria ter só no maximo uma secretaria,uma faxineira e na fabrica na linha de produção,pois onde tem muita mulher,o negocio vira muita bagunça;ja trabalhei em empresa grande e ja vi muita vadiagem nesse meio....
Eu não tenho coragem, os benefícios não compensam os riscos, mas... você já é adulto, sabe aonde esta pisando e tem trabalhos que a galera nem esquenta tanto, agora... se der merda, não vale ficar "putinho", vai ter que aceitar a pressão feito homem, porque ela com certeza não vai pensar duas vezes em pular fora e te deixar na mão(literalmente) se for preciso.

Amantes, amantes... negócios à parte...
É foda pois o homem trabalha tanto treinando, estudando, passando perrengue e quando a recompensa chega, ou seja, olhares e insinuações, temos que ficar pensando se vale a pena correr o risco ou não.

Se eu fosse você procurava sabe o tempo de empresa dela. Uma vantagem tua é que apesar de prestar serviço lá não fica lá todos os dias. Acho que aí pende mais pro lado de que vale sim comer.
Não come.

(1) Vc vai colocar seu emprego nas mãos dela;
(2) Alguém pode descobrir por acaso;
(3) Ela pode contar para alguém.

Como diz o Doutrina: "quem manda em você? você, seu pau ou as mulheres?". Você não deve comer só pq te ofereceram, vc não é necessitado. Um cara esperto é como um sniper, que escolhe bem seus alvos.
(19-07-2012, 10:07 PM)Mandrake Escreveu: [ -> ]Bom, e você?! O que faria no meu lugar?!

Pegava a mulher?!

Ou seguiria o lema honrado?!


Postem ai !

Para responder a sua pergunta é preciso levar em conta riscos x retorno. O único retorno aceitável dela é sexo. Já os riscos envolvidos são muito altos, pois o que está em risco é o seu emprego, a sua carreira. Nao vale a pena clocar todo o seu esforço fora por causa de uma mulher. Uma vagina não vale mais do que o seu desenvolvimento pessoal. Então já dá pra saber a minha resposta: eu NÃO pegava. Mas como você já disse, você está há um tempo na Real, muito mais tempo do que eu, então deve saber o que faz.

Força e Honra!
O seu emprego fale mais ,mas se você comer e ela gostar vai te perturbar no serviço e tu sabe disso ,mantenha o serviço .
Lembro q o Doutrina falava q é até possível comer essas minas sim, desde q vc faça td fora do ambiente de trabalho e de preferência com testemunhas. Acho q nem precisa de testemunhas. já q vc é só prestador de serviço.

Eu acho q se eu fosse vc eu até daria as madeiradas sim. Eu ultimamente ando acompanhando essas fodelanças em empresa e geralmente não dá nada se a discrição for mantida. Já vi casos até q cara comeu outra mina do serviço durante a festa da empresa (comeu no banheiro do clube rs) e o máximo q deu foi só o gerente tirando uma onda dele e falando pra ele evitar fazer isso dentro do ambiente da empresa. Claro, também já vi casos de caras q foram demitidos pq tavam dando umas com funcionárias de empresas clientes, mas isso pq a mina ficou mt inconveniente e ligou até pro supervisor torrando a paciência dele por causa do projeto de cafa haha

No mais, analise o ambiente dessa empresa e tente descobrir se eles são meio histéricos com relacionamentos entre empregados. Também tente descobrir se essa mina é escandalosa, é meio doida, etc. Ambos negativos, tenta dar as madeiradas.
Eu concordo com o Joe

Agora se vc esta numa posicao em que pode perder seu emprego, e vai ficar numa situacao de merda se isso acontecer, eu sugiro que vc nao execute essa lebre! Mas se vc nao sair prejudicado com isso, manda pica!

Presta atenção nos passos:

1- Ela tem um nível hierárquico elevado na empresa? Pois cuidado, se tiver e alguma coisa acontecer ela poderá ter influencia para argumentar positivamente ou negativamente com pessoas.
2- Converse com ela sobre suas intenções e prezando discrição?
3- Se for casada melhor ainda, ai ela não vai querer perder essa chance
4- Marque sempre num lugar alternativo na zona onde a empresa esta, ex. se a empresa é na Z/N marque a ponta na Z/O.
5- Diga para ela que na empresa colegas, na rua amantes e enfia a vara nessa safada.

Confrade Mandrake, eu estou entrando agora na Real e realmente tive uma experiencia com isso, não muito boa, pois confiei num amigo que deu com a língua nos dentes. Não fale para ninguém meu amigo.
Se saber de algo que seja ela que falou não confirme nada, somos búfalos, não precisamos nos mostrar nem provar nada pra ninguém.
Essa é minha humilde experiencia, espero ter ajudado.
Faça o que tem que ser feito e depois fala se deu certo.

CERVA
CLT. Não comia.
PJ. Comia.

E como lobo, mata num local, e despena em outro.
Mandrake,
Você disse que presta serviço para a empresa, então não é funcionário desta, certo?.

Tudo depende da sua ligação com a funcionária da empresa. Ela tem alguma conexão com você na cadeia de comando do setor onde você opera? Caso a resposta seja sim, sugiro ignorar os avanços dela.
Se não tiver absolutamente nenhuma intereferência entre as funções que vocês desempenham, não vejo grandes problemas.
Mantenha a coisa bem superficial (apenas sexo) deixando ABSOLUTAMENTE CLARO que você não quer qualquer tipo de compromisso. Assim ela não tenta agir como se você tua dona caso você queira se afastar dela.

Quando a empresa inteira ficar sabendo, porque eles irão saber (ela vai contar), corte qualquer comentário com um simples "Nós não temos qualquer compromisso, e eu não discuto minha vida particular em ambiente de trabalho". Não dê ABSOLUTAMENTE nenhum material para fofoca. Não se promova. Deixe que ela fassa isso.
Outros homens da empresa irão te precionar para contar alguma sacanagem para eles. Seja firme e negue qualquer mínima informação.

Outras mulheres invejosas virão te procurar. Algumas com interesse em ti, outras com interesse em prejudicar a amiga. Se você for bem claro com a mulher que não há nada entre vocês além de sexo, você poderá aproveitar a oportunidade.

Se você agir corretamente sua imagem na firma não será abalada. Se você for realmente muito esperto, sua imagem na firma pode até ser elevada.
Seres humanos são engraçados. Eles conectam diretamente o desempenho sexual com a posição de macho Alfa. Isso somado a sua capacidade de manter assuntos pessoais totalmente fora da mesa de trabalho poderá criar uma imagem poderosa.

Tudo depende da sua capacidade em se mater profissional até mesmo no sexo.
Se você é capaz de fazer isso, tudo bem.
Se você meter os pés pelas mãos, diga adeus ao contrato com essa empresa.

O risco é você quem decide se vale a pena correr.

Fúria

Eu já sai com mulher da mesma empresa que a minha, porém, de setor diferente, chefe diferente e tal!

O que eu acho que o Mandrake deve fazer é levantar o histórico dessa mulher na empresa com uma pessoa de confiança, verificar se é casada, se já deu pra outros da empresa, quem é o chefe, tudo direitinho, assim ele vai saber perfeitamente que tipo de mulher ela é, se for favorável pra uma foda fixa ai deve-se começar uma interação com a mulher. Dentro da empresa apenas formalmente e fora da empresa em um local bem afastado em um horário que seja quase impossível que alguém descubra, deve-se deixar bem claro pra ela que é apenas SEXO e nada mais, o foco é meter até enjoar e depois a vida segue, ela entendendo isso e sendo discreta ai sim a foda é válida.

Mas como bem disseram, ela vai contar que está saindo com alguém da empresa e uma boa estratégia é deixar ela cada vez mais caidinha e dizer que se alguém ficar sabendo e ir perguntar se é verdade que na hora será negado e ela será vista como uma vadia e mentirosa, ela tem que ter medo de sair falando.
Acho que não pega nada se você não ficar de namorado na empresa. Tenho um amigo que trabalhou comigo num lugar e lá ele pegou algumas. Mas o camarada cagava mesmo pras mulheres... elas eventualmente iam lá encher ele e como ele não dava ideia, desistiam. Porém sempre pegando longe do trabalho.
Sobre os riscos que você está correndo, os confrades não mencionaram que, mesmo não comendo, você ainda corre riscos. Já ouviu falar da síndrome da mulher de Potifar? Uma mulher rejeitada fica com ódio e pode inventar mentiras para te prejudicar e rejeitá-la pode ser até pior para a sua relação com a empresa do que comê-la. Analise o caso e veja. Como já foi mencionado, você não é funcionário da mesma empresa que ela. Apenas presta serviço lá. Não sei de todos os detalhes da história, mas eu provavelmente comeria e pronto. Apenas tenha o cuidado de deixar muito claro que não há compromisso algum.
(20-07-2012, 07:00 PM)Gekko Escreveu: [ -> ]Sobre os riscos que você está correndo, os confrades não mencionaram que, mesmo não comendo, você ainda corre riscos. Já ouviu falar da síndrome da mulher de Potifar? Uma mulher rejeitada fica com ódio e pode inventar mentiras para te prejudicar e rejeitá-la pode ser até pior para a sua relação com a empresa do que comê-la. Analise o caso e veja. Como já foi mencionado, você não é funcionário da mesma empresa que ela. Apenas presta serviço lá. Não sei de todos os detalhes da história, mas eu provavelmente comeria e pronto. Apenas tenha o cuidado de deixar muito claro que não há compromisso algum.

Me lembrou de um amigo me contando do avô português dele... O velho de 81 anos sempre falava pra ele (leia com sotaque):

Se uma mulher casada quiser te dar de qualquer jeito você tem que foder ela sendo feia ou não senão ela te fode... vai acabar falando que você deu encima dela.

Acho que isso se encaixa nessa mulher do trabalho dele.Big Grin
Pessoal,

Primeiramente obrigado pelo feedback. Vou colocar algumas respostas às questões levantadas:

# Eu NÃO sou contratado da empresa. Sou autonomo.

# A mulher nunca se envolveu com ninguém da empresa.

# O cargo da mulher é de Auxiliar. Portanto, ela é subordinada no setor.

# Ela NÃO tem conexão comigo na hierarquia do setor no qual opero. Ela faz uma coisa, eu faço outra. Totalmente distinta.

# A empresa é de pequeno porte, portanto, tem poucos funcionarios. Então o "radio peão" circula rapidamente.

# Navarre, meu amigo, quanto à relação com ela, com toda certeza irei levar superficialmente e deixarei claro minhas intenções.

# Navarre, como ja disse, no ambiente de trabalho eu sou muito discreto sobre minha vida particular.

# Fúria, eu fiz um breve levantamento sobre a ficha da mulher: Solteira, 27 anos, sem filhos, nenhum envolvimento com algum funcionário lá da empresa. (pelo que eu apurei conversando com um rapaz que aparentemente, é honrado)

A mulher aparenta ser timida, recatada, não é conversadaeira com os homens. Para voces terem uma ideia, ela não veio conversar comigo até ontem.

# A empresa fica na cidade vizinha onde eu resido e trabalho. A mulher não mora na minha ciadade.



Vou relatar o dia de hoje:


Cheguei dei bom dia para todos, e também para a mulher "apaixonada". Após isso, todos foram tomar café. Eu tb fui, mas fiquei concentrado sem conversar com ninguem, afinal, ainda estava me preparando mentalmente para o longo dia de trabalho.

Passado uma meia hora, o ritmo ja tava bom, e ai ja estava mais falante. Conversava com todos do setor, sentado em minha mesa. Enquanto isso, a "mulher apaixonada" só ouvia e me olhava, mas sem participar da interação.

Após um tempo, me levantei para ir ao banheiro e depois tomar uma agua, e me aproximei da mesa dela. Fiz um quebra gelo, tipico da minha pessoa, oferereci um chiclete e comecei a conversar sobre o dia, etc.. Futilidades.

Dai ela ja foi se soltando, saindo da posição de defesa, para se comunicar verbalmente comigo.

Depois de um papo rapido, me dirigi de volta para minha mesa e meter a real no trampo. Dai todos estavam concentrados em seus devidos ofícios e o silêncio imperou.

Deu o horario do almoço, fomos almoçar, mas só que a "mulher apaixonada" foi antes, e quando eu fui ela estava voltando.

Bom, ela está jogando comigo.

Então vou entrar nesse jogo, e dar cheque mate nela.

Durante a tarde, conversamos mais, só que dessa vez mais sentado nas respectivas mesas.

Em resumo, hoje fiz uma interação razoavel com ela, e ela está mais solta comigo.

Segunda feira, vou passar lá na empresa para trabalhar na parte da tarde. E estou decidido em pegar o telefone dela e arma a arapuca.

Pessoal, agradeço a atenção de todos, mas tomei a decisão de enfia o canudo nessa mulher.

Vou tomar todas os cuidados.

Atualizarei para vocês, o desfecho dessa situação.


Mandrake.


Páginas: 1 2 3