Fórum do Búfalo

Versão Completa: [Relato] Desventuras na matriz e conhecendo a real.(relato longo)
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2
Introdução


Bons confrades, acessando o fórum diariamente e vendo outros relatos, me inspirei neles e resolvi que era hora de postar o meu, tenho 20 anos e sou estudante de automação industrial e moro na região metropolitana de salvador - Ba, depois de conhecer a real a 5 meses e implanta-la em minha vida, irei relatar um pouco da minha vida antes da real e as mudanças que ocorreram depois dela.

Sou de uma família de origem humilde vinda do interior da Bahia, sou fruto de um casamento honrado onde minha mãe teve eu e meu irmão, minha infância foi a melhor parte da minha vida , eu era destacado ,considerado o mais bonito da sala e a maioria das meninas eram apaixonadas por mim, tive minha primeira paixão e primeiro beijo com uma prima em uma viagem ao interior, uma branquinha, loirinha de olhos claros e corpo avantajado pra sua idade, tinha 10 anos e ela 11, foi minha 1 paixão e após o nosso beijo continuei apaixonado por ela por 3 anos que se passaram, durante o ano não lembrava dela constantemente, mas a chegada das férias eu ia para o interior novamente era paixão na certa, mas ao contrario da 1 vez que eu fiquei com ela, ela não ligava mas para mim, sempre estava com um namorado novo, muito mais velho que ela(dando desde de cedo), depois dela tive algumas ficadas, mas nada serio, até ai minha vida foi só alegria, mas tudo acabou quando eu completei 13 anos.


O começo do fim


Me lembro muito bem, em 2005 aconteceu um fato que mudou minha vida que tomou proporções inimagináveis em minha vida amorosa e emocional, irei contar o que aconteceu neste dia de 2005, eu era apaixonado por uma colega de turma e ela era apaixonada por mim, na época era arrogante e me achava melhor que os outros pelo fato de ser ‘’bonito’’ aos olhos das meninas e tinha um bom tratamento por elas(do jeito que as vadias gostam).

Marcaram um trabalho escolar na casa de uma amiga dela onde os pais dela não estavam, iriamos fazer um ‘duque’ eu ia ficar com ela é a colega dela com outro carinha, mas chegando lá tinha muito mais pessoas do que o combinado, chegando lá assistimos na época van helsing, eu todo concentrado naquele filmão quando ela me puxa e me leva para o quarto, nisso todo mundo ficou na janela desse quarto tentando ver agente ficando, ela era bv e estava muito nervosa, na hora do beijo ela girava mais que um volante de caminhão, nisso só ouviu os estralos dos dentes batendo uns nos outros, nisso ela se desespera e sai do quarto correndo, eu pedi que ela fica-se e que tentássemos outra vez, mas a vadia não me deu ouvidos e sai contando pra toda a galera do lado de fora do quarto que eu não sabia beijar e que bati o meu dente no dela(sendo que ela é que não sabia beijar), nisso um cara que se dizia ser meu amigo me apelidou de dente-com-dente,(esse apelido me segui-o por 2 anos), onde todo mundo riu da minha cara , nisso uma outra colega vadia me chamou e disse queria testar se eu sabia mesmo beijar, eu a beijei normalmente, mas logo após isso peguei minha bicicleta e fui acelerado pra minha casa, pois o estrago em minha cabeça já tinha sido feito, eu acreditava que tinha estragado tudo com a menina que eu era apaixonado e agora ela me odiava, daquele dia em diante minha confiança e coragem foram reduzidas a 0, virei motivo de chacota dos meus colegas e pequei um trauma com mulheres, depois disso algumas meninas queriam ficar comigo, mas pelo medo de beijar elas e bater os dentes novamente, fugia covardemente, além do apelido de dente-com-dente peguei fama de medroso.

Era idiota é muito fútil o motivo do meu medo , pois beijar era a coisa mais normal do mundo, mas eu ficava muito nervoso, suava frio, as pernas ficavam tremendo.




O Ensino Médio e a adolescência, a pior fase da vida de um homem.




Nisso me formei nas 8 seria e entrei no ensino médio, diferente dos meu tempos de infância, minha ‘’beleza’’ que era fonte do meu orgulho tinha acabado , pois a adolescência tinha chegado e tinha me fudido por completo, meu nariz cresceu pra caralho e fiquei entupido de espinha, com isso passei a ver o mundo totalmente diferente, pois antes eu era o centro das atenções e agora as mulheres sentiam nojo de mim, com isso desenvolvi uma vergonha fora do normal, e não sabia como agir com as mulheres, para atrair a atenção delas me transformei no bobo da corte da sala, queria fazer elas rirem a todo momento pensando que assim ela iriam gostar de mim, mas na maioria dos casos era friendzonado mesmo antes de tentar, nem chegava a me declarar para elas ou pedia pra ficar, pois era muito tímido.

Nesse tempo consegui um tratamento medico pelo SUS com um dermatologista, (os remédios eram muito caros, pois meu caso era grau 3, era dos brabos), com esse tratamento as espinhas acabaram e minha auto estima subi-o um pouco.

Depois de 1 ano de formado e 4 anos sem beijar uma mulher, a turma resolveu se reencontrar , era uma festa na casa de um dos colegas de sala, lá acabei ficando bêbado e consegui ficar com uma mediana ,(pedi pra ficar com ela e com a cantado do coco na ladeira, PQP, era muito otariofacepalmSmile tentei comer ela, mas uma outra colega chegou e atrapalhou tudo.

Nessa época trabalhava de jovem aprendiz na prefeitura, ganhava uma merreca , com o salario comprei um computador , que demorou todo o contrato de aprendiz pra pagar o ele, pois meu pai não tinha condições de me dar um, depois de o contrato de aprendiz ter acabado, passava o dia todo dentro de casa e navegando na net acabei viciando e um jogo online, chegava ao ponto de passar 5 dias sem tomar banho, e engordei mais ainda, passei cerca de 7 meses somente em casa sem pisar 1 dia sequer na rua , so jogando.

Minha mãe preocupada comigo consegui-o uma prova pra um curso de manutenção mecânica em uma grande empresa, onde acabei passando, era 1 ano estudando com uma turma e mais 1 ano na área atuando na empresa. Nessa época tinha 19 anos e virgem e tinha perdido totalmente o jeito de agir com as mulheres, nisso durante as aulas ficaram sabendo que eu era virgem e virei motivo de chacota (não tinha coragem em ir a um puteiro, um amigo sempre me chamava, mas na hora H, eu desistia).



O encontro com minha BM



Nessa época entrei no curso pré-vestibular e na academia, onde conheci uma vizinha de um amigo. (minha BM) Ela estava prestes há completar 18 anos, dizia-se que era virgem, uma loirinha, com aparelho nos dentes e jeito de menina, nos gostávamos das mesmas coisas, (hoje lendo N.A lembro que elas tão pouco se fudendo pra afinidades).

Voltávamos do pré-vestibular todo dia andando juntos ,apesar da minha timidez com muita dificuldade consegui ficar com ela, onde acabei me apaixonando , nos ficamos 1 vez, e eu já mandava letras de musica pra ela, mandava textos de amor e comecei a escutar as bandas favoritas dela. Apesar da violência na cidade eu ia andando com ela ate a metade do caminho pra casa dela e voltava sozinho às 10h da noite, com perigo de ser roubado (mangina pra caraio) logo após isso ela mudou, ficou mais fria, pedi pra ficar com ela de novo, mas ela falou que ficava com um outro cara é gostava dele é que queria ser só minha amiga, (mentira pura , ela inventou essa historia pra me dispensar).

No começo fiquei puto e me afastei, mas ela veio atrás de mim como se nada tivesse acontecido toda meiga então acabei cedendo e virando miguxo, (eu sabia que se eu tentasse algo com ela iria ser rejeitado novamente, então resolvi ser só amigo dela, reprimindo meu instinto de búfalo ainda não desenvolvido, no começo eu gostei por estar ao seu lado (mesmo ela contando as historias dos destacados que ela ficava, dizia pra mim que eram somente ‘’amigos’’, eu mangina acreditava).

Ela se insinuava para outro caras na minha presença, onde acabei descobrindo que ela ficava com outros caras, mas naquele momento estava apaixonada e nem ligava pra isso, acreditava que ela um dia ia reparar em mim e retribuir o meu amor, nisso passou se três meses nessa indefinição ,e estava no fim do pré-vestibular(nem lembrava do vestibular, ia só pra ver ela, PQP), um dia quando filávamos uma aula pra ir na praça com a galera , um cafa com pegada de marginal que ela tinha conhecido 1 dia atrás chegou e agarrou ela na minha frente, ela tentou fugir no começo, pois eu estava ali é ela sabia que eu era apaixonado por ela, mas depois não resistiu e ficaram ali se chupando na minha frente.

Nunca tinha sentido uma sensação daquelas, me senti um lixo, senti uma dor no coração, (essa dor me acompanhou por um muito tempo quando lembrava dela) queria sumir dali imediatamente, só que pra fuder com tudo eu voltava com ela do curso, me senti um mangina tipo segurança, que protegia sua madame, o cafa ainda olhou pra mim e disse: ‘’toma conta dela pra mim vey...:rage’’ (FDP). Levei ela ate a metade do caminho como fazíamos de costume, me controlei pra não chorar e não dei uma palavra no caminho, Nos despedimos sem dizer uma palavra.
No dia seguinte fiquei na net procurando como esquecer uma paixão, até que me deparo com um comentário no yahoo, onde dizia que devíamos confessar o nosso amor para a pessoa amada.

Não deu outra, eu manginao romântico, acreditava que se eu me declarasse ela iria largar o cafa e iria ficar comigo, pelo facebook faço uma declaração enorme falando que a amava, mas como ela tinha outra pessoa ia desistir do meu amor por ela e um monte de mimimi de mangina apaixonado.

No outro dia nós voltamos do pré-vestibular juntos e ela não tocou no assunto e agiu como se nada tivesse acontecido, passou se um dia é ela finalmente respondeu simplesmente dizendo pra mim ‘’esquecer ‘’isso que depois passava, que só gostava de mim como amigo, nesse momento confesso que só não chorei porque meus pais estavam na sala comigo, fiquei com raiva , e acabamos discutindo onde no final da discursão, ela falou que se eu gostasse dela , deveria querer que ela fosse feliz, mesmo que fosse com outra pessoa(Vadia do caralho),e adivinhem que aceitou o pedido ? eu manginao do caralhofacepalm:, falei que queria continuar amigo dela e que queria que ela fosse feliz.).

No outro dia o cafa foi buscar ela na saído do pré-vestibular com aquela motinha POP 100c, da honda, quando ela me viu , olhou pro cafa e falou: Hojeee fou dar rolee de honndaaaa!!!(se fazia de boa moça, mas era uma vadia interesseira, deve ter ido fazer anal giratório no motel mais próximo).

Logo após isso me afastei dela pensando que ela ia sentir minha falta, mas ela nem se importou, nisso comecei a voltar do pré-vestibular para casa com outra garota que parecia dar mole pra mim, mas quando minha BM viu eu e essa garota, minha BM ficou gargalhando muito alto(todas as pessoas que passavam na rua olharam pra ela) em um tom de ironia, como se tivesse rindo da minha cara, me senti mal e com muito ódio dela, passados 3 dias do ocorrido era aniversario de uma colega nossa em comum, no começo não quis ir mas ela era gente boa e me trava muito bem, e acabei indo , lá fingi que nada tinha acontecido, e cumprimentei ela normalmente, lá vi ela se beijando a todo momento com o cafa, me senti um lixo e me arrependi na hora por ter ido.

No final da comemoração ela pergunta se iriamos voltarmos juntos, eu meio sem jeito acabei aceitando, no momento que íamos saindo, um carinha pergunto se éramos namorados, na hora fiquei alegre, mas ela falou seca e rapidamente, ’’ somos amigos’’, aquilo foi como um tiro no meu peito, prometi que nunca mais iria vela.

Passando alguns dias, era aniversario dela, ela me mandou aquelas mensagens em grupo chamando para o aniversario dela, mais não fui. Depois disso sumi da vida dela, mas não tinha a excluído do facebook, certo dia fui dar uma olhada no face dela, quando me deparo em uma foto na praia, ela toda sorridente abraçado com outro cara(quase no colo do cara), vendo aquilo fiquei muito mal e exclui ela do facebook ,com aquilo cheguei ao fundo do poço, me sentia um lixo, no começo acreditava que ela ia voltar pra mim, mas depois esqueci essa Ideia , e tentei seguir adiante.

Passado 2 meses do ocorrido, era 1 dia após o natal, conheci uma novinha e acabei ficando com ela, diferente de antes não senti nenhum medo e timidez (a partir desse dia, a batalho contra a timidez tinha acabado e eu tinha sido o vencedor), mas pra fuder com tudo a novinha me fez lembrar ainda mais da minha BM , e fique na foça novamente. Depois de um tempo viajando na net pesquisando como esquecer uma paixão é sobre a friendzone, me deparo com o Clube dos Homens (Clube dos Manginas), e compro o seu livro, li ele 3 vezes e resolvo aplicar ele em minhas novas tentativas.(apesar de não concordar com muitas ideias do livro).



Perdendo a virgindade



Chega o carnaval na Bahia, curtição, alegria, as vadias com roupas curtas, onde fui com uns amigos pra Porto do Sauipe, cidade litorânea, muito bonita por sinal, passamos o carnaval por lá, onde acabei ficando com uma novinha, (graças a academia sai dos 74k pra 82k, não muito definido, mais dava pra tirar uma onda), ela me olhou dos pês a cabeça, cheguei perguntei só o seu nome é já a beijei ( a essa altura do campeonato dava muito louco de tanta cachaça) ela era uma morena deliciosa, e pedi pra ficar com ela todo o carnaval(PQP, conheci a vadia no carnaval e já queria federarfacepalmSmile ela aceitou, descolei a irmã dela pra um amigo meu, onde ele comeu ela na mesma noite que se conheceram(ele era destacado), já a minha na quis dar na mesma noite(eu era um betayaoming), mais no dia seguinte consegui comer elaBig Grin, e em fim perder minha virgindade, comi ela na praia, se melando todo de areia, como era virgem minha performance não foi muito satisfatória, durou no máximo 10 minutos, passado isso, já tinha conseguido o que eu queria , na dei mais atenção a ela, é a tratava mal é com indiferença, mas pra minha surpresa quanto mais eu tratava ela mal, mais ela gostava de mim. Não intendia aquilo, hoje em dia lendo N.A entendo o que se passou, depois desse dia comi ela outras vezes e voltei pra minha cidade, ate hoje ela me manda mensagens dizendo que não me esqueceu, que me amava e que dia eu voltava láyaoming. Mas mesmo apois as fodas com a novinha, eu ainda continuava com minha BM na cabeça.



A friendzone com a colega do trabalho




No meu curso já estava no tempo da pratica na empresa,onde fui colocado num setor com uma equipe de 5 garotas, onde entre elas conheci uma garota branquinha linda de corpo e de rosto, onde no começo me dava abertura depois me ignorava, ficava no puxa e solta, resolvi investir nela, manginei pra caralho, fazia ela rir a todo momento, era o bobo da corte particular dela, um dia acabei descobrindo que ela namorava com um gerente de po$to de ga$olina, o cara era feio pra caralho ,na hora me surpreendi ,pois ela julgava muito pela beleza dos outros e namorava um cara feio.

Um dia eu perguntei pra ele sé o namorado dela ia ficar com raiva de mim por andar abraçado com ela(o famoso micro-ondas, esquentava pro outros comer), ela me respondeu que não, pois ela iria falar pra ele que eu era gay:rage, PQP, fiquei puto e cortei contato com ela, ela ficou atrás de mim querendo me miguxar por muito tempo, mas depois ela pedio pra sair da empresa e nunca mais nos vimos .



Próximo a conhecer a real



Depois disso entrei no curso técnico e ainda pensando em minha BM, não ligava muito pra estudar, passava o pouco tempo livre que tinha ouvindo musicas romântica e curtindo paginas idiotas como Friendzone da depressão, onde as pessoas se faziam de vitimas, e os moderadores passavam a mão na cabeça e não apresentava nenhuma solução pratica, onde as pessoas se humilhavam por migalhas de atenção de suas friendzones, quando via aqueles relatos ficava mais deprimido e pensava mais ainda na minha BM.
Já no curso técnico continuava na mesma mangnise, fazia as pessoas rirem a todo o momento, para chamar a atenção das mulheres, atrapalhando assim a aula, (era chamado a atenção pelos professores varias vezes)e tentar descolar uma foda fixa, por ser o bobo da corte da sala, tinha amizade com toda a turma),onde marcamos um dia para ir em uma festa, chegando lá, tentei novamente botar em pratica os ensinamentos do Clube dos Manginas, mas nada funcionou ,tomei vários foras, pois eu era um mediano com pouco destaque físico e nenhum destaque financeiro, lá meu amigo cafa teve um desfecho totalmente diferente do meu, ele era constantemente alvo de olharem e insinuações das mulheres, pois era destacado fisicamente, lá ele consegui-o pegar varias mulheres, sem mesmo nem mesmo chegar nelas, fiquei puto com aquela situação, enchi a cara de raiva, pensando que estava sendo o fodão, mas só estava passando vergonha, nisso percebi que as festas não eram pra mim.



Conhecendo a real



Depois disso pesquisando na net sobre a friendzone , me deparo com o canal do búfalo, mundo realista e o fórum do búfalo, comecei a ler a tarde e parei somente as 3 da manha, a sensação era indescritível, tudo fazia sentido, por que eu só me fodia e era invisível para as mulheres, tirei o peso das minhas costas, não sentia mais nenhuma pressão por nunca ter namorado é ter ficado com poucas mulheres, nisso procurei ler todo o material disponível, vendo os relatos percebi que o meu caso era muito bobo comparado aos outros que vi, e fiquei feliz por conhecer a real cedo.

Em minha fase de revolta busquei me manter longe das mulheres e mais tempo em casa, refletido, o choque foi muito grande. Passei alguns dias sem dormir, era muito difícil assimilar aquilo, pois para mim as mulheres eram serem angelicais e depois descobrir a real face delas, e com raiva das mulheres, perguntava como elas podiam ser seres tão malignos, após muitos dias de leitura e a fase da revolta já passada, botei os ensinamentos e conselhos em pratica, mudei totalmente minha postura e visão do mundo, deixei de ser o palhação paspalho e aderir a uma postura mais seria e viril (nisso as pessoas me perguntavam por que eu estava diferente, e eu apenas desconversava, agora eles não tinham mais o bobo da corte pra fazerem eles riremFuckyeah).

Com isso meus chefes e amigos passaram a me respeitar mais, pois transmitia mais confiança. Passei a me focar no desenvolvimento pessoal, físico e nos estudos, comecei a tirar notas boas, Cortei todas as friendzones da minha vida, algumas delas passaram a me respeitar e me tratar como um homem, outras parraram de falar comigo, mas nem ligava pra isso.

Futuramente acabando o curso técnico, quero iniciar minha faculdade, e continuar a crescer na vida, em relação as mulheres, vejo elas de modo diferente e não mais as idealizo, pois vejo com elas na maioria dos casos são vadias que se fazem de boa moça, fico mais observando e analisando as suas ações, e confesso que me sinto muito bem , por saber como elas agem e por saber como agir com elas.

Nesse meio tempo que conheci a real, meu foco principal tem sido nos estudos,mas apesar disso, atrai a atenção de algumas mulheres, pelo fato da minha mudança de postura, pois sou apenas um mediano, mas não fiquei com nenhuma ainda, pois estou tranquilo e não sou mais escravo do meu pau.

Bom confrades agradeço a leitura, e Força e honra e Winter Is Coming!!
Bem vindo ao clube, continue sua caminhada e lembre-se.

O que torna o sonho impossivel ,não é o sonho em si, e sim a inércia do sonhador.

vamos pra frente.
Stark! É isso aê guerreiro, força e Honra
Muito bom. Que você continue explorando e participando do fórum do búfalo.

"Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará."
Nossa maior força está nos relatos, devemos continuar a expor a verdade.

Ver como somos somos parecidos e que realmente tem algo estranho lá fora, algo maligno em volta da boceta.
Bem vindo ao covil da Real confrade.
Como você mesmo disse confrade, seu caso é leve perto de alguns por aqui. Você não teve filhos, não foi acusado de nada, não teve família envolvida em conflitos, etc. É uma situação que depende somente de você e do seu pensamento. Uma palavra que dizemos muito aqui é DESAPEGO. Mas a dica que eu deixo para você é pensar na palavra ORDEM. Tente trazer ORDEM na sua vida. E como fazer isso? Desenvolvendo-se e focando-se em você mesmo. Não evolua para os outros, evolua para você mesmo e a recompensa virá por "osmose". Você sentirá na pele como é estar em ordem com você mesmo, e por incrível que pareça, as pessoas ao seu redor irão notar isso também.

Você se questionou muito durante sua vida como uma mulher poderia estar com um cara feio (caso do gerente do posto), ou na balada elas ficarem com seu amigo destacado sem nem trocar uma palavra. Essas dúvidas já ocorreram na cabeça de todos nós e a resposta está no material que divulgamos aqui. Sugiro o livro "Os Princípios que Regem a Interação Social". Você verá, entre outras coisas, que para mulheres não importa quem você é, mas sim o que você representa. O Neymar não é cobiçado por ser sarado, bonito ou bom de papo, mas sim porque ele representa um ser de sucesso para o mundo todo. Talvez tenha faltado isso durante sua caminhada: mostrar aos outros sua representatividade. Mostrar que você é alguém importante, com autoridade e cabeça firme. E isso só é alcançado quando se tem confiança e motivação. Conhecer a Real é o primeiro passo para se chegar lá.

Bem vindo.
11 anos eu só queria saber de brincar de carrinho e futebol

ela falou que se eu gostasse dela , deveria querer que ela fosse feliz, mesmo que fosse com outra pessoa(Vadia do caralho)

Esse clichê foi dos bons!
Todo ser humano é livre, homens e mulheres só são diferentes fisicamente, a tarefa de cuidar de uma casa é maçante e repetitiva, mulheres também tem capacidade intelectual.....são livres para fazer oque quiserem, até mesmo para serem mediocres ou profanas, cabe a cada individuo cuidar de sí e procurar não mais o mito do amor romântico, mas sim o mito da existência libertina e sádica.

Não existe felicidade quando se precisa de outrem para cumpri-la, o homem que não aprender a conviver com ele mesmo na mais absoluta solidão este sim estará fadado ao inferno vivente.

Estamos todos sozinhos, a culpa destes acontecimentos é exclusivamente de nós e dos nossos sentidos e da influência da sociedade sobre nossos valores. Aquele que buscar a verdade, procurar pensar fora dos padrões impostos....este sim estará próximo da verdadeira felicidade que no final também não passa de ilusão.

E oque é o mundo se não uma ilusão? Produto de um livro escrito por Deus.
Salve Stark ! Tua vida começou agora.
Agradeça por ela ter te posto na friendzone, se ela aceita namorar contigo, tinha te enterrado mais fundo ainda na matrix.
Como você invariavelmente vai namorar mais cedo ou mais tarde, foque em desenvolver seu desapego para evitar as artimanhas da paixão que acontecem num relacionamento, mas não as tema, pois tudo é aprendizado.
Muito obrigado confrades, agradeço por suas palavras pois elas me motivam ainda mais.

rrsupremo, com certeza, de nada adianta sonharmos, sé não lutarmos para que eles se tornem realidade.

Mandrake, agradeço por conhecer a verdade, pois ela me libertou.

Cabraman, verdade, o que passamos por causa de uma boceta não é brincadeira.

Tim Laflour, muito obrigado pelos conselhos e pela a indicação do livro, já estou lendo e gostando muito, a leitura dele esta sendo muito proveitosa.

Tiago, não só com 11 anos, mais toda minha infância e pré adolescência só pensava em jogar bola e virar jogador. Esse foi um fato isolado, nessa época nem pensava direito em mulher.

Spectro, muito bom esse trecho que você postou, meu modo de pensar e muito parecido com essa passagem, onde minha inspiração e modo de viver e inspirada no autor, Deus.

Professor, com certeza agradeço por ter conhecido a real cedo.

Free Bird, depois de conhecer a real refleti sobre esse fato com minha BM que me colocou na friend-zone, que não deveria guardar rancor dela, pois graças a ela pude conhecer a real e me tornar a pessoa que sou hoje. É estou me focando no desapego. Depois da real não mais as temo, onde procuro aprender com meus erros.
Você tinha sangue de barata heim, essa tua BM cagou em você, e você não fez nada velho. mas isso é passado, hoje você é outra pessoa confrade.
Essa foi a última mensagem do confrade? Será que deu "revestreis"??
(11-10-2013, 02:09 PM)Le Grand Specter Escreveu: [ -> ]cabe a cada individuo cuidar de sí e procurar não mais o mito do amor romântico, mas sim o mito da existência libertina e sádica.

como assim Spectro
(12-08-2014, 11:44 PM)Max Payne Escreveu: [ -> ]Você tinha sangue de barata heim, essa tua BM cagou em você, e você não fez nada velho. mas isso é passado, hoje você é outra pessoa confrade.

é foda parceiro, essa desgraça de matrix faz isso conosco, mas agora s tempos diferentes, nos tornamos bufalos e ninguém mais pisará em nossas cabeças!
(13-08-2014, 01:17 AM)NEW GOD FLOW Escreveu: [ -> ]
(11-10-2013, 02:09 PM)Le Grand Specter Escreveu: [ -> ]cabe a cada individuo cuidar de sí e procurar não mais o mito do amor romântico, mas sim o mito da existência libertina e sádica.

como assim Spectro

É a Real matrixiana.
Sai da matrix comum pra entrar na matrix de polarização revoltada, agindo com desonra e escroteando mulhee gratuitamente.
Ótimo relato se desenvolva daqui uns anos a BM vira rastejando (provavelmente com um EAA de algum cafa) e você com uma mina bem melhor que ela.

Só o desenvolvimento nos salvará !
Velhos tempos....

Hoje quando me recordo dessas historias, fico pensando que já se passou uma eternidade.

Lendo novamente esse relato, eu não me reconheço ... e como se fosse outra pessoa. Minha postura, sabedoria e modo de pensar são totalmente diferentes hoje em dia. E só tenho a agradecer a real e ao fórum do búfalo.

Durante esses anos fiquei apenas observando, buscando absorver tudo que tinha aprendido, botando em prática e quebrando a cara algumas vezes, mais isso também faz parte do processo.

Com o passar do tempo, percebi como meus problemas eram tão insignificantes. E de certa alegria, de poder observar a real em prática, acontecendo diante dos meus olhos.

Sinceramente, vocês salvaram minha vida. Muito Obrigado
Se puder, gostaria de editar esse relato e tirar algumas partes.

Pois o vitimismo e auto-humilhação desse relato me deu uma grande vergonha alheia. rs
Acredito que expus algumas informações pessoais.

Se não puder, sem problemas, deixa ai mesmo.
Páginas: 1 2