Fórum do Búfalo
[Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Recomendados (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=9)
+--- Tópico: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! (/showthread.php?tid=8885)

Páginas: 1 2 3 4 5


[Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Zack Fair - 09-08-2016

Boa noite, amigos, recentemente aconteceu uma situação um pouco constrangedora comigo e queria dividir com vocês pra saber a opinião dos confrades. Desde já aviso que esse relato pode vir à ser um pouco longo e entediante. vou tentar resumir ao máximo. hahahaha

Como alguns devem saber não faz muito tempo que entrei para o corpo de bombeiros aqui da minha cidade (moro no RS, no interior) e claro que conheci muita gente do meio militar e da brigada nesse meio tempo. Bom, acabei conhecendo uma guria que vinha à ser a delegada de polícia aqui da cidade, achei ela bem nova pro cargo (ela tem 28 anos) e de cara notei que o Sr Cronos teve compaixão, pois ela é bem conservada pra idade quase beirando os 30. no dia que visitamos um estabelecimento da brigada ela estava lá e batemos um papo na portaria, não perdi tempo porque sempre tive uma queda por mulheres desse perfil de polícia ou militares. me pareceu muito gente boa, além de inteligente e uma cabeça no lugar. Nos falamos durante quase uma hora e nisso o batalhão se retirou e claro fui embora junto. eis que nos dias da minha folga eu recebi uma mensagem no whatsapp e um pedido de amizade dela no Facebook. achei meio suspeito porque até então tinhamos só conversado sem segundas intenções. começamos a conversar um pouco mais e ela me convidou pra tomar um café ''qualquer dia''.

Bom nos encontramos num final de semana à tarde em um café no centro. começamos a conversar e aí sim senti que rolou uma maldade porque nós os dois já estavamos fazendo piadinhas e notei que ela dava sinais de interesse. Eu sempre com meu sentido aranha ligado pra caso de joguinhos vindo por parte dela, o que não veio à acontecer ou aconteceu e eu não me dei conta. Depois desse dia começamos à conversar e à sair juntos denoite. fomos um dia numa balada sertaneja e ELA me convidou pra ir pro motel ou pra casa dela. Fomos pra casa dela, no carro dela, já que não levo meu carro quando vou pra festas por conta da lei seca e tudo mais. bom, dormimos juntos e ficamos assim por dois meses. conheci a mãe dela e tudo mais e foi aí que tudo começou à desandar. A mãe dela foi mãe solteira, corneou o pai dela e casou com o cunhado (ela mesmo me contou, porque até então eu vinha me finjindo de liberal pra ela soltar os podres pouco à pouco) já dei sinal amarelo nesse momento mas continuei comendo pois ela até então nunca tinha sido desrespeitosa, muito pelo contrário. Acontece que pelo trabalho, nós dois começamos à nos ver um pouco menos quando eu estava de serviço no fim de semana.

Pois bem, aqui começa o inferno, como era apenas pegação e sexo, não tinhamos nenhum compromisso e acabei saíndo junto de uns amigos meus pra um barzinho e uma amiga do meu primo que é um pouco afim de mim tomou além da conta e começou à se atirar e acabei pegando ela, mediana e tal, não rolou sexo. acontece que aqui é uma cidade pequena então é comum o pessoal da PF frequentar as mesmas festas, os mesmos bares, eu imagino que algum colega dela tenha me visto e acabou contando pra ela. nós brigamos pelo telefone e ela desligou na minha cara, até aí achei que ela não queria mais olhar na minha cara, o que eu não esperava é que ia me fuder TANTO depois disso. ela foi duas vezes no corpo de bombeiros atrás de mim, mas nunca esperei que uma mulher na posição dela fosse tão emocional quanto se trata de um relacionamento bobo que nem evoluímos pra algo sério, ela mesma aceitou que não era um namoro. por sorte o comando não encrencou, mas o pessoal começou à pegar minha cabeça por causa disso. Não satisfeita ela veio até o condomínio aonde moro e brigamos denovo, só que dessa vez ela estava de cara cheia e chorava, foi aí que percebi que apesar de ser delegada ela era mulher e ia jogar com o emocional pra cima de mim. só que eu tive que me controlar pra não fazer merda e acabar no presídio. ela foi embora depois de um tempo e no dia seguinte a polícia bateu aqui em casa com uma ordem de revista, anônima. Nunca achei que pagaria o maior MICO da minha vida com os vizinhos pensando coisa errada. tenho CERTEZA que ela usou influencia lá dentro pra me dar um susto. obviamente não tinha nada ali e eles foram embora, pediram desculpas pelo incomodo e disse que provavelmente foi um trote de brincadeira de algum amigo. FIQUEI PUTO naquele dia e liguei pra tirar satisfações. ela disse que não sabia de nada e que ia ver o que tinha acontecido. lógico que não acreditei nessa desculpa esfarrapada e dei um ultimato nela, que se era pra continuar assim, melhor dar um basta ali. Ela disse que era pra eu ter paciência com ela porque estava passando por uma situação difícil, que nunca tinha se sentido segura com outro cara e que não queria parar de me ver. segundo ela estava tomando remédios tarja preta e que isso talvez estivesse mexendo com o emocional dela.

Bom, nós nos falamos pelo whatsapp seguidamente e sinto que ela está querendo tentar algo à mais denovo, mas acho que isso pode vir à ser um problema à longo prazo. Realmente nunca estive numa situação dessas. Eu sei que não existe a famosa Maria exceção. mas ta aí meu relato, na verdade é mais um alerta pro pessoal que acha que mulheres de patente alta ou militares estão isentas de lado obscuro. Um abraço e fiquem com Deus!


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Gekko - 09-08-2016

Se uma mulher comum já tem um poder legal enorme pra prejudicar a tua vida, que dirá uma autoridade policial. E você ainda volta a ficar de conversinha com uma mulher que mandou a polícia invadir a tua casa? Não é nem querendo ser alarmista, mas pra uma pessoa como essa que você descreveu plantar drogas na tua casa e te fazer tirar um bom tempo de cadeia não tá faltando quase nada. Fora isso, ela tentou se valer da sua posição de militar para te prejudicar na tua carreira! Eu, no seu lugar, estaria conversando com um bom advogado para pedir um habeas corpus preventivo o quanto antes. E olhe lá se não pedisse uma ordem de afastamento. Outra coisa: os policiais que revistaram a sua casa tinham mandado judicial?

(09-08-2016, 12:40 AM)Zack Fair Escreveu: Eu sei que não existe a famosa Maria exceção. mas ta aí meu relato, na verdade é mais um alerta pro pessoal que acha que mulheres de patente alta ou militares estão isentas de lado obscuro. Um abraço e fiquem com Deus!

Alguém, em algum momento, pensou isso?


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Avenger - 09-08-2016

Putz...esse foi tenso...não queria estar na sua pele confrade!

E é bem como o Mestre Gekko falou, corre o risco dessa loka querer plantar drogas na tua casa. Eu evitaria até contato ao vivo se possível, já deu pra perceber que ela tá disposta a te ferrar se as coisas não rolarem como ela quer. O negócio é cortar e dar gelo, diplomaticamente claro, mas gelo direto. Tu tem q te afastar dessa bruaca.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Roland - 09-08-2016

Mulher não presta pra desempenhar uma lista de profissões, incluindo de delegada e de juíza.

Abra o olho, porque ela pode estar monitorando seu celular, tirando prints das conversas ou até mesmo realizando escuta clandestina em suas ligações. Já te deram a letra, daqui a pouco ela planta umas buchinhas no teu carro ou na tua casa e aí, filho, já era.

Ela tem um pouco de poder, e sabemos que as fêmeas não costumam saber lidar com isso.

Se eu fosse vc, cairia fora. Se afaste dessa mulher; a menos que vc queira correr o risco e descobrir como é cagar pra dentro na prisão.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Lianz - 09-08-2016

(09-08-2016, 09:06 AM)Gekko Escreveu:
(09-08-2016, 12:40 AM)Zack Fair Escreveu: Eu sei que não existe a famosa Maria exceção. mas ta aí meu relato, na verdade é mais um alerta pro pessoal que acha que mulheres de patente alta ou militares estão isentas de lado obscuro. Um abraço e fiquem com Deus!

Alguém, em algum momento, pensou isso?

Esse tipo de mulher tem o ego na estratosfera, imagina depois de ser advertida ou até zoada pelos colegas que está sendo dividida pelo cara com uma bebum de bar.

Esse tipo de mulher não tem a menor capacidade de desempenhar essa função, totalmente descontrolada emocionalmente, procure se resguardar legalmente e fisicamente, pois uma pré-balzaquiana, descontrolada e ainda delegada, pra ela te foder é um estalo de dedos, sem contar com a manginagem dos colegas de trabalho que devem ter pra cima dela.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Diamante - 09-08-2016

- Quer conhecer uma pessoa? Dê poderes a ela.

- Com tanta mulher para se envolver, mas, justo com uma delegada?

- Mulheres com cargos de liderança, geralmente tem um ego muito grande e não gostam de se sentirem "diminuídas". No mais, corte todos os contatos.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Chris Kyle - 09-08-2016

Tive a oportunidade de me envolver com delegada em 2013...só era de 32 anos e não 28, mas o perfil era mesmo estilo. Não comi, nem quis nada e corri muito longe dela...tanto pelo fato de ser mais velha que eu e por ser delegada...

Mulheres advogadas e delegadas estão na minha lista de "coisas a se evitar"...


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - SnakeEyes - 09-08-2016

se puder desapareça
se puder suma
se puder vire uma sombra
se puder nao mantenha contato com pessoas que fazem parte do circulo social dela ,pois uma hora vcs poderao se encontrar novamente ,
melhor coisa a se fazer é deixar o tempo trabalhar por vc e acalmar a cabeça doentia emocionalmente desta mulher ,ainda mais delegada(puts vei ).

mulheres não tém noção de poder , suas mãos suaves soam como um vulcão em erupção quando algo sai fora do planejado e isso é perigoso pra todo mundo que tiver próximo ...

enfim ,cuide-se meu amigo , pois a tempestade passou , ou esta pra começar ...


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Commodoro - 09-08-2016

Delegado de polícia não tem autoridade para decretar mandado, como o nome já diz, "Mandado judicial". Apenas em casos de crimes permanentes as autoridades policiais poderiam adentrar na residência do indivíduo sem mandado, como obviamente não foi o caso, segundo STJ. Também obviamente nenhuma busca e apreensão é ordenada "anonimamente". É necessário sempre uma autoridade judiciária para dar legalidade ao ato. É uma situação repleta de erros, abuso de autoridade e provavelmente constrangimento ilegal.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Digons - 09-08-2016

Ainda vejo alguns manginas no meu facebook, ditos conservadores, que endeusam mulheres que trabalham como militares, advogadas, juízas, policiais como se elas fossem exceções...

Absolutamente NADA contra essas profissões, mas o único sentimento que eu tenho é um respeito enorme por elas. Não sei se elas estão no mesmo nível ou piores do que mães solteiras (as quais nem ao menos chegar perto eu quero).


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Jaguar Paw - 09-08-2016

(09-08-2016, 12:40 AM)Zack Fair Escreveu: A mãe dela foi mãe solteira, corneou o pai dela e casou com o cunhado (ela mesmo me contou, porque até então eu vinha me finjindo de liberal pra ela soltar os podres pouco à pouco) já dei sinal amarelo nesse momento mas continuei comendo pois ela até então nunca tinha sido desrespeitosa, muito pelo contrário.

Era o momento para ter soltado o vermelho, mulher filha de casos assim, via de regra, não serve para relacionamento.

É triste mas verdadeiro.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Falchion - 09-08-2016

maluco vc ta muito fodido...delegada!? que toma tarja preta!? uma revista policial na tua casa é a coisa mais branda que uma mulher com esse nivel de poder e esse tipo de mentalidade pode fazer com vc, de uma mulher dessa vc pode esperar "qualquer coisa"!


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Jaguar Paw - 09-08-2016

Ela é um 'combo'' e tanto.

Vejamos:

a) filha de lar desestruturado;

b) desequilibrada emocionalmente;

c) usuária de tarja preta;

d) titular de cargo que lhe confere autoridade.

A doutora delegada é para lá de tóxica.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Doppelgänger - 09-08-2016

Mostrar ConteúdoSpoiler:

PQP, tu não cortou contato com essa mulher ainda confrade? Tu gosta de tomar no cu hein kkk.

Era pra você estar com o sinal AMARELO a muito tempo, à partir do momento que ELA te adicionou, ELA te convidou pra café, ELA te chamou pra motel, já poderia ficar com o pé atras. "Quando à esmola é demais, o santo desconfia".

Essa mulher é do pior tipo, e meu ovo que algum remédio que esta mexendo com o emocional dela, mais um alerta pra você, pois já da pra notar que ela gosta de culpar algo ou alguém pelas atitudes estupidas. Essa mulher é possessiva e sabe fazer inferninho emocional, ela é do tipo que vai meter galha em tu e depois vai chorar na sua frente reclamando por você ter ''conversando com alguma amiga'', sim, só por conversar.

Mas a vida e o cu é seu. Eu já teria sumido, deixado ela no vácuo, começado a dar desculpa, to ocupado, tenho curso, tenho projeto, tchau e benção. E outra você mordeu a isca muito fácil, a mulher manda PMs de forma anonima e tu já vai tirar satisfações, finja que nada aconteceu, seja inabalável. Mulher dessa índole sente prazer em ver homem abalado/nervoso. Pula fora.

Outra coisa, recomendo não dar uma de 'liberal' se não pretende dar bota na mina nos dias seguintes.

O cara que age de uma forma no começo do relacionamento, OCULTANDO a sua verdadeira personalidade, está comprando ingresso de ida pro inferno. O minimo que você irá ouvir no futuro próximo é "Noffa, você não era assim quando a gente se conheceu...", claro, porque pagou de liberal e agora que o relacionamento progrediu o espirito conservador esta exalando em você.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Senna - 09-08-2016

Aproveitando a oportunidade, Maria Exceção existe, e não são poucas. O que não existe é Mulher Exceção.

Mais detalhes no glossário da Real:
http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=2705&pid=184415#pid184415


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Hiroshi - 09-08-2016

(09-08-2016, 01:43 PM)Digons Escreveu: Ainda vejo alguns manginas no meu facebook, ditos conservadores, que endeusam mulheres que trabalham como militares, advogadas, juízas, policiais como se elas fossem exceções...

Absolutamente NADA contra essas profissões, mas o único sentimento que eu tenho é um respeito enorme por elas. Não sei se elas estão no mesmo nível ou piores do que mães solteiras (as quais nem ao menos chegar perto eu quero).

É que o comum hoje em dia é ser vadia feminazi e/ou namorar vagabundos maconheiros.
A mulher que resolve entrar na carreira militar tende a ser menos vitimista, pois tem que ralar pra subir na carreira (mesmo com todo o suporte que os manginas da área darão a ela), no quesito social elas estão um degrau acima da média.
Entretanto, no quesito biológico e nos relacionamentos elas continuam sendo mulheres como qualquer outra, e vão fazer joguinhos igual, ou até pior devido aos poderes que possuem. É isso que os consermanginas não entendem!


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Hitman - 09-08-2016

Eu já não suporto o jeito de algumas mulheres da minha turma, quem dirá advogadas, juizas, delegadas.

Realmente é uma preocupação que eu nunca prestei atenção, passarei longe de mulheres da mesma area que eu.

E além dos confrades terem explicado bem, o Roland falou bem, mulher não presta p esses cargos.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - DeaD_PooL - 09-08-2016

puts quando a mulher pode te prejudicar na carreira é foda é cilada bino


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Eterno Aprendiz - 09-08-2016

Vai cortando contato com ela aos poucos e depois SOME. Agora SOME mesmo. Vaza. Desaparece. Não queira ver essa mulher nem tão cedo.

Para essa mulher lascar a sua vida é questão de segundos.

Ainda há tempo de sair fora sem maiores sequelas, acredito eu.


RE: [Relato] Me envolvi com uma delegada e tomei lindamente no CU! - Ermac - 09-08-2016

Quando ela mandou os fardas bater na sua casa pra te assustar, ela quis demonstrar o quanto ela é poderosa, e por isso, você não é mais um cafa que pode fazer o que quiser com ela (seja você cafa ou não, ela pensa isso) porque ela não é como as outras mulheres: inferiores e sem poderes. Quando você a procurou nervoso, você caiu no jogo dela. Ela esperava justamente essa sua reação.

Primeiro ela usou a força pra você não larga-la. E depois usou do vitimismo quando disse que tomava remédio e lhe pediu paciência, a fim de você não larga-la por pena.

Isso já demonstra a tamanha oscilação, entre ser a menina desprotegida que precisa de proteção e paciência e a mulher poderosa que não precisa de ninguém. Consegue enxergar o tamanho abismo entre as duas atitudes? E o quanto uma mulher que oscila dessa maneira é perigosa? Isso é uma roleta russa emocional.

Mulheres com alguma forma de poder são sumariamente contra indicadas para relacionamentos, de qualquer tipo. Nem de amizade, namoro, e nem se quer uma pegação. Quem não aprende isso pela observação, infelizmente, aprende pela dor. E é por isso que mulheres carreiristas que desenvolvem alguma forma de poder no seu âmbito profissional são geralmente sozinhas(desde militares até executivas). E elas não são sozinhas porque intimidam os homens, como diz o discurso de empoderamento feminazi. São sozinhas porque elas PREJUDICAM todos os parceiros afetivos usando de seu poder para intimida-los, aproxima-los ou afasta-los.

Afaste-se o quanto antes, e com bastante cuidado. Qualquer afastamento brusco pode lhe custar algo ruim, seja por vingança dela ou por ela querer chamar sua atenção. Como disse Gekko, para ela plantar drogas no seu carro, na sua casa, enfim, é pouca coisa. Você está literalmente na linha de perigo.

Procure ao mesmo tempo que se afasta, desencanta-la de você. Finja ser um homem extremamente inferior, o mais beta de todos. Diga que é brocha, que pegou aids, que está mergulhado em dívidas, que tem dez filhos espalhados pelo Brasil, que é estéril, que tem depressão e toma remédios também, encha a comida de salitre e dá aquela brochada épica, sei lá mano. Só desencante-a de ti, jamais caia nos jogos dela de novo. E nunca mais troque nem um oi.

E importante: SALVE TUDO. Salves as suas conversa no whats, grave seus telefonemas, se resguarde da melhor forma que você puder.

Força e boa sorte!