Fórum do Búfalo

Versão Completa: Funkeiras menores de idade
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
[Imagem: 3set2013---as-integrantes-do-bonde-das-m...15x300.jpg]

Depois de estar na mira do Ministério Público de Niterói (RJ), o Bonde das Maravilhas, famoso pelo passo chamado "Quadradinho de Oito", foi emancipado. De acordo com a assessoria, quatro das seis funkeiras do grupo são menores de idade e conseguiram na Justiça o direito de responder pelos próprios atos antes da idade legal.

Em nota oficial, a assessoria explicou que "o produtor do grupo em conjuto com a familia das garotas optou por tal decisão por conta de um 'problema' na Justiça que impedia as meninas de participarem de programas de TV e alguns shows".

No mês passado, Katlyn, 20, Thayssa, 16, Thalia, 17, Rafaela, 17, Karol, 18, e Renatinha, 15, foram impedidas de se apresentarem juntas em Foz do Iguaçu, no Paraná, pela Vara da Infância e da Juventude do local. Apenas duas maiores de idade subiram ao palco. A juíza Luciana Assad Luppi Ballalai proibiu a participação das outras garotas e a entrada de menores no evento.

Desde maio, o Bonde das Maravilhas está sob investigação do MP. Uma denúncia foi feita pelo Conselho Tutelar de Minas Gerais sobre possível conteúdo pornográfico na coreografia do hit "Aquecimento das Maravilhas" - que contém o passo "Quadradinho de Oito".

a época, a assessoria do MP informou ao UOL que foi instalada uma questão administrativa na Promotoria da Infância e Juventude de Niterói. "A promotoria está apurando eventuais irregularidades nas apresentações das garotas". Outra preocupação do órgão é com os estudos das meninas, já que somente Kathy, 20, concluiu o ensino médio até o momento.

As mães das garotas foram ouvidas pela promotoria. Segundo o empresário do grupo Henrique Millão, as mães liberaram, desde o início do grupo, a participação das meninas. "Elas mostraram ao promotor roupas e vídeos das meninas. E não tem nada de errado quanto a coreografia e nem com as garotas", disse ele ao UOL.

Millão disse ainda que o Bonde das Maravilhas não vai mudar a coreografia porque a música "não tem apelo sexual nenhum". :rage:rage


Fonte : http://musica.uol.com.br/noticias/redaca...ipadas.htm
Realmente não têm apelo sexual nenhum. Apenas ficam um bando de marmanjo falando em comer o cú delas, quando elas rebolam a bundinha delas de 4 ou de 8 ou qualquer forma.
E nem incita crianças a putaria. Nem um pouquinho mesmo.

Afinal, essa porra de "funk" é "cultura"

[Imagem: original.gif]
Deixa elas ueh, mania do estado se meter. Vadia de 16 anos não é criança pra ser protegida da sexualidade. Assim como vagabundo de 16 anos não é criança coitadinha que não pode responder pelos roubos e latrocínios que praticam.
No mais, intitular isso aí como "maravilhas" é propaganda enganosa hein pqp. E olha que sou beta barangueiro ainda, mas essas ai, pelamor.
(02-10-2013, 08:15 PM)Meroplâncton Escreveu: [ -> ]Deixa elas ueh, mania do estado se meter. Vadia de 16 anos não é criança pra ser protegida da sexualidade. Assim como vagabundo de 16 anos não é criança coitadinha que não pode responder pelos roubos e latrocínios que praticam.




Quem gosta disso é os pedófilos, porque daqui a um tempo eles vão querer dá maioridade sexual para meninos e meninas de 10 anos. Vai por mim, tem muita gente querendo isso, igual ao movimento GLS.
(02-10-2013, 08:18 PM)Meroplâncton Escreveu: [ -> ]No mais, intitular isso aí como "maravilhas" é propaganda enganosa hein pqp. E olha que sou beta barangueiro ainda, mas essas ai, pelamor.




Rio de janeiro é a terra dos "guerreiros" encara-se tudo por aqui.
(02-10-2013, 08:20 PM)Solomon Escreveu: [ -> ]
(02-10-2013, 08:18 PM)Meroplâncton Escreveu: [ -> ]No mais, intitular isso aí como "maravilhas" é propaganda enganosa hein pqp. E olha que sou beta barangueiro ainda, mas essas ai, pelamor.




Rio de janeiro é a terra dos "guerreiros" encara-se tudo por aqui.

Verdade,aqui no Rio se passa uma gorda sempre tem um olhando.Vejo amigos meus mais novos de 18 pegando essas novinhas de 14,15 que gostam de funk,tudo acabadinha,feia.Não sei da onde tiram que as cariocas são as mais bonitas.Tem muita gostosa,mas de rosto são poucas que vejo bonitas.
Isso é um jeito de validar a pultaria na menoridade,depois não reclamem da pedofilia.
Alem do mais não gosto dessa Bosta de funk,Sou mais um ROCK N´ROLL.
Meu deus, esse gif yaomingyaomingyaomingyaoming

Essas imbecis são subproduto de uma sociedade doente.
Isso nao tem nada a ver com pedofilia pois hoje em dia 14 anos ja ta liberado pra trepar legalmente.

Mas é obviamente incoerente você permitir ser preso coç
idade X e nao permitir trepar ou vice-versa.

Por isso sou a favor de presumir discernimento a partir dos 14 e abaixo disso poder até responder mas com laudo psicologico pra dizer se tinha o discernimento ou nao. No entanto, da mesma forma seria necessario permitir o sexo abaixo dos 14 se fosse confirmado pelo laudo que o adolescente ja tem discernimento para fazer sexo, como hoje pode ocorrer se o sexo for entre 12 e 14, se não me engano.
Não é questão de pedofilia mas sim d lógica, se vai responsabilizar criminalmente, também tem que poder trepar né porra.

Eu sei que, por exemplo, eu aos 12 anos era louco pra comer uma professora deliciosa que eu tinha, quem dera ela quisesse me dar.... quantos mais aui nao gostariam de ter começado a vida sexual la pelos 11 ou 12? Eu perdi o cabaço bem mais tarde porque nenhuma vadia quis me dar antes, nao porque eu nao queria trepar.
A preocupacao com o que disse acima eh a esquerdizacao de toda profissao e na paicologia a esquerdopati eh forte entao acho que ngm seria cosiderado com discernimento para responder por crime, e qlqr menina de 8 anos seria considerada coç discernimnto para transar, ja que a politica feminazi esquerdopata eh a destruicao dos valores e a putaria generalizada e a inibservancia d qualquer criterio cientifico para defeder seus ideais. Logo o que expus acima seria algo bem utópico.
Complementando to no aguardo de um post da gordona la sobre a "liberdade sexual da crianca". O tempo me ensinou que nada é absurdo demais para esquerdistas e feministas, eles vao esticndo aos poucos os limites de forma que o que era absurdo ja parece normal e o impensavel s torna apenas um passo de distancia