Fórum do Búfalo

Versão Completa: [Relato] Ela Queria Relacionamento Aberto.
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3
''dificilmente se acha uma assim para casar''

Não há mulheres desse tipo específico que você falou pra se namorar e muito menos casar. Talvez 0,0000000000000000000000000001% das que tem tatuagens e piercing
Antes de comentar, vou te dar uma dica sobre sua escrita: você escreve "dez de" quando na verdade quer dizer "desde" na primeira linha achei que você estava falando que conheceu uma "dez" do tipo HB'10, mas aí saquei que não estava avaliando a beleza dela. Esses vícios são comuns e se não tiver outra pessoa pra nos alertar vão perpetuando. Até pouco tempo eu escrevia "a gente" tudo junto, igual agente secreto.  yaoming

O Smith criou um tópico sobre o tema:
http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=9442

Mas indo ao texto, só dela aceitar essa coisa indefinida, ela mesma já se coloca como mulher que não serve pra relacionamento sério. Aplicar N. A. exige desapego, senão como disse o Bean neste mesmo tópico lá no LR, o tiro sempre sai pela culatra. Quando você disse "A gente ia para cinema, praia, dormia junto as vezes, conversava coisas bem intimas, transava e tudo o que um casal comum faz, porem a gente ainda não tinha nada sério oficialmente." todos os realistas já saberiam que ia dar merda e você deveria saber também.

Tem um podcast do Cool Vibes sobre relacionamentos abertos, micaretas, etc. Assim que upar eu posto o link aqui.
Você é MUITO BURRO!!!

Não vou te enrabar, mas já é sabido que se você tivesse lido o mínimo de relatos neste fórum saberia como agir em situações como essa. 

Temos dois fatores no seu caso:

1) Mulher querendo DAR sem compromisso
2) Mulher que NÃO te enche a porra do saco por você comer quem quiser (e aí também entra o fator de que você não deveria cobrar dela).

Porra, tem situação melhor do que essa?

Vou te contar uma coisa; tenho uma foda fixa e me relaciono com ela da seguinte forma:

Obs: tudo que eu faço com ela, ela age de forma recíproca.

1) Não encho o saco dela;
2) Não fico perguntando/insinuando e querendo saber quem come ou deixa de  comê-la;
3) QUANDO me dá vontade eu simplesmente abro meu Whatsapp, procuro o contato dela e chamo pra transar. Simples.

E isso independe de tempo, data, mês ou ano. Qualquer horário que eu chamá-la pra transar ela vem.

O que era o CASO da mesma mulher que você estava se relacionando. 
Mas o que mais vemos atualmente é isso mesmo... mulheres querendo DAR a buceta e ANIMAIS como você querendo namorar. facepalm

Cara... revê seus conceitos.

Esse papinho aí de achar nojento ela dar pra outros caras, ficar imaginando um monte de coisas é papo de cabaço. Não preciso nem dizer que você está extremamente apegado.

E do jeito que está, vai continuar por MUITO tempo apegado.

Abs.
Mais uma recomendação: muita mulher quer foder sem compromisso (seja lá pela razão que for), aprenda a reconhecê-las.
Calma lá. O que o King fez de errado (além de escrever "dez de" ao invés de "desde")?

O cara conheceu uma mulher, estava tendo uma relação boa para ele e devido a fatores externos começou a se apegar mais à relação (isso é perfeitamente normal, pois somos humanos e em momentos difíceis nos apegamos àquilo que nos faz bem).

A dita cuja começou a se afastar e se relacionar com outros, então o confrade cortou relações. PERFEITO!

Agora estão atacando ele porque não quis marmitar ou porque não identificou que ela era uma mulher descartável. Ora, ele estava vivendo uma relação boa, no tempo dele. Ninguém precisa se relacionar com uma mulher e no primeiro dia já definir o que será da relação (se vão namorar/casar, se vão só fuder ocasionalmente, etc). A não ser casos em que as red flags são evidentes (e, nesse caso, nem ao menos começamos o relacionamento), o início de um relacionamento servirá justamente para conhecer a pessoa, mesmo que isso leve 1 dia, 1 semana ou 4 meses...o homem sabe o momento e o tempo para identificar isso. Se para ambos o fato de ter um relacionamento sem compromisso estava ok, então que seja. Duro seria se um quisesse algo sério e o outro não, mas não foi o caso.

Me desculpem, mas eu procuro julgar a atitude do HOMEM, pois a da mulher não importa pro desenvolvimento dele. Não adianta ficar julgando a mulher simplesmente porque ela não está aqui no forum buscando ajuda, e sim o confrade king. E ao meu ver a atitude dele foi positiva. Eu o julgaria mal caso tivesse mantido alguma relação com ela, mesmo que de amizade, pois nós sabemos que essas amizades pós relação são furada na grande maioria dos casos.

Ao confrade King: você fez certo em cortar relações e seguir sua vida. Mesmo estando um pouco apegado agora, lembre-se que é tudo muito recente e o tempo dará um jeito nisso. Foco em não recair, foco em você mesmo, foco no forum e em NA e tudo dará certo.

Aos demais do fórum (essa é a minha opinião): quando lemos um relato, devemos ter em mente que algumas centenas de caracteres não vão explicar com detalhes o que o dono do relato viveu. Não somos robôs e não temos sangue de barata. A morte do ego é um exercício constante mas que na prática é impossível de se realizar. É como tentar chegar ao último número do infinito: você sempre se aproximará cada vez mais, mas nunca chegará ao final. Isso não é necessariamente ruim, pois um homem sem o mínimo de empatia ou apego é um psicopata. Nós temos sentimentos e isso é ótimo. O que devemos buscar a todo momento é a melhor forma de lidar com ele e não deixar que fatores/pessoas/momentos nos tire de nosso controle. Vamos parar com essa mania de levar tudo no preto e branco. Você PODE SIM gostar de uma pessoa e tomar um coice. É o que você fará a partir disso que definirá se você está certo ou não. É como eu sempre insisto em dizer aqui: se a relação está boa, se está trazendo o que você espera, se te dá paz para pensar em si mesmo e se não te atrapalha, continue! Se um dia alguma merda acontecer (como aconteceu no caso do relato): aja como nos é ensinado aqui e acabou. Repetindo, tirando aqueles casos em que as red flags são evidentes (mãe solteira, tatuagens pra caramba, ideias esquisitas sobre política, problemas psicológicos etc), não há motivo para ficar julgando a relação enquanto a mesma está boa.

Vocês tem ideia de como é difícil tomar a atitude que o confrade tomou? Parabéns King. Você tomou a atitude certa e sua vida será muito melhor a partir de agora, seja pelo futuro fardo que tirou das costas, seja pela experiência que ganhou com isso (e com certeza muitos aqui nunca terão essa experiência se ficarem rotulando suas relações).
Mas Tim, o próprio King Wolf disse que a MULHER  não queria nada demais com ele a não ser transar. Como isso poderia dar em algo produtivo? E veja que não tem nada de errado na mulher querer isso mas o problema está nele! Que queria a mulher pra ter algo sério.

Logo, não é julgando a mulher -- mas sim, o contexto no qual ela está inserido faz com que fique impossível de não falarmos dela no assunto.

O problema está no cara ter condicionado uma ideia na mulher sendo que ela queria o contrário. Ou seja, nada sério... tê-lo como ficante para isso e somente isso.
(18-04-2018, 11:17 AM)Tim Laflour Escreveu: [ -> ]Calma lá. O que o King fez de errado (além de escrever "dez de" ao invés de "desde")?

O cara conheceu uma mulher, estava tendo uma relação boa para ele e devido a fatores externos começou a se apegar mais à relação (isso é perfeitamente normal, pois somos humanos e em momentos difíceis nos apegamos àquilo que nos faz bem).

A dita cuja começou a se afastar e se relacionar com outros, então o confrade cortou relações. PERFEITO!

Agora estão atacando ele porque não quis marmitar ou porque não identificou que ela era uma mulher descartável. Ora, ele estava vivendo uma relação boa, no tempo dele. Ninguém precisa se relacionar com uma mulher e no primeiro dia já definir o que será da relação (se vão namorar/casar, se vão só fuder ocasionalmente, etc). A não ser casos em que as red flags são evidentes (e, nesse caso, nem ao menos começamos o relacionamento), o início de um relacionamento servirá justamente para conhecer a pessoa, mesmo que isso leve 1 dia, 1 semana ou 4 meses...o homem sabe o momento e o tempo para identificar isso. Se para ambos o fato de ter um relacionamento sem compromisso estava ok, então que seja. Duro seria se um quisesse algo sério e o outro não, mas não foi o caso.

Me desculpem, mas eu procuro julgar a atitude do HOMEM, pois a da mulher não importa pro desenvolvimento dele. Não adianta ficar julgando a mulher simplesmente porque ela não está aqui no forum buscando ajuda, e sim o confrade king. E ao meu ver a atitude dele foi positiva. Eu o julgaria mal caso tivesse mantido alguma relação com ela, mesmo que de amizade, pois nós sabemos que essas amizades pós relação são furada na grande maioria dos casos.

Ao confrade King: você fez certo em cortar relações e seguir sua vida. Mesmo estando um pouco apegado agora, lembre-se que é tudo muito recente e o tempo dará um jeito nisso. Foco em não recair, foco em você mesmo, foco no forum e em NA e tudo dará certo.

Aos demais do fórum (essa é a minha opinião): quando lemos um relato, devemos ter em mente que algumas centenas de caracteres não vão explicar com detalhes o que o dono do relato viveu. Não somos robôs e não temos sangue de barata. A morte do ego é um exercício constante mas que na prática é impossível de se realizar. É como tentar chegar ao último número do infinito: você sempre se aproximará cada vez mais, mas nunca chegará ao final. Isso não é necessariamente ruim, pois um homem sem o mínimo de empatia ou apego é um psicopata. Nós temos sentimentos e isso é ótimo. O que devemos buscar a todo momento é a melhor forma de lidar com ele e não deixar que fatores/pessoas/momentos nos tire de nosso controle. Vamos parar com essa mania de levar tudo no preto e branco. Você PODE SIM gostar de uma pessoa e tomar um coice. É o que você fará a partir disso que definirá se você está certo ou não. É como eu sempre insisto em dizer aqui: se a relação está boa, se está trazendo o que você espera, se te dá paz para pensar em si mesmo e se não te atrapalha, continue! Se um dia alguma merda acontecer (como aconteceu no caso do relato): aja como nos é ensinado aqui e acabou. Repetindo, tirando aqueles casos em que as red flags são evidentes (mãe solteira, tatuagens pra caramba, ideias esquisitas sobre política, problemas psicológicos etc), não há motivo para ficar julgando a relação enquanto a mesma está boa.

Vocês tem ideia de como é difícil tomar a atitude que o confrade tomou? Parabéns King. Você tomou a atitude certa e sua vida será muito melhor a partir de agora, seja pelo futuro fardo que tirou das costas, seja pela experiência que ganhou com isso (e com certeza muitos aqui nunca terão essa experiência se ficarem rotulando suas relações).

Eles estavam juntos há quatro meses e ela em momento algum tocou no assunto namoro, isso já seria mais que suficiente pra qualquer um com bom senso notar que ela só queria sexo com ele. 

Se ele tivesse prestando atenção nisso, ao invés de ficar planejando namoro com ele uma mulher que deixou claro que não queria isso, tudo seria evitado. 


Ela teve que meter a real nele que só queria meter  ;'D'D mas isso já tava óbvio. Nenhuma mulher que quer algo sério passa três meses com um cara sem tocar no assunto.
(18-04-2018, 12:47 PM)Henry Volk Escreveu: [ -> ]Mas Tim, o próprio King Wolf disse que a MULHER  não queria nada demais com ele a não ser transar. Como isso poderia dar em algo produtivo? E veja que não tem nada de errado na mulher querer isso mas o problema está nele! Que queria a mulher pra ter algo sério.

Isso pode ser produtivo se a intenção dele for a mesma. No relato ele não informa se a intenção dele era de ter algo sério com ela. Se essa fosse a intenção desde o começo, aí sim ele estaria errado em dar sequência nisso. Como ele não disse, então supus que ambos estavam de acordo em manter uma relação da forma que ela propôs.

@King, sua intenção desde o início era namorar sério com a dita cuja?
(18-04-2018, 11:17 AM)Tim Laflour Escreveu: [ -> ]Calma lá. O que o King fez de errado (além de escrever "dez de" ao invés de "desde")?

Se apegar e querer relacionamento sério com a primeira vadia que aparece.

É possível notar que o cara não sabe lidar com as mulheres. Se apega fácil.
(18-04-2018, 11:17 AM)Tim Laflour Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

Tim concordo com muita coisa do que escreveu, porem tenho que ser honesto com os Confrades.

Eu resumi bastante o relato para não ficar grande, então faltou algumas informações importantes.

Não contei no relato mas ela me dava indiretas para namorar, portanto com dois meses juntos chamei ela para uma conversa para ver qual era a dela e nessa conversa ela me falou que não queria nada sério por enquanto, que queria deixar em aberto para ver o que acontecia. Porem ao mesmo tempo em que ela falava isso ela sempre me cobrava para ficar só com ela e me dizia que só estava ficando comigo, durante todo esse tempo que me relacionei com ela sempre existiu essa cobrança por parte dela, através de indiretas ou diretas mesmo.

Fora esse fato eu também percebi vários Red Flags que ela não era adequada para relacionamento sério: conheci em uma balada, tem amigos viados, bebe muito, gosta de sair todo final de semana, entre outros que não lembro.

O mais correto por minha parte era não me envolver com ela, apenas marmitar até onde der. Só que agora que já me apeguei e ela sabe disso, fica difícil marmitar ela, porque ela vai querer jogar com minha cabeça fazendo jogos infernais e me dando cada vez menos sexo, por isso preferi dispensar ela.
(18-04-2018, 01:14 PM)Búfalo Escreveu: [ -> ]
(18-04-2018, 11:17 AM)Tim Laflour Escreveu: [ -> ]Calma lá. O que o King fez de errado (além de escrever "dez de" ao invés de "desde")?

Se apegar e querer relacionamento sério com a primeira vadia que aparece.

É possível notar que o cara não sabe lidar com as mulheres. Se apega fácil.

Vou ter que concordar com o Búfalo, eu me apego facil, isso é uma merda! Tenho que resolver esse problema urgente!
é exatamente como disse o Minerim no Legado Realista, ela te colocou na cuck zone, pois é isso que é o tal do "relacionamento aberto".
(18-04-2018, 01:07 PM)Tim Laflour Escreveu: [ -> ]
(18-04-2018, 12:47 PM)Henry Volk Escreveu: [ -> ]Mas Tim, o próprio King Wolf disse que a MULHER  não queria nada demais com ele a não ser transar. Como isso poderia dar em algo produtivo? E veja que não tem nada de errado na mulher querer isso mas o problema está nele! Que queria a mulher pra ter algo sério.

Isso pode ser produtivo se a intenção dele for a mesma. No relato ele não informa se a intenção dele era de ter algo sério com ela. Se essa fosse a intenção desde o começo, aí sim ele estaria errado em dar sequência nisso. Como ele não disse, então supus que ambos estavam de acordo em manter uma relação da forma que ela propôs.

@King, sua intenção desde o início era namorar sério com a dita cuja?

No inicio minha intenção era apenas sexo, porem conforme fui saindo com ela e ela sempre investindo na relação fui me apegando, até chegar ao ponto de querer que ela fique apenas comigo, ou seja estava a um passo de propor um relacionamento sério com ela.
"Fora esse fato eu também percebi vários Red Flags que ela não era adequada para relacionamento sério: conheci em uma balada, tem amigos viados, bebe muito, gosta de sair todo final de semana, entre outros que não lembro."

Neste caso o seu erro foi se apegar a uma garota q é realmente imprestável para relacionamento, por sorte vc conseguiu conter o dano antes q fosse tarde demais e até agora tomou a atitude correta q é esquecer essa vadia de uma vez por todas... Só não pode agora querer dar uma de cafão e achar q vai conseguir reverter a situação e continuar comendo, com esse perfil q vc descreveu o desastre é certo. Pra mim mulher com esse perfil só serve pra meter a vara umas poucas vezes e nunca mais olhar na cara, isso se for muito gostosa, pq se não, nem pra isso serve.
Nesse caso retiro o que disse sobre você querer o mesmo que ela queria e concordo com os confrades que discordaram de mim. Mas de qualquer maneira fico feliz pois você percebeu onde errou, assumiu o erro e resolveu como deve ser resolvido: cortando relações, o que não é fácil pra quem está apegado.

Parabéns mais uma vez.
Pelo correr da sua história, vc tinha uma ótima parceira pra ser uma "marmita", ela até que "jogou limpo" contigo, vc que deslizou ao se apegar e criar expectativas irreais sobre ela e nessa você ja perdeu.

Não é preciso de muito texto, resumo da obra, você não fez nada certo, sabe pq??... Pois de nada adianta os ensinamentos de NA e da real se você ainda continuar apegado, jamais utilize eles se você está apaixonado ou apegado, o tiro sempre sairá pela culatra e você só irá se torturar ainda mais.

É muito difícil tentar explicar apego e paixão a quem nunca experimentou a completa dependência do mesmo, somente quem passou por isso compreende mais facilmente o quão importante é ter o apego corporal ao invés do emocional, pois um lhe faz bem e o outro lhe faz mal. (Mas não é pra virar um viciado em sexo, que fique bem claro, uma coisa é precisar, outra é depender)

---

Obs.: A emocional dói na alma e a corporal dói nas bolas, e a das bolas é muito mais fácil de resolver 

;'D'D ;'D'D ;'D'D
Já passei por uma situação parecida, minha relação durou 5 meses e depois fiz o que você fez também, cortei todos os contatos e segui minha vida normalmente.
Nessa situação o que mais me ajudou foi a experiência, com certeza essa experiência vai te ensinar algo e isso que voce deve aproveitar.
É bastante normal criar um minimo de apego emocional quando você está se relacionando com uma mulher, porém ele deve ser controlado, deve ser sutil e discreto.

Pra você ver, agora estou conhecendo outra mulher porém estou bem mais calmo e firme que a minha ultima experiência, o apego está vindo novamente porém dessa vez bem mais dosado.
Estou com confrade @Tim, todos estamos sujeitos a erros e esses erros estão ai para nos ajudar a melhorar como homens.

Parabéns por reconhecer seu erro e por ter tomado uma atitude referente a isso!
(18-04-2018, 06:00 PM)Guy Fawkes Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

Cuidado Confrade, não subestime o apego, com essa dai no começo eu pensei em ser desapegado, varias vezes refleti sobre durante o tempo que passei com ela, relia NA para garantir que estaria firme. Na pratica o buraco é mais embaixo, foge um pouco da razão, por isso NA diz para matar o EGO, coisa que acredito que pouco realista tenha feito, se é que isso é possivel.
@King

O apego é natural, é impossível você estar sempre 100% desapegado
Se por acaso você se envolve com uma mulher e não sente apego, é porque você não gosta dela!

O que você sente você não controla, mas você pode controlar como pode transmitir isso.
Ou seja, uma coisa é você estar apegado e demonstrar isso de forma ampla, falando que ama, dando presentes, mimando, etc. etc.
Outra coisa é você sentir apegado mais controlar isso, dosar, demonstrando o minimo possível como cita NA.

Somos humanos, assim como a morte do ego e o perfil ideal masculino é impossível chegar ao desapego 100%.
É obvio que utilizamos esses parâmetros para sermos homens melhores e seguimos essas métricas para nos aproximarmos o mais perto possível do IDEAL.
O fato é que ela foi pilantra e fez você de otário, ou seja, esqueça esta criatura o quanto antes.
Páginas: 1 2 3