Fórum do Búfalo

Versão Completa: Noruega - O paradoxo da igualdade de gênero
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Usei a pesquisa para ver se não tinham postado antes e não achei. Caso tenha sido postado, algum moderador pode fazer o favor de excluir..

===================

Harald estava intrigado com o fato de porque, apesar de todos os esforços dos políticos e engenheiros sociais para eliminar os "estereótipos de gênero", as garotas seguiam optando por profissões "femininas" -enfermeiras, cabeleireiras, etc.-, enquanto os homens seguiam atraídos por carreiras "masculinas" -técnicos, trabalhadores da construção civil, etc-.

As políticas de igualdade de gênero em seu país fizeram com que a tendência fosse inclusive mais acentuada. Estas políticas sempre defenderam que os sexos são papéis que se adquirem pela cultura e o meio, isto é, que não se nasce homem ou mulher, senão que se "torna".

Para seu documentário, Harald fez algumas perguntas inocentes aos principais pesquisadores e cientistas do NIKK. Depois tomou as respostas e transmitiu-as aos cientistas, líderes em sua área, em outras partes do mundo, sobretudo no Reino Unido e nos Estados Unidos, pedindo-lhes seu parecer sobre os resultados de seus pares noruegueses.

Como era de esperar, os resultados da "falsa ciência" provocaram regozijo e incredulidade entre a comunidade científica internacional, sobretudo porque se baseava em pura teoria, não apoiada por nenhuma pesquisa empírica.

Leia mais em: Duríssimo golpe contra a “ideologia de gênero” nos países nórdicos - Metamorfose Digital http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=33021


Vídeo

Momento clímax é o que a pesquisadora diz que os fatos não provam nada. Inclusive acho que as pesquisas de promoção de igualdade foram suspensas , por inutilidade, na Noruega.
(17-06-2015, 06:02 PM)Gilgamesh Escreveu: [ -> ]Momento clímax é o que a pesquisadora diz que os fatos não provam nada.

:taserto
E pensar que os vikings eram de lá, os ancestrais devem estar envergonhados com o rumo que esse pais tomou.
Salvo, vejo depois. Engraçado que estou pegando uma disciplina que ensina essa picaretagem. A mulher lá adora dar umas alfinetadas nos homens.
Reparem que em tudo que elas tentam "quebrar tabus", acabam fazendo merda. Basta vermos as pefém, bombeiras, professoras, pesquisadoras entre outras e comparar em termos de produtividade e eficiência e ai veremos o "socialmente construído".
O Huezil e o proximo a entrar nesse tunel vergonhoso.
(17-06-2015, 09:31 PM)Abreu Escreveu: [ -> ]O Huezil e o proximo a entrar nesse tunel vergonhoso.

Importamos tudo o que é merda, e ainda achamos uma maravilha por que vem do "primeiro mundo".