Fórum do Búfalo
A melhor forma para se estudar para concursos? - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Desenvolvimento Pessoal (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=28)
+--- Fórum: Outros (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=12)
+--- Tópico: A melhor forma para se estudar para concursos? (/showthread.php?tid=8736)

Páginas: 1 2 3


RE: A melhor forma para se estudar para concursos? - andre669 - 17-06-2019

A melhor forma é ter disciplina, não existe segredo em estudar para concursos como muitos pregam por aí ! Basta ter organização, ler o conteúdo que cai na prova, saber dividir o que estudar durante os dias, etc... Hoje em dia com muitas pessoas desesperadas para ser aprovado o que mais anda surgindo são esses falsos 'coachs', pessoas que geralmente passaram em um concurso mais ou menos e acham que já possui nível pra dar 'aula' ou ensinar aos outros sobre como 'passar', pior de tudo isso é que ainda cobram kkkkkk


RE: A melhor forma para se estudar para concursos? - H4nk - 18-06-2019

A grande verdade no que tange aos estudos é: cada um tem que encontrar seu próprio método.

"Ah, fulando aqui vende um CD com técnicas de estudo avançadas, blá blá blá..." Sim, mas são técnicas de estudo que funcionam pra ELE.

Outra grande balela difundida é sobre a questão de "quanto tempo" se deve estudar. Há algumas propagações errôneas como: "ah, o cérebro só absorve bem nas primeiras 6 horas de estudo e depois decai muito a qualidade e que só compensaria estudar, no máximo 6 (seis) horas por dia, blá, blá, blá"...

Isso é só mais uma das muitas desculpinhas feitas por quem quer encontrar muletas emocionais pra sentar o mínimo de tempo na cadeira e, por um milagre, conseguir ser aprovado.

Basicamente, o que você precisa é de focar o MÁXIMO DE TEMPO que conseguir para estudar, sejam 2 (duas) horas, sejam 5 (cinco) horas, sejam 10 ou 15 horas por dia. Quanto mais você estudar e se dedicar, estando bem física e mentalmente, melhor e mais preparado vai ficar.

Além disso, deve-se escolher a área de atuação em que se pretende seguir, sem ficar migrando de uma para outra, para que a gama de matérias não fuja tanto e você sempre fique revisando as matérias e mantenha a base dos conteúdos fresca na cabeça.
Ex: Se quero fazer o concurso pra Policia Militar, área de segurança pública, o ideal é focar na área da segurança pública como um todo (Policia Civil, Agente Penitenciário, Guarda Municipal, Polícia Federal, Polícia Legislativa, etc.). Se sai um concurso pra um Tribunal de Justiça Estadual e já estou focado na área de segurança pública, estudar pra um TJ da vida pode fazer perder tempo, foco e bagagem acumulada especificamente pra área da segurança pública.
Então, escolher uma área e focar nela é tremendamente aconselhável e o fará ganhar tempo e não perder o foco, além de não te deixar perdido na gama de matérias diferentes que poderão surgir.

Quanto à questão prática, é preciso, primeiro, seguir a risca o edital, sem ficar "viajando na maionese".
Grande parte dos concurso de nível médio e alguns de nível superior não são precisos de um livro de Direito Constitucional de 2000 páginas. Esses livros de matérias específicas, com tanto volume, são mais voltados às pessoas que querem seguir carreiras jurídicas e querem fazer parte de instituições federais ou estaduais da Justiça, do Ministério Público; querem ser Delegados de Polícia, etc.
Então, se no edital está lá "Art. 5. Dos direitos e garantias fundamentais", é isso que vai cair e acabou. Pegue a Constituição e se debruce sobre tudo o que está escrito no Art. 5.

Além disso, caso seja cru na área e esteja se aventurando nos concursos atualmente, recomendo fortemente um cursinho preparatório presencial. Com isso, você consegue ter um direcionamento, ganhar alguma base e saber por onde trilhar na gama de conteúdos existentes, além de ver como estudar melhor para uma banca específica (pois cada organizadora de concurso elabora a prova e aborda as questões de uma maneira diferente).

Feito isso, tendo uma base teórica mais ou menos, faça o quanto de exercícios você conseguir sobre aquele assunto. Os exercícios te ajudarão a fixar e consolidar o conteúdo aprendido, além de te mostrar como aquela banca costuma cobrar determinadas matérias, como português, informática, direito constitucional, etc.

Eu estudei por 5 (cinco) meses e passei em 4 concursos públicos, dois federais e dois estaduais, mas o que funciona pra mim não necessariamente funciona pra você, por isso não há como responder objetivamente o perguntado no tópico.
Alguns conhecidos estudavam 20min e davam um intervalo de 10 min e assim iam fazendo por horas a fio. Outro, estudavam 5 horas corridas e davam um intervalo de 30min a 1 hora e depois sentavam por mais 5 horas, etc.
Ambos conseguiram sua aprovação, pois o principal eles mantiveram durante a trajetória, que foi: NUNCA DESISTA.

Escolha uma área, tenha foco e estude o máximo que conseguir. Foque no edital (se ainda não saiu, no edital anterior), solidifique a teoria e a teste fazendo o máximo de exercícios que puder, principalmente exercícios da banca organizadora que, normalmente, se ainda não saiu o edital, costuma fazer aquele concurso.

A aprovação é questão de tempo, mas há que respeitar a fila. Se você começou agora, naturalmente, começará a entrar na fila lá atrás, no final, mas com o tempo, os primeiros vão sendo aprovados e, se você não parar de estudar, vai chegando cada vez mais próximo da sua vez, só não pode deixar a peteca cair (parar de estudar), senão, voltará para o final da fila (e é o que acontece com a maioria das pessoas que "estudam" anos a fio, mas nunca são aprovadas).