Fórum do Búfalo
Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+--- Tópico: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil (/showthread.php?tid=9454)

Páginas: 1 2


Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - PODER-MASCULINO - 14-01-2018

Faço esse post apenas para avisar as consequências, deste projeto de lei: Lei (PL) 8992, de autoria da Deputada Ana Perugini (PT-SP), que vai incluir a misoginia como crime de ódio, porém com um significado distorcido para misoginia, o que pode dar brechas para que qualquer site, movimento ou livros que se oponha ao feminazismo, sejam retirados do ar e acusados como crime de ódio, incluindo este fórum. 

Veja mais informações na fonte: 



http://br.avoiceformen.com/politica/cinco-primeiras-observacoes-sobre-o-projeto-da-nova-lei-misoginia/

 

Um projeto de lei como esses, segundo o modo que foi explicado pode acabar com todos os movimentos masculinos no Brasil e até mesmo criminalizar os livros de Nessahan Alita, pois o conceito de misoginia está distorcido no projeto de lei. 

As feministas estão infiltradas no estado, sábio seria se masculinistas se infiltrassem no feminazismo, no estado e em todos os lugares estratégicos, para estar sempre a frente delas, pois elas estão a nossa frente, quais projetos de lei nós fazemos? Elas fazem muitos contra nós. 

Enquanto muitos masculinistas estão militando na internet, elas militam no estado, se filiam a partidos políticos, seria muito mais eficiente fazer o mesmo, se infiltrar inclusive no feminazismo como um parasita em gestação que irá enfraquecer o hospedeiro. 

Existe uma questão a se pensar: Um dia poderá ser proibido todos os movimentos que se apoem ao feminazismo e então como iremos garantir direitos aos homens? Teremos que levantar falsas bandeiras, nos infiltrar como fazem comunistas e maçons.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Thanatos - 14-01-2018

Por isto que eu digo; a solução pro Brasil é um colapso estilo URSS. 95% de homicídios não elucidados(link pra noticia) e o pessoal ta preocupado com crimes sem vítima. Exatamente como na URSS, onde vc pode cometer crimes de pensamento; E quando houver um colapso, só algumas regiões se desenvolveram, assim como com o fim da URSS, só certas regiões(como os países Bálticos) se desenvolveram.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Gilgamesh - 14-01-2018

Estágio embrionário de algo que pode passar, ou não. Deve virar aqueles projetos que ficam anos na gaveta, ainda mais, em fim de legislação e ano eleitoral começando.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Smith - 14-01-2018

E masculinismo agora é sinônimo de misoginia?


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - xandysmaster - 15-01-2018

As putas derrubam nosso pau, recebem e vão embora, agora qualquer pouca coisa vir derrubar nosso fórum?
Neem fodendo...


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Thanatos - 15-01-2018

(14-01-2018, 11:43 PM)Smith Escreveu: E masculinismo agora é sinônimo de misoginia?

Pras feminazis, se você discorda que mulheres são santas abnegadas que não mentem e por isto a palavra delas deve valer como prova, ou se vc não acha que os homens são responsáveis por todos os males do mundo, você é.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - SteveMcQueen - 15-01-2018

Criticar não é odiar. Muito pelo contrário, é criticando as erradas que valoriza-se as corretas.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Ermac - 15-01-2018

Isso é uma das principais diferenças entre o lado obscuro do homem e da mulher. O lado obscuro da homem é frequentemente criticado e fazem até leis para conseguir barra-lo. Já o lado obscuro da mulher nunca poderá ser criticado ou terá uma lei que defenda os homens dele.

O masculinismo não é misógino, porém, como a justiça e as mulheres costumam ser desonestas em relação a isso, arbitrariamente podem classificar qualquer coisa como crime de ódio e punir homens normais por simples opiniões.

O Brasil é um país onde as mulheres são absolutamente livres para fazem o que quiserem, até crimes contra os homens, e tudo fica certo para elas. Não faz sentido uma lei sobre misoginia. Elas querem se fazer crer na ideia de que os homens tem aversão a mulher. Que mulher no Brasil é assassinada só por ser mulher, que homens se juntam em bandos e saem caçando mulheres a noite, que as obrigam usarem burcas e são vistas como inferiores. Ninguém discrimina mulher aqui. Eu mesmo já perdi emprego porque era mais interessante pra empresa ter mulher na função.

Se isso aí passar, é possível classificar qualquer coisa como misoginia, já que pra se encaixar na realidade do Brasil (onde não existe ódio contra elas) tiveram que alterar o significado e entendimento da palavra "misoginia". A realidade é que existe mais misandria do que misoginia. E a misandria é bem clara e escancarada, mas ninguém se importa.

Isso na verdade faz parte da implantação da censura no Brasil. Ela tem que vir aos poucos para não assustar a população e ter uma rejeição logo de cara. Depois disso, vem o "crime de ódio contra político", aí ninguém pode falar de político. Depois vem a proibição da evangelização, porque é um crime de ódio contra o livre arbítrio. Eles já descobriram que o caminho pra começar a censurar é o chavão "crime de ódio", e aqui eles vão encaixando tudo o que podem.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - PODER-MASCULINO - 15-01-2018

(14-01-2018, 11:43 PM)Smith Escreveu: E masculinismo agora é sinônimo de misoginia?

Com certeza não! Mas para feministas tudo que questiona as mulheres é considerado misoginia. No projeto, escreveram o conceito de misoginia vago e distorcido, para poderem acusar conforme a interpretação delas, qualquer homem ou grupo que questionar o comportamento feminino, ou o próprio feminazismo. 

Sem contar que  manipulam a opinião pública contra o masculinismo: http://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/08/em-defesa-do-bmacho-oprimidob.html 

Para feministas até Nessahan Alita é misógino. 
O problema das feministas é que muitas são juízas, deputadas, senadoras possuem  poder para causar grandes danos ao masculinismo.

(15-01-2018, 11:13 AM)Ermac Escreveu: Isso é uma das principais diferenças entre o lado obscuro do homem e da mulher. O lado obscuro da homem é frequentemente criticado e fazem até leis para conseguir barra-lo. Já o lado obscuro da mulher nunca poderá ser criticado ou terá uma lei que defenda os homens dele.

O masculinismo não é misógino, porém, como a justiça e as mulheres costumam ser desonestas em relação a isso, arbitrariamente podem classificar qualquer coisa como crime de ódio e punir homens normais por simples opiniões.

O Brasil é um país onde as mulheres são absolutamente livres para fazem o que quiserem, até crimes contra os homens, e tudo fica certo para elas. Não faz sentido uma lei sobre misoginia. Elas querem se fazer crer na ideia de que os homens tem aversão a mulher. Que mulher no Brasil é assassinada só por ser mulher, que homens se juntam em bandos e saem caçando mulheres a noite, que as obrigam usarem burcas e são vistas como inferiores. Ninguém discrimina mulher aqui. Eu mesmo já perdi emprego porque era mais interessante pra empresa ter mulher na função.

Isso acontece porque as feministas se infiltram no estado, viram políticas, advogadas, juízas, enquanto os masculinistas não usam a mesma tática, isso os torna mais fracos que as feministas, pois com o poder que elas tem sendo deputadas, juízas, senadoras, podem criminalizar o masculinismo sobre o pretexto de criminalizar a misoginia, quando se isso acontecer, será o fim até mesmo de Nessahan Alita, aqui temos um problema, porém todo problema tem soluções, uma delas é se preparar para quando isso acontecer ou serão pegos de surpresa. Feministas não jogam limpo, também não são pacíficas farão de tudo para acabar com o masculinismo, a real e o próprio Nessahan Alita, é importante proteger os livros de NA. 

As mesmas táticas que as feministas usam podem ser usadas contra elas, por exemplo masculinistas podem se tornar deputados, juízes e até presidentes, mas se chegas falando que é masculinista não terá muita aceitação pública é melhor enganar as feministas dando uma de feminazi para elas, até chegar ao poder e então quando o masculinismo tiver poder suficiente poderá se revelar, é exatamente a mesma tática usada por comunistas e maçons. 
Masculinismo não será permitido para sempre, porque ele não está construindo poder no estado, enquanto o feminazismo tem feito a anos, o estado tem poder de proibir, perseguir, censurar e em vez de lutar contra ele é melhor lutar para ser parte dele, criar raízes e doma-lo por dentro.

(14-01-2018, 10:39 PM)Gilgamesh Escreveu: Estágio embrionário de algo que pode passar, ou não. Deve virar aqueles projetos que ficam anos na gaveta, ainda mais, em fim de legislação e ano eleitoral começando.

Sim, mas estando na gaveta pode ser ressuscitado em um belo "dia internacional da mulher" ou após uma onda de protestos das famosas contra o assédio. É como uma bomba relógio, uma hora vai explodir, se pensar a longo prazo, daqui 10, 20, 30 anos esse projeto sairá da gaveta, é melhor se preparar para agir de outra forma durante esses anos do que esperar a bomba explodir na nossa mão. 

Mesmo que masculinismo não seja misoginia, essa lei  vai ser usada contra o masculinismo, isso é previsível. 
Nessahan Alita diz para esperar sempre o pior e estar preparado para ele, assim não somos surpreendidos, então pense na seguinte possibilidade: O masculinismo se torna proibido, esse forúm é acusado de misoginia, retirado do ar, todos os sites masculinistas exceto alguns mais dissimulados são retirados do ar, qual seria o Plano B para esta situação? 
O importante é estar preparado para isso, acontecendo ou não, mas um dia irá acontecer, o impeachement da Dilma começou com um pedido engavetado. 
É preciso pensar a longo prazo, saber como agir em uma situação como esta, o que vocês fariam? Reclamar não adianta, somente ação, estratégia e planejamento resolve os problemas.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Baralho - 15-01-2018

Qualquer conceito, ou conjunto de conceitos, que vá contra o status-quo, ainda que evidentemente conservador [ou melhor dizendo, tradicionalista] vai ser jogado no mesmo balaio da misoginia, por exemplo.
Tópico interessante e que merece reflexão mesmo.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Búfalo - 15-01-2018

Vcs estão desatualizados.

O projeto não está na "gaveta". Um projeto semelhante já foi aprovado em dezembro de 2017:

Citar:O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (7), o Projeto de Lei 4614/16, da deputada Luizianne Lins (PT-CE), que repassa à Polícia Federal a investigação de crimes praticados pela internet que propaguem conteúdo misógino, ou seja, que expressem ódio ou aversão às mulheres. O texto segue para o Senado Federal.
http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/550497-CAMARA-APROVA-PROJETO-QUE-REMETE-A-PF-A-INVESTIGACAO-DE-CRIME-VIRTUAL-CONTRA-MULHERES.htm

Vejam a "discussão" a partir dos 28 minutos (prestem atenção na intervenção de uma deputada chamada Soraya Santos do PMDB-RJ, aos 31:10, ela que sugere votar este projeto e o presidente da Sessão acata):



RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - SteveMcQueen - 16-01-2018

Terão que prender as feministas, pois ninguém odeia mais as mulheres e as utiliza como massa de manobra como as tais.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Vini1980 - 16-01-2018

  Infelizmente como disse em outros posts esses esquerdistas tirânicos sabem que nós somos o perigo para eles pois
os realistas e outros grupos mais conservadores  pautados no cristianismo não aceitarão esses tipos de aberrações
e esses grupos criados como feminazismo, gaizismo,etc são massa de manobra para conseguirem tais feitos.
   Isso já foi estudado e tudo planejado, e porque eles odeiam tanto Jesus e seus seguidores?, porque Jesus ensinou umas das coisas mais lindas do universo "o amor ágape" onde diz amai o próximo como a ti mesmo, para as pessoas pode ate ser banal mas se voce estudar a filosofia por trás dessas lindas palavras tu vai entender o tamanho ódio deles pois esse conceito derrubou tiranias no mundo e derrubou muitas fortalezas espirituais da maldade.
   Esse ataque não vai parar e se não fizermos algo, no futuro seremos perseguidos pela nossas ideias, esses lideres malucos esquerdistas são psicopatas sanguinários veja o absurdo dessa noticia também lá da Bolívia.



RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - PODER-MASCULINO - 16-01-2018

(15-01-2018, 10:29 PM)Búfalo Escreveu: Vcs estão desatualizados.

O projeto não está na "gaveta". Um projeto semelhante já foi aprovado em dezembro de 2017
Concordo com você, mas mesmo que o projeto esteja na gaveta, o impeachment da Dilma começou assim, com vários pedidos sendo negados.
Na política as coisas acontecem a longo prazo, primeiro pedem uma vez, é negado, depois de 1 ano pedem de novo e assim por diante até que uma hora passa e se torna lei. Só o fato de terem feito outro projeto semelhante anteriormente já mostra a persistência em aprovarem isso, vão insistir até que uma hora será aprovado, por isso fiz o tópico, avisando antes de acontecer, para se preparem desde já, pois uma hora poderá acontecer dentro de 5, 10, 15, 30 anos ou mais, mesmo assim quem vê as coisas acontecendo e não se prepara, está dando vantagens ao rival. 
Se já tentaram 2 vezes isso, mostra que o risco de acontecer é duas vezes maior.
O objetivo desse tópico é além de informar sobre esse risco, fazer com que muitos pensem em um plano B, para caso isso aconteça.
Um projeto como esses se um dia for aprovado, poderá acusar todo o masculinismo de misoginia mesmo que não sejamos misóginos, pelo simples fato de nos opor ao feminazismo. É bom estarmos preparados para o pior pois assim nunca seremos surpreendidos.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Fã de shakespeare - 17-01-2018

sinceramente, n acredito que tal lei venha destruir o masculinismo, pois o movimento nunca será uma ameaça ao feminazismo no br. o maior exemplo da minha colocacação é a grande redução de blogs masculinista na internet, nos últimos cinco anos.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Gilgamesh - 17-01-2018

PODER-MASCULINO,  com todo o respeito, sei que não se vota o  básico no Brasil, porque se votaria algo, de uma maldade refinada, como isso ?

Mas, concordo com o plano-B.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - SteveMcQueen - 18-01-2018

Nos EUA já havia lei semelhante para ser votada, só que Hillary perdeu, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Imagine ficar sem o Return Of Kings e outros do gênero...


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Shy_Guy - 20-02-2018

Misoginia e machismo na boca destas aí, é apenas qualquer opinião ou ação que contrarie uma mulher.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Búfalo - 20-02-2018

Vcs estão desatualizados.

A câmara já aprovou essa porcaria.


RE: Projeto de lei que criminaliza a misoginia pode dar fim ao masculinismo no Brasil - Spectro - 20-02-2018

Pior que essa porra de papo esquerdista e essa disputinha filha da puta esquerda x direita entra na alma do povo e gera conflitos interpessoais terríveis. Tem famílias que estão sendo destruidas por causa disso.