Fórum do Búfalo
Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+--- Tópico: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... (/showthread.php?tid=2558)

Páginas: 1 2


Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Sargento - 21-01-2013

:rage
Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

O cara é tão mangina que levou até uma cópia da escala de serviço autenticada pelo seu comandante de pelotão (após chorar dois dias no pé do cara pedindo a assinatura) para a menina pra provar que seu primo miguxinho estava querendo chamar a atenção dela.

Eu aconselhei de todas as formas: larga desta mulher, se tá assim cercada desta corja enquanto namora imagine quando casar, não se relacione sério com crianças, etc... Joguei a real em doses homeopáticas para ele sentir e aos poucos fui colocando com tudo e sem pena, mais o otário não reage, está anestesiado. E choro de todo tipo: se acha muito feio e que somente esta galinha que vai amá-lo para toda vida, que seu mundo acabou, que quer morrer e largar deste mundo cruel, etc...

Infelizmente acho que a única esperança desta criança se chama castração.
facepalm:facepalm:


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Destro - 21-01-2013

Citar:Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

Militar e fica chorando pelos cantos ?

[Imagem: LvOoCrI.gif]


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - barãozin - 21-01-2013

Puta que pariu.

Se puder, chama o pelotão dele e manda os caras aplicarem o corredor polonês nesse paspalho. Por umas 10 vezes.

Caralho meu... o oficial não acha ruim não de um soldado moleirando desse jeito?


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - John_Reese - 21-01-2013

Amigo, apresente-o os dois caminhos, a real e as consequências da matrix.

Se ele escolher a matrix, deixe-o trilhar o caminho só e arcar com as consequências de sua escolha.


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Blanka - 21-01-2013

O cara é FRACO, sim.

Mas o detalhe de ter levado a cópia autenticada, por si só, não é errado. Ele deveria é ter usado isso como arma secreta, pra esfregar na cara dela e do miguxo, no momento certo, com estratégia. Mas essa frieza é para poucos.


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Homem Sem Medo - 21-01-2013

(21-01-2013, 11:18 AM)Destro Escreveu:
Citar:Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

Militar e fica chorando pelos cantos ?

[Imagem: LvOoCrI.gif]

[2]


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Sacerdote John Preston - 21-01-2013

É aquela história, muitas vezes o cara só dá valor à real quando passa por uma experiência extrema, ou quando acumula algumas experiências ruins (meu caso, que logo farei os relatos, tô devendo).


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Sacerdote John Preston - 21-01-2013

Tá parecendo aqueles militares frouxos, de uma certa novela do horário nobre...


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - John_Reese - 21-01-2013

Se fosse meu caso só falaria o seguinte:

Eu não levaria o documento de imediato, iria segurar, confronta-la apenas com palavras, perguntar em quem acredita, por final, se ela ainda acreditasse no primo miguxo, esfregaria o documento na fuça da vadia seguido de um chute bem no meio do cú (figura de linguagem).


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Tiago Sorine - 21-01-2013

Muitos de nós ao chegarmos ao FB, fomos assim, admitamos isso!
Eu, já cheguei a pensar que minha ex fosse a única. Isso merece vários facepalms facepalm:facepalm:facepalm:
E eu só aprendi depois de tomar uma cacetada e ter tomado uma rasteira daquelas que me fez abrir os olhos para a realidade. É assim que as coisas funcionam na maioria das vezes!
E parece ser o caso em tela. Não adianta, enquanto o cara nao tomar uma cacetada na fuça, ele não irá aprender. Perda de tempo. Ele está entorpecido, está como dependente


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Vitor - 21-01-2013

coitado do cara!

vcs cricificam ele só por que ele acredita no amor verdadeiro?yaoming
KKKKKKKKKKKKKK


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Rider - 21-01-2013

(21-01-2013, 11:33 AM)John Reese Escreveu: Se fosse meu caso só falaria o seguinte:

Eu não levaria o documento de imediato, iria segurar, confronta-la apenas com palavras, perguntar em quem acredita, por final, se ela ainda acreditasse no primo miguxo, esfregaria o documento na fuça da vadia seguido de um chute bem no meio do cú (figura de linguagem).

Boa estratégia, mas obviamente esse rapaz não tá preparado pra dar o PNB que a tal merece.


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - rott - 21-01-2013

O quartel não te ensina a ser um guerreiro da real, lá você aprende instrução militar e técnica. Ou seja, se o cara é mangina antes do quartel ele vai continuar mangina depois do quartel. Em alguns casos acho que pode até piorar, o cara fica sem ver mulher por um bom tempo durante o serviço militar e em algumas escolas de formação, o desejo sexual extremo nos faz cometer muitas idiotices as vezes. E esse lance aí de corredor polones, kkkkkk o cara pode denunciar pro oficial imediato e assim fuder o pelotão inteiro, hoje as FFAA mudaram muito, qualquer episódio desse tipo a mídia tá louca pra cair em cima e criticar a instituição.


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Blanka - 21-01-2013

(21-01-2013, 01:24 PM)rott Escreveu: O quartel não te ensina a ser um guerreiro da real, lá você aprende instrução militar e técnica. Ou seja, se o cara é mangina antes do quartel ele vai continuar mangina depois do quartel. Em alguns casos acho que pode até piorar, o cara fica sem ver mulher por um bom tempo durante o serviço militar e em algumas escolas de formação, o desejo sexual extremo nos faz cometer muitas idiotices as vezes. E esse lance aí de corredor polones, kkkkkk o cara pode denunciar pro oficial imediato e assim fuder o pelotão inteiro, hoje as FFAA mudaram muito, qualquer episódio desse tipo a mídia tá louca pra cair em cima e criticar a instituição.

Correto. Na verdade militares têm uma tendência a casar mais cedo, pois passam por isolamento, e ao mesmo tempo são muito assediados (fetiche de mulher por farda).

O resultado dessa combinação é o cara grudar rapidamente em alguma "mulher exceção".


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - John Romano - 21-01-2013

PQP mas que vida de merda esse cara leva... facepalm:
Foda é ter que ouvir que somos "opressores" e "objetificamos" as mulheres, quando na verdade, elas é que nos atormentam e instrumentalizam nossas inseguranças... :rage


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Sargento - 21-01-2013

Confrades, no meu tempo, na escola de formação, passei um dia dentro de um poço de lama (estilo Rambo), tomava porrada no capacete e cheirava gás lacrimogêneo durante o almoço (pra gente comer rápido). Hoje em dia eu tenho meus alunos, e tem que ficar uma mesinha com água e suquinho e se o cara pegar muito sol, cai de ensolação. As forças armadas mudaram....

Teve uma vez que foi bizarro... Tivemos que parar uma acampamento, instrução de transposição de cursos d´água porque metade do pelotão era feminino e elas alegaram que não podiam entrar na água gelada da madrugada porque estavam menstruadas (elas alegaram que passaram muito tempo juntas e a menstruação delas sincronizou... Como o enfermeiro chefe era praticamente uma "enfermeira", falou para levarmos somente os homens para a água). Como sou sargento, cão de guerra e não podia desobedecer a ordem do tenente menina de levar as "moças" para geladeira, mas para não penalizar os meus braços direitos, então decidi pegar os soldados homens e levar para uma corrida viril cantando canções de macho (quem já foi militar aqui sabe como é, e quem vai ser já pode começar a vibrar) no AICUR (pra quem não conheçe Area de Instrução Coronel URurahy, atrás do quartel do DOMPSA e da Brigada Paraquedista), mais pra minha sorte e para evitar a desonra do pelotão o nosso Capitão mandou todas as putas cair na água com tampax e tudo e depois reclamar dele na justiça.


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Abreu - 21-01-2013

Capitão mandou todas as putas cair na água com tampax e tudo e depois reclamar dele na justiça.

Caralho Sargento esse relato foi foda


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - barãozin - 21-01-2013

(21-01-2013, 02:32 PM)Sargento Escreveu: Teve uma vez que foi bizarro... Tivemos que parar uma acampamento, instrução de transposição de cursos d´água porque metade do pelotão era feminino e elas alegaram que não podiam entrar na água gelada da madrugada porque estavam menstruadas (elas alegaram que passaram muito tempo juntas e a menstruação delas sincronizou... Como o enfermeiro chefe era praticamente uma "enfermeira", falou para levarmos somente os homens para a água).

Puta merda. E ainda tem q aturar aquelas matérias estúpidas sobre "mulheres guerreiras" no EB e nas polícias estaduais...

Queria ver se este argumento aí valeria em caso de guerra. Quer dizer, em caso de guerra não duvido q metade dessas aí já teriam se rendido e já fariam parte do harém particular de algum general inimigo...


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Petulante - 21-01-2013

Voltando ao caso do Esprimão. o remédio é: "Come a mina dele!"

Tira a foto e mostra: "taí a sua mulher perfeita" .....rsrsrsrs...

Brincadeiras a parte, deixa ele se ferrar..... entender o mundo que o cerca não é pra todos....


RE: Confrades, tô quase desistindo dessa juventude... - Fúria - 21-01-2013

(21-01-2013, 11:13 AM)Sargento Escreveu: :rage
Aqui no batalhão tem um soldado, nome fictício "Esprimão" que tá chorando pelos cantos... O cara ficou noivo de "joaquina", montou e mobiliou uma casa e estava com tudo certo quando derrepente um primo miguxo de sua noiva falou com ela que viu o Esprimão na Rio Sampa, com uma periguete... Só que o Esprimão estava de serviço no dia.

O cara é tão mangina que levou até uma cópia da escala de serviço autenticada pelo seu comandante de pelotão (após chorar dois dias no pé do cara pedindo a assinatura) para a menina pra provar que seu primo miguxinho estava querendo chamar a atenção dela.

Eu aconselhei de todas as formas: larga desta mulher, se tá assim cercada desta corja enquanto namora imagine quando casar, não se relacione sério com crianças, etc... Joguei a real em doses homeopáticas para ele sentir e aos poucos fui colocando com tudo e sem pena, mais o otário não reage, está anestesiado. E choro de todo tipo: se acha muito feio e que somente esta galinha que vai amá-lo para toda vida, que seu mundo acabou, que quer morrer e largar deste mundo cruel, etc...

Infelizmente acho que a única esperança desta criança se chama castração.
facepalm:facepalm:

Porra o cara é do exército, deve ter alguma coisa de virilidade dentro dele, escondida em algum canto!

Fala pra esse puto chamar esse primo CRETINO dela, chamar ela e meter a Real nos dois, dizer que o imbecil do primo dela tá mentindo e quer mesmo é comer a própria prima. O viadinho arma uma arapuca dessa e o cara cai! facepalm: