Fórum do Búfalo

Versão Completa: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude...
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2
:rage
Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

O cara é tão mangina que levou até uma cópia da escala de serviço autenticada pelo seu comandante de pelotão (após chorar dois dias no pé do cara pedindo a assinatura) para a menina pra provar que seu primo miguxinho estava querendo chamar a atenção dela.

Eu aconselhei de todas as formas: larga desta mulher, se tá assim cercada desta corja enquanto namora imagine quando casar, não se relacione sério com crianças, etc... Joguei a real em doses homeopáticas para ele sentir e aos poucos fui colocando com tudo e sem pena, mais o otário não reage, está anestesiado. E choro de todo tipo: se acha muito feio e que somente esta galinha que vai amá-lo para toda vida, que seu mundo acabou, que quer morrer e largar deste mundo cruel, etc...

Infelizmente acho que a única esperança desta criança se chama castração.
facepalm:facepalm:

Destro

Citar:Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

Militar e fica chorando pelos cantos ?

[Imagem: LvOoCrI.gif]
Puta que pariu.

Se puder, chama o pelotão dele e manda os caras aplicarem o corredor polonês nesse paspalho. Por umas 10 vezes.

Caralho meu... o oficial não acha ruim não de um soldado moleirando desse jeito?
Amigo, apresente-o os dois caminhos, a real e as consequências da matrix.

Se ele escolher a matrix, deixe-o trilhar o caminho só e arcar com as consequências de sua escolha.
O cara é FRACO, sim.

Mas o detalhe de ter levado a cópia autenticada, por si só, não é errado. Ele deveria é ter usado isso como arma secreta, pra esfregar na cara dela e do miguxo, no momento certo, com estratégia. Mas essa frieza é para poucos.
(21-01-2013, 11:18 AM)Destro Escreveu: [ -> ]
Citar:Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

Militar e fica chorando pelos cantos ?

[Imagem: LvOoCrI.gif]

[2]
É aquela história, muitas vezes o cara só dá valor à real quando passa por uma experiência extrema, ou quando acumula algumas experiências ruins (meu caso, que logo farei os relatos, tô devendo).
Tá parecendo aqueles militares frouxos, de uma certa novela do horário nobre...
Se fosse meu caso só falaria o seguinte:

Eu não levaria o documento de imediato, iria segurar, confronta-la apenas com palavras, perguntar em quem acredita, por final, se ela ainda acreditasse no primo miguxo, esfregaria o documento na fuça da vadia seguido de um chute bem no meio do cú (figura de linguagem).
Muitos de nós ao chegarmos ao FB, fomos assim, admitamos isso!
Eu, já cheguei a pensar que minha ex fosse a única. Isso merece vários facepalms facepalm:facepalm:facepalm:
E eu só aprendi depois de tomar uma cacetada e ter tomado uma rasteira daquelas que me fez abrir os olhos para a realidade. É assim que as coisas funcionam na maioria das vezes!
E parece ser o caso em tela. Não adianta, enquanto o cara nao tomar uma cacetada na fuça, ele não irá aprender. Perda de tempo. Ele está entorpecido, está como dependente
coitado do cara!

vcs cricificam ele só por que ele acredita no amor verdadeiro?yaoming
KKKKKKKKKKKKKK
(21-01-2013, 11:33 AM)John Reese Escreveu: [ -> ]Se fosse meu caso só falaria o seguinte:

Eu não levaria o documento de imediato, iria segurar, confronta-la apenas com palavras, perguntar em quem acredita, por final, se ela ainda acreditasse no primo miguxo, esfregaria o documento na fuça da vadia seguido de um chute bem no meio do cú (figura de linguagem).

Boa estratégia, mas obviamente esse rapaz não tá preparado pra dar o PNB que a tal merece.
O quartel não te ensina a ser um guerreiro da real, lá você aprende instrução militar e técnica. Ou seja, se o cara é mangina antes do quartel ele vai continuar mangina depois do quartel. Em alguns casos acho que pode até piorar, o cara fica sem ver mulher por um bom tempo durante o serviço militar e em algumas escolas de formação, o desejo sexual extremo nos faz cometer muitas idiotices as vezes. E esse lance aí de corredor polones, kkkkkk o cara pode denunciar pro oficial imediato e assim fuder o pelotão inteiro, hoje as FFAA mudaram muito, qualquer episódio desse tipo a mídia tá louca pra cair em cima e criticar a instituição.
(21-01-2013, 01:24 PM)rott Escreveu: [ -> ]O quartel não te ensina a ser um guerreiro da real, lá você aprende instrução militar e técnica. Ou seja, se o cara é mangina antes do quartel ele vai continuar mangina depois do quartel. Em alguns casos acho que pode até piorar, o cara fica sem ver mulher por um bom tempo durante o serviço militar e em algumas escolas de formação, o desejo sexual extremo nos faz cometer muitas idiotices as vezes. E esse lance aí de corredor polones, kkkkkk o cara pode denunciar pro oficial imediato e assim fuder o pelotão inteiro, hoje as FFAA mudaram muito, qualquer episódio desse tipo a mídia tá louca pra cair em cima e criticar a instituição.

Correto. Na verdade militares têm uma tendência a casar mais cedo, pois passam por isolamento, e ao mesmo tempo são muito assediados (fetiche de mulher por farda).

O resultado dessa combinação é o cara grudar rapidamente em alguma "mulher exceção".
PQP mas que vida de merda esse cara leva... facepalm:
Foda é ter que ouvir que somos "opressores" e "objetificamos" as mulheres, quando na verdade, elas é que nos atormentam e instrumentalizam nossas inseguranças... :rage
Confrades, no meu tempo, na escola de formação, passei um dia dentro de um poço de lama (estilo Rambo), tomava porrada no capacete e cheirava gás lacrimogêneo durante o almoço (pra gente comer rápido). Hoje em dia eu tenho meus alunos, e tem que ficar uma mesinha com água e suquinho e se o cara pegar muito sol, cai de ensolação. As forças armadas mudaram....

Teve uma vez que foi bizarro... Tivemos que parar uma acampamento, instrução de transposição de cursos d´água porque metade do pelotão era feminino e elas alegaram que não podiam entrar na água gelada da madrugada porque estavam menstruadas (elas alegaram que passaram muito tempo juntas e a menstruação delas sincronizou... Como o enfermeiro chefe era praticamente uma "enfermeira", falou para levarmos somente os homens para a água). Como sou sargento, cão de guerra e não podia desobedecer a ordem do tenente menina de levar as "moças" para geladeira, mas para não penalizar os meus braços direitos, então decidi pegar os soldados homens e levar para uma corrida viril cantando canções de macho (quem já foi militar aqui sabe como é, e quem vai ser já pode começar a vibrar) no AICUR (pra quem não conheçe Area de Instrução Coronel URurahy, atrás do quartel do DOMPSA e da Brigada Paraquedista), mais pra minha sorte e para evitar a desonra do pelotão o nosso Capitão mandou todas as putas cair na água com tampax e tudo e depois reclamar dele na justiça.
Capitão mandou todas as putas cair na água com tampax e tudo e depois reclamar dele na justiça.

Caralho Sargento esse relato foi foda
(21-01-2013, 02:32 PM)Sargento Escreveu: [ -> ]Teve uma vez que foi bizarro... Tivemos que parar uma acampamento, instrução de transposição de cursos d´água porque metade do pelotão era feminino e elas alegaram que não podiam entrar na água gelada da madrugada porque estavam menstruadas (elas alegaram que passaram muito tempo juntas e a menstruação delas sincronizou... Como o enfermeiro chefe era praticamente uma "enfermeira", falou para levarmos somente os homens para a água).

Puta merda. E ainda tem q aturar aquelas matérias estúpidas sobre "mulheres guerreiras" no EB e nas polícias estaduais...

Queria ver se este argumento aí valeria em caso de guerra. Quer dizer, em caso de guerra não duvido q metade dessas aí já teriam se rendido e já fariam parte do harém particular de algum general inimigo...
Voltando ao caso do Esprimão. o remédio é: "Come a mina dele!"

Tira a foto e mostra: "taí a sua mulher perfeita" .....rsrsrsrs...

Brincadeiras a parte, deixa ele se ferrar..... entender o mundo que o cerca não é pra todos....

Fúria

(21-01-2013, 11:13 AM)Sargento Escreveu: [ -> ]:rage
Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

O cara é tão mangina que levou até uma cópia da escala de serviço autenticada pelo seu comandante de pelotão (após chorar dois dias no pé do cara pedindo a assinatura) para a menina pra provar que seu primo miguxinho estava querendo chamar a atenção dela.

Eu aconselhei de todas as formas: larga desta mulher, se tá assim cercada desta corja enquanto namora imagine quando casar, não se relacione sério com crianças, etc... Joguei a real em doses homeopáticas para ele sentir e aos poucos fui colocando com tudo e sem pena, mais o otário não reage, está anestesiado. E choro de todo tipo: se acha muito feio e que somente esta galinha que vai amá-lo para toda vida, que seu mundo acabou, que quer morrer e largar deste mundo cruel, etc...

Infelizmente acho que a única esperança desta criança se chama castração.
facepalm:facepalm:

Porra o cara é do exército, deve ter alguma coisa de virilidade dentro dele, escondida em algum canto!

Fala pra esse puto chamar esse primo CRETINO dela, chamar ela e meter a Real nos dois, dizer que o imbecil do primo dela tá mentindo e quer mesmo é comer a própria prima. O viadinho arma uma arapuca dessa e o cara cai! facepalm:
Páginas: 1 2