Fórum do Búfalo

Versão Completa: Você Já Começou A Aprender Mandarim, Paspalho?
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2
''A China segue uma estratégia: suas empresas investem diretamente no DNA industrial do Brasil. Quem controla as redes de energia, as rodovias, as ferrovias e talvez logo também as redes de telefonia terá uma vantagem enorme como investidor quando chegar a hora da digitalização e transmissão de dados no Brasil. A imponente presença da China, como nova potência mundial, preenche o vazio cada vez maior deixado pelos Estados Unidos.

Mas, à parte alguns especialistas, quase ninguém percebe isso no Brasil. E parece que também ninguém se importa. De um modo geral, os conhecimentos sobre a China no Brasil são ínfimos diante do fato de que o país se tornou seu principal parceiro comercial e investidor.

Isso vale para os formadores de opinião na mídia, para os políticos e para o setor privado e também para as autoridades. Pouquíssimos empresários, diretores e diplomatas conhecem a China, viveram por lá ou falam chinês. A imprensa não tem nenhum correspondente por lá. No Ministério do Exterior, os especialistas em China podem ser contados nos dedos de uma mão. Pode-se aprender chinês em vários lugares do Brasil, mas a procura é baixa.''

http://www.dw.com/pt-br/o-brasil-n%C3%A3o-conhece-a-china-isso-%C3%A9-perigoso/a-43715399


Já sim, paspalho trollface
Estou me esforçando pra aprender o inglês, quem sabe futuramente.
Como contribuição ao Tópico do Confrade deixo alguns Links para Estudar e Ler sobre a China, espero que sejam úteis:

- http://sinografia.blogspot.com.br/
- http://sinografia.blogspot.com.br/2008/1...china.html
- http://china-antiga.blogspot.com.br/
- http://chinaimperial.blogspot.com.br/
- http://estrategiaschinesas.blogspot.com.br/

- http://www.fafiuv.br/orientalismo.php
- http://orientika.blogspot.com.br/

O Projeto Orientalismo é uma iniciativa do Prof. André Bueno em disponibilizar, na internet, material de domínio público no campo da História e da Filosofia relacionados ao Extremo Oriente - principalmente a China. Um conjunto de páginas, recentemente montado, tem dado continuidade ao projeto que ele desenvolve pessoalmente desde 2000, e que agora encontra abrigo junto a Instituição FAFI.

As páginas que constituem o projeto são:

ORIENTALISMO

Orientalismo - http://orientalismo.blogspot.com - Página que contém os artigos e textos do Prof. André Bueno sobre estudos orientalistas, e links para suas publicações.

Orientalismos - http://www.orientika.blogspot.com - seleção de artigos diversos sobre questões relativas ao Orientalismo, Ásia Moderna, Teorias e estudos neste campo de pesquisa.

SINOLOGIA (ESTUDOS CHINESES)

Rotas do Mundo Antigo - http://rotasdomundoantigo.blogspot.com - Reprodução da Dissertação de Mestrado em História do Prof. André sobre as relações entre China e Roma nos primeiros séculos d.C.

Confúcio e Aristóteles - http://justa-medida.blogspot.com - Reprodução da Tese de Doutorado em Filosofia do Prof. André sobre uma possível análise comparativa e associativa entre o pensamento de Confúcio e Aristóteles.

China Antiga - http://china-antiga.blogspot.com - Livro introdutório ao estudo da História Antiga da China, do período formativo até a época Han.

Filosofia Chinesa - http://filosofia-chinesa.blogspot.com - Livro de introdução ao pensamento chinês antigo, através da análise de dez textos escolhidos.

Textos Clássicos Chineses - http://chines-classico.blogspot.com - Página onde podem ser encontrados extratos dos principais textos chineses da antiguidade, que permitem ao leitor conhecer um pouco mais da literatura, pensamento e história chinesa clássica.

China Antiga Didática - http://china-antiga-didatica.blogspot.com - Organizada por tópicos, esta página fornece elementos introdutórios para o estudo da China, acompanhados de textos selecionados para análise e fontes de apoio.

Cem Textos de História Chinesa - http://www.chinologia.blogspot.com - Seleção de cem textos fundamentais sobre a história da China.

China Imperial - http://www.chinaimperial.blogspot.com - Coleção de textos que abrangem os mais diversos tópicos sobre a história da China Imperial, desde história a religião, filosofia, ciências, etc.

Arte na China - http://www.artechina.blogspot.com - Seleção de textos introdutórios sobre os principais campos da arte chinesa.

A Mulher na China Imperial - http://www.amulhernachina.blogspot.com - seleções sobre a história da mulher na China Imperial.

Mirações do Celeste - http://www.miracoes.blogspot.com - Livro introdutório do Professor André Bueno sobre a história e a cultura da civilização chinesa, cobrindo aspectos diversos como sociedade, economia, espaço, a noção de filosofia, etc.

A Civilização Chinesa, de Marcel Granet - http://www.marcelgranet.blogspot.com - digitalização de um dos maiores clássicos da história da China, do sinólogo francês Marcel Granet.

INDOLOGIA (ESTUDOS INDIANOS)

Índia Antiga Didática - http://india-antiga-didatica.blogspot.com - Iniciativa semelhante a anterior, mas dedicada a Índia Antiga.

Indianidades - Antologia de Textos Indianos - http://www.indianidades.blogspot.com - Antologia de textos sânscritos, traduzidos, a partir da obra "O Hinduísmo", de Louis Renou.

Indologia - História da índia Antiga - http://www.indologia.blogspot.com - Coleção de textos sobre os mais diversos assuntos relacionados a história da Índia Antiga.
A lingua mais dificil de se aprender do mundo....
Gostei do desafio cou procurar saber mais.
Saibam de uma coisa. QUALQUER UM DE VOCÊS que sair daqui e for pra China, será tratado como um rei por lá, mesmo sabendo apenas inglês.

A China é opressiva (já foi bem mais) com os próprios habitantes, mas passa uma manteiguinha nos estrangeiros, ainda mais com vocês sendo homens. Sempre digo que a China é o país dos estrangeiros, e depois de ir pra lá, eu posso confirmar isso ainda mais.

Falando especificamente do assunto favorito do fórum, as mulheres te notam bastante e os caras tem um certo receio de você. Na verdade, nem sei se a palavra certa é receio, mas comigo e com outros caras que foram comigo, todos os chineses, sem exceção, eram muito retraídos, com exceção de um viado filho da puta que deu em cima de mim (uma vez, claro)

Mulher então nem se fala. Tudo era fácil pra caralho. Se eu quisesse eu teria feito a festa lá mas nem fiz porra nenhuma. Dizem que elas são mais retraídas e isso é verdade, mas mulher é mulher em qualquer parte do mundo.

Agora de assuntos bem mais importantes do que buceta: os estudos. Com uma bolsa que é FÁCIL de conseguir, você é PAGO para estudar chinês por um ano lá. Moradia, alimentação e transporte são todos PAGOS pelo governo chinês. Além disso, ganha um valor fixo em volta de 2000 reais por mês pra enfiar no seu cu se você quiser. Além disso, depois desse ano de estudos, se você tiver o ensino médio completo, você faz uma outra prova (um pouco mais difícil, mas fácil ainda assim) que conta como uma vestibular, SÓ QUE SEM CONCORRÊNCIA. Você ESCOLHE o curso que quer em uma determinada universidade e pode se formar lá. O mesmo vale para mestrado, pós graduação e afins (que é o que eu pretendo fazer)

''FANTASIOSO PRA CARALHO, TU TÁ MENTINDO''. Eu sei que parece muito fácil (e é), mas é normal a pergunta ''quem paga a conta?''. Os próprios chineses. Aquele tópico sobre o Big Brother que fizeram há pouco é real. Não na mesma intensidade do tópico, mas é talvez porque não faz tanto tempo que o sistema começou a ser implementado. Ou seja, os chineses se fodem pra você estudar e trabalhar lá.

Falei muito por cima. Se quiserem mais detalhes, se eu souber responder, eu ajudo.
Conta mais como é  o processo pra ir pra China @Digons
Eu gostaria que você fosse um pouco mais específico, amigo
Obtenção  de bolsa de estudos como dito no texto.
Trabalho no setor de óleo e gás e tenho colegas indo para a China acompanhar a produção de novos navios de produção de petróleo. Ainda não considero como um must no mercado atual, mas é melhor ir pensando no assunto daqui para frente.

Pensando nisso, eu recomendo esse site no qual aprendi alemão: https://www.busuu.com/pt/a/a/aprenda-chines-online
Ok, primeiramente você deve estudar mandarim de alguma forma. Seja por você mesmo ou em algum lugar. É ALTAMENTE RECOMENDADO estudar em um Instituto Confúcio, que tem em todo o Brasil (talvez não no Acre yaoming). Este Instituto tem parceria com várias universidades da China. No caso do meu estado, o IC tem parceria com a Universidade de Shendong. Você estuda uns 2 anos direto de mandarim. Você vai perceber que é dado muito vocabulário e pouca gramática. Isso é proposital. Por que?

O mandarim tem 6 provas de proficiência. Normalmente é apenas um por idioma (como o TOEFL pra inglês), mas no mandarim é uma prova por nível. Este é definido pelo número de ideogramas que o sujeito sabe. A prova é chamada de HSK 1-6. O importante mesmo é até o 4, no máximo o 5 se você quiser mestrado (o 6 é apenas para pessoas que vão fazer licenciatura no idioma).

Não é necessário fazer todas as provas. Se quiser, você pode ir direto fazer o HSK 5. Eu, por exemplo, vou fazer direto o 3. Depois de fazer a prova, você recebe uma pontuação por ela. Daí você aplica a pontuação em alguma universidade chinesa. Por isso é altamente recomendável fazer mandarim no IC, justamente pela parceria que ela tem com a universidsde de Shendong.

Então você faz o HSK 3, consegue uma boa nota e aplica na universidade. Ao passar, você vai CONCLUIR os seus estudos de mandarim lá na China. Será um ano com aulas de mandarim. Ao final desse ano, você tem a opção de fazer o HSK 4 (ou pode fazer o 5 direto, que é o que eu vou fazer) pra fazer alguma graduação em algum lugar da China. E você pode escolher a dedo se tirar uma boa pontuação (e não é difícil tirar uma boa pontuação depois de um ano de estudos direto). Uma observação importante é que o HSK tem um ''prazo de validade''. Depois de um ano e meio, se eu não me engano, o seu certificado perde a validade e você perde o direito de aplicar a nota.

No MEU caso, era pra eu fazer o HSK 3 no fim do ano e partir pra lá ano que vem, mas daí isso atrasaria demais a minha faculdade. Pretendo terminar, fazer o HSK 3, ir pra lá por um ano e fazer o HSK 5 pra um mestrado na minha área.

Mas mandarim é difícil pra caralho. Deve se ter um foco. Pensei várias vezes em vazar, mas aqui estou firme, reto e duro.
É bom, muito bom, ver que há gente aqui bem mais esperta do que a média do zé povinho brasileiro. 

Fuckyeah
Vlw @Digons, eu tenho inglês fluente, vou estudar a aplicabilidade do mandarim na minha área,se valer a pena eu vou investir nisso.
Digons não é só um rostinho bonito tá vendo?
Digons também é CULTURA
Bom tópico!

Dominar o próprio idioma já é um bom começo para poder dominar um segundo ou terceiro. Tem expressões que ficam mais fáceis de entender quando se conhece bem o próprio idioma. Se o cara não sabe nem o que fala na própria língua, se aprender um segundo ou terceiro, ficará parecendo um Cebolinha da Turma da Mônica misturado com o Nerso da Capitinga. Para uma sobrevivência (no estrangeiro) o cara até passará razoavelmente bem, mas não terá o mesmo resultado positivo para um emprego, por exemplo. Mas é uma ótima ideia, quem tiver um tempo vago e tiver uma maneira legal para estudar é sempre muito louvável aprender algo a mais na vida.

Mostrar ConteúdoHistorinha para quem tiver com tempo para ler:

O chines é meio exagerado, a não ser que o cara tenha planos de ir passear la, para não passar aperto nos dias de estadia no país. Mas a ideia é boa. Se o cara tem ideia de ir para um lugar, seria legal mesmo, aprender o idioma desse país. Se o cara tem planos de ir para frança, Itália, pq não aprender um pouco do idioma deles.
Num futuro não muito distante, (o #Smith do futuro pode até nos dizer com mais segurança), a china será tão importante comercialmente quanto os estados unidos, se não passar a frente deles que não é nada difícil, poderá ser um lugar interessante para se conhecer, se viver, ganhar dinheiro.
Eu devo começar a estudar de novo o japonês em breve (tenho noções) porque faz parte dos meus planos desde sempre. O chinês eu já ouço essa história a décadas e sinceramente? Mais fácil eles aprenderem inglês do que todo o mundo aprender mandarim. Curva de aprendizado é das piores (demora muito a dominar, mesmo que apareça algum 'gênio' da internet que diga que dominou em X meses) e o benefício que se tira disso a médio prazo é bem duvidoso, apesar dos sinais da economia deles. Ou seja, chinês é pra casos bem específicos ou curiosidade pessoal. Pra mercado de trabalho, o inglês deve dominar por muito tempo ainda....
Não me interesso por mandarim, apesar de trabalhar na parte administrativa. Eu ainda estou estudando alemão, sou intermediário em inglês e espanhol, e tenho noções de francês. Depois que ficar bom nesses 4 idiomas eu parto pra russo só pra tirar onda.
''A estratégia chinesa tanto preocupa que o secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, disse que era 'aterradora'.

'Eles têm sido a fábrica do mundo e agora querem ser o centro tecnológico do mundo'.''

http://www.bbc.com/portuguese/internacio...w_facebook
No Fórum MGTOW gringo, eles comentam sobre uma espécie de "Trade War", entre China x EUA.

https://www.mgtow.com/forums/topic/6th-a...trade-war/
Uma coisa legal de estudar chinês é que aqui no RJ é bem fácil praticar, já que tem trocentas pastelarias aqui e quase todas são de chineses que mal falam português.

Eu não descarto estudar um dia. PORÉM, prefiro reforçar meu inglês e francês primeiro, que tão bem enferrujados por falta de uso....
Páginas: 1 2