Fórum do Búfalo

Versão Completa: A igreja é uma matrix amorosa e social enganosa?
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9
(30-05-2015, 09:17 PM)Búfalo Escreveu: [ -> ]Leia:

Uma matrix chamada Igreja

ÓTIMO TEXTO!
E a minha opinião e foda se quem não gostou...

E sobre o texto...excelente...
(31-05-2015, 03:19 AM)Sr.Smith Escreveu: [ -> ]E a minha opinião e foda se quem não gostou...
Nao! Foda-se a sua opinião, que está errada! Veio aqui pra se enganar e ficar gritando aos 4 cantos que seu desenvolvimento intelectual se limita a musiquinha idiota de analfabeto do angra e ao que seu professor maconheiro de esquerda te ensina? Aposto que também acha que nazismo e fascismo sao de extrema direita
(30-05-2015, 05:36 PM)Teophilo Escreveu: [ -> ]O Romantismo Cristão te pegou e te prendeu, todos esses anos, através do sentimento religioso, que nada a ver tem com a Fé.

Muito bom.

Outro dia li no Olavão, e ele me solta isso: " “o Papa João Paulo II acertou em cheio quando disse que os brasileiros são cristãos no sentimento, mas não na fé.” , disponivel http://www.olavodecarvalho.org/semana/080623dc.html. E outro site outro pessoa pergunta onde está cultura católica http://www.ocampones.com/?p=4552.
stã.

O que o Papa quis dizer é a mesma coisa que tu dissestes?
(30-05-2015, 05:36 PM)Teophilo Escreveu: [ -> ](...)

Os bons moços tocam, cantam, ajudam e pregam em suas Igrejas, são bonzinhos com os irmãos e irmãs, vivem um verdadeiro ágape fraterno. Não masturbam. Não fazem sexo e casam-se para não se abrasarem quando não suportam o impulso da concupiscência. Eles não falam palavrões e não são ríspidos e costumam ter na ponta da língua toda a palavra decorada. Participam algumas vezes por ano dos encontrões, simpósios e os chamados aprofundamentos. São legais, participam do sopão dos mendigos, das campanhas voluntárias de agasalhos e dos luaus de Jesus, e gostam de se abraçarem para fazer ecoar a paz no mundo.

Ora, todas estas coisas (por si só) estão muito longe do que possa se dizer de uma vida santa ou identificá-la. Em primeiro, porque a Fé, embora seja uma virtude teologal, se radica na Razão. Então Fé pressupõe um assentimento da Razão à Verdade por Deus Revelada. E não um sentimento "gostoso", um ágape fraterno, uma "socialização" em torno de Cristo. Ou uma simples moralidade conservadora ou puritanismo que nos faz viver corretamente em relação aos outros e a Deus.

Você, confrade, viveu até aqui não a austeridade da Fé, mas uma caricatura dela. E quando bateu de frente com tudo aquilo que a Fé não sentimentalizada e verdadeira exige, não suportou o baque.

Um homem de Fé é cascudo rapaz!...Homens Santos, Homens de Deus, Verdadeiros Cristãos, não se acham por aí a baciada não....Há uma enorme distância entre dizer ser cristão e verdadeiramente Ser. ...E digo mais, se não fosse pela graça jamais alguém nesse mundo conseguiria responder a esse mandado evangélico: "Sede Perfeitos"... "Sede Santos..."Sede meus Imitadores".

(...)

Você só está percebendo agora aquilo que nunca de fato foi. A concupiscência e o espírito desse mundo desmascarou em você a falsa fé, a fé sentimentalizada, a fé romantizada, e você percebeu que perdeu tempo em não responder ao chamado do mundão.

Você até então pensava que era um Homem de Deus, um Homem Santo, Um Cristão, porque o sentimentalismo religioso que em ti se impregnou te iludiu a respeito do que é de fato um Homem de Fé. Porém viu que não passava de um cristão bonzinho e socializado com as coisas da Igreja. E frustrou-se vendo-se diante daquilo que sempre vivenciou, ouviu e até creu, desde a adolescência, mas nunca foi realmente, já que te pintaram um cristianismo lindo e maravilhoso e todo romantizado.

O Romantismo Cristão te pegou e te prendeu, todos esses anos, através do sentimento religioso, que nada a ver tem com a Fé.

Aproveite o momento de desilusão pelo qual está passando e largue mão de vez dessa fé pueril, sentimentalizada, romantizada e boba e peça a Deus a Fé enquanto assentimento da Razão à Verdade por Deus Revelada, que traz sabedoria, ciência, obediência, virtude, caridade e austeridade verdadeiras. Ou vai aderir ao espírito do mundo por revolta? Não faça isso.

Busque seu desenvolvimento pessoal, mas sempre subjugando-o e subjugando-se a Deus (as suas doutrinas, leis e espiritualidades).

Simplesmente mitou.

[Imagem: aplausos.gif]
(31-05-2015, 01:16 AM)Jaguar Paw Escreveu: [ -> ]Alguns esclarecimentos sobre a Ética Libertária:

a) defendemos o princípio de jamais iniciar uma agressão;

b) defendemos a noção de que cada um deve cuidar da sua vida e deixar a alheia em paz;

c) acreditamos que devemos ser plenamente responsáveis por nossos atos, assumindo totalmente as suas consequências, se - por exemplo - uma mulher decidir ser mãe solteira, ela é livre para fazê-lo, desde que arque totalmente com os custos de sua gestação e da manutenção da criança, quem quiser ajudá-la também é livre para isto, mas somente em bases estritamente voluntárias;

d) crença ou descrença são assuntos de foro íntimo.

Exato. E todos estes princípios libertarios tem tudo a ver com a filosofia realista.

Se vc observar, aqueles zetas americanos, chamados MGTOW (Men Going Their Own Way — Homens Seguindo Seu Próprio Caminho), não deixa de ser um slogan libertário. A idéia de vc ser um homem livre, não ser escravo de buceta, é um princípio libertário.

Se vc observar, boa parte dos MHRAs, são libertários e defendem idéias libertárias.... Eles defendem os direitos naturais (vida, propriedade e liberdade) do homem contra os ataques do estado misândrico. Vc não vê MHRA defendendo maior intervenção do estado para defender os homens, pois eles sabem que o feminazismo é derivado do estatismo — ao contrário do que disseram aí, que o libertarianismo é "derivado do feminazismo" — e que sem a mão do estado, não há feminazismo.
Lawlyet_w, cara nessa parte de religião, cada um faz a sua verdade, quero saber quem tu és pra dizer o que é certo ou errado?
(30-05-2015, 11:10 PM)Sr.Smith Escreveu: [ -> ]A religião cristã acaba emasculando os seguidores...

Henrique V, rei da Inglaterra, durante a batalha de Azincourt na guerra dos 100 anos contra a França, atentou um ataque suicida com 5000 homens contra 50000 franceses. Porquê? Porque ele era tão cristão, tão crente no Senhor, que acreditava que sua única saída era a vitória. O que aconteceu? Ele ganhou a batalha, lutou na linha de frente e suas forças mataram mais de 10000 inimigos.

Isso tudo ocorreu porque Henrique V foi um dos reis ingleses mais fiéis ao senhor de toda história da Inglaterra. Se isso for emasculado, eu não sei mais oque é ser viril.
(31-05-2015, 04:12 AM)Don Welzo Escreveu: [ -> ]
(30-05-2015, 05:36 PM)Teophilo Escreveu: [ -> ]O Romantismo Cristão te pegou e te prendeu, todos esses anos, através do sentimento religioso, que nada a ver tem com a Fé.

Muito bom.

Outro dia li no Olavão, e ele me solta isso: " “o Papa João Paulo II acertou em cheio quando disse que os brasileiros são cristãos no sentimento, mas não na fé.” , disponivel http://www.olavodecarvalho.org/semana/080623dc.html. E outro site outro pessoa pergunta onde está cultura católica http://www.ocampones.com/?p=4552.
stã.

O que o Papa quis dizer é a mesma coisa que tu dissestes?

É nesse sentido mesmo.

Rapaz as pessoas não se dão conta de que a Igreja está lotada de batizados que são cristãos tão somente por causa do sacramento do batismo. E que em quase nada o são por causa da Fé.

Eles, os batizados, possuem na verdade um sentimento religioso, uma Fé romantizada. Por exemplo, dizem que amam a Deus, vão a Missa aos domingos, ajudam nas atividades sociais ou litúrgicas da paróquia e estão engajados em algum grupo cristão. Entretanto quando batem de frente com questões que contrariam as doutrinas, leis e espiritualidades católicas não respondem, com a Fé que dizem professar, a altura que o problema exige.

Quer um exemplo maior que o caso das eleições? O país mais "católico" do mundo elege comunistas a torto e a direito tanto para o legislativo como para o executivo (nas cidades, estados e país). Ou seja, na hora que tinham que dar uma resposta segundo a Fé que dizem professar e não eleger um abortista, um marxista, uma feminazi, um "coitadista", não respondem a altura da Fé e não se apoiam na Doutrina Católica sobre o comunismo. Todas aquelas práticas lá na paróquia não passaram de socialização cristã e puro sentimentalismo religioso, não serviram de nada quando a Fé lhes pediu provas.

Outro exemplo é quando uma pessoa reza a Deus, ajuda na Missa, faz as leituras, ajuda nos grupos de apoio social, mas mantém uma opinião de que se um casal está unido a 20 anos, porém nunca se casou na Igreja, está perfeitamente dentro da vontade divina. Esta pessoa atropela a doutrina e lei cristã acerca do matrimônio preterindo-as em relação a sua mera opinião, como se esta fosse maior que aquelas. Ou seja, tudo o que faz, por "Fé", na paróquia, não passa de sentimentalismo religioso e "clubismo" cristão.

Mais um exemplo é quando alguém se diz católico porque de fato foi batizado, vai a Missa aos domingos, recebe a Eucaristia, mantém uma certa vida orante, porém, ao mesmo tempo, frequenta o espiritismo, ou cartomantes, ou crê em horóscopos, ou reencarnação, ou em superstições, ou em esoterismo, enfim, pratica ou crê em espiritualidades contrárias a espiritualidade e mística cristãs. Então esta pessoa quando vai a Missa, recebe Eucaristia e ora a Deus na verdade está expressando uma fé que não é a Fé de sempre da Igreja, em outras palavras, ela expressa aquilo que ela sente e não aquilo que deveria, ainda que não sentisse.

A Fé é um assentimento da Razão às Verdades Reveladas por Deus, seja por Tradição Oral ou pela Sagradas Escrituras e, consequentemente, um assentimento às Doutrinas, Magistérios, Leis, Espiritualidades e Místicas da Igreja. Fé presume Obediência por assentimento da razão e não por um sentimento subjetivo.

Toda a relação íntima/pessoal com Deus para os que tem a Fé verdadeira em nada deve contrariar os aspectos objetivos dela.
Só sei de uma coisa...
Religião e ideologia são muito semelhantes em diversos pontos, e ambas costumeiramente são usadas para conduzir o "gado".

Eu diria que a ideologia é uma espécie de "religião" sem Deus, aonde se dizem assumir uma superioridade moral "racional".

Religiões, querendo ou não, são grupos de poder, principalmente nos dias de hoje.

Respeito a moral judaico-cristã e me posiciono favorável às "instituições" cristãs confiáveis por PURO PRAGMATISMO. Isso porque não imagino que seja possível um povo, mal instruído, viver sem fé e um código moral.

Mas porra, uma coisa que fico irritando com certos "realistas" são esses questionamentos nonsense ao evolucionismo se valendo de uma espécie de "criacionismo científico".

Faz tempo que percebi que a militância ateísta é burra, intolerante e ignorante. Mas também, seria um sacrilégio infinito eu ter que optar pela alternativa "criacionista".

São coisas desse tipo que me revoltam pra caralho:

http://noticias.gospelmais.com.br/felici...72837.html

Vai se fuder!

Falam dos marxistas maconheiros mas olha só a tentativa de "pagamento na mesma moeda" que esse pessoal faz!

Puta que pariu!

Parece que esse pessoal não entende que a maior parte dos estudos sobre comportamento de gêneros e dinâmicas de grupo são facilmente embasadas pelo evolucionismo.

Não nego que o evolucionismo, seguindo os padrões rígidos da experimentação científica, ainda não é, de fato, comprovado, mas é uma teoria amplamente aceita no meio científico que ajuda a explicar e a PREVER comportamentos e funcionamentos diversos da biologia.
Os confrades confundem muito, ficam pegando a história para contar as vitórias dos religiosos cristão, como se a religião fosse alguma certeza absoluta, como se religião salvasse alguém.
(31-05-2015, 02:57 PM)Sr.Smith Escreveu: [ -> ]Os confrades confundem muito, ficam pegando a história para contar as vitórias dos religiosos cristão, como se a religião fosse alguma certeza absoluta, como se religião salvasse alguém.
Eu vivo um dilema (ou pelo menos eu vivia há algum tempo)...

Eu me decepcionava com os ateístas que não compreendia o "marxismo cultural" mas ao mesmo tempo eu ficava estarrecido com o "criacionismo" dos realistas.

Acho que muita coisa mudou (evoluiu), pois o meu banimento do MR foi há uns 3 anos atrás, e to vendo que tem muitos realistas ateus, céticos e religiosos não radicais por aqui.
A Real fica adiando e postergando, mas uma racha sobre o papel do Cristianismo na Real é inevitável. Há uma discrepância incontornável entre o que a Real ensina e o que o Cristianismo prega. São necessárias cada vez maiores doses de dissonância cognitiva para manter ambas juntas.

Quantos homens sinceros e de boa vontade, como o autor do tópico, não tiveram suas vidas irreparavelmente danificadas por levar a sério todos esses princípios que supostamente representam o ápice da sabedoria humana e divina? Mas que de fato só produzem sofrimento, frustração, angústia e ilusão naqueles que o internalizam de fato?
O que eu via antigamente era que os "realistas" do MR temiam qualquer tipo de darwinismo como se fosse alguma "maldição" esquerdista-ateísta-feminazi etc.

Da mesma forma, os militantes ateus já estão com ideologias impregnadas ao movimento, e o feminazismo (bem como a libertinagem sexual), "animal-lib" e "gay-lib" são algumas delas.

Inclusive um dos "gurus" do ateísmo militante no Brasil, o Daniel Sottomaior, ficou com uma palhaçada de querer vincular a ATEA ao veganismo, com ideias do tipo: animais são como a gente, basta de "antropocentrismo".

Porra, é óbvio que antes de eu ser "defensor dos animais" eu sou "antropocentrista" cacete! Quem, em sã consciência não é?

Mas voltando ao assunto...
É um pouco pretensioso demais achar que possa haver alguma "doutrina" sem qualquer contaminação ideológica ou religiosa radical.
A única coisa que eu tenho certeza, e de que a Real salva vidas rsrs.
ThugLife, a Teoria da Evolução não é uma lei científica, dentro dela existem diversas ramificações de como ocorre o processo de evolução (adaptação, mutação, microevolução, macroevolução, etc). Não nego que a evolução possa ser verdadeira, porém ela não exclui a existência de Deus. Se a evolução é uma ordem natural, ela não pode ter nascido do acaso. A tendência é o caos (aumento da entropia), como poderia uma ordem natural nascer se a tendência é a desordem?
Aí que entra Deus. Pegando um exemplo: somente após milhares de anos o ser humano foi capaz de criar uma lente fotográfica de precisão. Por outro lado, o olho humano é mais complexo que qualquer coisa que o homem já criou. Eu não consigo acreditar que tal complexidade tenha surgido do acaso.

A ciência é limitada e está em constante mudança, mesmo uma teoria bem aceita não passa de uma teoria, uma possível explicação. Antes os cientista acreditavam que a eletricidade era um fluido que escoava de um corpo para o outro. Hoje já sabemos que não é nada disso. Antes acreditava-se que o átomo era indivisível, hoje já foi provado que o átomo é divisível e que suas partes por suas vez também são divisíveis!
(31-05-2015, 04:09 PM)Rudolf Escreveu: [ -> ]ThugLife, a Teoria da Evolução não é uma lei científica, dentro dela existem diversas ramificações de como ocorre o processo de evolução (adaptação, mutação, microevolução, macroevolução, etc). Não nego que a evolução possa ser verdadeira, porém ela não exclui a existência de Deus. Se a evolução é uma ordem natural, ela não pode ter nascido do acaso. A tendência é o caos (aumento da entropia), como poderia uma ordem natural nascer se a tendência é a desordem?
Aí que entra Deus. Pegando um exemplo: somente após milhares de anos o ser humano foi capaz de criar uma lente fotográfica de precisão. Por outro lado, o olho humano é mais complexo que qualquer coisa que o homem já criou. Eu não consigo acreditar que tal complexidade tenha surgido do acaso.

A ciência é limitada e está em constante mudança, mesmo uma teoria bem aceita não passa de uma teoria, uma possível explicação. Antes os cientista acreditavam que a eletricidade era um fluido que escoava de um corpo para o outro. Hoje já sabemos que não é nada disso. Antes acreditava-se que o átomo era indivisível, hoje já foi provado que o átomo é divisível e que suas partes por suas vez também são divisíveis!
É por essas e outras que, pra ser ateu, é necessário ter MUITA fé.
Repetindo o que falei no chat:

Eu acho um pé no saco esse assunto criacionismo x evolucionismo e se começarem com essa idiotice aqui, serão chutados da área. Todos sabem que quem criou o mundo e tudo o que temos foi o Chuck Norris depois de uma conversa com o Eddy Merckx.

"mas pq vc corta esse tipo de discussão! é censura!!"

Se é censura ou não, estou cagando pra isso. E tem mais 4 motivos:

1 - pq é um tipo de discussão que não leva a lugar algum;
2 - pq é um tipo de discussão que leva mais a brigas do que esclarecimentos e troca de informações relevantes;
3 - depois é eu e a moderação que se fode pra limpar a bagunça depois que uns 300 negos começam a brigar por um motivo tão idiota quanto criação do mundo;
4 - e a principal: pq eu mando nessa porra e acho um assunto chato pra caralho.

E quem discordar, será chutado daqui. Pra mim cara q se dispõe a ficar nessa patifaria de discussão, tem o bundão faminto.
Não quero discutir isso também, pois já manifestei minha opinião!

Deus é fé, evolucionismo é teoria científica!
Qualquer um que tenta colocar "Deus" em um contexto "científico" está falando merda!

"Criacionistas científicos" não passam de charlatões e estúpidos, pois criacionismo é fé!
Deus é fé, evolucionismo é teoria científica, e o Delicismo é VERDADE ABSOLUTA E INCONTESTÁVEL.

A partir de hoje este fórum adotará o DELICISMO como ideologia oficial e dominante e o AVANÇADISMO como religião e caminho de libertação.

(para quem não sabe, o Avançadismo é a teologia que prega que a verdadeira libertação do homem se dá pelo pedal. São Merckx é nosso padroeiro, Jão Romano I é o nosso atual papa e eu sou um dos seus mais fiéis discípulos. Amerckx.)

Quem não gostar, peço que se retire.

Heilícia! delícia
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9