Fórum do Búfalo
Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+---- Fórum: Plantão de Notícias (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=11)
+---- Tópico: Mulher metendo a real sobre o feminazismo (/showthread.php?tid=3874)



Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Gobila - 20-06-2013

Confrades, eu me deparei com o blog de uma moça que mandou bonito em defesa aos homens em uma postagem, ela jogou algumas reais bem interessantes e o mais legal é ver as feminazis atacando ela nos comentários.


As anti homens

Desde que entrei na puberdade, lá pelos meus 11 anos, a minha relação com o mundo mudou completamente. Se antes era vista como uma menina, uma criança, passei a ser vista como uma moça, uma mulher. Algo completamente novo então aconteceu: eu comecei a gerar interesse masculino.

Lá pelos meus 17, 18 anos, aprendi a lidar com esse novo acontecimento. Assim como toda mulher aprende. Algumas cantadas eram extremamente ofensivas e outras apenas elogios inofensivos. Nunca me incomodei com elogios respeitosos. Há uma diferença gigantesca entre um elogio e um assédio. Moral ou físico, todo assédio incomoda. O que não quer dizer que qualquer cara que te elogie ou apenas te olhe, está se assediando.

Recentemente li um texto no Papo de Homem onde a autora começava o texto condenando toda e qualquer olhada masculina que recebia na rua, como se todo homem que direcionasse seu olhar a ela fosse um animal selvagem prestes a atacá-la. Sinto lhe informar, mulher, mas nem todo homem que te olha, te quer. Às vezes você apenas está em seu campo de visão. Às vezes pode ter sim te achado bonita, o que não significa que queira te comer. E sem esquecer que o bizarro e o feio também chamam a atenção. Então você que acha que um olhar é um assédio, abaixe a sua bola porque você não é tão irresistível quanto pensa.

É certo achar que um homem tem que andar na rua policiando seus próprios olhos para não irem de encontro a você? É certo se ofender e responder com agressividade quando um homem te faz um elogio respeitoso? Foi nisso o que nós, mulheres já tão oprimidas no passado, nos tornamos? Vamos responder opressão com mais opressão? Para mim não faz o menor sentido.

Esqueça as ideias das feministas que lutaram lindamente pelos seus direitos como cidadãs. O foco se deturpou e feminazismo virou piada. O verdadeiro feminazismo está morto e enterrado. E no lugar dele nasceu um grotesco e raivoso grupo de mulheres anti homens.

As anti homens, a cima de qualquer outra característica, odeiam e não aceitam as diferenças biológicas dos sexos. Não é apenas uma questão cultural que menino brinca de bola e menina brinca de boneca, por exemplo. E isso, deixo que o Dr. Drauzio Varella faça uma breve explicação:

“Hoje, sabemos que felizmente há diferenças biológicas entre homens e mulheres, que aparecem logo nos primeiros anos de vida e levam cada um dos sexos a desenvolver determinadas aptidões. Muito se tem discutido se a menina gosta de bonecas e os meninos de jogar bola porque a educação e as atividades a que são expostos incentivam essa preferência. Embora seja uma questão polêmica, estudos mais recentes revelam que essas diferenças começaram a ser estabelecidas pela ação dos hormônios sexuais ainda dentro do útero materno. Não é só por fatores puramente culturais que a menina prefere as bonecas e os meninos, a bola e os carrinhos. Uma força biológica dentro deles orienta essas escolhas.”

Não fomos apenas criadas para sermos diferentes dos homens. Nós nascemos assim. Nossos corpos são diferentes. Nossos cérebros são diferentes e funcionam de formas diferentes. Nossos hormônios estão presentes em níveis diferentes. Enfim, homens e mulheres são seres que desde o primeiro segundo se desenvolvem de forma diferente. E biologia, movimento nenhum muda.

Mas calma, não é porque é diferente que é ruim e nem que exista melhor e pior. As diferenças estão aí e elas são lindas. Ao invés de lutar contra elas, porque não amá-las?



Existem sim opressões culturais sexistas, mas não podemos esquecer que assim como nós mulheres somos oprimidas culturalmente, os homens também são.

O exemplo mais usado é o da mulher que transa com muitos homens e é vista como puta, enquanto o homem que transa com muitas mulheres é visto como o fodão.

Mas quando uma mulher está de mãos dadas com outra mulher, elas podem ser só amigas. Enquanto se um homem estiver de mãos dadas com outro homem ele é imediatamente taxado de gay.

Isso também não é um claro exemplo de sexismo? Ou só é sexismo quando direcionado à uma mulher?

É realmente um saco ter o mundo inteiro te dizendo que você tem que ser a cópia da Barbie. Linda, educada, magra, alta, peituda e depilada. Mas imagino que também deva ser um saco ter o mundo te dizendo que você precisa ser bem sucedido, ter um bom emprego, ganhar bem, ser charmoso e de quebra ainda ter um pau de 20 cm, funcional e que aguente três sem sair de dentro.

É um saco também ter o mundo exigindo que você saia diariamente super bem maquiada e elegante de casa. Mas deve ser mais saco ainda ser homem e não ter nem a possibilidade de decidir se vai sair de casa com maquiagem ou sem, porque se sair com, sofrerá muito mais preconceito do que uma mulher que sai sem.

Se você, mulher, sofre na sua casa quando se olha pelada no espelho e acha que está gorda, saiba que na casa ao lado um homem se olha pelado no espelho e acha que seu pau é pequeno, ou sua canela muito fina, ou seus braços não são fortes o suficiente. Ambos são tão inseguros quanto, apenas nutrem neuroses diferentes.

A pressão social para que um homem seja homem e prove diariamente o quão homem ele é, é assustadora. Um homem que se veste de mulher, por exemplo, é uma Drag Queen. Mas uma mulher que se veste com roupas masculinas nem definição tem. E sabe porque? Porque a mulher não sofre a pressão de provar que é mulher. Então mesmo que ela só compre na seção masculina, mantém o seu direito de ser mulher.

O que estou dizendo é que sim, nós mulheres somos cobradas diariamente por sermos mulheres, mas os homens também são. É no mínimo injusto culpar e punir os homens por um erro social. E uma sociedade é composta tanto de homens quanto de mulheres. Então quanto a isso todos nós temos culpa no cartório.

Não poderia deixar de comentar sobre a violência do homem contra a mulher que é sim muito maior do que a violência da mulher contra o homem. Agressão física ou estupro, apesar de ambos os sexos cometerem, as mulheres são de longe as maiores vítimas. Somos fisicamente menores e mais fracas, então nos tornamos alvos fáceis de agressões físicas e sexuais. É horrível? É? Mas e quando a agressão é com um homem?

Em um caso, que aconteceu se não me engano na Califórnia, uma mulher cortou o pênis do marido e o jogou num triturador porque ele pediu o divórcio.
Essa notícia foi comentada em um programa tipo uma mesa redonda com algumas mulheres falando sobre nada com porra nenhuma e a ilustríssima Sharon Osbourne se referiu a esse acontecimento como “fabuloso”. E todo o auditório caiu na gargalhada. Sim, um caso de mutilação que só ganhou caráter cômico por ter sido de uma mulher contra um homem.

Agora imagine se o caso fosse um homem que cortou o clitóris de uma mulher e o triturou e fosse discutido em um programa de homens onde todos caíssem na gargalhada chamando o feito de fabuloso?
Esses homens seriam rebaixados ao patamar de monstros. Seriam cruelmente execrados sem dó nem piedade. Mas então porque violência contra mulher é abominável, mas violência contra homem é engraçado?

Não existe argumento que transforme em aceitável uma opressão seja lá contra o grupo que for.

Não é porque sua bisavó não podia votar, que todos os homens merecem sofrer. Não é porque você foi estuprada, que todos os homens são criminosos. Não é porque você é cobrada diariamente a se encaixar em um padrão, que os homens também não são. Não é porque algum dia você foi agredida verbalmente, que todo homem que abrir a boca também te agredirá.

Eu amo ser mulher. Eu amo menstruar. Eu amo poder um dia engravidar. Eu amo ser tratada com cavalheirismo. Eu amo ser cortejada. Eu amo ser diferente dos homens. Eu amo as particularidades do meu sexo. Eu amo o pacote inteiro. Assim como eu também amo ser cidadã. O que não quer dizer que para garantir os meus direitos civis eu preciso abrir mão de ser mulher.

Não quero sofrer agressões só por ser mulher. E é justamente por isso que não te agredirei só por você ser homem.


Fonte: http://corramary.com/as-anti-homens/#comments


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Gobila - 20-06-2013

Outra postagem dela...sobre a mulheres que viram pastoras!


http://corramary.com/o-limite-da-xavasca/


Nesse tem direito até um gráfico para demonstrar no nível da xavasca!

Esse post dela fala sobre a Fernanda do último big brother, me lembrei das metidas da real que alguns confrades fizeram.


http://corramary.com/fernanda-o-retrato-de-muitas/



Será que essa moça conhece a real?


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - John Romano - 20-06-2013

Textos interessantes e (ora vejam!) tratam do tema "feminazismo" com um argumentos racionais e não com mimimi. Coisa rara de se ver hoje em dia.
Parabéns pra ela!


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Crocodilão - 20-06-2013

Tinha postado isso antes Wink

http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=4173


Mas como ninguém comentou por lá, comento por aqui.

Vejam que nem as feministas com um mínimo de bom senso escapam da fúria das feminazis.
A mina mesmo afirmando ser simpatizante, ainda foi linchada pelas "loletes" da vida nos comentários.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Conrad - 20-06-2013

Apenas mais uma babaca com um lapso de racionalidade http://corramary.com/marco-karofsky-feliciano/


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Tiago Sorine - 20-06-2013

O fanatismo em qualquer segmento que seja, cega as pessoas, não possibilitando qualquer tentativa de discussão embasada e com argumentos!


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Free Bird - 20-06-2013

O que me dá raiva é ela falar exatamente as mesmas coisas que nós falamos, mas por ser mulher, ela ganha credibilidade e nós não. Tomar no cu.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - barãozin - 20-06-2013

Bem, ela até escreveu legal.

Mas é feminazi híbrida. Disso eu corro como o diabo corre da cruz rs

Percebo q ela trata a carga do homem como um "mal menor". Tipo, parece q ela acha um horror a mulher não ter direito ao voto no passado. Mas ora essa, e o homem, q nem direito a vida tinha direito no passado?

Outra coisa que eu percebi... como feminazi hibrida q é, notei q o texto tem um tom assim, meio q de "sinhá de fazenda" com um pouco de pena dos negros da senzala dela. Tipo, ela é aquela "sinhá misericordiosa" (mas q esses negros malditos não fiquem perto de mim, é claro!) e as feminazis seriam aqueles senhores de engenho cruéis. Discordam do método, mas não da escravidão.

Mulher sempre vai enxergar os problemas dela maiores q o do homem, não importando se o cara tá dentro de uma vala coberto de lama e ela ali só com uma depressãozinha rs

Mas é um bom texto sim, interessante. Essa pelo menos considera que o homem ainda sofre algum mal, ao contrário das feminazis padrão que acham q o homem é a praga q caminha sobre a terra.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Gekko - 20-06-2013

feminazi híbrida ou não, o texto ficou muito bom. Estou até pensando em compartilhá-lo no meu perfil real no face...


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Petulante - 20-06-2013

(20-06-2013, 10:40 AM)Free Bird Escreveu: O que me dá raiva é ela falar exatamente as mesmas coisas que nós falamos, mas por ser mulher, ela ganha credibilidade e nós não. Tomar no cu.

Mas é claro que tá certo, a auto-crítica tem muito mais valor do que a crítica. Pois parte do pressuposto que as pessoas passaram por cima do "orgulho" pra poder enxergar a coisa toda.

Ainda quanto ao fato dela ser mulher, será que os confrades se esqueceram que um dos materiais mais básicos e importantes da real foi escrito por uma MULHER?!(E.Villar)

Não há demérito algum uma mulher dar uma metida de real, a minha mulher mesmo tem mandado umas reais poderosas pra mãe dela, tia, irmã, etc... Não porque ela seja um supra-sumo da inteligência, mas porque escuta as idéias que eu falo... A Real, tem esse nome porque ela simplesmente enxerga a realidade. (dã) e qualquer um que olhar a realidade, nunca mais volta a creditar na mentira, seja homem, mulher, velho, ou criança...


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Chimera - 20-06-2013

Petulas, sempre moderado e sereno.

Interessante de ver como a blogueira rebate as críticas e xingamentos das feminazis que a atacam nos comentários.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Tim Laflour - 20-06-2013

No texto ela tenta provar que ser mulher é tão difícil quanto ser homem, o que é errado.

SER HOMEM É MAIS DIFÍCIL DO QUE SER MULHER!

Para um homem ser bem sucedido, na visão da sociedade, ele deve:
- Ter emprego foda;
- Ter carro foda;
- Ter casa foda;
- Ter mulheres gostosas;
- Ser popular;
- Ser educado;
- Ser bom de cama.
etc...

Para uma mulher ser bem sucedida, na visão da sociedade:
- Basta se casar com o cara acima;

Para um homem conseguir chegar ao status de bem sucedido:
- Estudar muito;
- Trabalhar muito;
- Gastar o dinheiro de forma racional.

Para uma mulher conseguir chegar ao status de bem sucedida:
- Abrir as pernas pro cara certo.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Petulante - 20-06-2013

(20-06-2013, 05:34 PM)Tim Laflour Escreveu: No texto ela tenta provar que ser mulher é tão difícil quanto ser homem, o que é errado.

SER HOMEM É MAIS DIFÍCIL DO QUE SER MULHER!
Apesar de ser FATO o que vc disse, aí, eu tenho que discordar pelos seguintes argumentos que apresento abaixo.

(20-06-2013, 05:34 PM)Tim Laflour Escreveu: Para um homem ser bem sucedido, na visão da sociedade, ele deve:
- Ter emprego foda;
- Ter carro foda;
- Ter casa foda;
- Ter mulheres gostosas;
- Ser popular;
- Ser educado;
- Ser bom de cama.
etc...
Ouuuuu ser um cafa... aí a vida fica mais fácil pra ele também....

(20-06-2013, 05:34 PM)Tim Laflour Escreveu: Para uma mulher ser bem sucedida, na visão da sociedade:
- Basta se casar com o cara acima;
OK, mas se ela for um tribufu, nem se ela tiver tudo da lista acima que vc usou para o homem, ela não consegue nada. Tem que apelar pra plástica, tratamento e o caralho pra consertar o estrago.

(20-06-2013, 05:34 PM)Tim Laflour Escreveu: Para um homem conseguir chegar ao status de bem sucedido:
- Estudar muito;
- Trabalhar muito;
- Gastar o dinheiro de forma racional.
Depende aos olhos de quem. Ser bem sucedido é uma questão de parâmetro. O que vc colocou aí é o tripé do cara bem sucedido.
Só tem 3 maneiras de ser "Rico" (o que não quer dizer ser bem sucedido) sem isso: nascendo, casando ou ganhando na loto. Pro homem, descarte o casando. Essa é uma fase do jogo que o homem não consegue desbloquear.

(20-06-2013, 05:34 PM)Tim Laflour Escreveu: Para uma mulher conseguir chegar ao status de bem sucedida:
- Abrir as pernas pro cara certo.
Aí é que a mulher entra com o cheating, ela tem a chave pra desbloquear a fase citada acima. (casamento)
De resto o tripé também vale, pra mulher. Porque de outro modo, mesmo q ela arranje o cara rico, se ela não gastar o dinheiro de forma racional, ela vai levar os dois pro buraco. E aí ela vai ter que trocar toda hora de CSP, até quando kronos permitir.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Njord - 20-06-2013

Eu prefiro nao opinar e dar voz aos mais antigos, ainda mais quando são textos escritos assim por mulheres.

Mas confrades, também nao vamos usar do mesmo vitimismo que as gordas tanto usam. Todos sabem que a vida do homem é mais complicada, mas ficar chorando e se mal dizendo por conta disso não leva a lugar nenhum.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Spectro - 20-06-2013

Mulher...só me limito ao que eu vejo.....e sigo meus instintos (que podem ser os poderes premonitórios da real)

Se você foi buscar sua namoradinha na faculdade chegando lá ela tava de papo com um cara e ele pegou no cabelo dela...ela rindo....toda derretida....ela pode se dizer a maior exceção do mundo....mas ela é só mais uma vadiazinha.


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Duro na Queda - 07-03-2014

(20-06-2013, 12:45 AM)Gobila Escreveu: Fonte: http://corramary.com/as-anti-homens/#comments

um a menos. o tal site feminazi saiu do ar "This Account Has Been Suspended".


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Cosa Nostra - 07-03-2014

Não estou conseguindo acessar o site


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Rider - 07-03-2014

Site fora do ar. Mas ela ainda 'existe' no facebook (isso enquanto as feminazis não derrubarem a conta dela lá também).

https://www.facebook.com/corramaryblog

PS: se quiserem ler a briga dela com as feminazis nos comments, é só pesquisar corramary as anti homens no Google, qdo vir a resposta tem uma flecha apontando pra baixo onde tem a versão em cache.

Ela pode ser uma dona de senzala miserircodiosa, mas perto das feitoras que apareceram no blog, ela até que fica simpática... yaoming

PPS: Coloquei no meu facecú e ainda 'convidei' as feminazis que conheço a darem sua opinião. Festival de mimimi em 3, 2, 1... yaoming


RE: Mulher metendo a real sobre o feminazismo - Elvis Presley - 08-03-2014

(20-06-2013, 10:41 AM)barão_kageyama Escreveu: Bem, ela até escreveu legal.

Mas é feminazi híbrida. Disso eu corro como o diabo corre da cruz rs

Percebo q ela trata a carga do homem como um "mal menor". Tipo, parece q ela acha um horror a mulher não ter direito ao voto no passado. Mas ora essa, e o homem, q nem direito a vida tinha direito no passado?

Outra coisa que eu percebi... como feminazi hibrida q é, notei q o texto tem um tom assim, meio q de "sinhá de fazenda" com um pouco de pena dos negros da senzala dela. Tipo, ela é aquela "sinhá misericordiosa" (mas q esses negros malditos não fiquem perto de mim, é claro!) e as feminazis seriam aqueles senhores de engenho cruéis. Discordam do método, mas não da escravidão.

Mulher sempre vai enxergar os problemas dela maiores q o do homem, não importando se o cara tá dentro de uma vala coberto de lama e ela ali só com uma depressãozinha rs

Mas é um bom texto sim, interessante. Essa pelo menos considera que o homem ainda sofre algum mal, ao contrário das feminazis padrão que acham q o homem é a praga q caminha sobre a terra.

Também achei meio estranho esse texto dela , ela defende que os homens usem maquiagens , usem roupas femininas e etc , ela defende que os homens sejam emasculados , a única coisa que ela disse e pra não encher muito os sacos dos homens porque senão eles poderão acordar e se revoltar contra elas.


Mulheres metendo a Real - possível ou impossível? - Bruce Butler - 03-09-2015

Confrades

Tenho notado um comportamento muito estranho em algumas mulheres, ELAS estão metendo a Real...

Por exemplo frases que ouvi nesses dias

"Fulana é tão gostosa que se meu marido pegasse eu entenderia.. "

"Mulher tem sim que querer homem rico"

E por ai vai...

Isso são elas metendo a Real ou apenas um bug na Matrix?
:Z=