Fórum do Búfalo

Versão Completa: A Regra de Pareto, a Real e o nosso Mundo
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5
A REGRA DE PARETO: A RÉGUA DO NOSSO MUNDO


Salve confrades.

Uns dois meses atrás, estava avaliando parte da minha vida. Sempre quando chega essa época (final do ano e meu aniversário) eu paro por um ou dois finais de semana para avaliar minhas posses, amizades e outros fatores e ver o que realmente devo manter ou não pro ano seguinte.

Enquanto separava os mangás, livros e HQs que iria manter e os que iria doar ou vender (obrigado Mercado Livre) percebi uma coisa: a quantidade de itens que guardei, década após década, se mantinha numa quantidade estável e pequena, enquanto que os que eu decidia me livrar ou vender só aumentava.

Resolvi listar, mentalmente, os poucos autores de TODA a cultura que li/ouvi/assisti na minha vida, dos quais eu realmente não iria me livrar nunca. Os que realmente passaram alguma mensagem para mim; os que realmente fizeram alguma diferença na minha mente, que não serviram somente como distração ou para matar o tempo.

Algum dos poucos que sobraram:
- Guido Crepax (HQ italiana: Valentina)
- Hugo Pratt (autor de Corto Maltese)
- Hergé (Tintim)
- André Gide (escritor francês)
- Alan Moore (Watchmen, V for Vendetta, Promethea e outros)
- Neil Gaiman (Sandman)
- Grant Morrison (Os Invisíveis)
- Warren Ellis (Frequência Global, Transmetropolitan)
- Joseph Campbell (autor de O Poder do Mito, O Herói de Mil Faces)
- Carl Sagan (Cosmos)
- Osamu Tezuka (Buda, O Menino Biônico)
- Allan Kardek
- Edgar Alan Poe
- Música: Cocteau Twins, The Smiths, Sinead O’Connor, Sade Adu, Eurithmics, Linked Horizon, Kalafina, Yoko Kanno & The Seatbelts, Yuki Kajiura.
(Essa lista não é exaustiva.)

E todo o resto? Todo o maldito resto sobre o qual eu passei os olhos, ouvi no rádio do carro, correndo na esteira, lendo dentro do trem ou do metrô, ou assistindo no micro ou no cinema?

Lixo. Distração. Perda de tempo. :rage

O ponto no qual eu quero chegar é: aproximadamente 80% do que consumi culturalmente não me serviu pra nada (tirando uma distração passageira).

Só 20%, ou um pouco menos, me marcou realmente de alguma forma.

Onde mesmo que nós já vimos tal porcentagem antes, hein... ?
Um dos primeiros textos que li sobre a Real foi em inglês, no site Chateau Heartiste (o site é de um PUA norte-americano, mas ele também tropeça na Real, mesmo que não saiba disso).

Ele falava algo como “20% dos homens transam com 80% das mulheres”. Outros sites usaram a mesma frase, mas poucos apontam-no como sendo o autor.

Só anos mais tarde, quando estudava Gestão de Materiais e fui apresentado à Regra de Pareto, foi que percebi de onde ele tirou tal fórmula.
VILFREDO PARETO
[Imagem: vilfredo_pareto_zps0654eb51.jpg]
- retirado da Wikipedia -

Nascido Wilfried Fritz Pareto na França de pais italianos da Ligúria, sua família detinha o título de nobreza desde o início do século XVIII. Seu avô, Giovanni Benedetto Pareto, foi nomeado barão do império por Napoleão Bonaparte em 1811. Seu pai recebeu asilo em Paris devido às suas ideias republicanas e antipiemontesas. Lá se casou com Marie Méténier.
Em 1867 a família de Pareto voltou à Itália, onde este concluiu os estudos secundários clássicos e estudos científicos na Universidade Politécnica de Turim.

(...)

Entre 1892 e 1894 publicou estudos sobre os princípios fundamentais da economia pura, entre outros pontos da teoria econômica. Em 1892, após contato com L. Walras, este o indicou para tomar seu lugar na cadeira de economia política da Universidade de Lausanne. Em 1893 assumiria o cargo.
Em 1897 executou um estudo sobre a distribuição de renda. Através deste estudo, percebeu-se que a distribuição de riqueza não se dava de maneira uniforme, havendo grande concentração de riqueza (80%) nas mãos de uma pequena parcela da população (20%).

A partir de 1907, por motivos de doença, passou a reduzir, pouco a pouco, seu trabalho como professor.

(...)
Teorias: Princípio de Pareto

A Lei de Pareto (também conhecido como princípio 80-20), afirma que para muitos fenômenos, 80% das consequências advêm de 20% das causas. A lei foi sugerida por Joseph M. Juran, que deu o nome em honra ao economista italiano Vilfredo Pareto.

[Imagem: pareto_zpsf83e2fbc.jpg]

• Exemplos : Uma livraria não pode ter todos os títulos do mercado, portanto ela aplica a regra de Pareto e foca em 20% dos títulos que geram 80% da receita.
• A maioria dos acidentes de carro ocorre em um número relativamente pequeno de cruzamentos, na faixa da esquerda em determinada hora do dia.
• A maioria dos acidentes fatais ocorre com jovens.
• Em vendas comissionadas, 20% dos vendedores ganharão mais de 80% das comissões.
• Estudos mostram que 20% dos clientes respondem por mais de 80% dos lucros de qualquer negócio.
• Menos de 20% das celebridades dominam mais de 80% da mídia, enquanto mais de 80% dos livros mais vendidos são de 20% dos autores.
• Mais de 80% das descobertas científicas são realizadas por 20% dos cientistas. Em cada época, são uns poucos especialistas célebres que fazem a maioria delas.
Entenda que o Princípio de Pareto ficou conhecido por esta relação 80/20 que mostra uma relação muito desproporcional, entre causa e efeito, mas com frequência existem quadros muito mais extremos, por exemplo:
• Os americanos representam menos de 5% da população mundial, mas consomem 50% da cocaína do planeta.
• De igual maneira, os americanos consomem 25% do petróleo produzido no mundo.
• Na Indonésia em 1985, os residentes chineses totalizavam menos de 3% da população, mas eram donos de 70% da riqueza do País.
• Nas Ilhas Maurícias, embora famílias francesas representem somente 5% da população, eles detêm 90% da riqueza local.

Estes números ilustram bem o que o Princípio de Pareto deixa claro: que a realidade contraria a nossa lógica, ou seja, não mostra o que esperamos, que seria uma relação de equilíbrio entre causas e resultados.

[Imagem: curva_ABC_zps6950d66d.jpg]

Em Gestão de Materiais, a Regra de Pareto é aplicada na Curva ABC: 20% dos produtos ou clientes são responsáveis por 80% do lucro da empresa. São produtos que nao podem faltar em estoque jamais (e clientes que a empresa jamais poderá prescindir, não sem grandes perdas financeiras). O controle desses produtos/clientes “classe A” é o grande desafio das empresas.

Após os 20% “A”, pode existir uma certa quantidade classificada como “B” responsável por mais 15% dos lucros da empresa (esses “B” podem variar entre 20%-30% dos produtos e clientes) e o resto é o “C”, chegando a 50% ou mais dos produtos ou clientes da empresa, mas responsáveis somente por 5% dos lucros.
“Maravilha, Rider”, vocês devem estar pensando. “Ótima síntese. Mas o que isso tem a ver com a Real, e, mais ainda, com o Mundo, como você escreveu no título?” yaoming

Simples meus caros. Pensem um pouquinho.

Se tal Regra funciona tão bem para controle de produtos, Economia e riqueza das nações, por que não funcionaria para outros campos??
Foi o que eu notei quando estava avaliando todas as obras culturais que já consumi. Foi o mesmo que o Heartiste sacou quando elaborou sua frase “20% dos homens papam 80% das mulheres”.

Se extrapolarmos essa Regra para outros campos da nossa vida, o que temos?

• 20% de todo mundo que conhecemos são realmente amigos de verdade. Os outros 80%, estão divididos entre indiferentes, ou simples aborrecimento, ruído na nossa vida.
• 20% de todas as mulheres que namoramos em toda nossa vida terão algum valor. As outras 80% serão mero passatempo, desperdício de tempo ou tragédia (BM, oi?)
• 20% de tudo que lemos/ouvimos/assistimos terá algum valor para nós. O resto é puro lixo cultural.
• 20% das empresas no qual trabalhamos realmente acrescentam algo às nossas carreiras. As outras 80% ou são indiferentes, ou nos atrapalham.

E o principal, em termos de Real:

[Imagem: how-to-spot-a-rich-guy-03_zpsb6290091.jpg]

- 20% dos homens são destacados: cafajestes, bombados, imagem/comportamento de “bad boy”, já nascem com engenharia social suficiente para pegarem quantas garotas quiserem, ou são grandes destaques da mídia ou donos de grandes fortunas. Se eles quiserem, podem pegar 80% das mulheres que conhecerem. Esses são os alphas.

[Imagem: images-Business-family_400_869347484_zps5aeccedf.jpg]

- 25 a 30% dos homens não terão esses fatores, ou lutarão para desenvolvê-los, sem um sucesso excepcional, mas compensarão a falta deles com carreiras estáveis, seriedade, bom comportamento, inteligência racional acima da média e MUITA paciência. Esses são os “bons partidos” que as vadias procuram depois dos 30 anos (ou do filho não assumido pelo cafinha). Eles terão que se contentar com 15% das mulheres, ou com os restos dos alphas. São os betas.

[Imagem: 11666_zpse4bbcded.jpg]

- 50% dos homens não conseguirão atingir nem isso. São os ômegas. Um ômega pode se considerar sortudo se conseguir uma transa regular com os 5% das mulheres que restaram...

E foi uma das conclusões mais tristes que já cheguei a respeito desse nosso mundão vaginante. Eu acreditava, realmente, seriamente, que todos os homens poderiam ser conscientizados de como o mundo social realmente funciona, e assim fugir das armadilhas que as espertinhas colocam em nosso caminho. Eu acreditava mesmo que chegaria uma hora em que todos os homens (ou quase 90% deles) se livraria da Matrix e viraria O Jogo.
Mas o melhor com que podemos contar é: 20% dos homens se tornarem alphas (via Desenvolvimento Pessoal); 30% conseguirem sucessos médios, e os 50% restantes, simplesmente copiarem ou repetirem os bordões da Real via osmose cultural.

Mesmo que a Real se torne parte da cultura geral do Ocidente (e isso já está acontecendo!), somente 20 a 50% de nós conseguirão colocá-la efetivamente em prática. Os outros 80 a 50% somente repetirão os principais pontos, mas jamais conseguirão empregá-lo na própria vida de forma efetiva. Ou por falta de recursos, ou de vontade, ou por simplesmente por não acreditarem nisso.
O que nos resta a fazer, portanto? Face a essa Regra não-escrita (e jamais comentada, fora do mundo dos negócios) com nossas vidas, nossos relacionamentos, nossos empregos?

LUTARMOS PARA ENTRARMOS NO GRUPO DOS 20%, ÓBVIO!


E para isso nós temos armas que, imagino, nenhuma geração de homens teve antes de nós: Informação. A Real. A Internet. O Desenvolvimento Pessoal.

Sente-se mal com seu corpo, fora de forma, tem alguma doença inexplicável que te atrapalha a vida? Dieta Paleolítica. HIIT. Jejum Intermitente. Discussão sobre o melhor treino de musculação. Ou como treinar em casa, usando equipamentos básicos. Coisas que discutimos aqui.

Não consegue fazer uma carreira decente? Sente que o lugar que trabalha é um beco sem saída? Aqui também discutimos carreira e negócios. Procure informação na Internet. Descubra exatamente onde você falha e trate de mudar isso. Desenvolvimento Pessoal!

Não entende o comportamento feminino? Não entende porque aquela gata te trocou por um cara que a usou como chiclete e depois cuspiu fora? É pra isso que a Real foi criada, meu filho. Leia Nessahan Alita. Crie um tópico pra discutirmos o seu problema. Procure os sites e foruns da Real. Mude sua linguagem corporal, seu comportamento, sua atitude. Aprenda o Desapego Emocional. Incorpore a Real!

E tantos outros campos diferentes...

No final, cabe a nós mesmos percebermos em qual campo de nossas vidas estamos nos 20% ou nos 80%. E tratar de tomar as medidas para sairmos dele.

E outra coisa: temos que lutar sempre para nos mantermos entre os 20%, naqueles campos que nos interessam. Nem todos irão querer virar os comedores. Nem todos têm como objetivo virar o foda-bombadão da academia. Nem todos desejarão ser o mega-hiper-duper empresário dono de milhões (alguns se contentam simplesmente com centenas de milhares, como eu... não que eu já tenha atingido yaoming ).

Mas, assim que você decidir no que quer melhorar, em que campo da sua vida quer sair dos 80% e chegar nos 20%, nós, GdR, e principalmente o pessoal aqui do FdB (que eu sem modéstia alguma, considero como fazendo parte dos 20% da Elite da Real), te damos todo o apoio na forma de informação e conhecimento.

Mas a disciplina, a luta pelo Desenvolvimento Pessoal é sua e somente sua.
E aí, o que está esperando?

[Imagem: never-giveup-mlm1_zps6b19778d.jpg]
Muito bom.
Vi esse princípio neste semestre, junto com o Diagrama de Ishiwaka da Administração. Achei muito interessante, ambos.

O que mais me chamou atenção foi a conclusão sobre o princípio de pareto:
"Estes números ilustram bem o que o Princípio de Pareto deixa claro: que a realidade contraria a nossa lógica, ou seja, não mostra o que esperamos, que seria uma relação de equilíbrio entre causas e resultados."


Mais legal ainda a conclusão sobre o princípio de pareto aplicado a real:
"No final, cabe a nós mesmos percebermos em qual campo de nossas vidas estamos nos 20% ou nos 80%. E tratar de tomar as medidas para sairmos dele. "Temos que lutar sempre para nos mantermos entre os 20%, naqueles campos que nos interessam."


Apesar de algumas oscilações, acredito quase tudo se resume a essa proporção.


[Imagem: Lao-Ts%C3%A9-3.jpg]

Penso que a grande resultante dessa discussão, a meu ver, seria retirar aqueles 80% e focar só nos vinte por cento.

Seria um relação de custo benefício, que teria coragem de aplicar até mesmo no meu próprio negócio.

Procuraria ser muita mais prestativo e focado naquela nata de clientes fiéis e gastadores, e cortaria os esporádicos, proporcionando assim uma maior fidelização destes clientes, e focando no que realmente dá lucro ao meu negócio.

E como falou Lao Tse na frase acima, procuraria, agora aplicado a vida, retirar aquelas coisas que atrasam, e focar naquilo que realmente te leva a evolução.

Essa é ideia de quando menos, é mais e também está estritamente ligada a concepção do foco e da qualidade.

Para aplicar vida a seus dias (e não dias a sua vida rs) é necessário cortar esses excessos.
Ótimo Texto Rider!

Sk ou Doutrinador que falava isso (não lembro quem disse), que 20% dos homens pegavam 80% das mulheres. E o texto explica bem essa regra geral que pode ser usada em outros campos da nossa vida, como você bem explanou.

As vezes você nem precisa de uma mudança brusca para evoluir, basta jogar o lixo fora.

Destro

Bom texto.
Quando se fala em alpha e Beta sempre tem alguém que vai vim no tópico e falar '' Não se rotule '' sim com certeza, mas antes que comecem as polêmicas desnecessárias ao texto do Riden para explicar conceitos tem que voltar sempre na ideia, alpha, beta e ômega.
Então não venham no tópico para criticar o uso dos termos.É impossível analisar estas questões sem usar estes termos.
Que fique isto bem claro.
Rider,excelente texto.
São verdades que tem que devem ser internalizadas.
Muito bom rider, excelente texto, deprimente mas excelente.

Eu faço parte dos 20% trollface
(08-12-2013, 02:05 PM)Spectro Escreveu: [ -> ]Muito bom rider, excelente texto, deprimente mas excelente.

Eu faço parte dos 20% trollface

Mas é obvio Spectro!

[Imagem: tumblr_ldf2xgYfj81qep77io1_400.jpg]

Falando em percentuais, e só para completar, o Max Gheringer mencionou uma regra dos 5%, uma proporção um pouco diferente, mas que parece ter uma relação direta com essa "filosofia" em si.


Rider, parabéns pelo texto! De agora em diante vou aplicar essa regra do 80/20 fora do contexto pegar mulheres. Ontem fui a uma feira de cultura de uma escola, chegando lá percebi que a maioria dos homens se comportando como ômegas, e sem querer contar vantagem, me senti sobre alguns aspectos parte dos 20%. Acho interessante os GdR usarem essa regra fazendo auto avaliações constantes sobre qualquer situação, é um bom parâmetro para se nivelar.
oK, sim esse é um dos princípios que regem a sociedade nos dias de hoje. Vivemos numa espécie de guerra, por causa disso, cada um tendo que garantir e perpetuar seu lugar nos 20%.

Mas nós iremos saber o que nos vai moldar nessa caminhada: a simples ganância por mais e mais, a busca pela honra ou uma iluminação, uma salvação?
O cabra tem de ter coragem o bastante pra se reconhecer um merda, feito isso ela saberá o que fazer pra deixar a lama, mas se o ego continuar enganando ele, já era, morrerá afogado nos proprios sonhos.
Alguns anos atras eu li o livro de Richard Koch-O principio 80/20-O segredo de se realizar mais com menos.

Complementando seu texto Rider,uma parte me chamou bastante atenção,fala da (TEORIA DA ALDEIA )Confusedegue.

O antropologos salientam que o numero de relacionamentos pessoais divertidos e importantes que as pessoas podem estabelecer é limitado.

Aparentemente,o padrão comum de pessoas em qualquer sociedade é ter dois amigos de infancia importantes,dois amigos adultos e dois médicos.em geral a dois parceiros sexuais forte,que eclpisam os outros.Em geral vc se apaixona somente uma vez e há um membro de sua familia acima de todos os outros.O numero de relacionamentos pessoais importantes é notalvelmente semelhante para todos,independente de sua localização,sofisticação ou cultura.

Isso levou a **Teoria da aldeia** dos antropologos.Em uma aldeia africana .todos esses relacionamentos acontecem dentro de poucas centenas de metros e são,com frequência ,formados dentro de um periodo de tempo curto.Para nós ,esses relacionamentos podem estar espalhadospor todo o planeta e por uma vida inteira.Não obastante eles constituem uma aldeia que cada um de nós tem em sua cabeça.E uma vez preenchida suas vagas,elas estão preenchidas para sempre.

Os antropologos dizem que se vc tiver experiencia demais,cedo demais,ira exaurir sua capacidade para relacionamentos profundos posteriores.Isso pode explicar a superficialidade frequentemente observadas nas pessoa cuja profissão ou cuja condições forçam a ter um grande numero de relacionamentos ,como vendedores ,prostitutas ou pessoa que mudam de casa com muita frequencia.

J.G.Ballard cita o exemplo de um projeto de reablitação na california pra mulheres que se misturavam com criminosos.Elas eram jovens,com 20 ou 21 anos,e o programa visava a apresentá-las a novos ambientes sociais,basicamente a voluntárias de classe média,que faziam amizades com elas e convidavam-nas para suas casas.

Muitas dessas jovens haviam se casado incrivelmente cedo.Muitas tinham tido o primeiro filho aos 13 ou 14 anos.Agumas haviam sido casadas três vzs antes dos 20.Tinham tido centenas de amantes e,em alguns casos,relacionamentos intimos com homens que depois foram asssassinados ou preso.Elas haviam passado por tudo-realacionamentos,matrernidade,rompimentos,perdas- e experimentado toda a gama de experiência humana ainda adolescentes.

O projeto foi um fracasso total.A explicação foi que as mulheres eram incapazes de formar um novo realcionamento profundo.Elas estavam esgotadas .Suas vagas de relacionamentos haviam sido preenchidas para sempre.

Essa história triste é sintomática . E tambem se encaixa no Principio 80/20:um pequeno numero de relacionamentos é responsavel por uma grande proporção de valor emocional.

Então Confrades preencha suas vagas de relacionamentos com extremo cuidado e não faça cedo demais !yaoming

No mais exelente tópico,Parabens.
Essa é a Real.

Se todo mundo fosse especial ninguém seria especial.

Os melhores sempre serão minoria.
(08-12-2013, 03:25 PM)NEW GOD FLOW Escreveu: [ -> ]oK, sim esse é um dos princípios que regem a sociedade nos dias de hoje. Vivemos numa espécie de guerra, por causa disso, cada um tendo que garantir e perpetuar seu lugar nos 20%.

Mas nós iremos saber o que nos vai moldar nessa caminhada: a simples ganância por mais e mais, a busca pela honra ou uma iluminação, uma salvação?

Boa pergunta.

Acredito que temos essa desproporção devido ao modelo de sistema instituído, um modelo que incita a competitividade agressiva, por vezes suja, onde um acaba passando por cima dos outro.

Não é a mentalidade ganha ganha, e sim o ganha perde. Pra mim ganhar alguém tem que perder. Entende?!

Vejamos sobe a ótica do dinheiro: quando muitos pensam que "o outro tem que perder para que eu possa ganhar." Mas muitas vezes ninguém para pra pensar que o dinheiro não é finito, se acabar, fabrica-se mais.

Vejamos sob a ótica dos relacionamentos: um homem não precisa de mais do que uma mulher pra viver, procriar, e ter filhos, ainda mais se formos ver de um ângulo religioso.

Ainda assim, estatisticamente pesquisas demonstram que predominantemente temos mais mulheres do que homens (sim, morremos mais), portanto não seria um problema manter mais de um relacionamento, com um shake das arábias e com seu arem, não teriamos um problema de escassez de recursos.

Logo, se fossemos ver assim todos os homens poderiam ser alfa, porque não há escassez, o que há sim é oportunidades para todos.

No meu entendimento futuramente a sociedade irá cada vez mais se igualar, e as desigualdades tendem a dimuir (ou pode acontecer o efeito inverso e eu estar totalmente errado!yaoming).

O que já pude perceber é que não é interesse de alguém rico (não só em termos monetário) ver os outras pessoas que não tem tantas condições financeiras, intelectuais, etc. lá embaixo.

Não é e não pode de interesse que haja desigualdades.

As pessoas devidamente esclarecidas, até mesmo como magnatas Bill Gates, Warrem Bufft (Tony Stark rsrs) praticam/vam filantropia, e alguns vivem de modo até muito simplista se formos ver as suas condições, ou seja, eles não tem interesse de se manter no topo do mundo, eles querem um mundo mais igualitário - a meu ver. Em síntese, toda pessoa bem sucedida te puxa pra cima, todo fracassado te puxa pra baixo.

O resumo de toda essa minha falácia é: a verdadeira resposta só vem com a reflexão, desenvolvimento e o diálogo mútuo.

Há oportunidade pra todos, mas o sistema instituído prega a desigualdade e competição agressiva; Contraditoriamente, não é interesse de pessoas bem sucedias/esclarecidas manter essa desigualdade.

A solução, a meu ver, é você se desenvolver e crescer tornando-se parte destes 20%, e depois disso ou sentar a bunda na cadeira e curtir, ou fazer que nem os magnatas que falamos a pouco, buscar um mundo mais igualitário.

E mais uma vez repito, como já falei em algum outro comentário, assim como aquele que está embaixo pode subir, aquele que está em cima está sujeito a cair.

Quem está embaixo deve trabalhar pra subir, e quem está em cima, deve se manter em cima. Mas o objetivo não é que ninguém caia ou deixe de subir, mais sim um mundo mais justo.

É a minha humilde opinião, ok?! - não é verdade absoluta.

E desculpem eu me empolgar e sair um pouco da real e do post propriamente dito. Não sei o quê ou quem foi o precursor dessa minha veia filosófica. yaoming


Pra finalizar:
São Lucas escreveu: "O Reino de Deus está dentro do homem. Não de um só homem, mas de todos os homens! Em vós!
(08-12-2013, 09:10 AM)Dominador Escreveu: [ -> ]
Apesar de algumas oscilações, acredito quase tudo se resume a essa proporção.


[align=center][Imagem: Lao-Ts%C3%A9-3.jpg]

Penso que a grande resultante dessa discussão, a meu ver, seria retirar aqueles 80% e focar só nos vinte por cento.


E como falou Lao Tse na frase acima, procuraria, agora aplicado a vida, retirar aquelas coisas que atrasam, e focar naquilo que realmente te leva a evolução.

Essa é ideia de quando menos, é mais e também está estritamente ligada a concepção do foco e da qualidade.

Para aplicar vida a seus dias (e não dias a sua vida rs) é necessário cortar esses excessos.

A regra de Pareto também vale ao contrário, como bem mostra essa citação do Lao Tsé:

- 20% de todas as pessoas que conhecemos são responsáveis por 80% dos nossos problemas.

- 20% de todas as mulheres respondem por 80% de nossas decepções.

- 20% de nossos inimigos respondem por 80% de nossos fracassos.

- 20% de nossos problemas respondem por 80% de nossas frustrações etc.

É preciso aprender a ser muito frio e muito direto nessas horas. Descobrir que sua vida está sendo atrasada somente por umas poucas pessoas/situações/lugares é muito triste. Ainda mais quando você se dá conta que não consegue se livrar facilmente deles.

O desapego emocional tem que ser estendido para todos os campos da nossa vida. MAS QUEM DISSE QUE ISSO É FÁCIL?

De boa, confraria: depois que eu cheguei nessa conclusão, devo ter passado quase um mês entristecido. Talvez vocês não tenham notado, mas isso contraria quase tudo do que foi ensinado desde criança.

E não se esqueçam de que nós mesmos podemos responder por 80% dos problemas dos outros!

Afinal, nós que não somos nem 20% dos homens devemos responder por 80% das dores de cabeça das feminazis, não? trollface yaoming Fuckyeah
(09-12-2013, 07:46 AM)Rider Escreveu: [ -> ]O desapego emocional tem que ser estendido para todos os campos da nossa vida. MAS QUEM DISSE QUE ISSO É FÁCIL?

É... e o que acontece qdo chegamos neste ponto? Frieza.
Páginas: 1 2 3 4 5