Fórum do Búfalo

Versão Completa: Tópico do governo Bolsonaro (acompanhamento)
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
A entrevista do Flávio pra Record me deixou com pé atrás com ele, ele parecia Dilma e Lula acusando o MP de ser parcial e persegui-los, lá é o lugar onde menos se tem ideologização tanto q grande parte graças ao trabalho deles Lula tá preso e grandes cúpulas ,ele se contradições dizendo ser contra o foro privilegiado mas q deve usá-lo porque esta na lei, esse caso pode até ser pequeno mas atinge o governo q se elegeu com a promessa do fim da corrupção atinge a imagem, Jair Bolsonaro empregou filha do Queiroz, Queiroz teve transação com Michele Bolsonaro acaba ligando o presidente a esse caso
DEPUTADOS DO PSL NA CHINA MANDAM RECADO PARA BOLSONARO SOBRE PREVIDÊNCIA

Integrante da comitiva diz que presidente deveria defender grupo das críticas de Olavo de Carvalho e avisa: “FHC perdeu sua reforma por um voto. Quantos votos o governo tem aqui na China?”


https://piaui.folha.uol.com.br/deputados...7705078125

20 dias de governo... Deputados que surfaram na onda já estão plantando C4 no governo sem dó, antes do Congresso abrir.
São oito paus no cu. Não sei se teria um grande impacto essa merda
Esses depumerdas querem fazer de tudo pra aproveitar a boquinha.

Só aguardando sair na mídia a "motivação" dessa viagem, se é que os senhores me entendem.

Por mim, podem ir pra puta que pariu esses caras, a carroceria é a mesma, só muda o acabamento pra parecer novo.

Bolsonaro vai longe mesmo sem o apoio desses merdas.
Nada contra o Jair Bolsonaro, fiz campanha massiva para ele; porém, com Flávio Bolsonaro é outra história... E sem essa de eu ter sido influenciado pela mídia ou pela massa esquerdista, o Flávio Bolsonaro pisou feio na bola. Não que eu ache algo tão grave se os assessores dele tiverem doado quantia acima do limite legal para a campanha dele, se for só isso, é irrelevante; a questão é que tanto o Queiróz quanto o Flavio Bolsonaro estão agindo como se estivessem escondendo algo maior e menos tolerado pelos milhões que elegeram o pai dele. Se o MP agiu ilegalmente, foda-se. O que importa pra mim é que se descobriram algo errado, e essa descoberta não foi explicada para os eleitores (além da tentativa de se esquivar das investigações), é que coisa boa não tem nessa história. Os Bolsonaros sempre foram muito diretos, se dessa vez um deles não agiu dessa maneira, tem que criticar mesmo.


Creio que ele esteja limpo. Ainda posso estar errado, mas gostei dessa entrevista
(20-01-2019, 02:32 PM)Kronos o realista Escreveu: [ -> ]A entrevista do Flávio pra Record me deixou com pé atrás com ele, ele parecia Dilma e Lula acusando o MP de ser parcial e persegui-los, lá é o lugar onde menos se tem ideologização tanto q grande parte graças ao trabalho deles Lula tá preso e grandes cúpulas ,ele se contradições dizendo ser contra o foro privilegiado mas q deve usá-lo porque esta na lei, esse caso pode até ser pequeno mas atinge o governo q se elegeu com a promessa do fim da corrupção atinge a imagem, Jair Bolsonaro empregou filha do Queiroz, Queiroz teve transação com Michele Bolsonaro acaba ligando o presidente a esse caso

O problema é que quem fudeu o Lula foi o MP federal, e quem tá investigando o Flávio é o MP-RJ.

Procuradores do MP-RJ na época do impítima fizeram manifestação "contra o golpe". Será que é imparcial mesmo?
(21-01-2019, 12:22 AM)Digons Escreveu: [ -> ]

Creio que ele esteja limpo. Ainda posso estar errado, mas gostei dessa entrevista

desde que começou esse caso do Queiroz eu estou dando o beneficio da duvida pro Flavio!, a mídia começou minando o queiroz de leve, é acabou atirando no Flavio agora estão com artilharia pesada em cima dele, e já esqueceram o Queiroz a muito tempo.
 
o problema que essas denuncias por enquanto estão muito infantis, o cara não vai ser burro de receber dinheiro ilícito na própria conta pessoal pelo caixa da Alerg.
depósitos com 1 2 minutos de diferença...se isso dai for dinheiro ilícito eu olharia pra ele é falava "porra mané, sabe nem ser bandido!"
Mídia brasileira é uma porcaria, essa decadência começou (a maioria deve saber), no período militar com a infestação de esquerdista na mídia e escolas.

Só ligo a TV para ver filme e série, informação na internet é 10 vezes melhor que qualquer programa jornalístico.
Tudo isso do Flávio tá só começando ainda, e acho cedo pra quaisquer julgamentos. Entretanto, reforço o que eu já falava durante a campanha ainda: se ficar comprovada qualquer culpa dele, ninguém tem que ficar se auto iludindo, botando a culpa na mídia ou o que for. Que a mídia tradicional tem seu viés, isso é óbvio e ululante, o que não quer dizer que vai estar SEMPRE errada. Quando votei no Bolsonaro, não o fiz com essa ilusão de que nunca iria aparecer corrupção alguma, até porque é humanamente impossível garantir cada pessoa ligada ao governo. Me contento se os casos diminuírem ou se a aplicação das nossas leis contra esses casos se tornar algo pelo menos próximo de um império da lei (como é nos EUA, por exemplo).

O Flávio recorrer ao Supremo pra tentar se safar pegou MUITO mal....ainda mais com todo o discurso contra o foro privilegiado e essa coisa toda. É um desgaste bem desnecessário em pleno início de governo, pra dizer o mínimo. Quem tem um pouco mais de idade, já viu outros "paladinos da moral e dos bons costumes" decepcionando seus eleitores antes. Nesse ponto, a política não é muito diferente do trato com mulheres na real.

Mas, claro, nada de certezas por enquanto. O Flávio é inocente até que se prove o contrário.
Postagem original feita pelo @Baralho no chat:

Baralho Escreveu:Wall text, metas do governo nesse primeiro ano de mandato:

Conheça as metas apresentadas para os 100 dias de governo. Saiba abaixo as metas apresentadas, por ministério:

Economia

Combate a fraudes no INSS: Revisar cerca de 6,4 milhões de benefícios administrados pelo INSS. A MP 871 foi publicada na semana passada; Redução da máquina administrativa: Extinguir 21 mil funções comissionadas e gratificações; Inserção econômica internacional: Promover ações de facilitação de comércio, convergência regulatória, negociar acordos comerciais e reformar a estrutura tarifária nacional. Reduzir custos de aquisição de insumos, bens de capital e bens de informática; Sine aberto: Abrir cadastros de desempregados para empresas privadas do setor de recrutamento; Concursos públicos e eficiência administrativa: Estabelecer novos critérios condicionando a análise de demanda de concursos públicos à adoção de medidas como a digitalização de serviços, revisão de processos, readequação de estrutura e competências, adesão ao processo centralizado de compras.

Educação

Alfabetização Acima de Tudo: Lançamento de um programa nacional de definição de soluções didáticas e pedagógicas para alfabetização, com a proposição de método para redução do analfabetismo a partir de evidências científicas.

Saúde

Cobertura vacinal: Aumentar a cobertura vacinal para as seguintes vacinas: pentavalente, poliomielite, pneumocócica, tríplice viral D1 e febre amarela.

Justiça e Segurança Pública

Posse de armas: O decreto que facilita a posse de armas foi assinado em 15 de janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro; Lei anticrime: Propor projeto de lei para aumentar a eficácia no combate ao crime organizado, ao crime violento e à corrupção. Projeto pretende reduzir pontos de estrangulamento do sistema de justiça criminal; Operação Lava Jato: Imediata recomposição do efetivo policiais envolvido na operação, por meio de recrutamento para missões e remoções

Relações Exteriores

Redução tarifária do Mercosul: Aperfeiçoar instrumentos favoráveis ao setor produtivo por meio de redução tarifária e dinamização da agenda externa. Mais exportações e barateamento dos insumos e de produtos e serviços para o cidadão; Passaporte: Retirada do Brasil do padrão passaporte do Mercosul e retomar o brasão da República como identidade visual do documento: fortalecer a identidade nacional e o amor à pátria.

Controladoria-Geral da União (CGU)

Ocupação de cargos no governo: Impedir o loteamento político de cargos públicos, adotando critérios objetivos de nomeação, como experiência comprovada, qualificação técnica e idoneidade moral; Programa Pela Ética e Cidadania: Elaborar e disseminar agenda de promoção da ética e da cidadania a ser adotada por escolas em sala de aula; Comitê de combate à corrupção: Instituir comitê interministerial para condução da política de combate à corrupção na administração pública federal; Sistema anticorrupção: Capacitar servidores das unidades de gestão da integridade e monitoramento dos órgãos e entidades do poder Executivo federal. Agricultura Estímulo à agricultura familiar, com ampliação para dois anos o prazo de validade das declarações de aptidão (DAP) do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf)

Meio Ambiente

Sistema de Recuperação Ambiental: Aperfeiçoar o procedimento de conversão de multas do Ibama; Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar: consolidar diagnósticos, reavaliar indicadores de qualidade ambiental, definir valores de referência e estabelecer diretrizes no âmbito de uma agenda nacional de qualidade ambiental urbana.

Infraestrutura

Privatizações: Ampliar investimentos na malha ferroviária e modernizar e ampliar a infraestrutura de 12 aeroportos. Leiloar 10 terminais portuários para ampliar capacidade de armazenar e movimentar graneis líquidos combustíveis

Cidadania

13º do Bolsa Família: Expandir a transferência de renda para as 14 milhões de famílias atendidas pelo Bolsa Família; Bolsa Atleta: Modernizar o programa para o estímulo de jovens atletas.

Minas e Energia

Cessão Onerosa: Obter aprovação do Conselho Nacional de Política Energética para a revisão do contrato da cessão onerosa e dos parâmetros técnicos e econômicos da licitação de área do pré-sal, previstas para o terceiro trimestre de 2019.

Mulher, Família e Direitos Humanos

Campanha nacional de prevenção ao suicídio e à automutilação de crianças, jovens e adolescentes: Implementar ações de conscientização e disseminação de informações visando à prevenção da automutilação e do suicídio; Lei Brasileira de Inclusão: Garantir promoção do exercício dos direitos e das liberdades fundamentais pelas pessoas com deficiência e sua inclusão; Educação domiciliar: Regulamentar o direito à educação domiciliar, reconhecido pelo STF, por meio de medida provisória, beneficiando 31 mil famílias que se utilizam desse modo de aprendizagem.

Ciência e Tecnologia

Centro de Testes de Tecnologias de Dessalinização: Mapear tecnologias em sistemas de dessalinização de água nas condições de operação no semiárido; Ciência na Escola: Promover a interação entre universidades e a rede de escolas públicas para o ensino de ciências.

Pra mim a grande decepção com o atual governo fica por conta do ministro da saúde, cuja indicação nunca me cheirou bem. Achei um absurdo ter uma única meta e pra piorar está ligada a vacinação está deixando de lado prioridades de evidente clamor popular pra injetar ainda mais vacinas no povo brasileiro.

Já o ministro do meio ambiente cresceu em meu conceito que inicialmente não era muito bom. Já a ministra Damares, da qual eu já tinha boa impressão e ficou ainda melhor, a meu ver tem se mostrado a melhor escolha até o momento, dando uma guinada no foco para verdadeiras prioridades. Não fico um mês sem saber de um caso de alguém na UFMG por exemplo.

Os demais ministros já causavam boa impressão e até o momento estão agindo de forma condizente com o que se esperava deles, tendo o Paulo Guedes e o Sergio Moro, evidentemente, uma expectativa muito grande comparados com os demais.
Que bom que vai ampliar a vacinação.
Mas acho que deveria extinguir o SUS, prefiro o esquema americano, ter produtos de consumo barato e serviços públicos caros...eu seria muito mais feliz.
Video longo mas muito interessante do Afonso do Canal Ciência de Verdade se desculpando por ter apoiado o Bolsonaro. Concordo com ele em todas as críticas, a parte das vacinas foi uma decepção pra mim e a verdade é que esse ministro da saúde nunca inspirou confiança em ninguém que votou nele.

Ainda assim, meu voto seria o mesmo, não é muito difícil escolher quando do outro lado temos o candidato do partido mais corrupto da história do mundo.

Pois como sou apoiador das maravilhosas vacinas, estou bem feliz com o governo.
O psl ser uma merda não tira o fato do bolsonaro ser o melhor presidente que esse país jamais teve.
(31-01-2019, 08:39 AM)Spectro Escreveu: [ -> ]Pois como sou apoiador das maravilhosas vacinas, estou bem feliz com o governo.
O psl ser uma merda não tira o fato do bolsonaro ser o melhor presidente que esse país jamais teve.

2
Dia muito importante para a eleição de presidente da câmara e do senado.

Olhando sob uma ótica direitista e governista, claro que seria melhor Marcel van Hatten presidente da câmara e Major Olimpo no senado. Mas isso não vai acontecer. Hoje, um dia antes da eleição eu estou cravando e não editarei depois. Rodrigo Maia é o presidente da câmara! Dos males, o menor. Já no senado, a vida de renan calheiros não está fão fácil, devido ao desgaste na opinião pública e também a renovação do senado. Ainda mais com os áudios vazados hoje mesmo, parabéns para a folha do pt, nunca critiquei. Ainda assim, é provável que ,sendo renan ou não, seja alguém do establishment. Esse cargo é importante, porém não é mais importante do que a OPINIÃO PÚBLICA, que tem tido cada vez mais oportunidade de ser ouvida. Não vai adiantar o presidente da câmara ou do senado ficar tentando atrapalhar o governo.
O ideal seria
Van Hatten - Presidente da Camara
Reguffe - Presidente do Senado

Mas o estabilishment não vai deixar
RENAN CALHEIROS RETIRA CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA DO SENADO:

https://noticias.r7.com/brasil/renan-cal...o-02022019
To usando esse tópico pra me informar kkk

FdB >>> Globo, Folha, Mídia Mainstream
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30