Fórum do Búfalo

Versão Completa: [RELATO] Lobo x Ratos
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3
Salve,

Não sei nem por onde começar, pois estou usando a internet escondido no trabalho por motivo que já citei em outro tópico e me encontro com um dos dedos da mão quebrado, o dedinho. E agora tentarei discorrer rapidamente toda história que me trouxe até aqui neste post. Para que entendam a história precisam saber que do início do ano de 2012 até Maio do mesmo ano, me relacionei com uma garota muito conhecida na cidade, porém muito rodada também. Quando me dei conta da merda que me meti (em Maio) terminei o relacionamento.

Agora sim irão entender e vou começar de fato, digamos que meu círculo de amigos era X e o círculo dela era Y, porém ambos muito conhecidos na cidade. Sempre tive para mim que a confiança saudável deve andar sempre ao lado da desconfiança, principalmente se tratando de "amigos", e por volta de Julho de 2012 em um festival de bandas locais reparo que minha ex-namorada encontra-se na roda dos meus amigos, sendo que a princípio ela não era amiga de nenhum deles e nem sequer gostavam dela. Reparei com quem ela mais conversava alguns minutos e eram dois, chamei os dois de canto e perguntei que porra se passava ali. Disseram que nada, que apenas ela apareceu e estavam sendo educados e eu como lobo territorialista que sou citei o seguinte, "se querem ser amigos dela sejam, mas longe de mim. Vão trazer a menina pro mesmo rolê que eu sendo que estou com outra e vocês sabem que minha ex é louca", e os falsos responderam "Não cara foi mal, não vamos dar trela para ela, você que é nosso amigo".

Cerca de duas semanas depois descubro que os dois se encontraram um certo dia com ela e mais uma amiga, espero ao menos que tenham sentido o gosto de buceta, pois depois disso perderam minha amizade e quase apanharam, relevei a violência porque tenho consciência de que não resolve muita coisa e por consideração aos outros amigos que não tinham muito a ver com os fatos. Passados meses, eu segui minha vida e apenas exclui aqueles pobres dela, todos eles... Quase caíram no esquecimento.

Se repararem verão que cito outra garota no parágrafo acima, e esta eu conheci por volta de Junho e frequentei a cada até o dia 21 de Dezembro de 2012 (coincidência ou não hoje completa um mês exatamente). Uma garota legal ficava com ela, agíamos como namorados, porém eu não assumi compromisso e ficava com outras, como não sou moleque ela sabia de tudo que eu fazia. E na data de 21 de Dezembro (outra coincidência, o dia que era para acabar o mundo) após uma discussão eu terminei com ela e cortei contato, porém já existiam em mim alguns resquícios de sentimento e desejo de firmar algo com aquela garota que vinha se mostrando merecedora ao decorrer do tempo.

Fiquei com isso na cabeça e sabia que no dia seguinte, 22, ela iria viajar com a família para o litoral. Como já foi dito, me comporto como um lobo e quando resolvo desaparecer eu consigo, durante esse quase um mês, não olhei perfil de rede social, não liguei, não mandei mensagem e nem sinal de fumaça. Porém, tendo consciência de o quão difícil está para encontrar uma garota mente aberta e "de valor" como ela, ao saber de seu retorno para a cidade entrei em seu perfil para trocar uma ideia e quem saber ver se rolava uma tentativa, desta vez de fato com um compromisso. Adivinhem o que vejo no perfil da garota? UMA FOTO DELA COM UM RATO, o mesmo rato que havia me traído a amizade e ficado com minha ex namorada.

Pois bem, vamos aos fatos, o cara joga uma amizade fora, pega a minha ex-namorada (essa parte foda-se porque eu não gostava dela, fazia um bom tempo que havia acabado e todos sabem que ela é vadia). Depois vai atrás de outra ex minha que até então ninguém da cidade conhece, é aquela menina do lar, que ele só conheceu por ver comigo, usar da fraqueza da menina que se encontra desolada e com a velha história do ombro amigo ataca, como um rato. Pode ser ignorância da minha parte, porém vejo isso como um desafio de território e respeito com o lobo. E óbvio que fiquei em fúria, quando descobri isso no dia 11 de Janeiro, e conversando com a menina em momento de raiva deixei escapar que iria arrebentar ele, e isso gerou uma série de ameaças e coisas de moleque.

No dia 17 de Janeiro eu cruzo com ele (que chamarei de rato nº 01) na rua, ele de bicicleta e eu a pé. Tentei ao máximo me segurar e não fazer nada, mas o filha da puta ficou me encarando e fui para cima dela, acreditem ou não ele correu. E depois de 3 quarteirões correndo atrás do rato de bicicleta, perdi para as engrenagem da bike na corrida e o rato fugiu. Uma merda, depois disso as ameaças aumentou e chegou ao meu ouvido que o outro rato (aquele que havia me traído com ele em agosto que chamarei de rato nº 02) estava o apoiando, junto com um monte de moleques com a justificativa que eu estava errado por ficar com outras meninas enquanto estava com ela. Ontem dia 20/01 retornando de um churrasco encontro o rato nº 02 na rua, para evitar violência apenas o intimei e ele amarelou, dizendo que não queria “treta”, e entregou seu ‘amigo’ dizendo que o mesmo estaria reunindo moleques para virem em minha busca por eu ter atacado ele pelas costas (o dia que ele correu, tem como correr atrás de alguém pela frente?). E para fechar a noite, recebo o link de uma postagem... Era do rato nº 01, na postagem havia uma foto de dois lobos acasalando com uma legenda que dizia mais ou menos assim “Lobos solitários, por serem solitários acabam se comendo entre si”. O engraçado é que todo dia vinculo em minhas redes sociais uma foto de lobo seguida de uma frase ou micro texto de pensamentos que eu crio.
Vai parecer mentira, mas hoje dia 21/01 por volta de 10h30min voltando para o escritório após uma ida rápida ao cartório, avisto o rato do outro lado da rua, o rato nº01, trancando sua bicicleta e totalmente distraído. Errado ou não, escondi a pasta de documentos em uma árvore a caminhei em direção ao cidadão, este sem me perceber (prendendo a bicicleta) deu tempo de eu parar a exatamente 1 metro de distância dele, ao se levantar ele se depara comigo e faz uma cara de susto, que logo muda para cara de “menino mau”. Apenas falei “não tinha dito que te ataquei pelas costas?”, e aguardei a resposta que veio em tom de fúria “sim atacou pelas costas, e se me atacar agora será covarde, pois estou em horário de trabalho”. Minha resposta foi curta, disse apenas: “eu também estou” e já mandei um jab seguido de um direto no nariz, ele desnorteou e eu aguardei, quando me olhou levou outro direto de esquerda, e outro. Tentou reagir, tomei dois passos de distância e gritei “sobe a guarda porra”, fui para cima com um jab e dois diretos seguidos. Ele começou a derramar aquele sangue de rato e tentou me chutar, pisei no pé do filho da puta como se pisa em um rato e enfiei uma sequência de esquerdas no olho, boca e nariz (não queria derrubar). Nesse instante alguns cidadãos vieram separar e para não dar tempo da polícia chegar ou haver represarias eu virei as costas, e ouvi num sussuro “isso não vai ficar assim, você ta errado na fita e vai pagar”, já sem controle e em fúria virei e como estava distante gritei “Aqui é lobo e não rato porra, corre e vai contar pros outros ratos que apanhou do lobo”, após isso ele subiu na bicicleta e quando estava a uns 20 metros de distância gritou “vai tomar no cú”.

Parece mentira eu sei, mas o resultado disso e o mais importante é o que vai se suceder daqui para frente? É triste e vergonhoso comentar isso, porém eu quebrei meu dedinho da mão esquerda batendo, e não posso ir ao médico hoje, se meu patrão souber vai querer saber o motivo e vou acabar perdendo o emprego... E também estou com certo medo de que os covardes me ataquem em bando. Escrevi isso tudo primeiro para expor mais uma experiência e receber conselhos para daqui em diante.

Cordialmente,

Lupercus.


Ps.: Sou canhoto.
Não deveria ter entrado nessa briga.

Ok, os caras provocaram um pouco. Mas não compensava.

Enquanto vc tá com o dedo quebrado e estressado e o cara com o rosto td fudido, a donzelinha tá lá, rindo a toa, vendo um bando de machos se degladiando por ela.

Entende quem é q está comandando essa situação td pelos bastidores e achando graça de tudo?
Segue foto do dedinho KKK
Vai num médico arrumar isso aí e fale pro seu chefe q quebrou jogando bola, caindo em cima da mão, sei lá.

Essa porra se não for tratada fica tortona e é uma merda depois pra arrumar.
Talvez tenha me expressado mal no texto por conta da pressa, mas não entrei nessa briga por ela. Ela morre de amor por mim, tirei a virgindade dela... fui um príncipe por 6 meses e ele está comendo meus restos, que é ela. Entrei por questão de honra, em resumo vejo assim:

- Me traiu (apenas me afasto);

- Pegou carne minha, no caso a ex namorada (fica esperto, ta roubando carne do lobo);

- Me apunhalou quando vacilei e roubou meu prato principal (Maluco se liga, ta mexendo com o lobo errado);

- Me provocou e se sentiu por cima, ou seja perdeu o respeito (Ok, agora vamos mostrar quem é o lobo e quem manda).
Irei no médico sim, mas vou a noite e falar que quebrei a noite. Caso contrário como vou explicar que quebrei durante o expediente?
Alguém trate de banir esse paspalho daqui.. fica brigando por causa de vadia, depois que leva um tiro na cara, quando poderia ter dado graças de ter le livrado dessa piranha.
(21-01-2013, 05:46 PM)Lupercus Escreveu: [ -> ]Talvez tenha me expressado mal no texto por conta da pressa, mas não entrei nessa briga por ela. Ela morre de amor por mim, tirei a virgindade dela... fui um príncipe por 6 meses e ele está comendo meus restos, que é ela. Entrei por questão de honra, em resumo vejo assim:

- Me traiu (apenas me afasto);

- Pegou carne minha, no caso a ex namorada (fica esperto, ta roubando carne do lobo);

- Me apunhalou quando vacilei e roubou meu prato principal (Maluco se liga, ta mexendo com o lobo errado);

- Me provocou e se sentiu por cima, ou seja perdeu o respeito (Ok, agora vamos mostrar quem é o lobo e quem manda).

Cara, se ela morresse de amores por ti, ela não daria lá pro outro não acha?

É aquela velha história: cara chega em casa, pega a mulher na cama com o Ricardão e... fica nervoso com o Ricardão! A mulher, obviamente, fica ali no canto rindo por dentro vendo os dois machos disputando ela...

Nessa história vc virou o mero macho brabinho q sai arrumando confusão por causa de donzela. Veja q vc só entrou nessa briga pq ele comeu ela. Se não comesse, não haveria confusão não é mesmo?

Vc no fim não está percebendo, mas está fazendo o papel do boi brabo lutando com outro boi por causa da vaca...
Finalizando: ao invés de quebrar o dedo e arriscar o emprego por causa de uma vadia aleatória, deveria é ter agradecido por ele ter feito o favor de te livrar dela. Como diria o Praga: "passar a mulher para trás é fácil. Difícil é passar pra frente." O cara te faz esse favor e vc ainda vai tretar com ele?
Sim vejo, todos temos culpa na história. Inclusive eu, mas eu não vou bater nele... já bati. Enfim que sirva de exemplo para não se seguir.
(21-01-2013, 06:07 PM)Lupercus Escreveu: [ -> ]Sim vejo, todos temos culpa na história. Inclusive eu, mas eu não vou bater nele... já bati. Enfim que sirva de exemplo para não se seguir.
Inclusive por você mesmo, pra não repetir a merda.
Fora isso acho que o barão já deixou claro que foi ridículo brigar pela garota (que só uma exceção na sua cabeça) e correr risco de vida.
Concordo com os confrades! Ter brigado com esse caras deu a impressão que você está apegado a sua ex. Como se ela ainda fosse sua mesmo após terem terminado.

A primeira e única vez que eu briguei foi por causa que tinha uns cara me zoando, fora isso nunca cheguei a me envolver em brigas como nesses casos.

E pra finalizar é como você mesmo disse, esses seus "amigos/ratos" no fim provaram que nunca mereceram sua amizade, é só aparecer mulher na parada que logo eles demonstraram suas verdadeiras intenções.
Tb concordo com o confrade, vc vacilou meu caro lobo, inflou o ego da vadia ao se degladiar com o rato.


Vá concertar esse dedo e comer umas vadias por aí. Cool
Cara, vou ser bem direto: Jamais faça isso por mulher NENHUMA, sua integridade fisica e saúde vale mais que uma buça!
Para reforçar o que os confrades já falaram, existe aquele ditado "Quem bate, esquece; quem apanha, não."

Cara, não dá para ficar arrumando confusão e inimigos por aí por conta de uma vagina, ou você acha que ele esquecerá do que você fez ao rosto dele? Tem gente que mata por bem menos, fica esperto, se o cara passa fogo em você por aí, já era, tu morre pateticamente, e a dona fica viva para contar a história e dar para outros.

E antes que me esqueça, brigar por uma mulher qualquer te fez um homem melhor?

Sinceramente, você precisa melhorar isso cara, lobo é frio e calculista (racional), e não esquentadinho, temperamental, desequilibrado desse jeito. Ambos fizeram papel de idiota diante dessa dona.
Velho, vc fez merda. Que isso não se repita.

Nossa integridade (física, mental, moral, etc) é uma das coisas mais importantes pro sujeito que quer se desenvolver e crescer.

Agora vc vai ficar um tempinho de molho por causa de... porque mesmo?
Brigar por causa de ex-namorada é foda mesmo. Realmente, você ainda estava apegado a ela. O resultado foi o que os confrades já disseram: ela está em casa rindo e você está aí com o dedo detonado. Ela ficou com o cara mesmo sabendo que ele era um camarada seu. Enfim, ela não agiu com uma mulher honrada. Ora, se ela não tinha honra, você lutou em vão.

Talvez o cara resolva não levar essa briga para frente. De todo modo, é bom ficar ligado, pois o cara pode tentar juntar um grupo para tentar te pegar. Todo cuidado é pouco.
Peraí confrade,
Deixa o tio Mr. T entender...

1 - A mulher da questão, era sua ex-namorada ou seja: Ela não possui nenhum vínculo atual contigo e indiferente ao seu resquício de paixonite presumida, ela não estava mais com voce -

2 - O seu "amigo" roedor que vive de restos - pega uma vadia que voce já traçou - e: Você fica puto?
Você deveria é estar rindo, da desgraça daqueles que vivem no encosto dos campeões.

E confrade,
Não justifique a sua raiva com estes lançes de território.
- Isso é coisa de matrixiano beta friendzone porpetão -

Voce pegou a vadia, terminou e agora ela rebola na pica de outros, simples- assim.
Em minha singela opinião, esse lance de território não passa de um engodo para justificar sentimentos reprimidos ao ver outro macho, pegando o que já foi seu.

Voce ainda não está pronto, meu amigo padawan.
E seus atos violentos,(botando seu emprego em risco) comprovam isso.

Leia mais NA,
Treine mais,
Pare com essas putaria de "território",
Ganhe um bom cascalho $$$

E seja feliz, ò Lupino.
(21-01-2013, 05:57 PM)barão_kageyama Escreveu: [ -> ]Cara, se ela morresse de amores por ti, ela não daria lá pro outro não acha?

[2]
(21-01-2013, 05:46 PM)Lupercus Escreveu: [ -> ]Talvez tenha me expressado mal no texto por conta da pressa, mas não entrei nessa briga por ela. Ela morre de amor por mim, tirei a virgindade dela... fui um príncipe por 6 meses e ele está comendo meus restos, que é ela. Entrei por questão de honra, em resumo vejo assim:

- Me traiu (apenas me afasto);

- Pegou carne minha, no caso a ex namorada (fica esperto, ta roubando carne do lobo);

- Me apunhalou quando vacilei e roubou meu prato principal (Maluco se liga, ta mexendo com o lobo errado);

- Me provocou e se sentiu por cima, ou seja perdeu o respeito (Ok, agora vamos mostrar quem é o lobo e quem manda).


Pegou carne minha? Ex-carne sua meu caro. Realmente seria foda se ele tivesse pegado ela quando você tivesse ficando, mas não foi o caso. É como o Mr. T disse, você tá descontando nele porque você tem sentimento por ela, e a viu com outro macho. Duvido que se fosse outro cara você não tinha ficado puto do mesmo jeito.

"Morre de amor por mim"? Ah, e ela deu pro cara sem querer né? E outra, sério que você acredita em amor de mulher? Aí, o amor dela por ti, deu pro seu amigo de boa.

E outra, você namorou com uma mulher que disse que é vadia, e ficou bravo com seu amigo por ter ficado com ela. E não com ela.

Você é o maior trouxa nessa história, por:

- Brigar por causa de mulher
- Acreditar em amor de mulher
- Namorar vadia
- Brigar por causa de ex
- Achar que vive na floresta
Páginas: 1 2 3