Fórum do Búfalo
Dinossauros e Humanos. - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Seja bem vindo! (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=6)
+--- Fórum: Boteco do Búfalo (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=16)
+--- Tópico: Dinossauros e Humanos. (/showthread.php?tid=1980)



Dinossauros e Humanos. - Viril - 29-10-2012

Olá confrades !
Estava aqui lendo um blog muito interessante.

E me deparo com a seguinte questão:

-Dois artigos mostrando que os Dinos viveram com os homens, e isso vai contra os evolucionistas.

Não sou Ateu, nem cristão mas me interesso muito por assuntos de religião, evolução da espécie, surgimento do universo e até mesmo artigos de Ateus.(Mesmo achando que ateísmo ta na modinhos da meninada, que não tem argumento nenhum para discutir e sai ai falando bosta).

Mas voltando ao artigo, vou deixar PEQUENO trechos do artigo aqui:


Citar:[Imagem: 0843.jpg?w=289]

A arte antiga em torno dos dinossauros repetidamente encontra-se rodeada de genuínos animais, embora muitos estejam já extintos:

-No templo Ta Prohm perto de Siem Reap, no Cambodja, as esculturas de Stegosaurus encontram-se rodeadas de esculturas de animais ainda vivos hoje em dia, incluindo macacos, papagaios, cisnes e búfalos.

-No “Natural Bridges National Monument” em Utah, o dinossauro com a aparência de Apatosaurus encontra-se perto de representações de humanos e de cabras selvagens.

-No “Havasupai Canyon” no norte do Arizona, a arte em torno de criaturas com a aparência de dinossauros encontra-se na mesma parede onde se vêem elefantes, seres humanos e um ibex (cabra dos Alpes).

-No túmulo do Bispo Bell (“Bishop Bell’s Tomb”), em Carlisle, Inglaterra, dois dinossauros de pescoço longo estão gravados juntos a uma áve, um porco, um peixe e um cão.

----------------------------------------------------------------------
[Imagem: 103_bispo_bell_dinos.jpg?w=572&h=117]
túmulo do Bispo Bell


[Imagem: 104_bispo_bell_mais_dinos.jpg?w=511&h=181]

---------------------------------------------------------------------------------
Sabemos mediante as Escrituras que passaram-se apenas alguns milhares de anos desde a altura em que o homem viveu com um animal:

Que possuía ossos tais como “tubos de bronze” e costelas como “barras de ferro” (Jó 40:18), para além de ter “cauda como cedro” (Jó 40:17).

Outro animal com a aparência dum dinossauro/dragão que viveu no tempo de Jó possuía dentes terríveis (Jó 41:14), pescoço poderoso (Jó 41:22), e poderia respirar fogo e fumo (Jó 41:18-21).

Para além disso. se Deus fez “os céus e a terra, o mar e tudo o que neles” durante os seis dias da Criação (Êxodo 20:11), então obviamente o homem coexistiu com os dinossauros, bem como com todos os outros animais que entretanto desapareceram.

Levando isto em conta, a arte antiga em torno dos dinossauros está de acordo com o registo histórico e, mais importante, de acordo com a Palavra de Deus.

Para quem se interessa por esse assunto, recomendo a leitura do artigo completo:
http://darwinismo.wordpress.com/2012/07/20/sera-que-os-nossos-antepassados-usaram-fosseis-para-retratar-os-dinossauros/

Gostaria de saber a opinião dos búfalos, caso alguém tenha conhecimento sobre a bíblia ou evolucionismo deixar aqui a visão sobre isso! Valeu.


RE: Dinossauros e Humanos. - Viril - 29-10-2012

Não pensei no lado polêmico.
Apenas numa discussão saudável que só tem a acrescentar,principalmente vendo opiniões diferentes.
Mas caso seja inviável, podem trancar o tópico Smile


RE: Dinossauros e Humanos. - Homem Sem Medo - 30-10-2012

Achei muito interessante o artigo, nunca tinha ouvido falar nestas esculturas, dá uma polêmica grande entre os cientistas e arqueólogos. Vou ler o artigo mais tarde, quero acompanhar isso aqui.


RE: Dinossauros e Humanos. - barãozin - 30-10-2012

Isso aí tem sempre q ser visto com cuidado.

Alguém aí já leu aqueles livros do Von Daniken? O cara falava com um ar todo sério, científico e tal. No fim ele msm teve q reconhecer q aquilo tudo era balela...




RE: Dinossauros e Humanos. - John Romano - 30-10-2012

Não quero tomar o partido do ateu chato, mas acredito na sábia frase de Carl Sagan: "alegações extraordinárias requerem evidências extraordinárias"

Tanto a ideia de criação divina quanto a ideia de evolução são alegações totalmente incríveis, que vão totalmente contra o senso comum e, mais ainda, contra o método científico.

Só que, segundo a clássica obra de Karl Popper, sabe-se que é impossível alcançar-se a verdade diretamente, mas é possível por meio do falseamento e da refutação, saber-se onde ela não está.

Acontece que apenas a evolução tem apresentado provas e meios de refutabilidade próprio das ciências e tem passado em todos os falseamentos. Já o criacionismo é destruído diante da falta de evidências as mais simplórias.

Alguns poucos exemplos (dentre muitíssimos outros) das evidências que apóiam a evolução, seriam os órgãos vestigiais, os comportamentos geneticamente programados e a precisão cronológica dos extratos fósseis encontrados mundo afora.

A título de explicação deste último ponto, sabe-se que NUNCA foi achado um único fóssil de um "animal moderno" em camadas fósseis inferiores, junto com fósseis de dinossauros. E vice-versa. Isso confere com todas as evidências às alegações de que a evolução existe e atua neste planeta.

Simples representações artísticas, como pinturas e esculturas não provam nada além da existência de pintores e escultores. Estátuas de lagartos em escala maior não provam o convívio de humanos com dinossauros. Podem apenas representar fantasiosamente simples lagartos.

Reductio ad absurdum, e deveríamos supor a existência de sereias, grifos, anjos, harpias e dragões, já que eles são amplamente retratados em toda a historiografia humana.


RE: Dinossauros e Humanos. - Mats - 30-10-2012

Essas imagens, bem como milhentas outras, fazem parte duma vastíssima gama de evidências que suportam a tese da coexistência entre humanos e dinossauros.

O que se passa é que os antigos chamavam aos dinossauros de "dragão".

O próprio Carl Sagan ficou espantado com o facto de haver histórias em torno de "dragões" um pouco por todo o mundo (http://darwinismo.wordpress.com/2009/06/16/a-ligacao-entre-dragoes-e-dinossauros/).

Aconselho estes textos:

http://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/

http://darwinismo.wordpress.com/2012/07/20/sera-que-os-nossos-antepassados-usaram-fosseis-para-retratar-os-dinossauros/

Este segundo refuta algumas das acusações normais que são levantadas contraa tese da coexistência.


RE: Dinossauros e Humanos. - Mestre Laveley - 30-10-2012

(30-10-2012, 02:04 PM)John Romano Escreveu: A título de explicação deste último ponto, sabe-se que NUNCA foi achado um único fóssil de um "animal moderno" em camadas fósseis inferiores, junto com fósseis de dinossauros. E vice-versa. Isso confere com todas as evidências às alegações de que a evolução existe e atua neste planeta.

Simples representações artísticas, como pinturas e esculturas não provam nada além da existência de pintores e escultores. Estátuas de lagartos em escala maior não provam o convívio de humanos com dinossauros. Podem apenas representar fantasiosamente simples lagartos.

Disse tudo.

Essas pinturas não provam nada.

Como bem comentou um cara no blog do artigo em questão, junto dessas pinturas os antigos também pintavam supostos discos voadores e E.T.'s. Só que, convenientemente, isso não é citado no artigo, até pq vidas extraterrestres iriam contra o creacionismo, que é oq o autor do artigo quer defender.

E mais, seria muito fácil comprovar essa tese, apenas calculando a data dos fósseis pelo método de datação de carbono. Se os dinos tivessem vivido com os homens de fato, tais datações mostrariam isso. Oq não ocorre.

Fora que o artigo em questão usa bastante bibliografia desatualizada, oq para a área é vital, visto que nas ultimas duas décadas milhares de fósseis foram achados mundo afora, devido ao melhoramento da tecnologia utilizada pelos paleontologos (hj os caras conseguem achar fóssil até por satélite!).

Enfim, essa tese é só isso, uma tese: apenas conjecturas feitas a partir de supostas imagens desenhadas pelos antigos. Nenhuma prova concreta. Alias, oq se tem de concreto (datações de carbono) prova justamente o contrário.


RE: Dinossauros e Humanos. - Mats - 30-10-2012

Mestre Laveley,

A datação radiométrica não é fiável. Se alguém envia uma rocha para dois laboratórios distintos sem dizer a sua idade, eles podem muito bem receber idades distintas.

http://darwinismo.wordpress.com/2011/05/21/e-oficial-datacao-evolucionista-nao-funciona-2/

Segundo, as pinturas não tinham o propósito de "provar", mas de disponibilizar mais evidências em favor duma tese. Por exemplo, jum tribunal uma matéria só fica provada depois de estarem reunidas evidências SUFICIENTES (e não "extraordinárias) como alguém disse). Se as evidências são suficientes, então a coisa mais racional é considerar a matéria privada.

Terceiro: a existência de discos voadores e E.T.'s nas imagens demonstram que quem as fez ACREDITAVA nesssas coisas. Do mesmo modo, quem desenhou cães, gatos, elefantes e DINOSSAUROS lado a lado realmente acreditava nessas coisas.

http://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/

O que se passa é que os evolucionistas dizem que os cães, os gatos, os elefantes são animais que eles viram, mas os dinossauros (e só os dinossauros) é que não foram vistos pelas pessoas que os desenharam (!).

A inversão de lógica é feita ao se rejeitar as evidências que refutam os "milhões de anos". Ou seja, qualquer dado científico que demonstre que a Terra não tem os milhões de anos, mas é bem mais jovem, é rejeitado PORQUE está contra a teoria da evolução (e não porque está errado).


RE: Dinossauros e Humanos. - Mestre Laveley - 30-10-2012

(30-10-2012, 09:03 PM)Mats Escreveu: Mestre Laveley,

A datação radiométrica não é fiável. Se alguém envia uma rocha para dois laboratórios distintos sem dizer a sua idade, eles podem muito bem receber idades distintas.

http://darwinismo.wordpress.com/2011/05/21/e-oficial-datacao-evolucionista-nao-funciona-2/

Segundo, as pinturas não tinham o propósito de "provar", mas de disponibilizar mais evidências em favor duma tese. Por exemplo, jum tribunal uma matéria só fica provada depois de estarem reunidas evidências SUFICIENTES (e não "extraordinárias) como alguém disse). Se as evidências são suficientes, então a coisa mais racional é considerar a matéria privada.

Terceiro: a existência de discos voadores e E.T.'s nas imagens demonstram que quem as fez ACREDITAVA nesssas coisas. Do mesmo modo, quem desenhou cães, gatos, elefantes e DINOSSAUROS lado a lado realmente acreditava nessas coisas.

http://darwinismo.wordpress.com/2012/09/19/os-dinossauros-no-tumulo-do-bispo-bell/

O que se passa é que os evolucionistas dizem que os cães, os gatos, os elefantes são animais que eles viram, mas os dinossauros (e só os dinossauros) é que não foram vistos pelas pessoas que os desenharam (!).

A inversão de lógica é feita ao se rejeitar as evidências que refutam os "milhões de anos". Ou seja, qualquer dado científico que demonstre que a Terra não tem os milhões de anos, mas é bem mais jovem, é rejeitado PORQUE está contra a teoria da evolução (e não porque está errado).

Esse artigo linkado fala da datação a partir do urânio, que é a usada nos meteoritos (para calcular a "Idade" dos mesmos) e não da datação por carbono. Esta ultima é totalmente crível em um período de tempo até 50 mil anos atrás.

Segundo a bíblia o homem está na terra há 10 mil anos, se os dinos vivessem conosco então seria perfeitamente possível calcular a idade dos fósseis a partir do método de datação de carbono.

Só esclarecendo que eu não sou ateu e até simpatizo, em partes, com o criacionismo (conheci um cara que tinha uma visão muito interessante acerca do criacionismo x evolucionismo, e essas duas visões não são tão antagonistas como se pensa). Agora, essa dos dinos terem vivido lado a lado com nossa espécie eu não engulo assim fácil não!!!!


RE: Dinossauros e Humanos. - John Romano - 30-10-2012

Não entendo porque os religiosos criacionistas tem essa visão tão estreita a respeito do evolucionismo. Evolucionismo não é ateísmo! Não dá pra acreditar que o cara lá de cima "criou" essa lei, assim como criou tantas outras coisas?
Já passou a fase em que a "teoria" da evolução era só uma teoria. Hoje em dia, ela já tem status de fato cientificamente comprovado.
O mais engraçado é que uma pesquisa rápida no google só aponta controvérsias em sites e redutos religiosos..
Não quero desmerecer a crença de ninguém, mas todo esse atraso intelectual só por causa do Gênese? Francamente...

Só um adendo.
Mats, digo e repito porque talvez você não tenha entendido: na ciência, assim como num tribunal, alegações extraordinárias necessitam SIM de provas extraordinárias ou serão (as alegações) consideradas simples papo-furado.
Como disse, a evolução é uma ideia totalmente absurda e contra-intuitiva. Mas a ciência, pouco a pouco, mediante todo tipo de refutação e crítica, PROVOU que é a resposta mais real disponível no mundo.
O problema é que além da evolução, todas as outras respostas estão fora do mundo físico. E que eu saiba, até hoje não foram encontradas provas nenhumas sequer da existência desse lado espiritual/sobrenatural/divino...



RE: Dinossauros e Humanos. - Mestre Laveley - 30-10-2012

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Não entendo porque os religiosos criacionistas tem essa visão tão estreita a respeito do evolucionismo. Evolucionismo não é ateísmo! Não dá pra acreditar que o cara lá de cima "criou" essa lei, assim como criou tantas outras coisas?
Já passou a fase em que a "teoria" da evolução era só uma teoria. Hoje em dia, ela já tem status de fato cientificamente comprovado.
O mais engraçado é que uma pesquisa rápida no google só aponta controvérsias em sites e redutos religiosos..
Não quero desmerecer a crença de ninguém, mas todo esse atraso intelectual só por causa do Gênese? Francamente...

Só um adendo.
Mats, digo e repito porque talvez você não tenha entendido: na ciência, assim como num tribunal, alegações extraordinárias necessitam SIM de provas extraordinárias ou serão (as alegações) consideradas simples papo-furado.
Como disse, a evolução é uma ideia totalmente absurda e contra-intuitiva. Mas a ciência, pouco a pouco, mediante todo tipo de refutação e crítica, PROVOU que é a resposta mais real disponível no mundo.
O problema é que além da evolução, todas as outras respostas estão fora do mundo físico. E que eu saiba, até hoje não foram encontradas provas nenhumas sequer da existência desse lado espiritual/sobrenatural/divino...

Fora que, querendo ou não, muitas coisas ditas na real e por NA sobre o comportamento feminino se fundamentam justamente na tese evolucionista em que a fêmeas de nossa espécie agem como agem pra garantir as melhores condições possíveis a sua prole (tanto no sentido genético, quanto no ambiente) e, conseqüentemente, a evolução da espécie.

Eu tbm sou de pleno acordo que o evolucionismo e o creacionismo podem ser complementares.

E é engraçado, a algum tempo atrás os creacionistas se agarravam com unhas e dentes no argumento que os dinossauros nunca existiram e que não passavam de "invenções" dos "cientistas maldosos querendo acabar com Deus", agora querem argumentar que os dinos existiram sim... mas juntamente com nós e foram extintos sabe-se lá pq....

Oq mudou?

As provas da existência dos dinos ficaram tão irrefutáveis que obrigou os creacionistas a mudarem o discurso?!


RE: Dinossauros e Humanos. - Mats - 30-10-2012

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Não entendo porque os religiosos criacionistas tem essa visão tão estreita a respeito do evolucionismo. Evolucionismo não é ateísmo!

"Evolution is the greatest engine of atheism ever invented." - Will Provine

"Naturalistic evolution has clear consequences that Charles Darwin understood perfectly. 1) No gods worth having exist; 2) no life after death exists; 3) no ultimate foundation for ethics exists; 4) no ultimate meaning in life exists; and 5) human free will is nonexistent. ~ William Provine

"Darwinism rejects all supernatural phenomena and causations. The theory of evolution by natural selection explains the adaptedness and diversity of the world solely materialistically." ~ Ernst Mayr

http://bevets.com/evolution.htm

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Não dá pra acreditar que o cara lá de cima "criou" essa lei, assim como criou tantas outras coisas?

Não, porque não faz sentido nenhum. E ela não é "uma lei". Na melhor das hipóteses, seria um mecanismo que actuaria com base em leis naturais. O problema é que não há nenhuma lei naturall capaz de fazer aquilo que os evolucionistas dizem que a evolução fez.

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Já passou a fase em que a "teoria" da evolução era só uma teoria. Hoje em dia, ela já tem status de fato cientificamente comprovado.

Por acaso, à medida que nosso conhecimento avança, mais fragilizada vai ficando a teoria da evolução. Os próprios evolucionistas admitem isso:

http://darwinismo.wordpress.com/2010/03/31/evolucionista-como-nao-temos-os-fosseis-nos-inventamos-historias/

Lembra-te duma coisa muito importante: evolução, tal como entendida no debate evolucionismo versus criacionismo é o processo que transformou uma forma de vida unicelular numa forma de vida multicelular. Qualquer coisa menos que isso, está de acordo com o criacionismo.

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: O mais engraçado é que uma pesquisa rápida no google só aponta controvérsias em sites e redutos religiosos..

Mesmo que fosse verdade (não é), seria irrelevante. Uma teoria não é factual só porque os únicos focos de debate se encontram em fontes religiosas. Por exemplo, a resistência ao aborto é feita maioritariamente pelos religiosos. Usando a tua lógica, o aborto deve ser uma práctica normal e saudável só porque a maior parte da resistência é feita por religiosos (e por muitos não religiosos, mas os religiosos são a esmagadora maioria).

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Só um adendo.
Mats, digo e repito porque talvez você não tenha entendido: na ciência, assim como num tribunal, alegações extraordinárias necessitam SIM de provas extraordinárias ou serão (as alegações) consideradas simples papo-furado.

Quem é que define o que é uma "alegação extraordinária"? Quem define o que são "evidências extraordinárias"?

Isso são jogos de palavras construídas com o expresso propósito de nunca dar fim a uma discussão. Se eu der uma "evidência extraordinária", alguém pode dizer "ah, mas isso não é extraordinária o suficiente!".

Repito o que já disse: não interessa se a alegação é "extraordinária" ou não. O que interessa é se as evidências em seu favor são SUFICIENTES.

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Como disse, a evolução é uma ideia totalmente absurda e contra-intuitiva. Mas a ciência, pouco a pouco, mediante todo tipo de refutação e crítica, PROVOU que é a resposta mais real disponível no mundo.

A ciência nunca provou nem vai alguma vez provar que o mecanismo evolutivo (mutações aleatórias + milhões de anos + selecção natural) é suficiente para gerar os sistemas e subsistemas que temos no mundo natural. O próprio ADN, o "codigo da vida", é a evidência mais óbvia para a existência Dum Programador uma vez que TODOS os códigos de informção cujas origens nós saibamos são o efeito duma ou mais mentes inteligentes.

E nem vale a pena dizer que se pode harmonizar Deus com a teoria porque não se pode. A vida ou é efeito "top down" (criação), ou "bottom up" (evolução). Não há a mínima hipótese de se harmonizar uma com a outra.

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: O problema é que além da evolução, todas as outras respostas estão fora do mundo físico. E que eu saiba, até hoje não foram encontradas provas nenhumas sequer da existência desse lado espiritual/sobrenatural/divino...

Isto é um excelente exemplo da inversão da lógica.
Primeiro, tu confundes a realização de que algo foi feito com o profundo conhecimento de quem a fez. Por exemplo, usando essa logica, o arqueólogo nunca poderia dizer que um artefacto foi feito por alguém SEM ANTES saber quem o fez. Isto, obviamente, não faz sentido nenhum,

Para se saber que algo foi criado basta olhar para a sua estrutura interna, e comparar as hipóteses explicativas.

Terceiro, o facto de "todas as outras respostas" estarem "fora do mundo físico" (seja lá o que entendas por "mundo físico") é irrelevante. A menos que queiras declarar que nada mais existe para além do mundo físico (uma alegação sem duvida alguma extraordinária), não podes rejeitar à priori uma hipótese so porque não é naturalista.

A questão não é se é naturalista ou não, mas sim se é verdade.

Quarto, o que não falta no mundo são evidências em favor da existência de Deus, sendo o mundo em si a melhor delas (ou uma das melhores). O universo, com todas as suas leis físicas e químicas perfeitamente equilibradas e balanças de modo a proporcionar a vida na Terra, é um admirável testemunho de que Alguém o criou.

A hipótese alternativa é acreditar que todas as leis que regem o mundo material, "por acaso", se ajustaram de modo PRECISO para tornarem a vida na Terra possível.

Este é sem dúvidas uma alegação extraordinária. Onde estão as evidências extraordinárias em favor disto?


RE: Dinossauros e Humanos. - Mats - 30-10-2012

(30-10-2012, 09:17 PM)Mestre Laveley Escreveu: Esse artigo linkado fala da datação a partir do urânio, que é a usada nos meteoritos (para calcular a "Idade" dos mesmos) e não da datação por carbono. Esta ultima é totalmente crível em um período de tempo até 50 mil anos atrás.
Que tipo de evidências é que tu aceitarias que te fizessem ver que a datação or carbono não é fiável?

(30-10-2012, 09:17 PM)Mestre Laveley Escreveu: Segundo a bíblia o homem está na terra há 10 mil anos, se os dinos vivessem conosco então seria perfeitamente possível calcular a idade dos fósseis a partir do método de datação de carbono.
Segundo a Bíblia, o homem está na Terra há cerca de 6000/7000 anos.

Em relação ao segundo ponto, muitas medições dos restos de dinossauro disponibilizam idades bem mais recentes que as imaginadas pelos evolucionistas.
(30-10-2012, 09:17 PM)Mestre Laveley Escreveu: Só esclarecendo que eu não sou ateu e até simpatizo, em partes, com o criacionismo (conheci um cara que tinha uma visão muito interessante acerca do criacionismo x evolucionismo, e essas duas visões não são tão antagonistas como se pensa). Agora, essa dos dinos terem vivido lado a lado com nossa espécie eu não engulo assim fácil não!!!!

Tudo bem. Ninguém é obrigado a aceitar o que a História demonstra. O ponto é demonstrar que pode ser construído um caso bem sólido em favor da coexistência entre dinossauros e humanos. E na minha opinião, não há melhor explicação para os dados históricos, começando pelos "dragões" de outrora.

(30-10-2012, 09:17 PM)Mestre Laveley Escreveu: Fora que, querendo ou não, muitas coisas ditas na real e por NA sobre o comportamento feminino se fundamentam justamente na tese evolucionista em que a fêmeas de nossa espécie agem como agem pra garantir as melhores condições possíveis a sua prole (tanto no sentido genético, quanto no ambiente) e, conseqüentemente, a evolução da espécie.
Não é preciso usar a teoria da evolução para explicar o comportamento humano, especialmente quando não há a mínima justificação para tal. A evolução nem pode explicar o surgimento humano, portanto usar uma teoria que não explica a origem como base para todo o comportamento humano não faz sentid, na minha opinião.

Segundo, a psicologia evolutiva - que é aquela que pareces estar a aludir - é tão pouco científica que até outros evolucionistas (Stephen Jay Gould) mitigavam contra ela.

Além disso, faz todo o sentido que Deus tenha colocado no homem e na mulher predisposições biológicas e psicológicas que os motivem a escolher o melhor conjugue.

(30-10-2012, 09:17 PM)Mestre Laveley Escreveu: E é engraçado, a algum tempo atrás os creacionistas se agarravam com unhas e dentes no argumento que os dinossauros nunca existiram e que não passavam de "invenções" dos "cientistas maldosos querendo acabar com Deus", agora querem argumentar que os dinos existiram sim... mas juntamente com nós e foram extintos sabe-se lá pq.... Oq mudou?
Quem deu início ao estudo dos dinossauros foi um criacionist de nome Richard Owen, portanto, a existência de dinossauros nunca foi um problema para os criacionistas.
Segundo, este mesmo Richard Owen, uma autoridade, foi um dos mjitos cientistas que se revoltaram contra a quantidade de erros presente no livro de Darwin:

http://darwinismo.wordpress.com/2011/07/14/quem-realmente-se-opos-a-darwin-3/

Além disso, a própria Bíblia fala em dinossauros ("dragões"), embora use outros nomes ("tannin", "behemoth", etc).

Abraços.



RE: Dinossauros e Humanos. - Mestre Laveley - 30-10-2012

Mats

Quanto as evidências das datações de carbono, acho que nem vale a pena ficar aqui discutindo isso, até pq tem nego até hoje que bate o pé que a terra é quadrada e que a força da gravidade não existe e, por mais que sejam esfregadas provas na frente dele, ele vai arranjar uma retórica para refuta-las.

Essa discussão se assemelha a isso, não importa que haja toda uma ciência e cálculos por trás da técnica de datação de carbono, sempre haverá duvidas a seu respeito se alguem assim desejar. O fato é que é uma técnica totalmente crível que nunca falhou quando colocada a prova. Nas ocasiões em que falhou, a falha foi creditada aos procedimentos utilizados erroneamente (principalmente no que diz respeito ao recolhimento das amostras), mas a técnica em si é impecável. Mas, como eu disse, sempre haverão duvidas enquanto alguem quiser que haja.

Quanto a data do nascimento da bíblia, bom, fui informado por um estudioso de teologia que o consenso seria que o homem teria surgido cerca de 8000 A.C., ou seja, a 10000 anos atrás. Se essa informação é correta ou não, não tenho certeza, mas eu coloco a mão no fogo por essa pessoa, que manja MUITO de teologia.

Fora que, é de se espantar que segundo os cientistas o homo sapiens tbm teria surgido nesse período.

Sem falar naquela música do Raul, que é inspirada nos fatos bíblicos ("eu nasci há 10 mil anos").

Por isso citei 10 mil anos.

Quanto ao comportamento humano: bom, é claro que se pode creditar a outras coisas. Inclusive, até religiosas (tem até tópico aqui no fórum das histórias bíblicas e sua relação com a real). Mas é inegável que a teoria evolucionista se encaixa perfeitamente nesse cenário e, pela minha experiência, é a que melhor se encaixa.

Por ultimo, a teoria evolucionista também "evolui", de modo que o estado da arte atual não é exatamente como darwin descreveu na ocasião de sua celébre obra. Na verdade, a obra de darwin serviu apenas como "pilar" para a teoria evolucionista atual.

Na verdade, na verdade, a teoria de Darwin não era ao menos original. Se vc for ler, Schopenhauer já descrevia o comportamento humano de acordo com uma ótica evolucionista, meio século antes de darwin publicar sua obra. A diferença é que schopenhauer chegou a suas conclusões de um modo puramente filosófico de observação do comportamento humano e dos animais. Darwin foi mais a fundo no estudo da biologia.

Pra ser sincero, meus conhecimentos em biologia são bastante coloquiais, então eu não poderia aqui te dizer qual é o estado da arte da teoria evolucionista. mas é de conhecimento público que a teoria como darwin a descreveu não é correta a muito tempo! Essa teoria se encontra muito mais rebuscada hoje.


RE: Dinossauros e Humanos. - Mestre Laveley - 30-10-2012

Só pra deixar uma colaboração, vale a pena dar uma olhada:

pt.wikipedia.org/wiki/Evolucionismo_teísta




RE: Dinossauros e Humanos. - Mats - 31-10-2012

(30-10-2012, 11:19 PM)Mestre Laveley Escreveu: Quanto as evidências das datações de carbono, acho que nem vale a pena ficar aqui discutindo isso, até pq tem nego até hoje que bate o pé que a terra é quadrada e que a força da gravidade não existe e, por mais que sejam esfregadas provas na frente dele, ele vai arranjar uma retórica para refuta-las.

Pelo contrário, eu acho que seria muito informativo a disposição de tais evidências da suposta fiabilidade dos métodos de datação evolucionistas visto que até pode ser que os criacionistas estejam errados e os evolucionistas correctos.

(30-10-2012, 11:19 PM)Mestre Laveley Escreveu: O fato é que é uma técnica totalmente crível que nunca falhou quando colocada a prova. Nas ocasiões em que falhou, a falha foi creditada aos procedimentos utilizados erroneamente (principalmente no que diz respeito ao recolhimento das amostras), mas a técnica em si é impecável. Mas, como eu disse, sempre haverão duvidas enquanto alguem quiser que haja.
As dúvidas surgem porque as falhas têm-se tornado demasiadas.

(30-10-2012, 11:19 PM)Mestre Laveley Escreveu: Quanto ao comportamento humano: bom, é claro que se pode creditar a outras coisas. Inclusive, até religiosas (tem até tópico aqui no fórum das histórias bíblicas e sua relação com a real). Mas é inegável que a teoria evolucionista se encaixa perfeitamente nesse cenário e, pela minha experiência, é a que melhor se encaixa.
Tal como dito em cima, só se encaixa se rejeitares à prior hipóteses alternativas. Se tu puseres ambas as teorias lado a lado, sem viés, e deixares as evidências "falarem" por si, vais ver como a teoria da evolução é totalmente inadequada. É precisamente por isso que os evolucionistas nem querem dar plataform pública a um debate em torno disto. Eles sabem que ficam a perder.
(30-10-2012, 11:19 PM)Mestre Laveley Escreveu: Por ultimo, a teoria evolucionista também "evolui", de modo que o estado da arte atual não é exatamente como darwin descreveu na ocasião de sua celébre obra. Na verdade, a obra de darwin serviu apenas como "pilar" para a teoria evolucionista atual.

Na verdade, na verdade, a teoria de Darwin não era ao menos original. Se vc for ler, Schopenhauer já descrevia o comportamento humano de acordo com uma ótica evolucionista, meio século antes de darwin publicar sua obra. A diferença é que schopenhauer chegou a suas conclusões de um modo puramente filosófico de observação do comportamento humano e dos animais. Darwin foi mais a fundo no estudo da biologia.
De facto, é verdade que varias teorias evolutivas circulavam no ar, mas a de Darwin tornou-se popular no virar do século (e não durante o período em que ele estava vivo).

Ninguém nega que a teoria da Darwin tenha sofrido modificações. Por volta de 1950s os evolucionistas finalmente fizeram a nova síntese que harmonizava (ou tentava harmonizar) a genética Mendeliana (Mendel = criacionista) com o darwinismo. Daí surgiu o neo-darwinismo fundamentado nas mutações aleatórias a serem filtradas pela selecção natural.

O problema é que isso não resolveu nada uma vez que as mutações aleatórias, na sua maioria, são deleteriosas e nocivas (para além de não aumentarem o nível informático da célula). Ou seja, o neodarwinismo é ainda mais falso que o antigo darwinismo.

A evidência para isto são as constantes revisões e mutações (trollface) que a teoria sofre como forma de se acomodar aos avanços da ciência.

Enfim, bom tópico. Esperamos ver mais destes num futuro próximo.

Abraços


RE: Dinossauros e Humanos. - Mr. Black - 31-10-2012

(30-10-2012, 09:45 PM)John Romano Escreveu: Já passou a fase em que a "teoria" da evolução era só uma teoria. Hoje em dia, ela já tem status de fato cientificamente comprovado.
Não, a teoria da evolução ainda é uma teoria. Se você pesquisar na Internet, verá que muitos cientistas não creem na evolução. Formas mais simples de vida não evoluíram até se tornar o que vemos hoje. Quanto mais se estuda, mais se verifica que a vida é inteligente. Desde as estruturas microscópicas, até as macroscópicas, todas elas tem inteligência. Ainda não foram verificadas mutações capazes de aumentar as chances de perpetuação das espécies. As mutações são sempre maléficas, e diminuem as chances de perpetuação.

O que existe, é a seleção natural, e por consequência, a adaptação. Num ambiente mais quente, tendemos a ter cada vez menos pelos e pele mais escura. O inverso ocorre em ambientes frios, e por aí vai. Nós aqui do fórum, sentimos o quanto as mulheres são seletivas, e esse fato ocorre em toda a natureza. E se você parar pra pensar, vai verificar que até a seleção natural possui uma inteligência.

Essa inteligência, não tem como ter surgido do nada.

O universo tende à entropia, ou seja, ao caos. E a teoria evolutiva vai contra isso, afirmando de forma velada que estamos nos organizando, melhorando, o que nunca será provado, ao menos não nessa geração.

Uma coisa que eu vejo, é que o ser humano quer acreditar em algo. Por mais ilógica que seja a evolução, ela é uma alternativa pra quem não quer acreditar num criador. Um brinde a liberdade...