Fórum do Búfalo

Versão Completa: A igreja é uma matrix amorosa e social enganosa?
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9
(02-06-2015, 03:03 PM)Warrior Spirit Escreveu: [ -> ]
(02-06-2015, 01:29 PM)Herculles Escreveu: [ -> ]"Isso obscurece a razão e o raciocínio, nos torna pessoas covardes e afeminadas, destrói nosso caráter".


Estou me sentido assim! Meu raciocínio está bloqueado, quanto mais você se entrega a prazeres: gula, masturbação excessiva etc o seu raciocínio e clareza mental se deterioram! Também estou ficando cada dia mais medroso, covarde, afeminado, me sinto desamparado por Deus, a vida não tem mais sentido, não quero mais lutar, o meu cérebro entrou em um estado niilista auto destrutivo.

E pq vc se entrega a esses prazeres?
(02-06-2015, 03:27 PM)Don Welzo Escreveu: [ -> ]
(02-06-2015, 03:03 PM)Warrior Spirit Escreveu: [ -> ]
(02-06-2015, 01:29 PM)Herculles Escreveu: [ -> ]"Isso obscurece a razão e o raciocínio, nos torna pessoas covardes e afeminadas, destrói nosso caráter".


Estou me sentido assim! Meu raciocínio está bloqueado, quanto mais você se entrega a prazeres: gula, masturbação excessiva etc o seu raciocínio e clareza mental se deterioram! Também estou ficando cada dia mais medroso, covarde, afeminado, me sinto desamparado por Deus, a vida não tem mais sentido, não quero mais lutar, o meu cérebro entrou em um estado niilista auto destrutivo.

Vixe cara!

Procure um tratamento, hein!

Minha dica, e é o que to fazendo: procure textos que tratam sobre a fase da revolta. É importante sair desse ciclo auto-destrutivo. Eu ainda não consegui, apesar de ter saido em alguns momentos.

Depois eu compartilho alguns textos que tenho sobre o tema. Ainda não vi nenhum tópico tratando especificamente sobre isso!

Na verdade acho que ele não precisa de tratamento. Tratamento só com muita sorte ele acharia um bom profissional que faria algo além de não entupí-lo de faixa preta.

Ele precisa sim refletir bastante, e um belo dia se encarar no espelho, olhar bem nos olhos e admitir.

"Eu errei."
(02-06-2015, 03:03 PM)Warrior Spirit Escreveu: [ -> ]
(02-06-2015, 01:29 PM)Herculles Escreveu: [ -> ]"Isso obscurece a razão e o raciocínio, nos torna pessoas covardes e afeminadas, destrói nosso caráter".


Estou me sentido assim! Meu raciocínio está bloqueado, quanto mais você se entrega a prazeres: gula, masturbação excessiva etc o seu raciocínio e clareza mental se deterioram! Também estou ficando cada dia mais medroso, covarde, afeminado, me sinto desamparado por Deus, a vida não tem mais sentido, não quero mais lutar, o meu cérebro entrou em um estado niilista auto destrutivo.

Cara, só depende de vc sair dessa situação e não vá pensando q ir em psicologo ou psiquiatra vai ajuda-lo, pelo q vi em seu relato vc esta ocioso, sabe aquela frase q diz q mente vazia oficina do diabo? então é o q ta havendo com vc, vá ocupar sua mente, se vc se masturba EXCESSIVAMENTE é porque fica vendo pornografia na internet, evite isso, vc não foi bem claro sobre o q vc faz mas ao menos é isso q deu a entender, e vc não ta desamparadopor Deus, se Deus tivesse te desamparado vc não teria nem a oportunidade de respirar, eu acredito assim Deus da a vida mas nos responsabiliza de nós mesmos buscarmos o pão e a nossa felicidade
Como negar a santidade e sabedoria da igreja, quando se vê o trabalho de um homem como o Padre Paulo Ricardo ?

Esse curso dele: https://padrepauloricardo.org/cursos/o-m...asturbacao Sobre os malefícios da masturbação devia ser postado aqui na real para ajudar quem está preso nesse vício.

O curso de doenças espirituais também é fantástico.
Eu ia dizer "pensa pelo lado bom", mas hoje em dia não tem lado bom nessa história.
Foi-se o tempo em que as igrejas poderiam ser consideradas lugar em que se encontraria, pelo menos, pessoas honestas. Hoje é perigoso um rapaz de 20 anos acabar casado com uma M$ol de 40, cheia de quilômetros rodados que poderiam ser transformados numa série de filmes pornô, só pra servir de exemplo para as fiéis de como "o Espírito Santo restaura". A Bíblia diz que o homem deve ser a cabeça da casa, implicitamente colocando a importância do desenvolvimento masculino para a sociedade, mas como as mulheres são mais manipuláveis as igrejas estão focando seus esforços nos anseios femininos.
Se existe um lado bom é que a sua consciência não te deixou fazer merda. Se está difícil agora, solteiro e sem namorada, imagina pagando pensão pra alguma vagabunda se divertir?
Mostrar ConteúdoSpoiler:

Jean,

Mas boa parte do sucesso dessa empreitada se deve a experiência da mulherada em contornar essa situação desfavorável também.

O problema da Igreja é que às vezes fazem uma interpretação forçada da coisa, pois nenhum homem é obrigado a assumir uma coisa dessas. Nunca vi na Biblia dizer homem é obrigado a assumir uma ex-vadia.

A questão é que pessoal da Igreja estendem a interpretação do perdão e da aceitação na sociedade de prostitutas que eram estigmatizadas e rejeitadas na sociedades antigas. achando que essa adaptação moderna podem ser levada a mulheres promíscuas ou vadias também. Poder, pode!, mas isso é um exercício a ser feito pela sociedade e por Deus, não existindo obrigação nenhuma de homem levar uma mulher dessa para o matrimônio.

Infelizmente, alguns lideres fazem a cabeça dos caras e eles acabam assumindo uma coisa dessas. Deveriam ao menos dizer pro o cara que ele não tem nenhuma obrigação, que a responsabilidade por esse ato é dele e a Igreja não tem nada haver com isso.

Mas parece um balcão de negócios, em que um satisfaz sua seca de mulher, a outra que tem suas necessidades preenchidas por candidato a CSP, e outro tem mais rebanhos em seu pasto.
1) A real é bem cristã e conservadora pelo q pesquisei sobre o movimento, mas como vcs defendem esse ensinamento matrixiano q é na maioria das igrejas?

E quem defende?

2) Vc acha q o erro da minha desilusão foi da igreja, dos meus pais ou minha culpa mesmo? ou existe culpa parcial em cada setor?

Você tem 21 ano de idade. O pastor te obrigou a fazer alguma coisa? Seus pais deixaram de te alimentar?

3) A Biblia é matrixiana ou ela é realista e os pastores e as igrejas é que manginaram ela?

A Bíblia é mais realista do que todos os fóruns da Real juntos. O Antigo Testamento é o legado de uma nação patriarcal, tribal e guerreira, a única que não cultuava divindades femininas e nem tinha essa palhaçada de culto ao útero ou à fertilidade.

E o Novo Testamento é centrado na história de um carpinteiro que nunca se acovardou diante dos inimigos, e dos seus seguidores que, como ele, rebocaram toda sorte de adversidades e riram na cara da morte.

O choro é livre. 1000 filosofias vagabundas de burgusinhos que nunca pegaram numa enxada não passam de titica de mosca diante da obra monumental que é a Bíblia Sagrada. Esta foi escrita por reis, guerreiros, gênios, santos etc., resumindo, homens completos.

Ninguém manginou a Bíblia. Isso é impossível. O problema é que você vai à Igreja, ouve a pregação do pastor, e não se dá ao trabalho de abrir a Bíblia por si mesmo. Se abrisse leria coisas como:

"Mas, quanto aos covardes, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte."

"Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar"."

"Sê corajoso: porta-te como homem."

Eu só gostaria de acrescentar uma coisa. Todos aqui somos homens. Você, pelo seu relato, fez um monte de merda. Eu também já fiz um monte de merda. Mas o Cristianismo não é uma religião que tá aí pra encher o seu saco, ficar jogando na sua cara que você é um lixo, imoral, fraco, pecador etc. Você não precisa de Igreja pra descobrir isso. O Cristianismo é uma religião que te oferece a possibilidade de deixar de ser isso tudo. Essa, aliás, é a mensagem de Jesus. Se você acredita em Jesus você acredita no perdão, e o perdão é a dádiva gratuita de Deus que te possibilita esquecer as merdas do passado e se concentrar em construir um futuro honrado.

Deus viveu nesta terra como homem, por 33 anos.

Você tem 21 anos? Jesus também teve essa idade. Leia a Bíblia e tente achar alguma coisa que ela exija que você faça, ou deixe de fazer, que o próprio Jesus não tenha feito ou deixado de fazer.

Pegue agora qualquer filosofia, e seu respectivo formulador, que faça jus a tudo que ele escreveu/ensinou.

Não era Schopenhauer que dizia que seu trabalho era semelhante ao de um "escultor", que na maioria das vezes não é tão belo quanto sua própria escultura?

Você pode procurar no mundo inteiro, mas nunca vai achar um livro mais realista do que a Bíblia, e nem uma religião mais viril do que o Cristianismo.
(02-06-2015, 07:46 PM)jeanreno Escreveu: [ -> ]Eu ia dizer "pensa pelo lado bom", mas hoje em dia não tem lado bom nessa história.
Foi-se o tempo em que as igrejas poderiam ser consideradas lugar em que se encontraria, pelo menos, pessoas honestas. Hoje é perigoso um rapaz de 20 anos acabar casado com uma M$ol de 40, cheia de quilômetros rodados que poderiam ser transformados numa série de filmes pornô, só pra servir de exemplo para as fiéis de como "o Espírito Santo restaura".

Ponto importante, pois isto é muito comum dentro destas denominações. E ocorre dos dois lados. Ex ladrão, matador e o caralho, levando novinhas, e os caras casando com mãe solteira e piriguete. E o discurso é sempre o mesmo, de que o "espírito restaura". E os trouxas se fudendo.


(02-06-2015, 09:20 PM)Don Welzo Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:


O problema da Igreja é que às vezes fazem uma interpretação forçada da coisa, pois nenhum homem é obrigado a assumir uma coisa dessas. Nunca vi na Biblia dizer homem é obrigado a assumir uma ex-vadia.

Infelizmente já ouvi este discurso caras. Usaram o Oséias, que casou com uma prostituta, levou chifre e ainda por cima assumiu os EAA. Ta fácil pra ninguém.
Obrigado não é não. Mas que tem pastor, faturando para casar gente adoidado, ah se tem!!!
pra mim a igreja é boa mas o que queima ela é o fato da midia exaltar escandalos da igreja mas nao exaltar os trabalhos nobres que a igreja faz como trabalhos sociais, caridade, mudando a vida das peasoas pra melhor, a igrejacatolica é conhecida como a igreja dos padres pedofilos e a evangelica como de pasgtores ladroes, e como um ninho de hipocrisia visto q todos q faziam coisa errada na midia viram pregadores, poderiam ficar apenas como membtros pra nao parecer q cargo na igreja é aposwntadoria
Mostrar ConteúdoSpoiler:

Obrigado confrades. Esses elogios são de muita valia para mim, ainda mais vindo de realistas que admiro, como vcs.
Força!

Mostrar ConteúdoSpoiler:

Vc não vê mais as outras pessoas, nem vc mesmo, como pessoas dotadas de espírito, mas como pedaços de carne. Isso devido a pornografia excessiva. Enfim confrade, esse reducionismo da vida vai te destruir cada vez mais e mais. Você mesmo sabe que está errado, e onde está errado, mas lhe falta coragem. Sim, coragem de primeiro, não aceitar mais essa vida medíocre que vc leva hj, que te mantém em um círculo vicioso de frustração e prazeres rápidos.

Vc, homem criado por Deus, a sua imagem e semelhança, dotado de tantos dons maravilhosos, tendo a chance de mudar sua vida a cada novo dia, não acha que merece algo a mais, ou melhor, vc não acha que merece amor de verdade, com pesosas reais, numa vida real, do que somente viver tendo prazeres momentâneos em ver um negão enfiando uma trolha de 30cm em uma loirinha qualquer em uma tela de computador? Analize sua situação por esse aspecto. Isso é ridículo confrade, se de o valor primeiramente. HONRE a vida que lhe foi dada. Coragem. "Esto vir".

Você precisa começar a renunciar a si mesmo se quiser sair dessa situação lementável. Escusado será dizer qeu sua falta de ânimo e covardia são provenientes desse seu vício.
(03-06-2015, 10:01 AM)Herculles Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

Vc não vê mais as outras pessoas, nem vc mesmo, como pessoas dotadas de espírito, mas como pedaços de carne. Isso devido a pornografia excessiva. Enfim confrade, esse reducionismo da vida vai te destruir cada vez mais e mais. Você mesmo sabe que está errado, e onde está errado, mas lhe falta coragem. Sim, coragem de primeiro, não aceitar mais essa vida medíocre que vc leva hj, que te mantém em um círculo vicioso de frustração e prazeres rápidos.

Vc, homem criado por Deus, a sua imagem e semelhança, dotado de tantos dons maravilhosos, tendo a chance de mudar sua vida a cada novo dia, não acha que merece algo a mais, ou melhor, vc não acha que merece amor de verdade, com pesosas reais, numa vida real, do que somente viver tendo prazeres momentâneos em ver um negão enfiando uma trolha de 30cm em uma loirinha qualquer em uma tela de computador. Analize sua situação por esse aspecto. Isso é ridículo confrade, se de o valor primeiramente. HONRE a vida que lhe foi dada. Coragem. "Esto vir".

Você precisa começar a renunciar a si mesmo se quiser sair dessa situação lementável. Escusado será dizer qeu sua falta de ânimo e covardia são provenientes desse seu vício.

Cara vc fala com muita sabedoria, vc esta de parabens
(03-06-2015, 01:02 AM)Ray Palmer Escreveu: [ -> ]Deus viveu nesta terra como homem, por 33 anos.

Você tem 21 anos? Jesus também teve essa idade. Leia a Bíblia e tente achar alguma coisa que ela exija que você faça, ou deixe de fazer, que o próprio Jesus não tenha feito ou deixado de fazer.

Pegue agora qualquer filosofia, e seu respectivo formulador, que faça jus a tudo que ele escreveu/ensinou.

Não era Schopenhauer que dizia que seu trabalho era semelhante ao de um "escultor", que na maioria das vezes não é tão belo quanto sua própria escultura?

Você pode procurar no mundo inteiro, mas nunca vai achar um livro mais realista do que a Bíblia, e nem uma religião mais viril do que o Cristianismo.

Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).
(03-06-2015, 10:25 AM)Lalau Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 01:02 AM)Ray Palmer Escreveu: [ -> ]Deus viveu nesta terra como homem, por 33 anos.

Você tem 21 anos? Jesus também teve essa idade. Leia a Bíblia e tente achar alguma coisa que ela exija que você faça, ou deixe de fazer, que o próprio Jesus não tenha feito ou deixado de fazer.

Pegue agora qualquer filosofia, e seu respectivo formulador, que faça jus a tudo que ele escreveu/ensinou.

Não era Schopenhauer que dizia que seu trabalho era semelhante ao de um "escultor", que na maioria das vezes não é tão belo quanto sua própria escultura?

Você pode procurar no mundo inteiro, mas nunca vai achar um livro mais realista do que a Bíblia, e nem uma religião mais viril do que o Cristianismo.

Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).

eu acho que todas as religioes levam ao mesmo caminho, por essa razao admiro mais religioes que nao fazem proselitismo como o judaismonpor exemplo, nao gosto do que o cristianismo faz de querer converter todo mundo e demonizar outras religioes
(03-06-2015, 10:25 AM)Lalau Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 01:02 AM)Ray Palmer Escreveu: [ -> ]Deus viveu nesta terra como homem, por 33 anos.

Você tem 21 anos? Jesus também teve essa idade. Leia a Bíblia e tente achar alguma coisa que ela exija que você faça, ou deixe de fazer, que o próprio Jesus não tenha feito ou deixado de fazer.

Pegue agora qualquer filosofia, e seu respectivo formulador, que faça jus a tudo que ele escreveu/ensinou.

Não era Schopenhauer que dizia que seu trabalho era semelhante ao de um "escultor", que na maioria das vezes não é tão belo quanto sua própria escultura?

Você pode procurar no mundo inteiro, mas nunca vai achar um livro mais realista do que a Bíblia, e nem uma religião mais viril do que o Cristianismo.

Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).

Permita-me:

O Alcorão e o Torá têm muitas coisas em comum com a Bíblia Sagrada, mas as pessoas que a escreveram bem como sustentaram seu conteúdo (conservando o mesmo) não sofreram metade que os cristãos. A Bíblia Sagrada chegar até hoje na nossa sociedade é uma prova da resistência de diversos homens a reinos inteiros, enfrentando a morte da forma mais dolorosa possível e agradecendo em vez de chorar - por isso o Cristianismo primitivo é tão próximo do Estoicismo, se você for pesquisar. Há pesquisadores que afirmam que muito provavelmente Paulo teve contato com algumas obras estóicas e isto ajudou na sua missão. Este sofrimento em prol de um bem maior é a raiz da masculinidade, não há ser humano na terra para negar isto. Todos os grandes homens admirados e enaltecidos pelo tempo tiveram grandes feitos em prol do bem comum, mesmo enfrentando grandes riscos e se expondo além do que deveriam - este é o sinal de virilidade que a história nos ensina.

O próprio Hércules fala do "Esto VIR!" que Davi diz a Salomão, sabendo que o mesmo iria enfrentar tantas tribulações quanto a si próprio. O que fez Salomão? Só para resumir, fez um dos mais ricos livros da Bíblia - o Eclesiastes. Viveu, adorou a Deus, desagradou-o no final da sua trajetória e a pena foi a cisão de Israel, mas Salomão era um homem viril, dotado de inteligência MAS NÃO SÓ ISSO: era um homem de ação. Ele fez um expurgo dos inimigos que mais aproximadamente seria o Godfather do Cristianismo, ou seja, a Bíblia não ensina só puramente a amar, mas ensina o caminho que um homem pode seguir mas pode acabar se perdendo, tornando-se feminilizado - como o final da vida de Salomão sendo influenciado pelas suas 700 concubinas e suas religiões escrotas da época, que iam de adoração ao ouro até práticas de Necromancia.

A Codificação Espírita não dá guia moral algum, sinto muito aos espíritas, já li Kardec e simplesmente ele recompila o cristianismo (já que possui ensinamentos já arraigados no inconsciente coletivo humano) e dá uma nova roupagem sob a interpretação dele de mundo. Tampouco comprovou a fé que seus discípulos tem na obra, porque até hoje não vi nenhum sofrendo grandes retratações por tê-la defendido, faltando novamente o ideal máximo do homem tomado não só pelo Cristianismo, mas pela História: estar disposto a morrer pelos seus ideais para não vagar na Terra valendo-se de nada. Como diz Marco Aurélio, uma vida sem virtude e sem honra não vale de nada, e se um homem vende-se para simplesmente sobreviver, ele não está mais vivo - simplesmente é um morto que vai passar o resto da vida apegado as sensações e ao instinto para esquecer a derrocada da alma e da sua própria virilidade.

Tao Te Ching fala muito sobre a Ética, mas não nos dá diretamente cuidados morais, tanto que Confúcio se aprofundou no Tao e criou sua vertente de pensamento, bem mais útil a toda China e que toda sua obra se assemelhou e assemelha muito ao Cristianismo. Confúcio sofreu pelos seus ideais e quase morreu por eles se não fosse a força divina e seus discípulos que o amavam ternamente e viam nele um exemplar de FORÇA E SABEDORIA. Se lermos Confúcio, veremos muito de Jesus, Amar ao próximo como a si mesmo é praticamente um mantra nas suas obras, bem como o pensamento acerca da Ética e da Moral para serem formados grandes homens para a sociedade visando o bem estar comum. Destes supracitados, digo que é o que mais se assemelharia com a Bíblia, mas não o Tao, Lao Zi teve uma vida calma e pregava o abandono da ação para encontrar a própria ação, ou seja, não ansiar pelo Caminho fazia encontrá-lo - e o próprio Confúcio respeitou tal perspectiva do mestre mas em vida não confiou na sua eficácia. Arrisco dizer que o Tao foi uma porte de entrada que era algo maior que foi o Confucionismo.

Já o Bagavadguitá tem muita semelhança com o Cristianismo, até na questão de um mestre ditar ao seu discípulo o caminho da virtude. Talvez seja o mais próximo do Cristianismo em AÇÃO e talvez muitas obras estóicas tiveram sua influência nele. Apesar de ser um livro não só para formação espiritual, mas para a formação de um guerreiro, há muitas partes boas e consonantes com o próprio Cristianismo.

Talvez, dos supracitados, seja o único que esteja bem próximo (senão em mesmo nível) que a Bíblia em uma filosofia moral e prática forte e que permite transformar o homem em uma versão melhorada de si mesmo garantindo que o mesmo exerça seu papel no mundo.
(03-06-2015, 10:51 AM)Azoth Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 10:25 AM)Lalau Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 01:02 AM)Ray Palmer Escreveu: [ -> ]Deus viveu nesta terra como homem, por 33 anos.

Você tem 21 anos? Jesus também teve essa idade. Leia a Bíblia e tente achar alguma coisa que ela exija que você faça, ou deixe de fazer, que o próprio Jesus não tenha feito ou deixado de fazer.

Pegue agora qualquer filosofia, e seu respectivo formulador, que faça jus a tudo que ele escreveu/ensinou.

Não era Schopenhauer que dizia que seu trabalho era semelhante ao de um "escultor", que na maioria das vezes não é tão belo quanto sua própria escultura?

Você pode procurar no mundo inteiro, mas nunca vai achar um livro mais realista do que a Bíblia, e nem uma religião mais viril do que o Cristianismo.

Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).

Permita-me:

O Alcorão e o Torá têm muitas coisas em comum com a Bíblia Sagrada, mas as pessoas que a escreveram bem como sustentaram seu conteúdo (conservando o mesmo) não sofreram metade que os cristãos. A Bíblia Sagrada chegar até hoje na nossa sociedade é uma prova da resistência de diversos homens a reinos inteiros, enfrentando a morte da forma mais dolorosa possível e agradecendo em vez de chorar - por isso o Cristianismo primitivo é tão próximo do Estoicismo, se você for pesquisar. Há pesquisadores que afirmam que muito provavelmente Paulo teve contato com algumas obras estóicas e isto ajudou na sua missão. Este sofrimento em prol de um bem maior é a raiz da masculinidade, não há ser humano na terra para negar isto. Todos os grandes homens admirados e enaltecidos pelo tempo tiveram grandes feitos em prol do bem comum, mesmo enfrentando grandes riscos e se expondo além do que deveriam - este é o sinal de virilidade que a história nos ensina.

O próprio Hércules fala do "Esto VIR!" que Davi diz a Salomão, sabendo que o mesmo iria enfrentar tantas tribulações quanto a si próprio. O que fez Salomão? Só para resumir, fez um dos mais ricos livros da Bíblia - o Eclesiastes. Viveu, adorou a Deus, desagradou-o no final da sua trajetória e a pena foi a cisão de Israel, mas Salomão era um homem viril, dotado de inteligência MAS NÃO SÓ ISSO: era um homem de ação. Ele fez um expurgo dos inimigos que mais aproximadamente seria o Godfather do Cristianismo, ou seja, a Bíblia não ensina só puramente a amar, mas ensina o caminho que um homem pode seguir mas pode acabar se perdendo, tornando-se feminilizado - como o final da vida de Salomão sendo influenciado pelas suas 700 concubinas e suas religiões escrotas da época, que iam de adoração ao ouro até práticas de Necromancia.

A Codificação Espírita não dá guia moral algum, sinto muito aos espíritas, já li Kardec e simplesmente ele recompila o cristianismo (já que possui ensinamentos já arraigados no inconsciente coletivo humano) e dá uma nova roupagem sob a interpretação dele de mundo. Tampouco comprovou a fé que seus discípulos tem na obra, porque até hoje não vi nenhum sofrendo grandes retratações por tê-la defendido, faltando novamente o ideal máximo do homem tomado não só pelo Cristianismo, mas pela História: estar disposto a morrer pelos seus ideais para não vagar na Terra valendo-se de nada. Como diz Marco Aurélio, uma vida sem virtude e sem honra não vale de nada, e se um homem vende-se para simplesmente sobreviver, ele não está mais vivo - simplesmente é um morto que vai passar o resto da vida apegado as sensações e ao instinto para esquecer a derrocada da alma e da sua própria virilidade.

Tao Te Ching fala muito sobre a Ética, mas não nos dá diretamente cuidados morais, tanto que Confúcio se aprofundou no Tao e criou sua vertente de pensamento, bem mais útil a toda China e que toda sua obra se assemelhou e assemelha muito ao Cristianismo. Confúcio sofreu pelos seus ideais e quase morreu por eles se não fosse a força divina e seus discípulos que o amavam ternamente e viam nele um exemplar de FORÇA E SABEDORIA. Se lermos Confúcio, veremos muito de Jesus, Amar ao próximo como a si mesmo é praticamente um mantra nas suas obras, bem como o pensamento acerca da Ética e da Moral para serem formados grandes homens para a sociedade visando o bem estar comum. Destes supracitados, digo que é o que mais se assemelharia com a Bíblia, mas não o Tao, Lao Zi teve uma vida calma e pregava o abandono da ação para encontrar a própria ação, ou seja, não ansiar pelo Caminho fazia encontrá-lo - e o próprio Confúcio respeitou tal perspectiva do mestre mas em vida não confiou na sua eficácia. Arrisco dizer que o Tao foi uma porte de entrada que era algo maior que foi o Confucionismo.

Já o Bagavadguitá tem muita semelhança com o Cristianismo, até na questão de um mestre ditar ao seu discípulo o caminho da virtude. Talvez seja o mais próximo do Cristianismo em AÇÃO e talvez muitas obras estóicas tiveram sua influência nele. Apesar de ser um livro não só para formação espiritual, mas para a formação de um guerreiro, há muitas partes boas e consonantes com o próprio Cristianismo.

Talvez, dos supracitados, seja o único que esteja bem próximo (senão em mesmo nível) que a Bíblia em uma filosofia moral e prática forte e que permite transformar o homem em uma versão melhorada de si mesmo garantindo que o mesmo exerça seu papel no mundo.

O cristianismo sobreviveu pq foi adotado por roma q na epoca era influente demais e logo o cristianismo tomou conta da europa e todos os paises dominados por eles erradicavam a religiao e cultura daqueles paises dominados, nada tem haver com inspiraçao divina mas sim com muito sangue derramado,'se o budismo ou ate religioes gregas ticessem sido predominantes em roma hj elas é q seriam a maioria e elas q sofreriam multiplas interçretaçoes, outra coisa existem muitos acrescimos na biblia e ela foi adulterada

eu vou pra igreja e tal mas reconheço que nao tem nada de divino no fato de o cristianismo ter sobrevivkdo tanto tempo,r tempo, e nao sao so os cristaos q sofrem ou sofreram perseguiçoes, por muito tempo eles foram os dominadores e eles é que causavam sofrimento e isso é fato, perseguiam e matavam quem exercesse outra religial, admiravel mesmo sao os judeus q sofreram por toda a historia sempre perseguidos e ainda crescem a cada dia sem ficar tentando converter ninguem, os

a prova de que a colonizaçao por cristaos é que fez o cristianisml se espalhar é olhar para os paises da asia, pouquissimos ou nenhum pais por la é cristao, tem cristaos mas sao minoria e da forma como vemos as religioes orientais por aqui é a forma q os asiaticos veem o cristianismo, se o cristianismo tivesse colonizado todos ou grande parte dos paises da asia e africa tenho certeza q o mundo seria cristao, mas agoea é tarde demais pra gornar aqueles paises cristaos, podem converter mas nunca vai ser a maioria
Muito bom Azoth. Muito bom.

Acho extremamente importante ter um conhecimento profundo de TODAS as religiões, para a evolução espiritual do ser humano. Você deve ser a segunda pessoa na vida que conheço com esse conhecimento abrangente sobre todas as religiões. Pretendo um dia chegar nesse nível. Conheço pouco de religião, mas pretendo iniciar os estudos para evolução espiritual, mesmo sem ter religião alguma. Já li alguma coisa de filosofia/religião oriental como Confucionismo, Taoismo, Budismo, mas só por enquanto. Pretendo ler em breve Os Analectos do Confucio e o I-Ching (que não tenho a mínima idéia como interpretar aquilo). E depois me aprofundar no Budismo e no Cristianismo. Interessante sua observação da influência do budismo sobre o Estoicismo e consequentemente Cristianismo. Vou pesquisar sobre.

Creio que toda a religião é válida, tem o poder de ajudar a transformar o ser humano. Há quem consiga essa transformação sem nenhuma, mas a minoria, então tendo a considerar ela como uma inerência da raça humana.

Meu caminho para compreender as religiões, foi de revolta e depois entendimento. Eu começei estudando Bio na faculdade, e estudei teorias evolucionistas do homem, reneguei todas elas. Depois desisti de Bio e comecei Economia, estudei teorias das ciências humanas e exatas, ignores todas, virei um robô técnico-positivista convicto na faculdade, a Religião da Humanidade de Comte era o único dogma que respeitava. Me formei em Economia, decidi rever meus conceitos e comecei meus estudos de filosofia ocidental e oriental e psicanálise (Freud, Jung, Lacan) e hoje percebo que ela não só é algo natural, pois nasce do inconsciente humano, como válido quando se presta a atingir os anseios mais dignos, como moralidade, ética e honestidade. Quando um contra-peso contra a natureza destrutiva do homem.
(03-06-2015, 11:49 PM)Lalau Escreveu: [ -> ]Muito bom Azoth. Muito bom.

Acho extremamente importante ter um conhecimento profundo de TODAS as religiões, para a evolução espiritual do ser humano. Você deve ser a segunda pessoa na vida que conheço com esse conhecimento abrangente sobre todas as religiões. Pretendo um dia chegar nesse nível. Conheço pouco de religião, mas pretendo iniciar os estudos para evolução espiritual, mesmo sem ter religião alguma. Já li alguma coisa de filosofia/religião oriental como Confucionismo, Taoismo, Budismo, mas só por enquanto. Pretendo ler em breve Os Analectos do Confucio e o I-Ching (que não tenho a mínima idéia como interpretar aquilo). E depois me aprofundar no Budismo e no Cristianismo. Interessante sua observação da influência do budismo sobre o Estoicismo e consequentemente Cristianismo. Vou pesquisar sobre.

Creio que toda a religião é válida, tem o poder de ajudar a transformar o ser humano. Há quem consiga essa transformação sem nenhuma, mas a minoria, então tendo a considerar ela como uma inerência da raça humana.

Meu caminho para compreender as religiões, foi de revolta e depois entendimento. Eu começei estudando Bio na faculdade, e estudei teorias evolucionistas do homem, reneguei todas elas. Depois desisti de Bio e comecei Economia, estudei teorias das ciências humanas e exatas, ignores todas, virei um robô técnico-positivista convicto na faculdade, a Religião da Humanidade de Comte era o único dogma que respeitava. Me formei em Economia, decidi rever meus conceitos e comecei meus estudos de filosofia ocidental e oriental e psicanálise (Freud, Jung, Lacan) e hoje percebo que ela não só é algo natural, pois nasce do inconsciente humano, como válido quando se presta a atingir os anseios mais dignos, como moralidade, ética e honestidade. Quando um contra-peso contra a natureza destrutiva do homem.

Excelente!

Não só isso, mas por mais que você ainda seja leigo, ainda há os desígnios do Espírito, que é justamente o que promove a ânsia e a manutenção de aprender e executar as virtudes magnas.

De qualquer forma, com sua curiosidade pura livre de dogmas e esta energia positiva acerca do aprendizado e da perspectiva, você irá longe. Boa sorte, te desejo que se deleite na busca e estudo do seu Caminho.
(03-06-2015, 11:16 AM)sideghx Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 10:51 AM)Azoth Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 10:25 AM)Lalau Escreveu: [ -> ]Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).

Permita-me:

O Alcorão e o Torá têm muitas coisas em comum com a Bíblia Sagrada, mas as pessoas que a escreveram bem como sustentaram seu conteúdo (conservando o mesmo) não sofreram metade que os cristãos. A Bíblia Sagrada chegar até hoje na nossa sociedade é uma prova da resistência de diversos homens a reinos inteiros, enfrentando a morte da forma mais dolorosa possível e agradecendo em vez de chorar - por isso o Cristianismo primitivo é tão próximo do Estoicismo, se você for pesquisar. Há pesquisadores que afirmam que muito provavelmente Paulo teve contato com algumas obras estóicas e isto ajudou na sua missão. Este sofrimento em prol de um bem maior é a raiz da masculinidade, não há ser humano na terra para negar isto. Todos os grandes homens admirados e enaltecidos pelo tempo tiveram grandes feitos em prol do bem comum, mesmo enfrentando grandes riscos e se expondo além do que deveriam - este é o sinal de virilidade que a história nos ensina.

O próprio Hércules fala do "Esto VIR!" que Davi diz a Salomão, sabendo que o mesmo iria enfrentar tantas tribulações quanto a si próprio. O que fez Salomão? Só para resumir, fez um dos mais ricos livros da Bíblia - o Eclesiastes. Viveu, adorou a Deus, desagradou-o no final da sua trajetória e a pena foi a cisão de Israel, mas Salomão era um homem viril, dotado de inteligência MAS NÃO SÓ ISSO: era um homem de ação. Ele fez um expurgo dos inimigos que mais aproximadamente seria o Godfather do Cristianismo, ou seja, a Bíblia não ensina só puramente a amar, mas ensina o caminho que um homem pode seguir mas pode acabar se perdendo, tornando-se feminilizado - como o final da vida de Salomão sendo influenciado pelas suas 700 concubinas e suas religiões escrotas da época, que iam de adoração ao ouro até práticas de Necromancia.

A Codificação Espírita não dá guia moral algum, sinto muito aos espíritas, já li Kardec e simplesmente ele recompila o cristianismo (já que possui ensinamentos já arraigados no inconsciente coletivo humano) e dá uma nova roupagem sob a interpretação dele de mundo. Tampouco comprovou a fé que seus discípulos tem na obra, porque até hoje não vi nenhum sofrendo grandes retratações por tê-la defendido, faltando novamente o ideal máximo do homem tomado não só pelo Cristianismo, mas pela História: estar disposto a morrer pelos seus ideais para não vagar na Terra valendo-se de nada. Como diz Marco Aurélio, uma vida sem virtude e sem honra não vale de nada, e se um homem vende-se para simplesmente sobreviver, ele não está mais vivo - simplesmente é um morto que vai passar o resto da vida apegado as sensações e ao instinto para esquecer a derrocada da alma e da sua própria virilidade.

Tao Te Ching fala muito sobre a Ética, mas não nos dá diretamente cuidados morais, tanto que Confúcio se aprofundou no Tao e criou sua vertente de pensamento, bem mais útil a toda China e que toda sua obra se assemelhou e assemelha muito ao Cristianismo. Confúcio sofreu pelos seus ideais e quase morreu por eles se não fosse a força divina e seus discípulos que o amavam ternamente e viam nele um exemplar de FORÇA E SABEDORIA. Se lermos Confúcio, veremos muito de Jesus, Amar ao próximo como a si mesmo é praticamente um mantra nas suas obras, bem como o pensamento acerca da Ética e da Moral para serem formados grandes homens para a sociedade visando o bem estar comum. Destes supracitados, digo que é o que mais se assemelharia com a Bíblia, mas não o Tao, Lao Zi teve uma vida calma e pregava o abandono da ação para encontrar a própria ação, ou seja, não ansiar pelo Caminho fazia encontrá-lo - e o próprio Confúcio respeitou tal perspectiva do mestre mas em vida não confiou na sua eficácia. Arrisco dizer que o Tao foi uma porte de entrada que era algo maior que foi o Confucionismo.

Já o Bagavadguitá tem muita semelhança com o Cristianismo, até na questão de um mestre ditar ao seu discípulo o caminho da virtude. Talvez seja o mais próximo do Cristianismo em AÇÃO e talvez muitas obras estóicas tiveram sua influência nele. Apesar de ser um livro não só para formação espiritual, mas para a formação de um guerreiro, há muitas partes boas e consonantes com o próprio Cristianismo.

Talvez, dos supracitados, seja o único que esteja bem próximo (senão em mesmo nível) que a Bíblia em uma filosofia moral e prática forte e que permite transformar o homem em uma versão melhorada de si mesmo garantindo que o mesmo exerça seu papel no mundo.

O cristianismo sobreviveu pq foi adotado por roma q na epoca era influente demais e logo o cristianismo tomou conta da europa e todos os paises dominados por eles erradicavam a religiao e cultura daqueles paises dominados, nada tem haver com inspiraçao divina mas sim com muito sangue derramado,'se o budismo ou ate religioes gregas ticessem sido predominantes em roma hj elas é q seriam a maioria e elas q sofreriam multiplas interçretaçoes, outra coisa existem muitos acrescimos na biblia e ela foi adulterada

eu vou pra igreja e tal mas reconheço que nao tem nada de divino no fato de o cristianismo ter sobrevivkdo tanto tempo,r tempo, e nao sao so os cristaos q sofrem ou sofreram perseguiçoes, por muito tempo eles foram os dominadores e eles é que causavam sofrimento e isso é fato, perseguiam e matavam quem exercesse outra religial, admiravel mesmo sao os judeus q sofreram por toda a historia sempre perseguidos e ainda crescem a cada dia sem ficar tentando converter ninguem, os

a prova de que a colonizaçao por cristaos é que fez o cristianisml se espalhar é olhar para os paises da asia, pouquissimos ou nenhum pais por la é cristao, tem cristaos mas sao minoria e da forma como vemos as religioes orientais por aqui é a forma q os asiaticos veem o cristianismo, se o cristianismo tivesse colonizado todos ou grande parte dos paises da asia e africa tenho certeza q o mundo seria cristao, mas agoea é tarde demais pra gornar aqueles paises cristaos, podem converter mas nunca vai ser a maioria
Seu analfabetismo ta vergonhoso .. go go go ler um voegelin, um carpeaux, um blaga etc
(03-06-2015, 11:16 AM)sideghx Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 10:51 AM)Azoth Escreveu: [ -> ]
(03-06-2015, 10:25 AM)Lalau Escreveu: [ -> ]Caso você tenha lido todos os outros livros de todas as outras religiões do mundo, eu acreditarei em você. A lista não é pequena hein:

• Alcorão
• Torá
• Codificação Espírita
• Bagavadguitá,
• Tao Te Ching, etc etc

Não tenho nada contra religião alguma, acho válido e útil, algo inerente ao espírito humano. Porém não consigo concordar como a maioria acaba exaltando um excessivo protecionismo por sua própria religião sem conhecer NADA das outras religiões (não estou ensinuando que é o seu caso).

Permita-me:

O Alcorão e o Torá têm muitas coisas em comum com a Bíblia Sagrada, mas as pessoas que a escreveram bem como sustentaram seu conteúdo (conservando o mesmo) não sofreram metade que os cristãos. A Bíblia Sagrada chegar até hoje na nossa sociedade é uma prova da resistência de diversos homens a reinos inteiros, enfrentando a morte da forma mais dolorosa possível e agradecendo em vez de chorar - por isso o Cristianismo primitivo é tão próximo do Estoicismo, se você for pesquisar. Há pesquisadores que afirmam que muito provavelmente Paulo teve contato com algumas obras estóicas e isto ajudou na sua missão. Este sofrimento em prol de um bem maior é a raiz da masculinidade, não há ser humano na terra para negar isto. Todos os grandes homens admirados e enaltecidos pelo tempo tiveram grandes feitos em prol do bem comum, mesmo enfrentando grandes riscos e se expondo além do que deveriam - este é o sinal de virilidade que a história nos ensina.

O próprio Hércules fala do "Esto VIR!" que Davi diz a Salomão, sabendo que o mesmo iria enfrentar tantas tribulações quanto a si próprio. O que fez Salomão? Só para resumir, fez um dos mais ricos livros da Bíblia - o Eclesiastes. Viveu, adorou a Deus, desagradou-o no final da sua trajetória e a pena foi a cisão de Israel, mas Salomão era um homem viril, dotado de inteligência MAS NÃO SÓ ISSO: era um homem de ação. Ele fez um expurgo dos inimigos que mais aproximadamente seria o Godfather do Cristianismo, ou seja, a Bíblia não ensina só puramente a amar, mas ensina o caminho que um homem pode seguir mas pode acabar se perdendo, tornando-se feminilizado - como o final da vida de Salomão sendo influenciado pelas suas 700 concubinas e suas religiões escrotas da época, que iam de adoração ao ouro até práticas de Necromancia.

A Codificação Espírita não dá guia moral algum, sinto muito aos espíritas, já li Kardec e simplesmente ele recompila o cristianismo (já que possui ensinamentos já arraigados no inconsciente coletivo humano) e dá uma nova roupagem sob a interpretação dele de mundo. Tampouco comprovou a fé que seus discípulos tem na obra, porque até hoje não vi nenhum sofrendo grandes retratações por tê-la defendido, faltando novamente o ideal máximo do homem tomado não só pelo Cristianismo, mas pela História: estar disposto a morrer pelos seus ideais para não vagar na Terra valendo-se de nada. Como diz Marco Aurélio, uma vida sem virtude e sem honra não vale de nada, e se um homem vende-se para simplesmente sobreviver, ele não está mais vivo - simplesmente é um morto que vai passar o resto da vida apegado as sensações e ao instinto para esquecer a derrocada da alma e da sua própria virilidade.

Tao Te Ching fala muito sobre a Ética, mas não nos dá diretamente cuidados morais, tanto que Confúcio se aprofundou no Tao e criou sua vertente de pensamento, bem mais útil a toda China e que toda sua obra se assemelhou e assemelha muito ao Cristianismo. Confúcio sofreu pelos seus ideais e quase morreu por eles se não fosse a força divina e seus discípulos que o amavam ternamente e viam nele um exemplar de FORÇA E SABEDORIA. Se lermos Confúcio, veremos muito de Jesus, Amar ao próximo como a si mesmo é praticamente um mantra nas suas obras, bem como o pensamento acerca da Ética e da Moral para serem formados grandes homens para a sociedade visando o bem estar comum. Destes supracitados, digo que é o que mais se assemelharia com a Bíblia, mas não o Tao, Lao Zi teve uma vida calma e pregava o abandono da ação para encontrar a própria ação, ou seja, não ansiar pelo Caminho fazia encontrá-lo - e o próprio Confúcio respeitou tal perspectiva do mestre mas em vida não confiou na sua eficácia. Arrisco dizer que o Tao foi uma porte de entrada que era algo maior que foi o Confucionismo.

Já o Bagavadguitá tem muita semelhança com o Cristianismo, até na questão de um mestre ditar ao seu discípulo o caminho da virtude. Talvez seja o mais próximo do Cristianismo em AÇÃO e talvez muitas obras estóicas tiveram sua influência nele. Apesar de ser um livro não só para formação espiritual, mas para a formação de um guerreiro, há muitas partes boas e consonantes com o próprio Cristianismo.

Talvez, dos supracitados, seja o único que esteja bem próximo (senão em mesmo nível) que a Bíblia em uma filosofia moral e prática forte e que permite transformar o homem em uma versão melhorada de si mesmo garantindo que o mesmo exerça seu papel no mundo.

O cristianismo sobreviveu pq foi adotado por roma q na epoca era influente demais e logo o cristianismo tomou conta da europa e todos os paises dominados por eles erradicavam a religiao e cultura daqueles paises dominados, nada tem haver com inspiraçao divina mas sim com muito sangue derramado,'se o budismo ou ate religioes gregas ticessem sido predominantes em roma hj elas é q seriam a maioria e elas q sofreriam multiplas interçretaçoes, outra coisa existem muitos acrescimos na biblia e ela foi adulterada

eu vou pra igreja e tal mas reconheço que nao tem nada de divino no fato de o cristianismo ter sobrevivkdo tanto tempo,r tempo, e nao sao so os cristaos q sofrem ou sofreram perseguiçoes, por muito tempo eles foram os dominadores e eles é que causavam sofrimento e isso é fato, perseguiam e matavam quem exercesse outra religial, admiravel mesmo sao os judeus q sofreram por toda a historia sempre perseguidos e ainda crescem a cada dia sem ficar tentando converter ninguem, os

a prova de que a colonizaçao por cristaos é que fez o cristianisml se espalhar é olhar para os paises da asia, pouquissimos ou nenhum pais por la é cristao, tem cristaos mas sao minoria e da forma como vemos as religioes orientais por aqui é a forma q os asiaticos veem o cristianismo, se o cristianismo tivesse colonizado todos ou grande parte dos paises da asia e africa tenho certeza q o mundo seria cristao, mas agoea é tarde demais pra gornar aqueles paises cristaos, podem converter mas nunca vai ser a maioria

Quanta besteira...

Só digo uma coisa: O cristianismo sobreviveu pq os primeiros cristãos eram machos viris, o que vc, neoateuzinho leite-com-pêra, não é.
O cristianismo sobreviveu pq os primeiros cristãos eram machos viris Fuckyeah
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9