Fórum do Búfalo

Versão Completa: Estudo de caso: revisão de pensão alimentícia
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
O artigo de hoje, escrito pelo otavianoaugusto do Fórum do Búfalo, nos trás um pequeno estudo de caso de um pedido absurdo de revisão de pensão alimentícia.

A informação é uma das poucas armas que ainda temos atualmente, então não deixe de ler: http://canal.bufalo.info/2013/06/estudo-...imenticia/
Este texto, pra mim, foi mais um empurrão rumo ao Relationship Strike. Além da digníssima, até os filhos podem te ferrar, ou serem usados pra te ferrar. Nesse último caso, tenho um exemplo: um médico que conheço se separou de sua esposa há alguns anos atrás, e tinham um filho de 7, 8 anos à época. Além da pensão, ficou acertado que o pai custearia toda a formação da criança. Resultado: além da escola, a mãe põe o filho em todo e qualquer curso, só pra fazer o ex-esposo gastar, por vingança! Obviamente, a criança não rendia nada, em nenhuma atividade.
Desisão final acertada e correta, exonerou o pai de pagar no final e tudo ficou bem. Mas o problema não é esse, o problema é principalmente o TEMPO que isso levou a ser julgado.

Pois enquanto o pessoal discutia ad-eternum, o pai tinha que pagar do mesmo jeito, e aí? Quem ressarce isso?
Aos advogados do fórum, tenho uma curiosidade: quanto tempo leva um pedido de pensão alimentícia (do requerimento até a decisão), e quanto tempo leva uma revisão/exoneração?