Fórum do Búfalo

Versão Completa: [Relato] Estagiária Vadia
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Confrades,

Essa história ocorreu há uns 2 ou 3 anos, envolvendo uma estagiária que trabalha junto comigo (sim, ela está há 3 anos na mesma empresa; a "lei do estágio" mandou lembranças rsrs).

Alerto que a história envolve uma certa desonra de minha parte, algo que eu não faria hoje em dia, já que tento ser um homem honrado, um Guerreiro da Real.

Tudo começou quando ela chegou aqui pra fazer a entrevista. Trabalho em uma empresa pequena, e lembro que no dia eu tive que atender o interfone quando a menina chegou, porque a secretária estava ocupada (ou fazendo corpo mole). Assim que a estagiária chegou na recepção eu fui atendê-la, pois não sabia do que se tratava, pensei que fosse cliente. Mas ela disse "Oi, sou a Vadia, vim fazer entrevista". Notei que ela deu um certo mole, demonstrou interesse.

Meu chefe fez a entrevista, e contratou a moça.

No terceiro dia em que ela estava trabalhando aqui, ofereci carona, considerando que ela mora perto da minha casa, e ela aceitou.

No caminho pra casa surgiu o assunto de relacionamento, e ela disse que tinha namorado, e acrescentou: "mas ta complicado demais..."
Nessa hora qualquer um, e até eu, que tenho a inteligência bastante limitada, perceberia que ela estava querendo alguma coisa, e eu pensei comigo..."não posso deixar essa passar". Parecia aqueles testes de fidelidade do João Kleber, quando o bombadão perguntava sobre o namoro da mulher, e ela ficava falando mal do corno. Afinal cantei a pedra, chamando pra tomar uma cerveja.

Ela resistiu um pouquinho, mas eu não precisei falar mais que duas vezes...e paramos em um boteco.

No bar, ela continuou falando mal do cara, que ele era pegajoso, que se ele estivesse ali com ela estaria o tempo todo abraçado com ela [hamster criando defeitos no namorado, pra justificar o comportamento dela]

Resumindo, não cheguei a dar o bote ali no boteco, mas fiquei com a mão debaixo da mesa, na perna dela, falando pertinho do ouvido, com todos os indícios de que mais tarde ia pegar....e claro, correndo um risco danado ali...porque era improvável mas não impossível do boi aparecer facepalm: mas a matrix tem dessas coisas...

Ela tinha aula naquela noite, mas depois da cerveja me pediu pra deixar ela em casa, em vez da faculdade. Parei o carro na porta da casa dela, e dei uns amassos. Isso, como eu disse, com apenas 3 dias na empresa. No dia seguinte ela chegou aqui na empresa rindo, falando que o cara ficou puto com ela, por ela nao ter ido na facul. Ela ja tinha combinado com o boi pra ele busca-la no fim da aula. E nem desmarcou com ele. O cara foi lá a toa...

Estou relatando isso porque jamais faria novamente. Depois disso rolou churrasco da empresa e a vadia teve a cara de pau de ir com ele. É realmente algo desonroso, tanto pra mim quanto pra ela.

Não comi a santa porque eu era matrixiano, e hoje percebo que dei a entender que iria "pegar no pé dela", o que fez ela não querer mais nada. A outra hipótese é que depois ela deve ter percebido que eu não sou nenhum pica aqui na empresa (ainda). Talvez ela tivesse pensado que eu fosse chefe tambem trollface

Obs: ela tem 30 anos hoje em dia, piranha de marca maior, ja falou em alto e bom som que viajou com um cara da facul, e mentiu pro corno que ia "visitar a avó dela". O cara é trabalhador, tem bom carro, e vai casar com balzaca que regula a buça pra ele (coisa que ela tambem já revelou pra mim). E frequentemente eu escuto ela maltratando o cara no telefone.
30 anos e ainda estagiária??????

Mas coitado do boi hein? Po será q o cara não se toca disso tudo não?
Atolado na matrix até o pescoço!
Citar:ja falou em alto e bom som que viajou com um cara da facul, e mentiu pro corno que ia "visitar a avó dela"

facepalm:

.
Eu me lembro de uma história parecida, Blanka, no final de 2008, quando eu estagiei no escritório de um advogado que também tinha empreendimentos envolvendo hoteis e por aí vai. Havia uma moça lá, cuja família era oriunda de SP, e estava em Fortaleza havia alguns anos. Mas é por aí mesmo - ela prestava favores ao chefe, o chefe prestava favores a ela, e ela tinha um "noivo". Não sei o que foi da vida dela, pois sai de lá no começo de 2009, que foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, pois foi a partir daí que passei a estudar para concurso. Você veja, nesse seu caso aí, a maneira como as mulheres jogam inescrupulosamente com os namorados: flertando, maquinando, sacaneando. Relacionamento é mesmo um campo de batalha para as pessoas desavisadas. Para nós da Real, faz parte, estamos letrados nas crocodilagens e só fazemos rir e tirar proveito da parte boa.
A Real salva vidas...
(11-06-2013, 12:58 PM)barão_kageyama Escreveu: [ -> ]Mas coitado do boi hein? Po será q o cara não se toca disso tudo não?


Pensei isso também. Por isso digo que desconfiança quase nunca é demais quando se está pensando em dar um passo tão sério como é um casamento.
(11-06-2013, 12:58 PM)barão_kageyama Escreveu: [ -> ]30 anos e ainda estagiária??????

Mas coitado do boi hein? Po será q o cara não se toca disso tudo não?

Porque o FGTS é o maior suborno para a inteligência de qualquer corno.
Citar:Porque o FGTS é o maior suborno para a inteligência de qualquer corno.

Brilhante!
Essas vadias só pensam em sí mesmas, tem o sangue frio suficiente pra manter uma relação (as vezes longa) com alguém que não gosta, e na primeira oportunidade dão a buceta para algum chefe para conseguir benefícios, é uma má indole do caralho, esse corno do relato me lembrou o ex-namorado daquela BBB Andressa, que foi corneado em rede nacional, imagine você, namorando uma mulher a quase 10 anos, e em 1 mês ela te corneia pro Brasil todo ver, mulheres são alpinistas, e vão ''subindo'' assim que as oportunidades aparecem, não interessa se é de uma maneira correta ou uma maneira deplorável, vale tudo, e os bons e apaixonados, no fim sempre levam o pepino no rabo.

.
Com certeza, confrades. Este é o elemento que mais salta aos olhos, não para nós, exatamente, vez que estamos letrados na Real, mas aos olhos dos desavisados que passam a vida toda venerando a "pureza" da mulher e acreditando nos filmes estrelados por Rachel McAdams. Para a gente, casos sórdidos assim são altamente previsíveis, sem graça até. Como sabemos, tiramos proveito da parte boa - o sexo gostoso, a companhia, certo companheirismo - e estamos preparados para as crocodilagens, para saltar fora sem dó no primeiro sinal, e eu repito, "sinal", de que há algo errado. Sem paixões, sem maiores apegos. Esse cara aí da história, sonhando em casamento com a sua "deusa", submetendo-se a tudo por ela... Bem, cada um conduz a vida do jeito que quer.
Um cara como esse daí podia sair fora sem dó, simplesmente se afastar, agora enquanto não tá casado e com filhos. Dar um trato no visual, comprar boas roupas, passear, planejar viagem, estudar, pensar em concursos. mas não, tá aí perdendo tempo com um encosto desse. Eu penso no caso do escritório onde trabalhei, com a moça de SP, e o seu noivo apaixonado pagando viagens românticas pelas praias cearenses com a sua "companheira". E no escritório, ela flertando com qualquer um que lhe pareça... intere$$ante...
É o típico exemplo do babaca(o corno) que só pq está com uma mulher, que deve ser gostosa, acha que seus problemas acabaram. A mulher é seu prêmio.Na cabeça ínfima dele, ela o completa. Ela é o tudo dele. Ele sequer tem coragem de desconfiar, de duvidar dela, pq ela é o troféu dele. Caso ele duvide e essa duvida se confirme seu mundo cairá e a fantasia tbm.
Então ele faz de conta, ele não quer a verdade, ele quer o conto de fadas, "se casaram e forma felizes para sempre". facepalm:facepalm:facepalm:facepalm:
Ele não quer a pílula vermelha, nunca!

É sempre importante, lermos este tipo de relato, este tipo de história, para nos mantermos sempre em estado de vigilância e sempre praticar a Real em nossas vidas. Enxergar as mulheres na sua real face.

A Real está aí, na cara de cada um.
Um UP nesse relato!
(11-06-2013, 01:28 PM)Free Bird Escreveu: [ -> ]
(11-06-2013, 12:58 PM)barão_kageyama Escreveu: [ -> ]30 anos e ainda estagiária??????

Mas coitado do boi hein? Po será q o cara não se toca disso tudo não?

Porque o FGTS é o maior suborno para a inteligência de qualquer corno.
Falou tudo, Free Bird.

Para quem não sabe, FGTS é a sigla de "Foda Garantida de Toda Semana".
Na época de matrixiano eu iria cair pra dentro dela, correndo risco de me esnobar, o que já aconteceu muito comigo.