Fórum do Búfalo
Estudar no exterior, validar diploma e etc - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Desenvolvimento Pessoal (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=28)
+--- Fórum: Outros (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=12)
+--- Tópico: Estudar no exterior, validar diploma e etc (/showthread.php?tid=9345)



Estudar no exterior, validar diploma e etc - Thanatos - 13-10-2017

Inspirado no relato do Mr. Rover no LR ( https://legadorealista.com/forum/showthread.php?tid=2460 ), eu gostaria de criar um tópico para compartilharmos experiências e planos de quem pretende estudar no exterior. Pode ser uma alternativa não só para estudar com um custo menor, como para aprender novos idiomas, conhecer novas culturas e etc.

De fato estudar nos EUA/Canada e caríssimo "the average cost of studying at a four-year programme in a private university of the US is up to US$28,500 per year." https://www.careerindia.com/study-abroad/usa/how-much-does-it-cost-to-study-the-us-011621.html US$ na cotação de hoje de acordo com o google(13 de outubro de 2017) daria R$90368,00 por ano. Num curso de 5 anos, daria R$451.840,00 só de mensalidade. Eu particularmente se tivesse este dinheiro preferiria investir, mas por outro lado, temos países relativamente baratos para estudar, como por exemplo, a argentina. 

De acordo com o libertador no tópico referido 
(11-10-2017, 06:07 PM)Libertador Escreveu: Eu tenho alguns amigos que estão fazendo medicina na argentina e outros que fazem no paraguai e outros ainda na Bolivia. O custo é bem menor do que se fizessem no Brasil e o espanhol é fácil de aprender, só que depois de se formar é necessário fazer o revalida pra validar o diploma antes de trabalhar aqui.

Tenho um amigo que se formou agora no meio do ano e está trabalhando pelo "mais médicos" até passar na prova do revalida, porque no "mais médicos" eles não exigem diploma validado. É uma palhaçada, coisa de esquerdistas.

Eu estou no final do curso(não faço medicina, só estou usando como exemplo porque e onde encontro mais informação. Parece que a maioria dos Brasileiros que estudam lá fazem medicina), mas estou cogitando terminar o meu curso na argentina, se aceitarem as matérias feitas aqui. Estava juntando dinheiro desde o começo do ano para férias no leste da europa, mas mudei de ideia recentemente e acho que investir no meu futuro e numa viagem ao mesmo tempo é mais negócio que só gastar com diversão. As melhores férias da minha vida, foi em Bariloche, também foi o único lugar que o sol não me incomodou. Caso eu estude, provavelmente sera na Capital, Buenos Aires. Não e tão barato assim, mas não é caríssimo como EUA. "Atualmente, o orçamento base de um estudante da UBA- Universidade Federal de Buenos Aires varia entre R$2000,0 e R$2500,0." http://www.buenosaireseducacional.com.br/quanto-custa-estudar-na-argentina/
Foto de Bariloche abaixo
[Imagem: San+Carlos+de+Bariloche+Argentina+7.JPG]
fonte http://picture1full.blogspot.com/2013/02/san-carlos-de-bariloche-argentina.html

Eu particularmente gostei da Argentina(só fui a turismo). Clima bom, pessoas bonitas e bem educadas, as coisas nas regiões turísticas são caras, mas fora das regiões turísticas são relativamente baratas. Tenho amigos também estudando em outros países como Portugal e até um que pelo turismo sem fronteira foi pra Coreia do Sul.

Alguém tem experiências estudando fora ou planeja estudar fora e deseja contribuir com informação?


RE: Estudar no exterior, validar diploma e etc - Josey Wales - 13-10-2017

Aproveitando a menção ao Revalida, vou deixar o comentário de um colega que trabalha diretamente nessa avaliação:

Citar:"SEMPRE perguntem aos seus médicos onde eles se formaram, mesmo os brasileiros. A qualidade do ensino da medicina nos outros países da América do Sul/Central é RIDÍCULA, e muita gente opta por estudar fora simplesmente porque não consegue passar no vestibular. Muitos médicos se formam lá fora e sequer sabem o básico."

O Revalida tem duas etapas : uma avaliação teórica, e depois os que passam são convocados para a prova prática, que é como se fosse uma consulta normal. É uma simulação, mas de acordo com o que o médico faz, o paciente reage de forma X ou Y.

O que tem de casos de "Médicos" que "matam" pacientes nesse exame não tá no gibi.


RE: Estudar no exterior, validar diploma e etc - Thanatos - 13-10-2017

(13-10-2017, 04:10 PM)Josey Wales Escreveu: Aproveitando a menção ao Revalida, vou deixar o comentário de um colega que trabalha diretamente nessa avaliação:

Citar:"SEMPRE perguntem aos seus médicos onde eles se formaram, mesmo os brasileiros. A qualidade do ensino da medicina nos outros países da América do Sul/Central é RIDÍCULA, e muita gente opta por estudar fora simplesmente porque não consegue passar no vestibular. Muitos médicos se formam lá fora e sequer sabem o básico."

O Revalida tem duas etapas : uma avaliação teórica, e depois os que passam são convocados para a prova prática, que é como se fosse uma consulta normal. É uma simulação, mas de acordo com o que o médico faz, o paciente reage de forma X ou Y.

O que tem de casos de "Médicos" que "matam" pacientes nesse exame não tá no gibi.

Eu acho que depende. A Argentina é o país da AL que mais tem prêmios nobéis. Eu confio num médico formado na argentina, mas não confiaria num formado em cuba...


RE: Estudar no exterior, validar diploma e etc - Josey Wales - 13-10-2017

(13-10-2017, 04:28 PM)Thanatos Escreveu:
(13-10-2017, 04:10 PM)Josey Wales Escreveu: Aproveitando a menção ao Revalida, vou deixar o comentário de um colega que trabalha diretamente nessa avaliação:

Citar:"SEMPRE perguntem aos seus médicos onde eles se formaram, mesmo os brasileiros. A qualidade do ensino da medicina nos outros países da América do Sul/Central é RIDÍCULA, e muita gente opta por estudar fora simplesmente porque não consegue passar no vestibular. Muitos médicos se formam lá fora e sequer sabem o básico."

O Revalida tem duas etapas : uma avaliação teórica, e depois os que passam são convocados para a prova prática, que é como se fosse uma consulta normal. É uma simulação, mas de acordo com o que o médico faz, o paciente reage de forma X ou Y.

O que tem de casos de "Médicos" que "matam" pacientes nesse exame não tá no gibi.

Eu acho que depende. A Argentina é o país da AL que mais tem prêmios nobéis. Eu confio num médico formado na argentina, mas não confiaria num formado em cuba...

Eu não cheguei a pegar dados mais específicos com ele, mas de qualquer forma prefiro evitar problema.


RE: Estudar no exterior, validar diploma e etc - Thanatos - 13-10-2017

(13-10-2017, 05:09 PM)Josey Wales Escreveu:
(13-10-2017, 04:28 PM)Thanatos Escreveu:
(13-10-2017, 04:10 PM)Josey Wales Escreveu: Aproveitando a menção ao Revalida, vou deixar o comentário de um colega que trabalha diretamente nessa avaliação:


O Revalida tem duas etapas : uma avaliação teórica, e depois os que passam são convocados para a prova prática, que é como se fosse uma consulta normal. É uma simulação, mas de acordo com o que o médico faz, o paciente reage de forma X ou Y.

O que tem de casos de "Médicos" que "matam" pacientes nesse exame não tá no gibi.

Eu acho que depende. A Argentina é o país da AL que mais tem prêmios nobéis. Eu confio num médico formado na argentina, mas não confiaria num formado em cuba...

Eu não cheguei a pegar dados mais específicos com ele, mas de qualquer forma prefiro evitar problema.

Supondo que um médico seja formado na universidade de buenos aires, tenha trabalhado na Espanha por 5 anos( "España y Argentina reconocerán mutuamente los títulos académicos" http://www.expansion.com/latinoamerica/2017/02/23/58af252746163f57088b4609.html ) e nunca dado problema. Você não confiaria nele?


RE: Estudar no exterior, validar diploma e etc - Josey Wales - 13-10-2017

Esse caso é fora da curva porque o cara tem experiência comprovada.

O problema são brasileiros recém formados que só foram estudar lá fora devido à sua incapacidade de passar num vestibular, e médicos de outros países que vieram pra cá naquele esquema dos médicos cubanos, onde muitos deles sequer fala português... Mas enfim, o foco do tópico não é esse, voltemos ao assunto normal do tópico.