Fórum do Búfalo

Versão Completa: Ponderações Sobre Relacionar Com Mãe Solteira
Esta é uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3
(10-11-2019, 09:49 PM)Guerreiro da Real Escreveu: [ -> ]Pobre deste seu amigo. Está atolado na matrix. Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem.
“Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem”.
 
Eu ando pensando muito nesse assunto ultimamente...
 
Para um homem entre os 20 e 40 anos (meu caso), é tranquilo dizer e optar por ficar solteiro. Porém, imagine esse mesmo cara optando – naturalmente - por constituir uma família após os 40 ou 45; fase na qual ele estará estabilizado financeiramente e emocionalmente. Nesta situação, quais são as chances de ele encontrar uma parceira com idade compatível (de 35 até 45 tbm), QUE NÃO TENHA FILHOS, responsável e que esteja disposta a constituir família? Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!
 
Assim como muitos homens se ferram nas mãos de mulheres todos os dias; existe na mesma proporção um punhado de mulheres honestas e com boas intenções se ferrando nas mãos de homens zoados também. O resultado disso: viram mães solteiras! Viram mães solteiras não por culpa delas... Mas, por culpa de homens que se DIZEM homens, mas não são. Senhores, a pergunta é: 100% das mães solteiras são vilãs nas suas respectivas histórias de vida?
 
Já adianto aqui uma resposta: “Não, eu não estou saindo com mãe solteira... nem pretendo”. Não estou protegendo-as, estou apenas fazendo uma reflexão sincera e honesta. Digo ainda: uma reflexão necessária; que deve ser feita!
 
Eu acho que as vezes a crítica às mulheres com filhos são um pouco exageradas. Cada caso é um caso, óbvio (o caso do relato é realmente bizarro, e deve servir de exemplo). Penso, porém, que não há problema se um homem acima dos 45 se relacionar (se ele quiser!) com uma mulher divorciada de 40 anos que, eventualmente, teve um filho em relacionamentos passados. Eu penso, ainda, que uma mulher nessas condições é muito mais madura e responsável, do que aquela que com a mesma idade (35 -> 40) não teve filhos e ficou solteira... Esta última, em razão de ter sido bem mais “livre”, deve ter aprontado muito mais do que aquela outra (Não é regra, óbvio).
 
Louis C.K tem uma frase interessante sobre esse assunto: “uma garota só aprende a ser uma mulher de verdade após sentir a dor e o drama de colocar uma criança no mundo”. Galera, eu não tenho ainda opinião formada sobre isso... Porém, é algo que me faz refletir as vezes!
 
(Obs: observe bem o fator “idade” que citei!!! Agora, se você tem menos de 35 anos e está se “engraçando” com mulher que já tem filho... Não quer outra coisa além de passar por perrengue mesmo, como o mano do relato! Nesse ponto eu não tenho dúvidas!!!).
Antigamente eu pensava que a culpa era dos homens e que as mulheres na MAIOR parte dos casos era vitima da situação.
Hoje em dia depois de ter um pouco do conhecimento da Real e por ter também tido uma experiência de vida com uma M$ol eu percebi que meus pensamentos estavam equivocados.
(11-11-2019, 01:08 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

- "Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!"; a mesma definição pode se aplicar as Mães Solteira. A questão é: Vai pagar para ver?

O lance não é nem a mãe solteira em si, mas, o combro de problemas que virão no pacote (e é exatamente esse 'pacote', que muitos tapados não prestam atenção). 


São alguns deles: 
  • Relacionamento com filhos alheios; 
  • Ex; 
  • Família do Ex; 
  • Conta($); 
  • Responsabilidades Alheias (que cedo ou tarde irão cair na sua conta); 
  • Jurídico; 
  • A clássica: 'Paternidade Sócio Afetiva'; 
Entre outros (dependendo da mulher em questão).

Muitos homens hoje em dia, numa carência sem fim, acabam abraçando todo esse combo de adversidades por achar que tem algum dever moral com a mulher, com a sociedade, com sua religião, doutrina, ou seja lá o que for. No fim, acabam se lascando.


Um homem solteiro, independente, bem financeiramente e emocionalmente; merece um relacionamento com maiores benefícios. Esse lance de pegar um relacionamento num estágio tão avançado e com questões que não são suas; é melhor deixar para os 'Cavaleiros Brancos' das redes sociais. Os caras vivem num mundo tão paralelo, que leio frases do tipo: "Cuidar de filhos dos outros não é para moleques, e sim para homens!". Depois dessa frase, vai dizer o quê de um cidadão desses?

O lance é 'sorrir e acenar' mesmo.
(12-11-2019, 08:39 PM)Diamante Escreveu: [ -> ]
(11-11-2019, 01:08 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

- "Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!"; a mesma definição pode se aplicar as Mães Solteira. A questão é: Vai pagar para ver?

O lance não é nem a mãe solteira em si, mas, o combro de problemas que virão no pacote (e é exatamente esse 'pacote', que muitos tapados não prestam atenção). São alguns deles: Relacionamento com filhos alheios, Ex, Família, Família do Ex, Conta($), Responsabilidades Alheias (que cedo ou tarde irão cair na sua conta), Jurídico, a clássica: 'Paternidade Sócio Afetiva'; entre outros (dependendo da mulher em questão).

Muitos homens hoje em dia, numa carência sem fim, acabam abraçando todo esse combo de adversidades por achar que tem algum dever moral com a mulher, com a sociedade, ou seja lá o que for. No fim, acabam se lascando.


Um homem solteiro, independente, bem financeiramente e emocionalmente; merece um relacionamento com maiores benefícios. Esse lance de pegar uma relacionamento num estágio tão avançado e com questões que não são suas; é melhor deixar para os 'Cavaleiros Brancos' das redes sociais. Os caras vivem num mundo tão paralelo, que leio frases do tipo: "Cuidar de filhos dos outros não é para moleques, e sim para homens!". Depois dessa frase, vai dizer o quê de um cidadão desses?

O lance é 'sorrir e acenar' mesmo.


Vejo constantemente essas "arapucas" em redes sociais.Tem coisas na vida que não merecem discussões ou dissuadir a própria pessoa.É deixar se lascar mesmo!
(12-11-2019, 08:39 PM)Diamante Escreveu: [ -> ]
(11-11-2019, 01:08 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
Mostrar ConteúdoSpoiler:

- "Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!"; a mesma definição pode se aplicar as Mães Solteira. A questão é: Vai pagar para ver?

O lance não é nem a mãe solteira em si, mas, o combro de problemas que virão no pacote (e é exatamente esse 'pacote', que muitos tapados não prestam atenção). 


São alguns deles: 
  • Relacionamento com filhos alheios; 
  • Ex; 
  • Família do Ex; 
  • Conta($); 
  • Responsabilidades Alheias (que cedo ou tarde irão cair na sua conta); 
  • Jurídico; 
  • A clássica: 'Paternidade Sócio Afetiva'; 
Entre outros (dependendo da mulher em questão).

Muitos homens hoje em dia, numa carência sem fim, acabam abraçando todo esse combo de adversidades por achar que tem algum dever moral com a mulher, com a sociedade, com sua religião, doutrina, ou seja lá o que for. No fim, acabam se lascando.


Um homem solteiro, independente, bem financeiramente e emocionalmente; merece um relacionamento com maiores benefícios. Esse lance de pegar um relacionamento num estágio tão avançado e com questões que não são suas; é melhor deixar para os 'Cavaleiros Brancos' das redes sociais. Os caras vivem num mundo tão paralelo, que leio frases do tipo: "Cuidar de filhos dos outros não é para moleques, e sim para homens!". Depois dessa frase, vai dizer o quê de um cidadão desses?

O lance é 'sorrir e acenar' mesmo.
E aí Diamante; eu concordo plenamente com o seu comentário. Principalmente quando diz: “Um homem solteiro, independente, bem financeiramente e emocionalmente; merece um relacionamento com maiores benefícios”.
 
Porém, o que me faz pensar as vezes é justamente o fator idade. O cara que conhece a real logo cedo, tem a tendência de dizer que apenas irá se casar quando tiver certeza que está fazendo a coisa certa. Consequentemente, o momento do casamento passa a ser postergado, para quando o cara se sentir “preparado” para tal, lá pelo final dos 30, 40 ou 45, ou sei lá. Nesse ponto, acredito, é bem mais difícil arrumar parceira sem filhos (não impossível), do que seria se optasse por se casar mais cedo, casa dos 30/35 o que inevitavelmente comprometeria a qualidade do desenvolvimento pessoal. (Falo isso, porém, em comentários passados eu defendi que o casamente "também" faz parte do desenvolvimento pessoal, necessário, do homem. Compreendo que eu estou entrando "um pouco" em contradição aqui rs).
 
Novamente eu ressalto: não sou a favor de homem assumir mulher que tenha filhos; acho uma furada sim! No entanto, reflito apenas na decisão de não se casar quando se é novo, em prol do desenvolvimento pessoal; e quais a consequências que esse homem terá no futuro se quiser constituir família.
 
Assunto muito delicado (estou mexendo em vespeiro). Mas, desde sempre eu notei um “ruído”, na conciliação entre os assuntos “Desenvolvimento pessoal”   Vs   “Evitar M$OL”   Vs   “Casamento na hora certa e com a pessoa certa”.
Eu estou justamente nessa faixa de idade que o Velho Gonçalves falou. Tenho 43. Ou seja, até por questões práticas mesmo, não posso ficar com uma mulher da minha idade pra ter filhos....essas balzacas que a gente vê na TV são exceções. Atrizes e gente com grana pode fazer todo um acompanhamento médico inviável pra maioria. Fora isso, mulheres na roça até continuam tendo filhos após os 40. Só que normalmente não são o primeiro filho.

Estou solteiro atualmente, mas tenho planos sim pra constituir família. Sou um pouco categórico nisso: mulher só até os 30 mesmo. Um pouco mais talvez....dependendo da situação. Mas é o que o colega falou mesmo: independente se a culpa é da Msol ou não, o risco de se quebrar ou se aporrinhar demais é grande....simplesmente não compensa pagar pra ver. Arriscar jogar alguns anos da sua vida fora, se for dessa maneira, nem como experiência de vida vale. Sofrer é inevitável na vida.....mas tem sofrimentos que são opcionais, como esse aí, já viram burrice. Quase sempre isso vai dar numa relação muito injusta pro homem (ficou com o 'resto' dos outros, bem dizer. A mulher passa dos 30 e ninguém se interessou em segurar??? Sanhaço).
No caso, Velho Gonçalves, independente do cara está 'pronto' (ou não) para assumir um matrimônio, no fim, ele não verá benefício algum. As leis (como todos nós já sabemos) são bastantes danosas ao homem.

Eu por exemplo, iria entrar na arapuca do Casamento aos 30 anos. Isso por que à mulher e seus familiares estavam me enchendo o juízo com isso. Meses depois, na primeira dificuldade, a garota tacou o 'dane-se'. Pensei: "Imagine se eu estivesse casado?".

Tempos depois, ainda estava cogitando o casamento, no entanto, estipulei uma idade limite (34 anos). Caso não arrumasse uma companheira decente até a essa idade, tacaria o 'foda-se'. Como planejado, cheguei a idade limite e abdiquei do matrimônio.

- Ah, por que Diamante?

Motivo: Mais velho que 34 anos, esbarraria justamente no ponto central de sua postagem a respeito de mulheres em idade compatível e sem filhos. Também havia outra questão: Não gostaria de ser Pai lá pelos 50 anos. Cuidar de filhos nessa idade e ainda administrar 'Games' da esposa, deve ser uma merda sem fim, nessa idade, quero ficar de boas. E outra: Arriscado também eu faltar, e a cria crescer sem referência de Pai. Entre outras questões paternais.
  • Há também outro agravante: Vamos supor que eu tenha 40 anos hoje. Se eu fosse arrumar uma balzaca, esta mesma balzaca iria atropelar etapas naturais de um relacionamento saudável devido ao seu relógio biológico está 'gritando' para gestação. Geralmente, quando vejo mulheres nessa idade, com no máximo 1 ano, já começam a cogitar o casamento e jogar pressão em cima do cara. 
  • Caso fosse com mulheres bem a baixo dos 30 anos, além da faixa de idade ser bem considerável, a mentalidade da garota seria o principal empecilho. Enquanto eu, um quarentão, querendo apenas ficar de boas, a garota (bem mais nova) iria querer fazer situações condizente de sua idade. Resumindo: Em figura de linguagem; seria tipo misturar água e óleo.
Por fim, muitos homens vêem o casamento como objetivo final de vida, e por causa disso, muitos se fodem. Como frisei em meu comentário anterior: O lance é deixar para os 'Cavaleiros Brancos' esse "dever moral" de resgatar suas donzelas das garras do cafajestismo. 

Enquanto isso, pegarei a pipoca e assistirei o show de paspalhice. yaoming
Diamante você falou muita coisa de que eu tenho observado ultimamente no meu vinculo social.
Tenho lá meus quase 40 anos e reparo isso como você comentou, percebo que as mais velhas a maioria tem filhos.
As mais novas que poderiam ter uma condição de relacionamento e seguir os passos corretos não tem cabeça boa.
Outras que estão na faixa dos 31 que não tiveram filho já querem arrumar um possível pai (provedor) pra ontem!
E assim sanar esse pseudo problema que está na cabeça dela.
(13-11-2019, 06:14 PM)Villefort Escreveu: [ -> ]Diamante você falou muita coisa de que eu tenho observado ultimamente no meu vinculo social.
Tenho lá meus quase 40 anos e reparo isso como você comentou, percebo que as mais velhas a maioria tem filhos.
As mais novas que poderiam ter uma condição de relacionamento e seguir os passos corretos não tem cabeça boa.
Outras que estão na faixa dos 31 que não tiveram filho já querem arrumar um possível pai (provedor) pra ontem!
E assim sanar esse pseudo problema que está na cabeça dela.

Minha prima de 35 anos (sem filhos) é um exemplo. O relógio bateu a porta - sem discernimento e na correria (atropelando as etapas de um namoro saudável) -, acabou se encostando com um cara, casou estando desempregada, e agora estão morando numa favela.

No mais, o amor supera tudo.
(11-11-2019, 01:08 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
(10-11-2019, 09:49 PM)Guerreiro da Real Escreveu: [ -> ]Pobre deste seu amigo. Está atolado na matrix. Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem.
“Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem”.
 
Eu ando pensando muito nesse assunto ultimamente...
 
Para um homem entre os 20 e 40 anos (meu caso), é tranquilo dizer e optar por ficar solteiro. Porém, imagine esse mesmo cara optando – naturalmente - por constituir uma família após os 40 ou 45; fase na qual ele estará estabilizado financeiramente e emocionalmente. Nesta situação, quais são as chances de ele encontrar uma parceira com idade compatível (de 35 até 45 tbm), QUE NÃO TENHA FILHOS, responsável e que esteja disposta a constituir família? Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!
 
Assim como muitos homens se ferram nas mãos de mulheres todos os dias; existe na mesma proporção um punhado de mulheres honestas e com boas intenções se ferrando nas mãos de homens zoados também. O resultado disso: viram mães solteiras! Viram mães solteiras não por culpa delas... Mas, por culpa de homens que se DIZEM homens, mas não são. Senhores, a pergunta é: 100% das mães solteiras são vilãs nas suas respectivas histórias de vida?
 
Já adianto aqui uma resposta: “Não, eu não estou saindo com mãe solteira... nem pretendo”. Não estou protegendo-as, estou apenas fazendo uma reflexão sincera e honesta. Digo ainda: uma reflexão necessária; que deve ser feita!
 
Eu acho que as vezes a crítica às mulheres com filhos são um pouco exageradas. Cada caso é um caso, óbvio (o caso do relato é realmente bizarro, e deve servir de exemplo). Penso, porém, que não há problema se um homem acima dos 45 se relacionar (se ele quiser!) com uma mulher divorciada de 40 anos que, eventualmente, teve um filho em relacionamentos passados. Eu penso, ainda, que uma mulher nessas condições é muito mais madura e responsável, do que aquela que com a mesma idade (35 -> 40) não teve filhos e ficou solteira... Esta última, em razão de ter sido bem mais “livre”, deve ter aprontado muito mais do que aquela outra (Não é regra, óbvio).
 
Louis C.K tem uma frase interessante sobre esse assunto: “uma garota só aprende a ser uma mulher de verdade após sentir a dor e o drama de colocar uma criança no mundo”. Galera, eu não tenho ainda opinião formada sobre isso... Porém, é algo que me faz refletir as vezes!
 
(Obs: observe bem o fator “idade” que citei!!! Agora, se você tem menos de 35 anos e está se “engraçando” com mulher que já tem filho... Não quer outra coisa além de passar por perrengue mesmo, como o mano do relato! Nesse ponto eu não tenho dúvidas!!!).

Agora que eu ví a resposta.

Prezado Velho Gonçalves, vamos pensar um pouquinho. Em primeiro lugar, pq uma mulher com 35 a 40 anos está solteira? Ou pior, é mãe solteira? Como diz o Tom Leykis, se você acha algo no lixo que parece estar muito bom geralmente há um bom motivo para alguém ter jogado ela ali. Se uma mulher com 30 anos parece mas está solteira, há um bom motivo para isso.

Em segundo lugar, toda M.$ol tem um carimbo reluzente bem no meio da cara dizendo problema mas mesmo assim muitos tolos ignoram, aí se fodem e nao sabem pq. Mesmo que a mulher seja uma manipuladora e dissimulada, há certos fatos que nao podemos ignorar, e nós homens nao estamos totalmente indefesos ainda mais no caso de uma M$ol. Uma EAA (Esporrada Alheia Ambulante para quem não sabe) é um sinal muito claro e visivel que uma determinada mulher é irresponsavel e nao foi sabia o suficiente no que tange escolher um parceiro.

Portanto, meu caro, namorar (ou casar com) M.$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem.
Só deixando uma curiosidade, seguindo a linha de raciocínio da postagem acima. Há muitas mães solteiras que deixam velado que só querem homens solteiros - e o mais engraçado - querem o próprio homem com a vida arrumada (ou no mínimo; encaminhada ($)). E a 'boizada'(é claro), nas redes sociais enaltecendo e batendo para mãe solteira "guerreira" do século 21". true story

Como disse há dois posts atrás: Pegarei a pipoca e assistirei o show de paspalhice. yaoming
(15-11-2019, 06:52 PM)Diamante Escreveu: [ -> ]Só deixando uma curiosidade, seguindo a linha de raciocínio da postagem acima. Há muitas mães solteiras que deixam velado que só querem homens solteiros - e o mais engraçado - querem o próprio homem com a vida arrumada (ou no mínimo; encaminhada ($)). E a 'boizada'(é claro), nas redes sociais enaltecendo e batendo para mãe solteira "guerreira" do século 21". true story

Como disse há dois posts atrás: Pegarei a pipoca e assistirei o show de paspalhice. yaoming

Errata: "[...] nas redes sociais enaltecendo e batendo palmas para mãe solteira "guerreira" do século 21".
Velho Gonçalves Escreveu:
Guerreiro da Real Escreveu:Pobre deste seu amigo. Está atolado na matrix. Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem.
“Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem”.
 
Eu ando pensando muito nesse assunto ultimamente...
 
Para um homem entre os 20 e 40 anos (meu caso), é tranquilo dizer e optar por ficar solteiro. Porém, imagine esse mesmo cara optando – naturalmente - por constituir uma família após os 40 ou 45; fase na qual ele estará estabilizado financeiramente e emocionalmente. Nesta situação, quais são as chances de ele encontrar uma parceira com idade compatível (de 35 até 45 tbm), QUE NÃO TENHA FILHOS, responsável e que esteja disposta a constituir família? Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!
 
Assim como muitos homens se ferram nas mãos de mulheres todos os dias; existe na mesma proporção um punhado de mulheres honestas e com boas intenções se ferrando nas mãos de homens zoados também. O resultado disso: viram mães solteiras! Viram mães solteiras não por culpa delas... Mas, por culpa de homens que se DIZEM homens, mas não são. Senhores, a pergunta é: 100% das mães solteiras são vilãs nas suas respectivas histórias de vida?
 
Já adianto aqui uma resposta: “Não, eu não estou saindo com mãe solteira... nem pretendo”. Não estou protegendo-as, estou apenas fazendo uma reflexão sincera e honesta. Digo ainda: uma reflexão necessária; que deve ser feita!
 
Eu acho que as vezes a crítica às mulheres com filhos são um pouco exageradas. Cada caso é um caso, óbvio (o caso do relato é realmente bizarro, e deve servir de exemplo). Penso, porém, que não há problema se um homem acima dos 45 se relacionar (se ele quiser!) com uma mulher divorciada de 40 anos que, eventualmente, teve um filho em relacionamentos passados. Eu penso, ainda, que uma mulher nessas condições é muito mais madura e responsável, do que aquela que com a mesma idade (35 -> 40) não teve filhos e ficou solteira... Esta última, em razão de ter sido bem mais “livre”, deve ter aprontado muito mais do que aquela outra (Não é regra, óbvio).
 
Louis C.K tem uma frase interessante sobre esse assunto: “uma garota só aprende a ser uma mulher de verdade após sentir a dor e o drama de colocar uma criança no mundo”. Galera, eu não tenho ainda opinião formada sobre isso... Porém, é algo que me faz refletir as vezes!
 
(Obs: observe bem o fator “idade” que citei!!! Agora, se você tem menos de 35 anos e está se “engraçando” com mulher que já tem filho... Não quer outra coisa além de passar por perrengue mesmo, como o mano do relato! Nesse ponto eu não tenho dúvidas!!!).

Eu sou da opnião do meu pai, se o cara depois dos 40 tiver dinheiro, ele naturalmente tem muitas oportunidades com mulheres novas, segundo ele, o mesmo não estaria nem aí se a mulher fosse interesseira ou não, oque ele queria saber é do prikitinho novinho haha

Enfim , to cansado de ver velhão desfilando com mulher top aí, não tem essa, se o cara tem grana, ele consegue muita oportunidade
gRILO Escreveu:
Velho Gonçalves Escreveu:
“Relacionamento com M$OL é uma das piores coisas que pode acontecer na vida de um homem”.
 
Eu ando pensando muito nesse assunto ultimamente...
 
Para um homem entre os 20 e 40 anos (meu caso), é tranquilo dizer e optar por ficar solteiro. Porém, imagine esse mesmo cara optando – naturalmente - por constituir uma família após os 40 ou 45; fase na qual ele estará estabilizado financeiramente e emocionalmente. Nesta situação, quais são as chances de ele encontrar uma parceira com idade compatível (de 35 até 45 tbm), QUE NÃO TENHA FILHOS, responsável e que esteja disposta a constituir família? Eu acho que são poucas! Não são nulas; mas obviamente poucas!
 
Assim como muitos homens se ferram nas mãos de mulheres todos os dias; existe na mesma proporção um punhado de mulheres honestas e com boas intenções se ferrando nas mãos de homens zoados também. O resultado disso: viram mães solteiras! Viram mães solteiras não por culpa delas... Mas, por culpa de homens que se DIZEM homens, mas não são. Senhores, a pergunta é: 100% das mães solteiras são vilãs nas suas respectivas histórias de vida?
 
Já adianto aqui uma resposta: “Não, eu não estou saindo com mãe solteira... nem pretendo”. Não estou protegendo-as, estou apenas fazendo uma reflexão sincera e honesta. Digo ainda: uma reflexão necessária; que deve ser feita!
 
Eu acho que as vezes a crítica às mulheres com filhos são um pouco exageradas. Cada caso é um caso, óbvio (o caso do relato é realmente bizarro, e deve servir de exemplo). Penso, porém, que não há problema se um homem acima dos 45 se relacionar (se ele quiser!) com uma mulher divorciada de 40 anos que, eventualmente, teve um filho em relacionamentos passados. Eu penso, ainda, que uma mulher nessas condições é muito mais madura e responsável, do que aquela que com a mesma idade (35 -> 40) não teve filhos e ficou solteira... Esta última, em razão de ter sido bem mais “livre”, deve ter aprontado muito mais do que aquela outra (Não é regra, óbvio).
 
Louis C.K tem uma frase interessante sobre esse assunto: “uma garota só aprende a ser uma mulher de verdade após sentir a dor e o drama de colocar uma criança no mundo”. Galera, eu não tenho ainda opinião formada sobre isso... Porém, é algo que me faz refletir as vezes!
 
(Obs: observe bem o fator “idade” que citei!!! Agora, se você tem menos de 35 anos e está se “engraçando” com mulher que já tem filho... Não quer outra coisa além de passar por perrengue mesmo, como o mano do relato! Nesse ponto eu não tenho dúvidas!!!).

Eu sou da opnião do meu pai, se o cara depois dos 40 tiver dinheiro, ele naturalmente tem muitas oportunidades com mulheres novas, segundo ele, o mesmo não estaria nem aí se a mulher fosse interesseira ou não, oque ele queria saber é do prikitinho novinho haha

Enfim , to cansado de ver velhão desfilando com mulher top aí, não tem essa, se o cara tem grana, ele consegue muita oportunidade
Eu sou da opnião do meu pai, se o cara depois dos 40 tiver dinheiro, ele naturalmente tem muitas oportunidades com mulheres novas, segundo ele, o mesmo não estaria nem aí se a mulher fosse interesseira ou não, oque ele queria saber é do prikitinho novinho haha

Enfim , to cansado de ver velhão desfilando com mulher top aí, não tem essa, se o cara tem grana, ele consegue muita oportunidade
E ai Guerreiro da Real...
 
Eu tbm concordo que um homem desenvolvido, solteiro e sem filhos, não merece se relacionar com mãe solteira. Nesse ponto estamos no mesmo barco. No entanto, eu estou refletindo na hipótese daquele cara que, por opção própria, não se casou cedo justamente para poder se desenvolver melhor e curtir a vida um pouco mais. A real estimula essa atitude! Porém, sabemos que as chances deste cara encontrar uma guria compatível com ele, e sem filhos, é muito maior enquanto ele é novo, e não quando mais velho, a partir dos 45 anos. Estou falando em casamento sério; constituição de família.
 
No entanto, existem caras que possuem o sonho de ter filhos e família. Estes não querem viver o resto da vida comendo novinhas de 20 anos. É justamente nesse ponto que eu entro com o fator idade. É logico que para um homem novo, casar-se com mãe solteira é furada. Agora, se um cara com mais de 45 anos (quase 50!) encontrar uma mulher madura tbm, legal e responsável, que já tenha um filho (divorciada), nem sempre isso tende a ser um relacionamento ruim, e nem sempre essa mulher será zoada. Ainda mais, se o cara também já tiver um filho. Vejo muitos casos assim.
 
Uma mulher nessas condições sabe que, na sociedade, ela não é respeitada e não é muito desejada para relacionamentos sérios... Ela sabe que o poder de barganha é baixíssimo. Logo, conseguindo ela a oportunidade de recomeçar uma nova família, ela tende a pensar duas vezes antes de zoar (não todas, óbvio). Agora, imagine um cara de 45 ou 50 anos se casando com uma mulher de 25 anos, nova, sem filhos, imatura e com muita barganha sexual kkkk!!! Esta última, eu penso, cheira mais problema do que a primeira que citei como exemplo. Galera... Isso são coisas que me fazem “refletir”. Quem sou eu para dizer o que é certo e o que é errado!
 
Concluindo: se me pedissem para emitir um parecer sobre relacionamento com mãe solteira, é óbvio que eu diria que NÃO! Todo homem deve correr disso!!! Agora, eu daria a seguinte ressalva: a depender da “VONTADE” do cara em constituir família, e se esse mesmo cara já tiver uma idade avançada (acima de 40 ou 45); e na ausência de parceiras compatíveis e sem filhos; valeria sim a pena “avaliar” a possível relação com uma mãe solteira, caso aparecesse alguma madura e responsável, disposta a reconstituir uma nova família. Volto a ressaltar: tem uma galera que fala que 100% das mulheres que tiveram filhos e são solteiras tem culpa no fracasso do relacionamento passado. Isso não é verdade! Sim, a maior parte delas pode ter sido irresponsável; porém, da mesma forma que muitos homens bons se fodem com mulheres ruins, existem muitas mulheres boas que se fodem com homens ruins também...
(16-11-2019, 12:01 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
E ai Guerreiro da Real...
 
Eu tbm concordo que um homem desenvolvido, solteiro e sem filhos, não merece se relacionar com mãe solteira. Nesse ponto estamos no mesmo barco. No entanto, eu estou refletindo na hipótese daquele cara que, por opção própria, não se casou cedo justamente para poder se desenvolver melhor e curtir a vida um pouco mais. A real estimula essa atitude! Porém, sabemos que as chances deste cara encontrar uma guria compatível com ele, e sem filhos, é muito maior enquanto ele é novo, e não quando mais velho, a partir dos 45 anos. Estou falando em casamento sério; constituição de família.

E pq um quarentão, bem sucedido vai querer arranjar sarna pra se coçar? Pra formar família? E pq formar família com uma M.$OL? M.$OL não é mulher pra formar família.

(16-11-2019, 12:01 AM)Velho Gonçalves Escreveu: [ -> ]
No entanto, existem caras que possuem o sonho de ter filhos e família. Estes não querem viver o resto da vida comendo novinhas de 20 anos. É justamente nesse ponto que eu entro com o fator idade. É logico que para um homem novo, casar-se com mãe solteira é furada. Agora, se um cara com mais de 45 anos (quase 50!) encontrar uma mulher madura tbm, legal e responsável, que já tenha um filho (divorciada), nem sempre isso tende a ser um relacionamento ruim, e nem sempre essa mulher será zoada. Ainda mais, se o cara também já tiver um filho. Vejo muitos casos assim.
 
Uma mulher nessas condições sabe que, na sociedade, ela não é respeitada e não é muito desejada para relacionamentos sérios... Ela sabe que o poder de barganha é baixíssimo. Logo, conseguindo ela a oportunidade de recomeçar uma nova família, ela tende a pensar duas vezes antes de zoar (não todas, óbvio). Agora, imagine um cara de 45 ou 50 anos se casando com uma mulher de 25 anos, nova, sem filhos, imatura e com muita barganha sexual kkkk!!! Esta última, eu penso, cheira mais problema do que a primeira que citei como exemplo. Galera... Isso são coisas que me fazem “refletir”. Quem sou eu para dizer o que é certo e o que é errado!

Vc tá me dizendo que assumir uma balzaca de 30 anos, M.$OL, é mais vantajoso do que se relacionar com uma mulher de 25 anos, sem filhos? Se a  referida mulher de 25 anos for decente pq não se relacionar com ela?

Vc ainda tá na matrix.
“E pq um quarentão, bem sucedido vai querer arranjar sarna pra se coçar? Pra formar família? E pq formar família com uma M.$OL? M.$OL não é mulher pra formar família.
 
Isso é lógico! Um homem bem-sucedido, acima dos 45, não vai querer arranjar sarna pra se coçar mesmo. O que eu disse foi que, nestas condições, se um cara estiver com vontade de formar família (e ter filhos) e deparando-se com uma mãe solteira (madura e responsável) – na ausência de pretendentes solteiras e sem filhos – poderá “AVALIAR” uma possível relação com esta referida mãe solteira: se ele quiser! Isto porque, um homem nestas condições que citei, estando com uma mãe solteira também nestas condições que citei, tem menores chances de se dar mal.
 
 
“Vc tá me dizendo que assumir uma balzaca de 30 anos, M.$OL, é mais vantajoso do que se relacionar com uma mulher de 25 anos, sem filhos?
 
Não; eu não disse isso.
 
 
“Se a referida mulher de 25 anos for decente pq não se relacionar com ela?
 
Ora, se ela for decente, então, nesse caso o cara que fique com ela... Novamente, isso é óbvio tbm.
 
 
Guerreiro da real, como será que foi a sua nota em relação à interpretação de texto, no ENEM, desse ano hen?
Salve confraria,

@Velho Gonçalves

Cara, vamos com calma lá, sem relativizar. O que a gente pode ensinar aqui são as regras, não as exceções.

Mãe solteira é assim, pegue um revolver, coloque 5 balas de verdade e uma de festim, roda o tambor e dispara na sua cabeça. Sim, roleta russa. Há chance de você escapar ileso e bem? Claro que sim, mas o risco não compensa na maioria absurda das vezes.

Nada impede o cara se relacionar com M$ol, pode ser que o cara venha a conhecer uma boa mulher, mas viúva por que o marido morreu num acidente de trabalho, por exemplo. Mas no geral o fato da mulher ser mãe solteira já é um mau sinal: Ou ela não presta ou não sabe escolher bem os homens e deu para um irresponsável ou vagabundo. Ambos os casos são a grande maioria.

Ah, a mulher tá numa situação de fragilidade social e blá blá blá. Sim ele pode se comportar sabendo que não vai ter muitas outras chances (depende da beleza, poder de barganha, da potência da surra de xavaca que ela sabe dar, etc.), mas o que mais há é apenas mulher que quer arrumar um provedor, fará custe o que custar para isso, mas para ela o macho é uma necessidade, ela queria era estar com azamigas na balada, ou seja, o cara vai ser um provedor de segunda categoria, vai estar em segundo ou terceiro plano atrás da balada, do Enzo catarrento, etc.

Claro, também podem haver boas M$ols que deem boas mães ou esposas, mas avalie aqui comigo: Pegue duas mulher lá com seus 30 anos.Uma sem filhos, mas já desenvolvida, bem de carreira, mas com o relógio biológico correndo contra o tempo para ter um filho antes de ser tarde. A segunda uma mãe solteira da mesma idade, mas menos desenvolvida pois o dinheiro é pra comprar fralda e leite Ninho. Ela já está mais segura que a prole já tá garantida, só precisa dar um jeitinho de sustentar. Qual das duas é a melhor opção para casar?

E outra, olhemos para o lado do homem também: Não é todo macho que vai aceitar bem filho do outro, não por que não temos que ser cucks passivos ou whatever, é por questão do instinto masculino também de preservar seus genes, tem homem que nunca vai gostar dessa ideia, é territorialista mesmo, tem espécies de animais que simplesmente matam filhos de outros machos, então por mais "humanizado" que o cara seja, nunca será a mesma coisa.

Então, você não tá errado não, mas essa discussão de mães solteiras é mais velha que se somar o meu e o teu tempo de Real. Isso já foi discutido exaustivamente, já se chegou a conclusão de que é um risco que não compensa. O protocolo é o cara marmitar se ele souber e cair fora, e não é a toa.

Se o cara quiser tentar a sorte e fazer família com M$ol, ele vai precisar de muita informação antes de tomar essa escolha, só digo isso.

Aos confras, força e honra.
(17-11-2019, 11:08 PM)Wild Escreveu: [ -> ]Mãe solteira é assim, pegue um revolver, coloque 5 balas de verdade e uma de festim, roda o tambor e dispara na sua cabeça. Sim, roleta russa. Há chance de você escapar ileso e bem? Claro que sim, mas o risco não compensa na maioria absurda das vezes.

Nada impede o cara se relacionar com M$ol, pode ser que o cara venha a conhecer uma boa mulher, mas viúva por que o marido morreu num acidente de trabalho, por exemplo. Mas no geral o fato da mulher ser mãe solteira já é um mau sinal: Ou ela não presta ou não sabe escolher bem os homens e deu para um irresponsável ou vagabundo. Ambos os casos são a grande maioria.

Claro, também podem haver boas M$ols que deem boas mães ou esposas, mas avalie aqui comigo: Pegue duas mulher lá com seus 30 anos.Uma sem filhos, mas já desenvolvida, bem de carreira, mas com o relógio biológico correndo contra o tempo para ter um filho antes de ser tarde. A segunda uma mãe solteira da mesma idade, mas menos desenvolvida pois o dinheiro é pra comprar fralda e leite Ninho. Ela já está mais segura que a prole já tá garantida, só precisa dar um jeitinho de sustentar. Qual das duas é a melhor opção para casar?


Então, você não tá errado não, mas essa discussão de mães solteiras é mais velha que se somar o meu e o teu tempo de Real. Isso já foi discutido exaustivamente, já se chegou a conclusão de que é um risco que não compensa. O protocolo é o cara marmitar se ele souber e cair fora, e não é a toa.

Se o cara quiser tentar a sorte e fazer família com M$ol, ele vai precisar de muita informação antes de tomar essa escolha, só digo isso.
Com o relator. Exatamente o meu ponto, só que mais desenvolvido.

O cara vai ter que analisar muito friamente a questão, se já estiver se relacionando. Chute meu: o cara aceita essa situação se achar que não vai achar mulher mais bonita ou em melhores condições. 

Um lance pessoal meu aqui, aproveitando esse assunto:
No meu trabalho tem uma trintona solteira com 2 filhos (cada um com uns 10 anos mais ou menos). Segundo ela, um dos maridos morreu (eu até acho que é verdade, mas reparem como hoje em dia é muito comum essas mulheres serem 'viúvas'). Percebeu que tô solteiro...começou a ciscar pra mim. Mas além dela não ser lá muito bonita (pro meu gosto), tem esse 'bônus'. Consegui desenrolar que estou comprometido, fazendo umas artimanhas....se o povo lá tá acreditando ou não, pelo menos parou de me encher o saco....o foda é que nesse caso, ela realmente tem alguma atração por mim. Mesmo já tendo arrumado um otário, fica se encostando e tocando em mim por qualquer coisa...Sad...(o que me irrita, já que se fosse bonita, dificilmente faria isso). Quer dizer...ela já tinha jeito de rata. Depois dessa...fico com mais pena ainda do 'felizardo' que segurou essa bomba....em alguns casos, é bom aprender com os próprios erros. Em outros....é melhor aprender com os erros dos outros.
(17-11-2019, 11:08 PM)Wild Escreveu: [ -> ]Salve confraria,

@Velho Gonçalves

Cara, vamos com calma lá, sem relativizar. O que a gente pode ensinar aqui são as regras, não as exceções.

Mãe solteira é assim, pegue um revolver, coloque 5 balas de verdade e uma de festim, roda o tambor e dispara na sua cabeça. Sim, roleta russa. Há chance de você escapar ileso e bem? Claro que sim, mas o risco não compensa na maioria absurda das vezes.

Nada impede o cara se relacionar com M$ol, pode ser que o cara venha a conhecer uma boa mulher, mas viúva por que o marido morreu num acidente de trabalho, por exemplo. Mas no geral o fato da mulher ser mãe solteira já é um mau sinal: Ou ela não presta ou não sabe escolher bem os homens e deu para um irresponsável ou vagabundo. Ambos os casos são a grande maioria.

Ah, a mulher tá numa situação de fragilidade social e blá blá blá. Sim ele pode se comportar sabendo que não vai ter muitas outras chances (depende da beleza, poder de barganha, da potência da surra de xavaca que ela sabe dar, etc.), mas o que mais há é apenas mulher que quer arrumar um provedor, fará custe o que custar para isso, mas para ela o macho é uma necessidade, ela queria era estar com azamigas na balada, ou seja, o cara vai ser um provedor de segunda categoria, vai estar em segundo ou terceiro plano atrás da balada, do Enzo catarrento, etc.

Claro, também podem haver boas M$ols que deem boas mães ou esposas, mas avalie aqui comigo: Pegue duas mulher lá com seus 30 anos.Uma sem filhos, mas já desenvolvida, bem de carreira, mas com o relógio biológico correndo contra o tempo para ter um filho antes de ser tarde. A segunda uma mãe solteira da mesma idade, mas menos desenvolvida pois o dinheiro é pra comprar fralda e leite Ninho. Ela já está mais segura que a prole já tá garantida, só precisa dar um jeitinho de sustentar. Qual das duas é a melhor opção para casar?

E outra, olhemos para o lado do homem também: Não é todo macho que vai aceitar bem filho do outro, não por que não temos que ser cucks passivos ou whatever, é por questão do instinto masculino também de preservar seus genes, tem homem que nunca vai gostar dessa ideia, é territorialista mesmo, tem espécies de animais que simplesmente matam filhos de outros machos, então por mais "humanizado" que o cara seja, nunca será a mesma coisa.

Então, você não tá errado não, mas essa discussão de mães solteiras é mais velha que se somar o meu e o teu tempo de Real. Isso já foi discutido exaustivamente, já se chegou a conclusão de que é um risco que não compensa. O protocolo é o cara marmitar se ele souber e cair fora, e não é a toa.

Se o cara quiser tentar a sorte e fazer família com M$ol, ele vai precisar de muita informação antes de tomar essa escolha, só digo isso.

Aos confras, força e honra.

Fala Wild,
 
No fim das contas, vc tem razão mano; principalmente quando disse: “O que a gente pode ensinar aqui são as regras, não as exceções.”.
 
Bom, eu vi que vc entendeu o que eu quis dizer... Mas, a forma incisiva como eu tentei expressar o meu ponto, no fim das contas, não justifica a “causa”, que já é estabelecida como “perdida”, por padrão...
 
Enfim, assunto encerrado...
 
Senna, desculpe ai por eu ter “tumultuado” o seu tópico rsrs...
 
Tranqüilo Velho Gonçalves. Você e os confrades não misturaram as coisas, pude dividir o tópico sem problemas.

Dei um título sugestivo, se você achar outro mais pertinente as considerações que fez, só dizer que eu altero aqui.
Páginas: 1 2 3