Fórum do Búfalo
STJ: basta a palavra da mulher - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+--- Tópico: STJ: basta a palavra da mulher (/showthread.php?tid=8818)

Páginas: 1 2 3 4


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Gilgamesh - 02-06-2016

Sinceramente , esse entendimento é o fim da picada, mas vivemos num país ignorante. Da mesma forma que isso é , hoje , um sol que todos vêem, amanhã é só mais uma estrela entre tantas ...

Provavelmente vai ser algo que cairá no esquecimento da maioria, então cuidado com a minoria espertinha e "esclarecida".


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Marítimo - 02-06-2016

Pessoal leiam esse texto aqui:

https://danielabertolieroventrice.wordpress.com/2013/03/21/apoie-o-projeto-de-lei-69722010-sobre-o-crime-de-calunia/


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Thanatos - 03-06-2016

(02-06-2016, 10:46 PM)Loki Escreveu: É por isso que eu bato na tecla de que a escolha da parceira é mais do que importante.

Escolham uma mulher decente que vocês não terão esse tipo de preocupação.

Mesmo assim, uma vadia qualquer que vc não promoveu no trabalho, que não foi com a tua cara ou que "sofreu estupro por pensamento" pode registrar uma falsa ocorrência

PS : Sim, estupro por pensamento já foi registrado como ocorrência > http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/policia-de-sp-registra-ocorrencia-apos-relato-de-estupro-por-pensamento.html


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Roland - 03-06-2016

(02-06-2016, 10:46 PM)Loki Escreveu: É por isso que eu bato na tecla de que a escolha da parceira é mais do que importante.

Escolham uma mulher decente que vocês não terão esse tipo de preocupação.

É ao que me referi desde o início.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Gilgamesh - 03-06-2016

Sempre ,elas sempre, vão procurar vantagens para si. Mas é uma minoria que vai a extremos, como os citados pelos confrades acima. Qual é a maior probabilidade : você topar com uma psicopata como poucas, como essas dos recortes de notícia, ou com uma utilitarista ,como tantas outras?

No mais , ao iniciar um relacionamento, escolha com sabedoria para si próprio, e , nunca deixe de observar o exemplo e o erro alheio. Reproduza o que é benéfico e não copie o que não funciona.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Hiroshi - 03-06-2016

(02-06-2016, 07:38 PM)Dança com Lobos Escreveu: São grupelhos que fazem muita pressão sobre a mídia e o governo, enquanto isso a gente fica nos fóruns e nas redes sociais reclamando de tal situação:rage, mas não tomamos uma atitude de nos organizamos enquanto atores da sociedade.

Creio que alguns aqui conheçam o Podcast Saco Cheio, cujo dono é o Arthur Petry, que já foi usuário desse fórum. Eu já ouço esse podcast a anos e é muito bom!

No último podcast ele avaliou esse caso de "estupro", e como as pessoas estão sendo censuradas pelo politicamente correto.
Ele disse que começará a combater essa censura de opiniões que a esquerda tenta implantar com o politicamente correto, visto que, caso o podcast dele cresça no futuro, ele terá problemas com as opiniões que expressa.

Ele até pediu para os ouvintes, para ajuda-lo a entrar em contato com aquele desenhista que foi demitido por expressar a opinião dele.

Vale a pena ouvir esse podcast!

parte 1


parte 2



RE: STJ: basta a palavra da mulher - Loki - 03-06-2016

(03-06-2016, 12:06 AM)Thanatos Escreveu:
(02-06-2016, 10:46 PM)Loki Escreveu: É por isso que eu bato na tecla de que a escolha da parceira é mais do que importante.

Escolham uma mulher decente que vocês não terão esse tipo de preocupação.

Mesmo assim, uma vadia qualquer que vc não promoveu no trabalho, que não foi com a tua cara ou que "sofreu estupro por pensamento" pode registrar uma falsa ocorrência

PS : Sim, estupro por pensamento já foi registrado como ocorrência > http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/policia-de-sp-registra-ocorrencia-apos-relato-de-estupro-por-pensamento.html

Se o sujeito for estritamente profissional com ela (e com todos. Lembre-se: onde se come o pão, não se come a carne), não der margem a que ninguém pense que há a menor possibilidade de assédio, e trate a TODOS com justiça (que é como um profissional correto deve agir), uma vadia pode te denunciar até na pqp que sem provas e nem mesmo indícios de assédio, ninguém irá dar ouvidos à ela.

Outra coisa: se você é o chefe e vê que em seu quadro funcional tem funcionárias vadias, livre-se delas o quanto antes, pois quem não tem caráter na vida pessoal, dificilmente o terá na profissional.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Thanatos - 03-06-2016

(03-06-2016, 01:59 AM)Loki Escreveu:
(03-06-2016, 12:06 AM)Thanatos Escreveu:
(02-06-2016, 10:46 PM)Loki Escreveu: É por isso que eu bato na tecla de que a escolha da parceira é mais do que importante.

Escolham uma mulher decente que vocês não terão esse tipo de preocupação.

Mesmo assim, uma vadia qualquer que vc não promoveu no trabalho, que não foi com a tua cara ou que "sofreu estupro por pensamento" pode registrar uma falsa ocorrência

PS : Sim, estupro por pensamento já foi registrado como ocorrência > http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/policia-de-sp-registra-ocorrencia-apos-relato-de-estupro-por-pensamento.html

Se o sujeito for estritamente profissional com ela (e com todos. Lembre-se: onde se come o pão, não se come a carne), não der margem a que ninguém pense que há a menor possibilidade de assédio, e trate a TODOS com justiça (que é como um profissional correto deve agir), uma vadia pode te denunciar até na pqp que sem provas e nem mesmo indícios de assédio, ninguém irá dar ouvidos à ela.

Outra coisa: se você é o chefe e vê que em seu quadro funcional tem funcionárias vadias, livre-se delas o quanto antes, pois quem não tem caráter na vida pessoal, dificilmente o terá na profissional.

É verdade. Dificilmente vai dar algo se ele for assim. Mas ainda assim, lembra do "quintandinha"( https://lucianoayan.com/2016/02/17/desmascarando-feministas-que-assediavam-o-quitandinha-bar/ )? Existe a chance de uma mulher espalhar algo do tipo... Ḿas ai alguém pode editar uma imagem via photoshop, dizer que viu uma barata e arruinar o seu negócio da mesma forma.

Se uma funcionária agir de forma histérica e por ex acusar um cara na minha empresa de assédio sem ele ter feito algo do tipo, se for legalmente possível, ela ganhara o direito de ir procurar emprego com uma feminissta e sempre que alguém vier pedir referências dela, eu vou dizer sobre como ela é "engajada pela luta das mulheres". Vou só relatar o ocorrido, não vou exagerar ou mentir.

Vou dizer que ela acusou um cara injustamente sem provas e aprontou um escândalo, mas claro que ela não teve intenção de fazer nada errado. Só estava querendo combater o machismo.

trollfacetrollface


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Paradigma - 03-06-2016

Outro detalhe, por vezes esquecido é que as pessoas mudam.

A mulher "decente" de ontem, que teve um envolvimento contigo e que não superou vc ter terminado o relacionamento pode ter mudado completamente de comportamento, guardar mágoas e querer uma vingança. Principalmente se te ver feliz e próspero longe dela.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - cabraman - 03-06-2016

Não entendo a surpresa dos senhores, num pais regido pela vaidade e intensasses mesquinhos claro que a agenda esquerdopata vai tirar vantagem de qualquer mártir de ocasião para implementar suas fantasias.

Agora mais do que nunca recomendo aos jovens bufalos que saibam onde estão se metendo.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - LUDAVIAL - 03-06-2016

(03-06-2016, 03:53 AM)Riven Escreveu: Outro detalhe, por vezes esquecido é que as pessoas mudam.

A mulher "decente" de ontem, que teve um envolvimento contigo e que não superou vc ter terminado o relacionamento pode ter mudado completamente de comportamento, guardar mágoas e querer uma vingança. Principalmente se te ver feliz e próspero longe dela.

_____________________________________

Perfeito o seu comentário. nada a acrescentar...Joinha:


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Deuxcartes - 03-06-2016

Como já foi dito pelos senhores, qualquer pessoa pode acusar qualquer outra. Acusação de estupro pode lhe ferrar? Pode. Então se protejam com conversas salvas no facebook, whatsapp, registre sempre no trabalho, esteja acompanhado, tenha notas fiscais, qualquer coisa que possa diretamente funcionar como argumento caso alguém resolva dizer que foi estuprada ou assediada em algum momento por você. Se isso lhe ferrar de algum modo, sem provas e um advogado, você é solto, e trate de devolver a desforra com processos.
E é claro, nunca premiar vadias, feministas, esquerdopatas, conservadias, empoderadas, msol, modernetes, vileiras e qualquer outras que tenham o selo de problema na vida do homem.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Fulcro - 03-06-2016

Não somente isso, sempre conte a boa e velha prostituta da justiça, testemunhas.

Você deve ter sempre pessoas (não somente família) que atestem sua idoneidade e que de preferência tenham conhecimento de seu relacionamento com a sujeita, isso somado as provas que você guardou cuidadosamente derrubarão a credibilidade do testemunho dela.

Eu costumo guardar de forma física e digital comprovantes de lugares, cinema, restaurante, bares, até mesmo de hotel e motel para caso seja necessário para montar uma linha do tempo, ou seja necessário solicitar imagens ou testemunhas de lugares que estivemos juntos que atestem o relacionamento, se for namorada.

Também tenho o cuidado de guardar e listar lugares que estive, principalmente com comprovantes de cartão e recibos caso ela "invente" algo em um horário que sequer estávamos juntos.

Peguei o costume de sempre que levo alguma mulher em meu carro deixo o gravador correndo de modo oculto no celular, até mesmo quando ela fica sozinha no carro e eu preciso sair fazer algo, o celular fica muquiado gravando.

Já com mulheres do dia a dia a qual não tenho nenhum tipo de relacionamento ou interesse porém há possibilidade dela querer me ferrar, tomo cuidado de nunca ficar sozinho com elas, sempre acompanhado de terceiros ou locais públicos, evito dar caronas sozinho e não menos importante, não dou intimidade, pode ser amiga, pode ser colega mas sem liberdades.

Em suma, não dou munição para usarem contra mim, se alguém tentar será muito frágil e facilmente derrubado em fase de inquérito.

Pode parecer paranoia, mas isso me dará segurança pra refutar acusações, somado a certeza que faltará provas numa possível perícia ou exame de corpo de delito.

Se for necessário, faço o advogado solicitar até mesmo laudo psicológico.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Marcílio - 03-06-2016

Pra quem é precavido, for formado e tiver bons contatos com advogados criminalistas, só tem medo se quiser.

Saber evitar mulheres imprestáveis, no maximo 3 fodinhas e olhe lá já é um bom caminho. Na convivência diária com colegas, é possível acusações, mas é mais difícil pra elas sustentarem a acusação. Novamente, saber com quem tá lidando faz toda a diferença.

Também tem casos de M$ol com filhas, esse tipo de mulher deve ser evitado a todo custo.

Muito desse auê é provocado pela mídia, mas certas coisas não vista por elas fazem toda a diferença. E com o pessoal que eu tenho contato, ja ouvi comentários deles quando assistiram o noticiário que existe uma certa descrença na versão da menina. Apenas ouvi eles falarem e nem me meti na conversa.

A longo prazo isso é ruim pra elas, pois

1) passaram a desacreditar apenas em palavras da mulher.
2) muitas mulheres peças ruins serão evitadas, o que gerará uma certa carência nelas por aceitação e que tentarão resolver isso se tornando feministas híbridas ou conservadias.
3) muitos feministos, esquerdomachos e manginas cairão nas acusaçoes delas, o que será razoavelmente bom, porque a queda dos nossos inimigos pode dar algum tipo de alívio em algum setor da vida.
4) haverá mais gente caindo na Real
5) boa parte das malandras podem sofrer um contragolpe financeiro e na imagem delas com alguma condenação criminal, o que facilitará o trabalho quando se investigar a vida pessoal delas e saber com quem tá lidando.

Enviado de meu XT1068 usando Tapatalk


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Thanatos - 03-06-2016

Além destas falsas denúncias destriurem a vida dos homens, se a palavra da mulher bastar como prova, eu no lugar do estuprador, mataria a mulher após estupra-la, afinal só 5% dos homicídios são elucidados.

Não estou estimulando ninguém a cometer nenhum crime, só estuo dizendo que infelizmente os criminosos poderão querer eliminar provas e se a palavra dela é uma prova, provavelmente a eliminarão.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Marcílio - 03-06-2016

(03-06-2016, 09:29 PM)Thanatos Escreveu: Além destas falsas denúncias destriurem a vida dos homens, se a palavra da mulher bastar como prova, eu no lugar do estuprador, mataria a mulher após estupra-la, afinal só 5% dos homicídios são elucidados.

Não estou estimulando ninguém a cometer nenhum crime, só estuo dizendo que infelizmente os criminosos poderão querer eliminar provas e se a palavra dela é uma prova, provavelmente a eliminarão.
Não é motivo pra entrar em pânico

Alguém aqui fica sem meter por causa da AIDS? Ou então ficam sem sair da rua sabendo que as estatísticas de morte é próxima das mortes que ocorrem na faixa de Gaza?

Muitas dessas acusações são feitas por gente que não é profissional. Medo mesmo vcs devem ter é dessas.

Enviado de meu XT1068 usando Tapatalk


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Thanatos - 03-06-2016

(03-06-2016, 09:39 PM)Mondragon Escreveu:
(03-06-2016, 09:29 PM)Thanatos Escreveu: Além destas falsas denúncias destriurem a vida dos homens, se a palavra da mulher bastar como prova, eu no lugar do estuprador, mataria a mulher após estupra-la, afinal só 5% dos homicídios são elucidados.

Não estou estimulando ninguém a cometer nenhum crime, só estuo dizendo que infelizmente os criminosos poderão querer eliminar provas e se a palavra dela é uma prova, provavelmente a eliminarão.
Não é motivo pra entrar em pânico

Alguém aqui fica sem meter por causa da AIDS? Ou então ficam sem sair da rua sabendo que as estatísticas de morte é próxima das mortes que ocorrem na faixa de Gaza?

Muitas dessas acusações são feitas por gente que não é profissional. Medo mesmo vcs devem ter é dessas.

Enviado de meu XT1068 usando Tapatalk

Eu entendi seu ponto. Mesmo usando camisinha, ela ainda pode "rasgar" e eu pegar alguma coisa. O que posso fazer é minimizar os riscos. Porém, temer ser preso injustamente e ainda por cima por causa de uma falsa acusação de estupro, é algo bem pior que a morte. Assim como ficar tetraplégico; eu temo ser falsamente acusado, bem como sofrer um acidente e ficar tetraplégico, mas é importante não polarizar no medo e ficar "paranoico"


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Deuxcartes - 03-06-2016

Ficar sem meter eu fico, ou melhor muito mais seletivo, principalmente com o contato que tenho com alguns colegas que trabalham com o pessoal do DST, Câncer (sobretudo derivados do HPV). Fiquei mais esperto. Namorada nova, exames, e saber um pouco do histórico, ajuda.
Pra quem usa o serviço das profissionais, mandar usar camisinha é querer ensinar o padre a rezar.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Hitman - 03-06-2016

https://www.facebook.com/SenadoFederal/photos/a.176982505650946.49197.150311598318037/1360968903918961/?type=3

Pronto, se for aprovado, se preparem.


RE: STJ: basta a palavra da mulher - Marcílio - 03-06-2016

(03-06-2016, 11:38 PM)Hitman Escreveu: https://www.facebook.com/SenadoFederal/photos/a.176982505650946.49197.150311598318037/1360968903918961/?type=3

Pronto, se for aprovado, se preparem.

Mesmo expediente usado em 2014.

Depois da divulgação da pesquisa do IPEA, a Gleisi Hofmman veio com a proposta do feminicidio. Foi no mesmo mês daquela campanha que teve na internet.

O mesmo expediente usado agora. Tão usando um caso (que nem sabem se realmente aconteceu, pois só agora tamos vendo o depoimentos dos caras) e agora vem com essas propostas (dei uma visitada no site do Senado, são muitas).