Fórum do Búfalo

Versão Completa: Feministas não odeiam os homens? Vamos fingir que acreditamos nessa....
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Vendo como as feministas (principalmente a nossa querida Dolores) gostam de nos associar com os sanct-o-s (embora nós mesmos fomos os que começaram a denunciar o blog criminoso deles em 2011, bem antes das feministas), resolvi utilizar um pouco a "lógica" dela na hora de escrever o post abaixo.yaoming
Foi um bom exercício para ver o quão triste é querer associar intencionalmente inocentes com criminosos.
Vamos lá:

----------------------------------------------------------------------
Todos nós sabemos que TODAS as feministas ODEIAM os homens, por isso o feminazismo é um mero movimento de ódio atualmente, perdendo a identidade de 40 anos atrás.

A única diferença entre, por exemplo, L-ola e Valerie Solanas é que a primeira é um pouco menos radical que as feministas comuns, mas com a mesma ideologia esquerdista, heterofóbica, misândrica e anti-meritocrata.

Mas pelo jeito, elas são boas em dizer que não são tão radicais e fingir que são boazinhas, mas bastou uma pequena pesquisa na net com os termos "odeio homem" pra achar algumas pérolas, como esse site:

http://odeiohomens.tumblr.com/

Pequena citação dele:
Citar:Eu odeio os homens. Sim, eu sou uma feminazi. Não, nem todas as feministas odeiam os homens. De fato, a maioria delas ama os homens. Neste ponto eu começo a me perguntar POR QUE qualquer mulher com metade do cérebro funcionando NÃO odiaria os homens. É uma atitude totalmente paradoxal as mulheres não odiarem os homens apesar de todas torturas que eles infligem sobre elas, suas crianças, e uns aos outros. Talvez essa seja uma razão do insucesso do feminazismo. Eu acredito que a fim de pararem de ser pisadas e mantidas debaixo das solas dos sapatos de homens idiotas e cruéis, as mulheres terão que aprender a odiar os homens, pelo menos um pouco.

Mais uma:
Citar:Sabe, é estranho pra mim quando eu digo que todo sexo hétero é estupro e as mulheres supoem que estou falando dos desejos das mulheres. Elas pensam que o que eu estou dizendo é que nenhuma mulher é capaz de decidir se ela gostaria de ter sexo com um homem. Essa é uma interpretação equivocada.
O que eu estou dizendo, simplesmente, é que os homens são estupradores
.

----------------------------------------------------------------------
Fiz baseado nesse extrato do blog dela:
"
Citar:sanct-o-s (grupo um pouco mais radical que os mascus, mas com a mesma ideologia de direita, misógina, racista, e homofóbica) "
Post: http://escrevalolaescreva.blogspot.com.b...rizar.html

E nesse:
Citar:os mascus Sanct-o-s (eu gosto sempre de frisar que os Sanct-o-s são masculinistas, porque eles todos têm uma origem similar, e a mesma ideologia de extrema direita. O que varia é unicamente a intensidade do ódio).
Post: http://escrevalolaescreva.blogspot.com.b...didos.html


Como podem ver, é essa a forma como as feministas gostam de nos difamar.
Pegam um grupo totalmente doente mental que foi recharçado por nós mesmos (como a Valerie é recharçada pelas feministas), associa a outro grupo inocente e foda-se o que realmente é verdade.

Espero que os novatos entendam bem como é o modus operanti da difamação feminazi, para conseguir identifica-lo em qualquer situação que o presenciarem.


Porém, seria interessante começarmos a denunciar esse tipo de site também, pois já que elas denunciam até o nosso fórum que é totalmente contra misógina, imagino ser válido denunciar um antro de ódio como esse tumblr anti-homem.
Vamos começar a mostrar pra PF que existe trabalho pra eles nas páginas feministas.

Pra quem não sabe como denunciar:
1-Basta mandar um e-mail para esse endereço da polícia federal responsável pelos crimes da internet:
crime.internet@dpf.gov.br
Coloca no assunto:
Denúncia - Crime de ódio em blog contra os homens.

No corpo do email vocês colocam o link do site e passagens como a que eu destaquei.

2- Denunciar aqui:
http://www.safernet.org.br/site/

Adendo:
Pesquisando nesse mar de ódio, achei uma pérola perdida no meio da escuridão:
http://mulherescontraofeminismo.wordpress.com/

Vale a pena a leitura dos artigos.
chega de internet por hoje.

WildHorse

Denunciei o tumblr pelo link: http://www.tumblr.com/policy/br/community clicando em "entre em contato conosco".
Também mandei um e-mail como recomendado!
Ate o forum elas denunciam?
ela é quanto ou tanto pior quanto os mascus que ela denuncia........

cuidado para não se tornar o monstro que persegues.......


eu amo vcs mulheres, ó um beijo pra vcs e boa sorte no mercado de trabalho.
Engraçado eu ter achado isso aqui por acaso, tópico bem antigo. Não precisa ter dois neurônios e fazer umas associaçõeszinhas mentais para sacar como o movimento e a lógica feminazi são deturpadas.

Aplique a mesma lógica só trocando umas palavras que você vê o tamanho da asneira que elas falam e fazem. Essas falsas associações e outras demais simplificações grosseiras são pura desonestidade intelectual e ideológica.

Antigamente eu recomendaria denunciar, derrubar e descer o cacete nessas páginas de ódio. Hoje em dia eu aconselho só arquivar para poder ter provas e argumentos caso venham te encher o saco.
Colegas, andei um tempo afastado.

Como tenho insônia - ou fases de indisciplina - consegui, com muito custo; mas assim, MUITO CUSTO, entrar em linhas inimigas e ler o conteúdo.

O que elas postam é MIL vezes pior do que qualquer crítica ou questionamento comportamental, ou possibilidades de alteração jurídica no país (entrei + em fóruns e publicações da língua inglesa, o que engloba a maioria de americanos, canadenses e ingleses).

Tive acesso até a pornografia que elas consomem.

Meus caros, prestem atenção no que vou falar para vocês:

O nível de ódio delas é gigante, gritante e ultrapassa qualquer regime tirânico que tenha existido em qualquer época e lugar na terra. Só perde para o inferno.

E elas, ao contrário da gente que posta o material para inscritos, possuem "líderes" que prestam consultoria personalizada por e-mail, de modo que o material é distribuido pessoalmente e pensado caso a caso. Antes do advento da internet, elas o faziam por revistas/correios, englobando métodos para controle do relacionamento, metodologia para dobrar o parceiro/filhos, sistemas de prescrição de hormônios e dietas a fim de diminuir o ânimo e a vontade de reação/luta, métodos de aplicação de "castigos psicológicos", bem como, para as mais extremistas, metodologia de afeminação de crianças por meio de frases, indução e jogos mentais, aplicação de hormônios em baixa dosagem a partir dos 6-7 anos e rede de médicas feministas e farmácias via delivery que trabalham nesse sistema.

Quando vocês verem gente questionando termos como hétero-normatividade, fluidez de gênero (ou neutralidade de gênero), deixar a criança escolhar por si só; tudo isso é mentira, é teatro.

Ocorre que as mães vão incutindo pouco a pouco na cabeça do menino meios de deixá-lo afeminado, para que, quando decida usar roupas femininas ou se tornar um garoto trans, elas usem como desculpa que o menino tem problemas com aceitação do próprio corpo, que escolheu usar aqueles vestidos, etc, etc.

As escolhas foram induzidas com extrema antecedência.

E para piorar, elas também tem um programa de como colocar o pai de escanteio - incluindo meios judiciais para forçá-lo "sutilmente" a aceitar.

Sinceramente, depois de tudo que li e vi, depois de tudo que sofri por participar daquelas bandas, me vi na obrigação de vir aqui compartilhar com os senhores.

Talvez, se a insônia continuar, devo montar um dossiê com tradução e tudo mais; mas sinceramente, fica o aviso: eles estão muito bem organizadas e trabalham por baixo dos panos.

E mais: elas não vêem os caras que se isolaram como inimigos (mgtows ou homens que não querem mais relacionamento): para elas nós somos os "alfas" pois não aceitamos nos submeter, o que é bom, pois ficamos isolados e a tendência é que no passar dos anos deixemos de existir/deixar frutos.

Enquanto elas não acabarem com a família e valores tradicionais, sobretudo com a masculinidade dos garotos desde cedo, elas não ficarão satisfeitas.

Observação: participei de fóruns ligados ao feminazismo extremo no que tange a relacionamento afetivo; não consegui acesso a parte política. Fica uma sugestão para quem quiser se aventurar/buscar, fazer um estudo do que é postado naqueles lugares e quem sabe compartilhar conosco.
(27-07-2020, 05:46 PM)SteveMcQueen Escreveu: [ -> ]Talvez, se a insônia continuar, devo montar um dossiê com tradução e tudo mais; mas sinceramente, fica o aviso: eles estão muito bem organizadas e trabalham por baixo dos panos.

Faça isso pelos que não tem tempo ou estômago para conferir. Será de grande serventia.
Temos um herói aqui que precisa ser condecorado. Consiga esse trabalho, faça um dossiê, junte dados. Vamos montar uma narrativa, conseguir um recorte da realidade. Isso precisa ser mostrado.

Por um tempo já desconfiei, pois quando você vê bem existe uma enorme mão invisível que financia e dá mídia para o discurso anti-homem em tempo integral. Há muito dinheiro e influencia rolando por debaixo dos panos, quando você vê vários programas de TV extremistas nos Estados Unidos e alguns livros teóricos "mais fortes", podem ter certeza, aquilo é apenas a ponta do iceberg. O feminazismo é um sindicato mais organizado que muito crime organizado por aí, só não vê quem não quer.

E ai de quem tentar dizer que isso é no mínimo estranho, o cara é logo taxado de teórico da conspiração. Quer dizer então que meio mundo de pessoas "do nada", espontaneamente, decidiram se juntar para falar certas coisas na mídia? Óbvio que tem manipulação grosseira aí no meio. Movimentos masculinistas rechaçados, homens cancelados? Isso é tudo operação falsa bandeira, são apenas espantalhos ou distração.

A luta real é no âmbito legal, político, judicial, etc. e nesse mesmo é onde estamos perdendo mais feio. Grande maioria das feminazis também são só idiotas úteis, coitadas, compradas por uma promessa de poder ilimitado cedido pelo papai estado no lugar da figura masculina. Dá para eu ficar aqui a noite inteira falando dessas coisas, mas a medusa possui muitos braços, já critiquei alguns deles, por exemplo, no caso do que chamei falso masculinismo, ou seja, os homens sem bolas do Papo de Mangina. É um coisa atroz, assustadora o que estão fazendo, uma obra de engenharia social tremenda.

Já convoquei um call to action da gente para várias coisas, mas os homens não querer se organizar, apenas querem não ser importunados. Enquanto isso tudo acontece e o próximo passo vai ser eliminação completa dos espaços predominantemente masculinos restantes, tal como os videogames, e por fim, até nossas próprias comunidades podem estar ameaçadas também, e a gente não faz absolutamente nada para se defender, o que dirá revidar.

Acordem, homenzada. As nossas próprias mulheres (e a saber outros movimentos raciais, gayzistas, etc.) vão nos destruir de dentro pra fora muito antes de algum comunista, judeu ou islâmico de verdade pisar o pé por aqui. A luta é real e urgente.