Fórum do Búfalo
Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Desenvolvimento Pessoal (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=28)
+--- Fórum: Outros (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=12)
+--- Tópico: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? (/showthread.php?tid=8491)

Páginas: 1 2 3 4


Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Mateus2525 - 16-12-2015

Boa tarde a todos!!

Bom, eu venho filosofando a um tempo a respeito da paixão. Quando nos apaixonamos por uma Mulher é comum que passemos a vê-la como uma divindade, nossos olhos, corpo e alma acabam ficando presos a essa Mulher, como uma mosca presa em uma teia de aranha. Para nós que hj temos o conhecimento da Real e da Matrix é realmente o que se parece. Nós Homens, presos pela teia da paixão a espera inevitável de sermos devorados.

Mas será que o fato de nos apaixonarmos por determinadas Mulheres, não está ligado mais ao nosso âmago do que a Mulher em si?. O fato é que, a maioria dos Homens que vivem loucas paixões por Mulheres, são Homens com uma auto-estima ínfima quase inexistente. Homens com uma perspectiva de vida e visão de si próprio lamentáveis, Homens que se consideram indignos de respeito como pessoa, Homens que se odeiam.

É comum Homens que não possuem auto-estima e amor próprio se apaixonarem por simples sorrisos, uma palavra mais carinhosa, ou simplesmente quando a mulher o trata bem por educação. Isso costuma acontecer muito nos casos infames de “friendzone”. Onde a Garota trata bem o Rapaz e ele acaba confundindo educação com interesse. Eu acredito, que uma Mulher decide se vai ou não ficar com uma pessoa no momento em que ela a vê. Como eu li uma vez, se a Mulher decidiu desde o princípio que não gostou de vc, seja por qualquer motivo, não a nada nesse mundo que a faça mudar de ideia. Porem não significa que ela o tratará mal ou irá rejeitar uma amizade com vc(Falo de Mulheres educadas, não de Vadias com Ego nas alturas que adoram humilhar homens que demonstram interesse). E é ai que os caras se confundem, mas porque se confundem: geralmente são caras que não possuem auto-estima e que não estão acostumados a serem tratados bem por uma mulher. Ou simplesmente ganhar um sorriso sincero, e só com isso acarretar uma paixão avassaladora, já que aquela mulher exceção diferentes das outras o tratou como ser humano. Na cabeça desse cidadão essa Mulher é de outro mundo, uma deusa inefável. E eu não concordo, quando vejo caras xingando Mulheres por elas os rejeitarem após terem sido o “miguxo”. Como eu disse, uma mulher no momento em que ela te ver ela já decidiu se ficaria ou não com vc, mas caso ela não queira, não quer dizer que ela não aceite ser sua amiga(Para evitar esse tipo de situação seja direto e sincero com o que quer de uma Mulher. Porque ficar se fingindo de amigo para pegar à Amiga é coisa de moleque e falso. Seja Homem, e quando vc estiver gostando, ou quiser apenas algo casual fale logo na cara dela sem medo, mostre a que veio!!).

Agora isso não acontece com caras que possuem uma boa auto-estima, porque eles se amam em primeiro lugar. Quando um cara com uma boa auto-estima recebe sorrisos e é tratado bem, ele acredita que é por ser uma pessoa incrível, digna de respeito, e que merece cada sorriso e pessoas educadas que cruzarem seu caminho. Com isso ele não se ilude com o tal “canto da sereia”, porque ele só atinge quem tem baixa auto-estima. Pode-se dizer, que uma boa auto-estima é o escudo para evitar paixões doentias e ver coisas onde não existem. Por isso confrades, uma boa auto-estima é fundamental para o bem estar, tanto físico como mental do Homem. Não deixe sua auto-estima se abalar, porque isso pode acarretar muitas frustrações em sua vida, tanto no lado do desenvolvimento pessoal, quanto nas outras áreas de sua vida.



RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - visao - 16-12-2015

Acabei de ler o primeiro livro do Nessahan Alita: Como lidar com as mulheres. Em um capítulo deste livro o autor ressalta que o homem deve amar sempre a si mesmo e nunca entregar seu coração a mulher alguma, pois é uma demonstração de fraqueza e consequentemente a "dama" se afasta do seu amante apaixonado.

É notório no cotidiano, que pessoas detentoras de alta estima são mais resistentes a demonstrações de afeto e outros sentimentos bons, entretanto não os desprezam, enquanto que as de baixa alta estima, se sensibilizam com a primeira demonstração de qualquer um destes além de sentirem falta da mínima demonstração dos mesmos.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Akatsuki - 16-12-2015

Nao so baixa auto-estima mas uma pitada de ingenuidade e inocencia tambem levam as pessoas a se apaixonar.

Veja os cafas por exemplo, eles sabem tudo que de bom e de RUIM um relacionamento tem, e diferente dos bonzinhos ingenuos mundo-cor-de-rosa, eles nao se iludem tanto.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Gilgamesh - 16-12-2015

Auto-estima, pelo menos pra mim, não existe em alta ou baixa incidência. Ou você tem ou não tem, e ela (ou sua ausencia) vai se refletir em todos os campos de relacionamento do indivíduo, seja profissional, familiar, fraternal, social,etc etc etc...

Se qualquer pessoa se preocupasse somente em fazer o que é capaz, dentro de suas capacidades, com capacidade de analisar a realidade da maneira como ela se lhe apresenta, e como ela se insere dentro da mesma, ela se pouparia de sonhar sonhos inúteis , pelo simples fato de serem impossíveis de realizar.

Pra ficar só no citado no tópico, as pessoas a cada dia que passa estão mais carentes de coisas inacessíveis, simplesmente por ignorância. Não é porque se joga na mega seja que vice vai ganhar. E não é pelo fato de você conversar por uma mulher que vai rolar algo. Mas para o inexperiente emocional, o cabaço, o homem sem auto estima, o homem que não enxerga a realidade e não sabe como ele se insere dentro dela, ele vai enxergar um eu te amo hollywoodiano em cada sorriso , e em cada bom dia. Porque é um homem carente,logo,vazio e cego para a realidade. Porquê ele não se conhece, logo, não se estima.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - TheBoss - 17-12-2015

Pode ser um dos fatores. Também como pode ser a questão da carência ou da falta de outros projetos de vida. Ou ainda uma fase de vulnerabilidade... são diversos fatores....


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Hombre de hielo - 17-12-2015

O homem so se 'apaixona' por imposiçao e/ou por restriçao de opçoes.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Dom Renan - 17-12-2015

Depende, se o cara se apaixona por uma ruiva, olho azul, cu rosa, 18 anos, então é normal. Mas se ele se apaixona por uma vileira, ai sim é baixo autoestima -- fundo do poço.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Deuxcartes - 17-12-2015

Gostei do tópico. Lembro que no período em que mais me apaixonei estava mais fraco emocionalmente, e quando mais atraí, foi o período em que estava mais no "foda-se". No período matrix era um desses carinhas que com uma guria legal e educada já pensava besteira.

Gilgamesh, procure sobre alto estima global e parcial, tem escalas que medem isso. Não sei o quão boas são. Mas a teoria aponta uma auto estima fixa, que varia dentro de certo limite e acompanha o indivíduo por toda vida, derivada de temperamento e primeiras experiências. E outra auto estima situacional que pode ir do poço pro topo dependendo de onde se encontra, o que ocorre, e etc.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Marcílio - 17-12-2015

(16-12-2015, 11:22 PM)Akatsuki Escreveu: Nao so baixa auto-estima mas uma pitada de ingenuidade e inocencia tambem levam as pessoas a se apaixonar.

Veja os cafas por exemplo, eles sabem tudo que de bom e de RUIM um relacionamento tem, e diferente dos bonzinhos ingenuos mundo-cor-de-rosa, eles nao se iludem tanto.

[2]

A maioria das paixões que tive foi a personificação de um ideal que me tiraria do sofrimento e mediocridade da vida, como se fizesse acreditar que seria mais fácil suportá-la ao lado de uma pessoa ideal.

É um pouco parecido com que vi ontem no documentário de Roger Scructon em (Porque a beleza importa?), dando a entender que a importância da beleza da arte e música é para nos consolar nossa necessidade de ver um mundo melhor e encararmos a vida de maneira mais positiva, ainda que a vida seja maciçamente rodeada de sofrimentos.

Só não fiz mais besteiras porque apesar de ser bonzinho e de ter baixa auto-estima, não era tão ingênuo graças a convivência com Tio e primos meus.

(17-12-2015, 02:16 AM)Deuxcartes Escreveu: Gostei do tópico. Lembro que no período em que mais me apaixonei estava mais fraco emocionalmente, e quando mais atraí, foi o período em que estava mais no "foda-se". No período matrix era um desses carinhas que com uma guria legal e educada já pensava besteira.

Talvez porque suas atitudes nesse caso miraria apenas seu ego e suas necessidades quando adotou o modo "modo cafa". Com essa retroalimentação de ego e orgulho, aumentando sua autoestima, é mais difícil se apaixonar, porque a outra não parece ter tanto o brilho que lhe falta para tirar do sofrimento da vida.

Como se diz por aqui, "um homem com opções, é um homem livre".

Mas é inegável que um cafa se apaixona.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Deuxcartes - 17-12-2015

(17-12-2015, 02:58 AM)Don Welzo Escreveu:
(16-12-2015, 11:22 PM)Akatsuki Escreveu: Nao so baixa auto-estima mas uma pitada de ingenuidade e inocencia tambem levam as pessoas a se apaixonar.

Veja os cafas por exemplo, eles sabem tudo que de bom e de RUIM um relacionamento tem, e diferente dos bonzinhos ingenuos mundo-cor-de-rosa, eles nao se iludem tanto.

[2]

A maioria das paixões que tive foi a personificação de um ideal que me tiraria do sofrimento e mediocridade da vida, como se fizesse acreditar que seria mais fácil suportá-la ao lado de uma pessoa ideal.

É um pouco parecido com que vi ontem no documentário de Roger Scructon em (Porque a beleza importa?), dando a entender que a importância da beleza da arte e música é para nos consolar nossa necessidade de ver um mundo melhor e encararmos a vida de maneira mais positiva, ainda que a vida seja maciçamente rodeada de sofrimentos.

Só não fiz mais besteiras porque apesar de ser bonzinho e de ter baixa auto-estima, não era tão ingênuo graças a convivência com Tio e primos meus.

(17-12-2015, 02:16 AM)Deuxcartes Escreveu: Gostei do tópico. Lembro que no período em que mais me apaixonei estava mais fraco emocionalmente, e quando mais atraí, foi o período em que estava mais no "foda-se". No período matrix era um desses carinhas que com uma guria legal e educada já pensava besteira.

Talvez porque suas atitudes nesse caso miraria apenas seu ego e suas necessidades quando adotou o modo "modo cafa". Com essa retroalimentação de ego e orgulho, aumentando sua autoestima, é mais difícil se apaixonar, porque a outra não parece ter tanto o brilho que lhe falta para tirar do sofrimento da vida.

Como se diz por aqui, "um homem com opções, é um homem livre".

Mas é inegável que um cafa se apaixona.

This!!
Sim, e se tornou preferível, graças à Real, ir buscar em mim mesmo e em metas pessoais, e em pessoas que não podem deixar de ser o que são e que não vão lhe trair caso resolvam ir numa manicure (pai e mãe) trollface


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - barãozin - 17-12-2015

(16-12-2015, 11:22 PM)Akatsuki Escreveu: Nao so baixa auto-estima mas uma pitada de ingenuidade e inocencia tambem levam as pessoas a se apaixonar.

Veja os cafas por exemplo, eles sabem tudo que de bom e de RUIM um relacionamento tem, e diferente dos bonzinhos ingenuos mundo-cor-de-rosa, eles nao se iludem tanto.

Eles não sabem porra nenhuma. Vai por mim...

Eles só tem um bocado mais de jeito com a mulherada do q a média da população masculina. Eles não tem nenhum poder mágico.

O tanto de cafinha aí q já vi ficar de 4 por mulher depois de anos passando a rapa não é brincadeira...


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - barãozin - 17-12-2015

E as vezes o cara mais "de bem com a vida" do mundo (ou seja, com uma auto estima lá em Júpiter) cai numa paixonite braba e se detona todo. E sim, nem precisa ser por uma deusa nórdica que vcs tanto pagam pau. Por uma mulher comum msm.

Isso aí não é ciência exata. Isso aí tá mais pra um artesanato do que pra uma engenharia.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Galo Cego - 17-12-2015

O desapego não está apenas relacionado com isso. Como o Barão falou, o cara pode ter seu auge físico, financeiro, social e espiritual, tomou um chá de uma ninfeta gostosinha pseudo-exceção+cara de anjo, JÁ era, o cara pode se apaixonar. Pelo SIMPLES fato de isso ser animal, o cara sente uma puta necessidade fisiológica pela foda.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - ThugLife - 17-12-2015

A falar por mim, nunca vi relação muito direta com isso, mas acredito que baixa auto-estima seja apenas uma das diversas brechas do homem no apaixonamento.

O vazio que se sente depois de uma grande conquista pessoal ou profissional também nos deixa vulnerável, como se nos sentíssemos na obrigação espiritual de termos alguém ao lado.

Mesmo lendo NA ainda não achei uma explicação resumida de quais são as condições que favorecem o apaixonamento.

Se você tá pegando várias, pode acabar sentindo a necessidade de uma mulher à sua altura (ou superior a você), e isso é uma vulnerabilidade.
Se não pegas ninguém, vais acabar por tentar concentrar a energia para conquistar uma única mulher atraente que te deu algum mole, o que facilita o apaixonamento também
Se estás precisando de grana e quer morar sozinho, e uma balzaca gente boa e atraente pode ser sua perdição

No meu caso, em todas as vezes que senti algo mais emocional em jogo, sempre tinha algum interesse por trás. Mas de todas as armadilhas, ainda acredito que o principal é a própria admiração que o homem passa a sentir por uma mulher, sendo que qualquer tipo de intere$$e (dinheiro, social, ascenção, compania, status) se torna catalizador no processo


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Monarca - 17-12-2015

Confrade, Platão afirmava que a paixão seria o desejo direcionado exclusivamente ao mundo das sombras, e não da realidade essencial. Ele não a condenava, pois sabia que a paixão pelo corpo, que nos conduz para a dor e o sofrimento, nos conduz, também, ao conhecimento de nós mesmos.

Se apaixonar por algo é desejar aquilo ilusoriamente. Nós não nos apaixonamos por uma mulher, mas sim por aquilo que imaginamos que ela é. A figura de uma mulher honesta, bonita, delicada, submissa, de cu rosado, que quer o seu bem, etc. é isso que nos aprisiona. Quando notamos que ela não apresenta algumas dessas características, o desejo e, consequentemente, a paixão, se acabam. E aqui, segundo Platão, temos uma oportunidade de conhecer mais de nós mesmos.

Não é só por causa da autoestima que nos apaixonamos. Isso é algo de nossa natureza. Temos a tendência de nos aprisionar a algo que possa satisfazer os nossos desejos; existe paixão por mulheres, pelo porno, pelas drogas, pela internet, etc. A única maneira de não se apaixonar é não sentir apego por nada, não desejar. Mas lembrem-se: a paixão não é demasiadamente ruim, pois, se assim fosse, não nos daria a oportunidade de conhecermos a nós mesmos e, tampouco, estaríamos aqui hoje.

Força e honra.



RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Legiao - 17-12-2015

(17-12-2015, 11:22 AM)Monarca Escreveu:
Confrade, Platão afirmava que a paixão seria o desejo direcionado exclusivamente ao mundo das sombras, e não da realidade essencial. Ele não a condenava, pois sabia que a paixão pelo corpo, que nos conduz para a dor e o sofrimento, nos conduz, também, ao conhecimento de nós mesmos.

Se apaixonar por algo é desejar aquilo ilusoriamente. Nós não nos apaixonamos por uma mulher, mas sim por aquilo que imaginamos que ela é. A figura de uma mulher honesta, bonita, delicada, submissa, de cu rosado, que quer o seu bem, etc. é isso que nos aprisiona. Quando notamos que ela não apresenta algumas dessas características, o desejo e, consequentemente, a paixão, se acabam. E aqui, segundo Platão, temos uma oportunidade de conhecer mais de nós mesmos.

Não é só por causa da autoestima que nos apaixonamos. Isso é algo de nossa natureza. Temos a tendência de nos aprisionar a algo que possa satisfazer os nossos desejos; existe paixão por mulheres, pelo porno, pelas drogas, pela internet, etc. A única maneira de não se apaixonar é não sentir apego por nada, não desejar. Mas lembrem-se: a paixão não é demasiadamente ruim, pois, se assim fosse, não nos daria a oportunidade de conhecermos a nós mesmos e, tampouco, estaríamos aqui hoje.

Força e honra.

(2)


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Deuxcartes - 17-12-2015

(17-12-2015, 11:53 AM)Legiao Escreveu:
(17-12-2015, 11:22 AM)Monarca Escreveu:
Confrade, Platão afirmava que a paixão seria o desejo direcionado exclusivamente ao mundo das sombras, e não da realidade essencial. Ele não a condenava, pois sabia que a paixão pelo corpo, que nos conduz para a dor e o sofrimento, nos conduz, também, ao conhecimento de nós mesmos.

Se apaixonar por algo é desejar aquilo ilusoriamente. Nós não nos apaixonamos por uma mulher, mas sim por aquilo que imaginamos que ela é. A figura de uma mulher honesta, bonita, delicada, submissa, de cu rosado, que quer o seu bem, etc. é isso que nos aprisiona. Quando notamos que ela não apresenta algumas dessas características, o desejo e, consequentemente, a paixão, se acabam. E aqui, segundo Platão, temos uma oportunidade de conhecer mais de nós mesmos.

Não é só por causa da autoestima que nos apaixonamos. Isso é algo de nossa natureza. Temos a tendência de nos aprisionar a algo que possa satisfazer os nossos desejos; existe paixão por mulheres, pelo porno, pelas drogas, pela internet, etc. A única maneira de não se apaixonar é não sentir apego por nada, não desejar. Mas lembrem-se: a paixão não é demasiadamente ruim, pois, se assim fosse, não nos daria a oportunidade de conhecermos a nós mesmos e, tampouco, estaríamos aqui hoje.

Força e honra.

(2)

(3)
Nesse caso hoje em dia, não possuem praticamente nenhuma trollface


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Spectro - 17-12-2015

A paixão é uma das certezas da vida junto com a morte, a fome, e o sexo (aqui entra a paixão).
Não adianta lutar contra, agora oque acontece é que a medida que se amadurece, paixão vai se tornando algo menos importante, começa-se a dar prioridade a outras coisas num relacionamento que não envolvem paixão.

Você prefere se relacionar com uma moça boa, que te respeite, e seja honesta ou com uma kengona que te da muito prazer e você está morto de paixão mas você sabe que ela não presta?


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Odysseus - 17-12-2015

Lembre-se que paixão, por si só, é um desejo luxurioso e que busca satisfazer as exigências e expectativas egoistas. Em suma, apaixonar é projetar isto em sua namorada ou esposa.

E a luxúria é perigosa, como diria Krishina em Baghavad Gita: "É a luxúria, nascida dentre a paixão, que se transforma em ira quando insatisfeita. A luxúria é insaciável, e é um grande demônio. Conheça-a como o inimigo".

E justamente o que faz a inversão de valores é transformar a paixão em elo essencial para o relacionamento amoroso moderno comum, que amor altruístico de fato, pouco tem. E daí surge a possessividade, o ciúmes exagerado, a cegueira do apaixonado etc.

Prosseguindo, podemos dizer que sim, como os confrades disseram, falta de auto-estima contribui para apaixonar abobadamente, por motivos mesquinhos (sexo é o primeiro deles, veja só que até falaram que apaixonar por ruiva do cu rosado é normal) mas antes disso mesmo, é a falta de amor próprio derivada de alguns problemas pessoais, como carência e expectativas frustradas.

Por isso NA disse que antes de mais nada, precisamos nos resolver em primeiro lugar, para depois tentar nos acertamos nos relacionamentos. E o amor próprio é o primeiro e mais importante passo nessa caminhada.


RE: Se apaixonar pode estar relacionado a falta de auto-estima? - Mateus2525 - 17-12-2015

Obrigado aos confrades que responderam!!

Sempre que eu me lembro das minhas paixões passadas, assim como os confrades já relataram, foi em uma época em que me encontrava bem infeliz comigo mesmo. Eu acreditava que uma namorada me salvaria do poço em que me encontrava, que faria minha vida um pouco mais feliz.

Hj sei que pra quem está infeliz consigo mesmo, Mulher é a última coisa que deveria vir a mente no momento. Eu acredito que é preciso primeiro fazer algo para sair dessa situação que se encontra. Porque deixar "3°" responsáveis por sua felicidade é o princípio da ruína.

Agora na minha opinião, a auto-estima conta muito na hr de se apaixonar. E eu não vejo paixão como uma coisa boa não, sinceramente pra mim é uma doença. Vc ficar obcecado por outra pessoa não é algo bom, a pessoa que está apaixonada chegar ao extremo de sentir dor física é insano. A pessoa deixar de viver a própria vida para viver em prol de outra pessoa não é nada bom. E eu nunca ouvi histórias de alguém que se apaixonou, seja Homem ou Mulher e foi feliz. E como já falaram, vc está sujeito a se apaixonar em fases difíceis de sua vida, onde a pessoa está tão vulnerável e carente que ventanias viram tempestades, e sorrisos viram pedidos de casamento.