Fórum do Búfalo

Versão Completa: Estoicismo – sabedoria antiga para os tempos atuais
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2
O estoicismo é muito mais do que, por exemplo, a capacidade de “ suportar a dor ou sofrimento, sem demonstrar sentimentos ou reclamando.”

Na verdade, é uma filosofia que pode ser muito útil para sobreviver aos tempos atuais, se bem compreendida e aplicada!

http://canal.bufalo.info/2014/02/estoici...os-atuais/
Caralho que texto foda.
Pensar que nunca ouvi falar nesse cara, pqp. Shame on me.

Mais um pra minha lista de "ler assim que tiver tempo".
Barão,texto bom pra car...
Se aplica certamente nos dias de hoje.
Texto muito bom!

O estoicismo é uma das mais importantes correntes da filosofia, e uma das que eu mais gosto.

Recomendo, pra quem se interessar, textos de Sêneca, Zenon, Epicuro e Marco Aurélio (que aliás é o filósofo que está no meu avatar), além do discutido no texto, Epiteto.

Sêneca - Sobre a brevidade da Vida
Marco Aurélio - Reflexões.
@Pensador Interessante, tenho esse livro Reflexões de Marco Aurélio, é muito bom e recomendo a leitura dele a todos os confrades!!
Aliás, no post tem o link pro livro do Epíteto (ou tá na pg da wikipédia que linkei).

Eu dei uma olhadela e parece mt bom as regras (algumas já citadas no artigo). Assim que sobrar um tempo eu vou dar uma printada no livrinho (acho q é nem 50 pgs) e dar uma conferida.

No mais, eu acredito que este seja um dos textos mt bons para juvenas. A frase do "se comportar em banquete" cai como uma luva. O cara fica lá desesperado pra ter resultado rápido e toma no rabo. Comece a se comportar mais tranquilamente...
Vai de encontro ao que eu sempre penso sobre as variáveis da vida que não temos controle, e o fato da vida ser uma equação negativa. O homem deve se revestir de condutas que o proteja da queda, controlar justamente as variáveis fixas: o pensamento e as ações.
Lembrei disso aqui, que tenho impresso no meu trabalho:

Se você pode manter a calma quando todos ao seu redor
Já a perderam e o culpam por isso;
Se você pode confiar em si mesmo quando todos estão duvidando,
Mas reluta em também duvidar deles;
Se você pode esperar e não se cansar esperando,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, não se dê chance de odiar,
E ainda não parecer bom demais, nem falar muito sabiamente;

Se você pode sonhar - e não fazer dos sonhos seus mestres;
Se você pode pensar - e não fazer dos pensamentos seu objetivo;
Se você pode se encontrar com o triunfo e a queda
E tratar a estes dois impostores da mesma forma;
Se você pode agüentar ouvir as verdades que você falou
Transformadas em facas afiadas numa armadilha para tolos,
Ou assistir as coisas para as quais você deu a vida se quebrarem,
E se inclina e reconstrói do nada com ferramentas desgastadas;

Se você pode juntar tudo que ganhou
E arriscar tudo em um lance,
E perder, e começar tudo de novo
E nunca suspirar uma palavra sobre sua perda;
Se você pode forçar seu coração e nervos e tendões
A lhe servirem no seu minuto decisivo, mesmo esgotados,
E assim agüentar quando não houver nada em você
Exceto a Vontade que diz a eles "Agüentem";

Se você pode falar com multidões e manter sua virtude,
Ou caminhar com reis ou entre a plebe e não te corromperes;
Se nem inimigos nem os amigos amorosos podem te ferir;
Se todos os homens contam com você, mas nenhum muito;
Se você pode encher o minuto irreconciliável
Com sessenta segundos corridos de valor -
Sua é a Terra e tudo o que há nela,
E - o que é mais - és um Homem, meu filho!
(10-03-2014, 07:29 PM)Sedsage Escreveu: [ -> ]Lembrei disso aqui, que tenho impresso no meu trabalho:

Se você pode manter a calma quando todos ao seu redor
Já a perderam e o culpam por isso;
Se você pode confiar em si mesmo quando todos estão duvidando,
Mas reluta em também duvidar deles;
Se você pode esperar e não se cansar esperando,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, não se dê chance de odiar,
E ainda não parecer bom demais, nem falar muito sabiamente;

Se você pode sonhar - e não fazer dos sonhos seus mestres;
Se você pode pensar - e não fazer dos pensamentos seu objetivo;
Se você pode se encontrar com o triunfo e a queda
E tratar a estes dois impostores da mesma forma;
Se você pode agüentar ouvir as verdades que você falou
Transformadas em facas afiadas numa armadilha para tolos,
Ou assistir as coisas para as quais você deu a vida se quebrarem,
E se inclina e reconstrói do nada com ferramentas desgastadas;

Se você pode juntar tudo que ganhou
E arriscar tudo em um lance,
E perder, e começar tudo de novo
E nunca suspirar uma palavra sobre sua perda;
Se você pode forçar seu coração e nervos e tendões
A lhe servirem no seu minuto decisivo, mesmo esgotados,
E assim agüentar quando não houver nada em você
Exceto a Vontade que diz a eles "Agüentem";

Se você pode falar com multidões e manter sua virtude,
Ou caminhar com reis ou entre a plebe e não te corromperes;
Se nem inimigos nem os amigos amorosos podem te ferir;
Se todos os homens contam com você, mas nenhum muito;
Se você pode encher o minuto irreconciliável
Com sessenta segundos corridos de valor -
Sua é a Terra e tudo o que há nela,
E - o que é mais - és um Homem, meu filho!

Muito bom..!
Amo o Estoicismo!!!!!!!!!

Pensador - Epicuro não era estoico, e Seneca tem muitos outros livros maravilhosos.

Minha filosofia de vida se chama Estoicismo !!
(10-03-2014, 07:29 PM)Sedsage Escreveu: [ -> ]Lembrei disso aqui, que tenho impresso no meu trabalho:

Se você pode manter a calma quando todos ao seu redor
Já a perderam e o culpam por isso;
Se você pode confiar em si mesmo quando todos estão duvidando,
Mas reluta em também duvidar deles;
Se você pode esperar e não se cansar esperando,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, não se dê chance de odiar,
E ainda não parecer bom demais, nem falar muito sabiamente;

Se você pode sonhar - e não fazer dos sonhos seus mestres;
Se você pode pensar - e não fazer dos pensamentos seu objetivo;
Se você pode se encontrar com o triunfo e a queda
E tratar a estes dois impostores da mesma forma;
Se você pode agüentar ouvir as verdades que você falou
Transformadas em facas afiadas numa armadilha para tolos,
Ou assistir as coisas para as quais você deu a vida se quebrarem,
E se inclina e reconstrói do nada com ferramentas desgastadas;

Se você pode juntar tudo que ganhou
E arriscar tudo em um lance,
E perder, e começar tudo de novo
E nunca suspirar uma palavra sobre sua perda;
Se você pode forçar seu coração e nervos e tendões
A lhe servirem no seu minuto decisivo, mesmo esgotados,
E assim agüentar quando não houver nada em você
Exceto a Vontade que diz a eles "Agüentem";

Se você pode falar com multidões e manter sua virtude,
Ou caminhar com reis ou entre a plebe e não te corromperes;
Se nem inimigos nem os amigos amorosos podem te ferir;
Se todos os homens contam com você, mas nenhum muito;
Se você pode encher o minuto irreconciliável
Com sessenta segundos corridos de valor -
Sua é a Terra e tudo o que há nela,
E - o que é mais - és um Homem, meu filho!

De onde é esse texto ?
Up nesse tópico, apesar de quase nada ter estudado sobre o estoicismo.

Em contrapartida, também no pensamento helênico, o gnosticismo platônico é um ramo valioso da filosofia ocidental e que podia ter um espaço ou tópico pra postagens no fórum, já que é muito relevante.
Foda esse tópico.

Eu amadureci muito nos últimos anos, e muito do meu amadurecimento veio do fato de eu não me importar mais com aquilo que eu não tenho controle. Tudo o que depende de mim, eu gasto tempo, planejamento, esforços, e dinheiro - se for o caso. Mas eu parei de gastar energia com o que não depende só de mim. Minhas ações estão todas concentradas naquilo que é de competência exclusiva minha.

Só depois de aplicar isso na minha vida que eu descobri que tem tudo a ver com estoicismo.

A área que eu mais apliquei isso foi nos relacionamentos amorosos. Eu não me importo mais com o passado da garota. Aqui tanto faz se ela só deu pra um já deu pra cem, se já fez anal ou gang-bang. Eu não me importo qual o sentimento exato que ela tem por mim. Eu não me importo mais em impressioná-la. Não me importo em viver um grande evento com ela toda semana. Não tô nem aí com as expectativas que ela tem sobre "nós dois". Eu não crio nenhuma expectativa. Simplesmente vivo o relacionamento enquanto ele for viável. E aí não importa se esse relacionamento é só um pega, ou um namoro, ou se ele evoluiu para casamento. O nível do relacionamento não é mais importante, o que importa é se ele é viável. No momento em que ele se torna inviável, eu termino e não me importo mais. Simples assim.

Aplico o estoicismo (essa parte dele, rsrsrsrs) em todas as áreas da minha vida, e senti um grande aumento de satisfação. Estou muito mais satisfeito com tudo, estou mais bem-humorado, alegre, sem o peso do mundo nas costas... estou muito mais em paz.

Aquela tristeza que eu senti por anos depois que eu descobri a Real, eu curei com esse pensamento estóico. Quando a gente descobre a verdade sobre as coisas, o mundo fica cinza, e parece que a gente não consegue mais ser feliz porque o mundo é mau. Dá um desânimo geral sobre tudo, apesar de não estarmos mais na matrix e estarmos nos desenvolvendo. A gente se sente impotente por não poder mudar o mundo a nossa volta. E é aí que o estoicismo faz a diferença. Nós não temos o controle sobre o mundo, sobre as pessoas, e sobre as mulheres. E por não ter controle, não devemos desperdiçar energia com isso.
Assino em baixo do Mr Black e registro o seguinte.

Pesando e medindo controlamos pouco nossa vida,

De nada adianta colocar recursos em coisas alheias de nossa vontade em todo o ou parte do caminho.

Mas o que controlamos deve ser de fato controlado

sem margem de erro, sem desculpas, sem imprevisto.
Destaco essa parte: "Nós não temos o controle sobre o mundo, sobre as pessoas, e sobre as mulheres. E por não ter controle, não devemos desperdiçar energia com isso."

Por mim podia fechar o tópico ai.
(01-10-2016, 12:23 PM)donborjone Escreveu: [ -> ]Destaco essa parte: "Nós não temos o controle sobre o mundo, sobre as pessoas, e sobre as mulheres. E por não ter controle, não devemos desperdiçar energia com isso."

Por mim podia fechar o tópico ai.

Mostrar ConteúdoSpoiler:
Estava dando uma olhando nesse tópico, vou ler mais sobre o Estoicismo.
Mr. Black mandou uma real violenta na fuça(concordo com tudo que ele falou). MARCANDO AQUI PRA DEPOIS RELER
Esse conteúdo é muito bom. Dando um up ...

O ponto entre esforçar o máximo e buscar fazer o meu papel, ao mesmo tempo consciente de que nada fora de mim me pertence e por isso nada me é garantido.

Difícil tarefa.

Podemos querer que o nosso próximo tenha uma determinada atitude, e devemos aconselhar o melhor que podemos, mas sabendo não depende de nos.

Podemos trabalhar e esforçar para conseguir um emprego melhor melhor, mas sabendo que um numero infinito de acontecimentos podem nos tirar desse cargo.

Podemos trabalhar o corpo, cuidar da alimentação e mesmo assim aceitar que existe a possibilidade de alguma enfermidade nos atacar.
Páginas: 1 2