Fórum do Búfalo
Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+--- Tópico: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 (/showthread.php?tid=9489)

Páginas: 1 2 3


Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Terrível - 20-02-2018

Bom dia, boa tarde, boa noite confrades. 

Bom, não sei como começar a escrever esse relato, sempre quis escreve-lo mas achava que não tinha importância e que o tempo me conduziria. Mas de uns tempos pra cá tenho pensado muito a respeito desse assunto e estou começando a ficar incomodado com esse pensamentos. 

Então vamos lá. 

Como já devem ter lido no tópico, tenho 20 anos, minha namorada 32 e completaremos (talvez) 3 anos juntos em junho.

No começo do relacionamento não conhecia a real. 

Mas enfim, começamos a ficar por uma certa circunstancia que contei na área de novatos, ia pra casa dela as sextas foi acontecendo e quando vi já estava teoricamente namorando. Ela é minha primeira namorada e aí entra o problema. Ela está com papos há algum tempo de morarmos juntos quando eu passar no concurso, que pra mim é a mesma coisa que casar certo? Ela sabe que eu não pretendo casar, fica até sem graça (rindo) quando fala sobre esse assunto. 


O problema é que embora eu goste muito dela (ultimamente estamos brigando bastante) e ela goste muito de mim. Algumas circunstancias estao batendo a porta, sendo as principais: A curiosidade de transar com outras mulheres, visto que ela tirou minha virgindade, e o fator da idade, já que a cada ano que passa a idade vai aumentando, até hoje não acredito que ela já está com 32, quando nos conhecemos ela tinha 29. 


Eu sei que um dia teremos que terminar visto que sou novo e quero transar com outras mulheres. Tenho apenas 20 anos!!!
Agora conhecendo a real, me pego pensando: Ai é muito fácil, curtir a vida inteira e depois se casar com um ''novinho''. Até me sinto mal por pensar assim, mas fazer o que...  

Eu já não quero casar, imagina com 20 anos, ta malourooo!  wando



O concurso será antes do término do primeiro semestre de 2018 e de vez em quando ela fala que quando eu passar no concurso vou largá-la. E é aí que eu me sinto mais mal, pois eu estou pensando isso já tem tempo e caso aconteça de eu terminar depois de passar no concurso, ficarei com uma certa fama de ''aproveitador''. Sendo que na verdade nunca fui isso, é apenas o tempo passando e chegando o prazo de validade. 


Outro fator é o sexo, já que todo final de semana durante quase 3 anos eu transo com a mesma pessoa. Hoje em dia me pego pensando eu comendo tal mulher, as novinhas do curso... só por Deus!  Sendo que antes isso não acontecia. Talvez deva ser pelo fato de eu ter parado de me masturbar, estou há 50 dias sem ver pornografia e me masturbar. 


Minha mãe me aconselhou a larga-la já que eu não pretendo casar, segundo a visão dela eu estou apenas prendendo-a e isso é ruim, visto que ela já tem uma certa idade.  

Agora eu nao sei o que fazer... Embora gostemos muito um do ou outro, as pessoas dizem que nosso relacionamento é ''perfeito'', nós nos conectamos muito em diversas ocasiões e essas coisas todas. Mas é muito complicado você ficar em um relacionamento, mesmo gostando dele (já gostei mais, dei uma diminuída por conta das brigas e pelos fatores mencionados a cima) saber que não muito distante ele irá ter que acabar. Essa sensação é foda... 


Estava com isso preso dentro de mim há muito tempo, como disse, embora o relacionamento seja bom (já foi muito melhor) ter uma ideia de que ele terá que acabar complicam as coisas.   

Já venho cogitando isso há uns anos atrás mas com o tempo deu uma diminuída e agora está voltando.



Me ajudem com algum conselho, relato ou alguma história vivida/parecida que serei muito grato. 

Obrigado por lerem. 

Confused Undecided


RE: 20 anos com uma mulher de 32 - Bruno Padilha - 20-02-2018

Eu sigo alguns parâmetros que algumas pessoas consideram muito "radicais", mas sou feliz assim e creio que ninguém tenha o que reclamar de mim também. Posso partir de algumas premissas equivocadas por não conhecer especificamente as pessoas relatadas e cada circunstância, mas tendo como base outras experiências, vou fazer algumas afirmações e você é que sabe se há um encaixe ou não:

1- Ela desperdiçou a juventude dela sendo burra e mau caráter, só ficando com canalhas ou descolixos e desprezando homens bons. Ao chegar na faixa dos 30 e perceber que viraria uma suburbana burra a mais e sem mais o poder sequer da boceta que era a única coisa que tinha a oferecer, resolveu ficar com um homem de bem como o confrade. Você não conhecia a Real (?), por isso aceitou, talvez achando que ela fosse uma princesa encantada. Porém, se você já conhecesse a Real, saberia que essas solteironas de 30 anos são merdas tipo tati bernardi ou porca aronovich.

2- Ela quer morar junto com você só depois de você passar em concurso. PQP, que vagabunda interesseira do caralho. Eu mesmo sou duplamente concursado e creio que você também possa exercer um bom trabalho como concursado, mas infelizmente há uma mentalidade geral - inclusive nesse público que parece pertencer a sua namorada - de que dã muh concurso é sinônimo de mérito. Por que ela mesma não quis viver com você antes, se ela gostava tanto de você? Já tive namoradas (adolescentes) que viveriam comigo com UMA SEMANA de relacionamento comigo (sem nem ser um namoro esse relacionamento), porque realmente gostavam. Eu não me surpreenderia se você dissesse que essa daí é do tipo que, tendo mais de 30 anos, ainda é sustentada pelos pais e mora na casa dos pais, pior ainda se for com mãe ou m$ol, onde fica fazendo fofoquinhas e se emburrecendo mutuamente.

3- Aqui o pior de tudo, ao meu ver: "ultimamente estamos brigando bastante". PQP!!! Se ela tem um passado de merda, eu até não me importo tanto. Se ela é uma prostituta social e vai se casar com você só se você pagar algo como concursado, até faz parte, é oferta e demanda, se você quiser. Mas ficar brigando constantemente, pra quê? NADA justifica esse tipo de comportamento que demonstra mau caratismo, manipulações e tudo de pior, use o adjetivo que quiser, pra definir esses comportamentinhos previsíveis e clichês e seres que nem merecem ser chamados de mulehres ou de humanos, pois seguem os piores instintos de animais irracionais. Comportamentos esses descritos por NA há mais de 10 anos, que não há nenhuma justificativa racional para uma pessoa bem intencionada cometa.

Conclusão:
Você é muito bom para ela.

Dica:
Faça como eu ou adapte essa regra que eu deixo claro:
Se brigar comigo sem um motivo racional ou de forma desproporcional, fica claro que não um encaixe de ofertas e demandas.
Assim como um mercado que tem fila muito longa ou que tem preços muito altos ou que não tem o produto que você quer, você não vai lá. O mundo é muito grande, tem oferta e demanda pra tudo.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Maldonado - 20-02-2018

Pela forma como colocou aqui essa relação não vai para frente.Você no fundo sabe a resposta.
É natural que sendo sua primeira você tenha curiosidade em querer outras,mulheres que tiveram sexo somente com um sentem o mesmo.Mas se você tivesse com uma pessoa que valesse a pena,você continuaria a relação honestamente sem traição.
Ela esta em uma fase que quer relação mais seria morar junto e quem sabe ter filhos e você não quer isso.Fases diferentes =incompatibilidade.
Você saberá o que fazer.


RE: 20 anos com uma mulher de 32 - Terrível - 20-02-2018

(20-02-2018, 07:53 PM)Bruno Padilha Escreveu: Eu sigo alguns parâmetros que algumas pessoas consideram muito "radicais", mas sou feliz assim e creio que ninguém tenha o que reclamar de mim também. Posso partir de algumas premissas equivocadas por não conhecer especificamente as pessoas relatadas e cada circunstância, mas tendo como base outras experiências, vou fazer algumas afirmações e você é que sabe se há um encaixe ou não:

1- Ela desperdiçou a juventude dela sendo burra e mau caráter, só ficando com canalhas ou descolixos e desprezando homens bons. Ao chegar na faixa dos 30 e perceber que viraria uma suburbana burra a mais e sem mais o poder sequer da boceta que era a única coisa que tinha a oferecer, resolveu ficar com um homem de bem como o confrade. Você não conhecia a Real (?), por isso aceitou, talvez achando que ela fosse uma princesa encantada. Porém, se você já conhecesse a Real, saberia que essas solteironas de 30 anos são merdas tipo tati bernardi ou porca aronovich.

2- Ela quer morar junto com você só depois de você passar em concurso. PQP, que vagabunda interesseira do caralho. Eu mesmo sou duplamente concursado e creio que você também possa exercer um bom trabalho como concursado, mas infelizmente há uma mentalidade geral - inclusive nesse público que parece pertencer a sua namorada - de que dã muh concurso é sinônimo de mérito. Por que ela mesma não quis viver com você antes, se ela gostava tanto de você? Já tive namoradas (adolescentes) que viveriam comigo com UMA SEMANA de relacionamento comigo (sem nem ser um namoro esse relacionamento), porque realmente gostavam. Eu não me surpreenderia se você dissesse que essa daí é do tipo que, tendo mais de 30 anos, ainda é sustentada pelos pais e mora na casa dos pais, pior ainda se for com mãe ou m$ol, onde fica fazendo fofoquinhas e se emburrecendo mutuamente.

3- Aqui o pior de tudo, ao meu ver: "ultimamente estamos brigando bastante". PQP!!! Se ela tem um passado de merda, eu até não me importo tanto. Se ela é uma prostituta social e vai se casar com você só se você pagar algo como concursado, até faz parte, é oferta e demanda, se você quiser. Mas ficar brigando constantemente, pra quê? NADA justifica esse tipo de comportamento que demonstra mau caratismo, manipulações e tudo de pior, use o adjetivo que quiser, pra definir esses comportamentinhos previsíveis e clichês e seres que nem merecem ser chamados de mulehres ou de humanos, pois seguem os piores instintos de animais irracionais. Comportamentos esses descritos por NA há mais de 10 anos, que não há nenhuma justificativa racional para uma pessoa bem intencionada cometa.

Conclusão:
Você é muito bom para ela.

Dica:
Faça como eu ou adapte essa regra que eu deixo claro:
Se brigar comigo sem um motivo racional ou de forma desproporcional, fica claro que não um encaixe de ofertas e demandas.
Assim como um mercado que tem fila muito longa ou que tem preços muito altos ou que não tem o produto que você quer, você não vai lá. O mundo é muito grande, tem oferta e demanda pra tudo.

Ok, vamos analisar os pontos.
 

1- Não conhecia a real. Na época tinha acabado de completar 18 anos cabaço total, foi ela que me ''apresentou'' o mundo. Pra falar a verdade nem eu, nem ela esperávamos que fossemos namorar, então eu não tinha expectativa nenhuma, as coisas apenas foram indo e aconteceram. Ela diz que sempre gostou de namorar, sempre estava namorando. 


2- Peco perdão nesse ponto, pois me expressei errado. Falei que ela queria que eu fosse morar com ela depois que eu passasse no concurso. Por que ela já vem me falando há um tempo, pra eu arranjar um trabalho, nem que seja pra ganhar um salário mínimo e ir morar com ela. Mas eu optei em não trabalhar por enquanto e focar nos meus estudos, já que 8h de trabalho ganhando um salário mínimo são bem mais proveitosas estudando para ganhar um salário x vezes maior. Então não a considero interesseira, a última coisa que ela seria é ser interesseira, já que ela namora um estudante desempregado kkk. Ela só quer que eu vá morar com ela, pois acha que seria legal, já que nos damos bem. Mas como disse anteriormente, optei pelo outro caminho. Ela não quer ter filhos, muitos menos eu. Mas mesmo se eu nao conhecesse a real (na época) não ficaria com ela. Ela mora sozinha, trabalha, tem carro e faz faculdade de Direito a noite ****Alerta pra essa faculdade de direito kkkkkkk. 


3-Outro ponto que está desgastando o relacionamento, é o fato de eu ter mudado. Como assim ter mudado? Conhecido a Real. No meu relato na área de novatos expliquei essa longa história, mas antigamente eu era um merda submisso, era assim por que a pornografia meu induziu a isso. Muito fácil um relacionamento dar certo quando uma parte cede tudo não é mesmo? Só que agora eu estou virando um HOMEM. Lendo materiais de desenvolvimento pessoal, botando em prática e cortei a pornografia. Isso aumentou minha masculinidade de um jeito assustador, o meu lado HOMEM sempre esteve dentro de mim clamando pra vir a tona, porém a pornografia o reprimia. Mas voltando ao assunto, agora eu não sou mais o submisso no relacionamento, eu me imponho. É aí que está gerando o conflito ultimamente, pois ela quer que eu seja uma coisa que eu não sou. O que eu fui está morto. Agora sou um HOMEM! Likeaboss  Agora o relacionamento está sendo posto a prova, como disse anteriormente, muito fácil um relacionamento dar certo quando uma parte cede tudo.


   O problema é que antigamente ela era a dominante, agora estou me tornando dominante, estou gostando demais dessa sensacao. 
Está havendo um choque entre D x D. Acho que o feminazismo a frustrou, pois na nossa ultima transa eu segurei o cabelo dela com forca e comecei a dar uns tapas na bunda. Ela falou pra parar por que não gostava, mas eu tenho certeza que ela gosta. Tanto que em uma noite (nunca me esquecerei disso) ambos estávamos muito bêbados, ela repetiu mil vezes que era minha puta/cadela e implorou pra eu parar (com aquele tom de voz pra continuar) *Detalhe: Na época eu ainda era submisso, naquele momento minha natureza de homem e a dela de mulher entraram em ação.    

Então nossas últimas discussões estão sendo geradas por esses conflitos.   


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Terrível - 20-02-2018

(20-02-2018, 08:13 PM)Maldonado Escreveu: Pela forma como colocou aqui essa relação não vai para frente.Você no fundo sabe a resposta.
É natural que sendo sua primeira você tenha curiosidade em querer outras,mulheres que tiveram sexo somente com um  sentem o mesmo.Mas se você tivesse com uma pessoa que valesse a pena,você continuaria a relação  honestamente sem traição.
Ela esta em uma fase que quer relação mais seria  morar junto e quem sabe ter filhos e você não quer isso.Fases diferentes =incompatibilidade.
Você saberá o que fazer.

Quando começamos a nossa relação pensávamos que o fator idade não era importante. Mas descobrimos outra coisa que faz o fator idade vir a ser importante. Como você disse, é o fator fases. Eu pelo menos amo festas, quando estiver ganhando meu dinheiro, irei em muitas e com o passar do tempo continuarei a ir. E ela? Já está ''enjoada'' de festas. Então esse é o fator limitante.


Ela mesmo me disse que sao fases diferentes, ambos sabemos disso.Mas eu acho que no fundo, do fundo, ela acreditar que possa dar certo. 


O que está me matando é eu saber disso. Não é um relacionamento que você pensa que vai durar para ''sempre'' é um relacionamento a qual eu sei que tem prazo de validade. Isso pega na alma, consegue entender o que sinto? 


Como disse ultimamente estamos discutindo e tals. Mas no geral o relacionamento é bom. Se fosse um relacionamento merda, tipo: foda-se. Seria tranquilo. 


Do jeito que você falou, tudo fica claro em minha mente e sei o que devo fazer, mas pergunta é: quando?   Huh

Deixo o relacionamento ir até onde der ou termino e a deixo livre para outras pessoas que tenham a mesma fase e planos? 

Supondo que nós fiquemos mais 3,4 anos sei lá (Só supondo) Também quero curtir minha juventude, não quero ficar solteiro com quase 30 anos.

É complicado por que nos damos muito bem no geral. Mas o tempo voa (infelizmente)  Sick


OBS: Esqueci de mencionar, eu não a traio. O dia que eu ficar com outras mulheres estarei solteiro.  


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Terrível - 20-02-2018

Cheguei ao ponto de relatar isso. Pois esses pensamentos surgem do nada e acabam tirando meu foco que no momento são os estudos. Além do fato de me deixarem mal por alguns momentos..

Alguém tem alguma sugestão ou ideia que me ajude a raciocinar da maneira correta e parar de me sentir mal ?


O que eu acabei de pensar aqui é que eu estou fazendo-a feliz e que dure até onde eu ver que é ali que eu quero estar. 

Estou agindo da maneira correta?    .=


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Bruno Padilha - 20-02-2018

Você se pauta pelos bons sentimentos que você tem.

Sim, você a faz feliz, mas não é pelos bons critérios que seriam racionais e benéficos se todos utilizassem e pelo que te faz feliz. Uma boa companhia, compreensão, apoio, ajuda mútua, entre outros critérios.

A mulher, especialmente uma trintona que foi injusta com homens bons quando era mais jovem, fica feliz por se sentir poderosa, inflando o ego, como quiserem definir. Ela se sente feliz por sentir que está domando um homem mais jovem que tem potencial pra um bom poder financeiro e status, mesmo ela estando em patamares inferiores. Ela fica feliz por poder ficar arrumando desculpas pra briguinhas com você e mesmo assim vai ficar tudo bem.

Sobre QUANDO terminar, o que eu recomendo é combinar uma regra justa:
Na próxima discussão que for desproporcional, fim da relação.
Ou outro critério próximo, por exemplo se tiver mais de uma discussão num espaço de menos de 7 dias ou o que for mais dentro de sua realidade.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Piratão - 20-02-2018

Pense em alguém que viveu 50% mais tempo que você. Nesse tempo, teve experiências que vc ainda não conhece, foi a lugares que você não ouviu falar e se deitou com homens que você nunca vai saber. A experiência de vida acumulada é absurda.

Você pensa que está no controle, que poderá largar a hora que quiser, quando lhe for mais cômodo. Já estive na sua situação, ainda que de uma forma um pouco diferente.

Na realidade, você já está há anos achando que pode sair quando quiser, mas nunca saiu. A mulher mais experiente enreda, tem um charme diferente, geme diferente, faz sacanagem de um jeito novo pra vc. Você é o investimento dela. O verdadeiro concurso dela é esperar você passar em alguma prova.

Desculpa, mas eu não acredito em amor com 20 anos de idade. Vc está é acomodado com a fonte de sexo constante e está fingindo ignorar os alarmes sutis que tocam na sua cabeça.

Já que vc escreveu aqui é pq quer conselho. Meu conselho é o que eu fiz na minha época: Mete o pé, mas faça de forma rápida, senão pode ganhar um boneco numa recaída.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Rooster - 21-02-2018

"Daqui uns anos, você ainda vai estar com toda a energia, e ela só vai querer ficar em casa e assar bolo". Essa frase eu ouvi antes de cair na cagada de me casar com uma mulher só 5 anos mais velha que eu., e foi exatamente o que aconteceu!

O dinamismo do cara jovem é o exato oposto da letargia da mulher mais velha. Largue a âncora e vá conhecer a vida.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Gilgamesh - 21-02-2018

Você não quer casar, ou no mínimo, morar junto, o que seria a mesma coisa.

Quer um conselho ? Segue o que a tua mãe te deu.  Sem mais.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Diamante - 21-02-2018

- Esse é o lado ruim de namorar mulheres acima dos 30. Naturalmente as mesmas vão atropelando etapas naturais de um namoro. Namoram pouco tempo e depois vem com a argumentação de casamento e afins, já que o relógio biológico delas está clamando.

- Neste caso em específico, é mais saudável e prudente achar uma pessoa com uma idade e objetivos aproximados. Caso contrário, dá nesses exemplos de incompatibilidade. Casar com 20 anos sem uma vida montada (financeiro e emocional) é pedi para tomar na cara. E sabemos muito bem que a mulherada no contexto geral, não ajuda no crescimento masculino, muitas só querem as benfeitorias sem o ônus. E já nota-se que ela está com a alça de mira em seu concurso e os benefícios que virão junto.

- No mais, é isso aí.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Corpsegrinder - 21-02-2018

O que vai mudar se vocês casarem são os direitos dela sobre tudo o que você construir em sua vida e a dificuldade de ela te deixar em paz quando quiser se separar. Se estivesse bom ela não iria querer mudar a rotina, certamente quer um provedor.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Maldonado - 21-02-2018

Acho que está encaminhando para o fim.
Já são 3 anos juntos ,já dá para saber se leva para algo mais sério ou não uma relação.
Cabe a você continuar sabendo que daqui a pouco ela vai cobrar uma posição definitiva ou antecipe o fim.
Grande diferença de idade é assim mesmo.Se não quer filho cedo libera ela e que ela arrume alguém que queira.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - andre669 - 21-02-2018

Eu passo por algo semelhante a você, minha namorada é somente 2 anos mais velha que eu. Porém a ideia dela ter tido mais experiências do que eu fica martelando na minha cabeça já que conheci poucas mulheres em todo esse tempo, também fico imaginando pegando outras mulheres, ainda mais agora depois de 2 anos de relacionamento e brigas constantes. Eu gosto dela, ela gosta de mim mas já percebi que na verdade o meu maior medo de largar dessa mulher como os confrades citaram acima é perder a fonte de sexo 'garantida'. Inconscientemente todo homem meio que tem esse 'medo'.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Senna - 21-02-2018

A regra geral é que o homem deve ser mais velho que a mulher, inclusive acredito que uma mulher respeita bem mais um homem 5-10 anos mais velho que ela do que um mais jovem. Primeiro foi feito Adão, depois Eva. O tempo não pesa pro homem ter filhos, mas pesa pra mulher.

Quando a mulher gosta de homens mais novos, há uma inversão da ordem natural das coisas, da polaridade masculino/feminino, ainda mais que você ainda está há uns 5 anos de chegar no auge de desenvolvimento físico, então não deveria despertar atração de mulheres desta idade.

Os problemas de agora só tendem a se agravar, o desejo sexual dela não será compatível com o seu, vai só piorar com o tempo. Acho estranho firmar namoro se não quer casar, não consigo ver vantagem nisso, mas se você já deixou claro sua intenção e ela aceitou, é pode tem baixa auto estima.

As relações duram o que tem que durar, todas acabam um dia.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - andre669 - 21-02-2018

(21-02-2018, 12:09 AM)Rooster Escreveu: "Daqui uns anos, você ainda vai estar com toda a energia, e ela só vai querer ficar em casa e assar bolo". Essa frase eu ouvi antes de cair na cagada de me casar com uma mulher só 5 anos mais velha que eu., e foi exatamente o que aconteceu!

O dinamismo do cara jovem é o exato oposto da letargia da mulher mais velha. Largue a âncora e vá conhecer a vida.

Você ainda é casado Rooster ? Esse seu relacionamento te frustrou ?


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Maldonado - 21-02-2018

Também concordo com Raito,é mais natural dar certo uma relação com uma diferença de idade quando homem mais velho,não que precise ser 5 a 10 anos ou mais ,nada exagerado ,você olha os casais onde o homem normalmente é 3 ou mais anos mais velho que elas.O que não significa que mulheres um poucos mais velhas não respeitem seus namorados/maridos.Só acho que uma diferença maior quando a mulher é mais velha complica mais .


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - decocrash - 21-02-2018

Na boa? não existe problema nenhum entre vocês, o unico problema é que para você o fato dela ter 32 é um problema, não acho que seja legal dizer que por conhecer a real a moça deva ser descartada e alvo de todos os pré conceitos só por ela ter essa idade não levando em consideração todos os beneficios como companheira que ela te trouxe em 3 anos (soa até infantil)

Não acho também que ela te fez homem, ela transou com você e foi sua primeira namorada, isso não faz ninguem ser mais ou menos homem, hombridade esta além do sexo, esta na atitude, tenho um primo que é concursado, tem grana, bom carro, transa com mil mulheres tem 27 anos e para mim em termos de desenvolvimento como homem ele não passa de um moleque de 12 anos e acho que é o mais maduro entre os amigos dele, tem um desses amigos que se moldou completamente em função de mulher, de anabolizantes até a escolha profissional, sim acredite o cara seguiu pelo béu prazer de ganhar likes no facebook, chamar esses caras de "homens" chega ser até ofensa ao masculinismo.

Sobre a moça, pelo relato é uma pessoa legal que gosta de você, que te honra e quer seu bem, além de querer algo contigo sério, se isso não for algo positivo, você quiser largar tudo para tentar a sorte vai em frente, mas depois não reclame de ter saído de algo sólido e entrado no mar de lama que é o "mercado" hoje em dia ainda mais que antes, encontrar uma mulher que preste já nem é como achar agulha num palheiro, é quase como encontrar um alfinete no palheiro, fora que terminar com alguem bacana, não é e nunca será garantia que você irá conhecer outra pessoa legal, eu mesmo encontrei poucas mas muito poucas moças que valiam para namorar pra valer, a ultima garota que eu tive chances e me arrependo de ter jogado fora já tem quase 7 anos, pense bem antes de tomar alguma atitude, imagine se acontecer o mesmo com você? 

Por fim, retire todos os poréns e seja realista não para real ou pela real, mas por você, o que pesa unica e exclusivamente (é o que transparece) é a idade, jogar tudo fora por ela ter 32, sim ou não? a decisão é sua e nada sera garantido depois dela

Vá fundo e boa sorte


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - Pequenogigantemamute - 21-02-2018

Ela é o tipo de mulher que se deve evitar @Decocrash.
Pode estar só esperando a hora certeza pra tornar a vida dele um inferno.

Não há certeza dela não prestar, mas é forte a probabilidade de não prestar.
Todo investimento é uma aposta e você tende a apostar naquele com melhores probabilidades de dar certo. Se apostar no de menor probabilidade é em busca de maiores ganhos.

No caso ele estaria entrando em um investimento de risco e com pouco ganho.


RE: Jovem de 20 anos com uma mulher de 32 - decocrash - 21-02-2018

(21-02-2018, 09:32 AM)Pequenogigantemamute Escreveu: Ela é o tipo de mulher que se deve evitar @Decocrash.
Pode estar só esperando a hora certeza pra tornar a vida dele um inferno.

Não há certeza dela não prestar, mas é forte a probabilidade de não prestar.
Todo investimento é uma aposta e você tende a apostar naquele com melhores probabilidades de dar certo. Se apostar no de menor probabilidade é em busca de maiores ganhos.

No caso ele estaria entrando em um investimento de risco e com pouco ganho.

Pois é amigo mamute, mas aí que me questiono, a gente tentar ficar "Punhetando" o passado da dona, é meio complicado, em 3 anos as coisas funcionaram bem, o rapaz disse que ela não é interesseira, o apoia em crescer na vida como profissional, não assume a probabilidade de morar com ele por ele não ter como ter a sua parte na relação, olha eu achei a moça até onde li bem sensata sim, o problema a meu ver (pois eu viria também como um problema) é a idade que ela tem, coloque essa mesma mulher com as mesmas atitudes dela com no máximo 23 anos, eu aposto minhas bolas como a reação seria diferente, ainda vou além sejamos realistas, até onde o culpado não pode ser o confrade e não ela? quem garante que ela não coloque toda energia para dar certo e o cara não fizer por onde, sabemos que muitas mulheres erradas fodem nossas vidas, mas quantos aqui também não foderam a vida de muitas mulheres certas? é a via de mão dupla, a esmagadora maioria não presta, mas e as raríssimas que prestam? merecem ser jogadas no limbo? sei lá cara, eu não a trataria como alguem que esta pronta a dar um bote no cara até pela razão de que pelo que ele relatou ela não precisaria dele não, eu gosto de tratar os temas como coisas pontuais, o problema todo é a idade e o compromisso, o cara não quer compromisso pois quer viver novas experiências e o fator predominante é a idade da dona, realmente é uma diferença absurda para mulher (se fosse homem com 32 namorando uma moça de 20 a gente nem importaria pois nem é algo anormal) 

Minha opinião pessoal, ter ombridade de sair do relacionamento, já que esses fatores pesam para o cidadão, porem o faça o quanto antes e de uma forma que não deixe uma pessoa legal "toxica" digo o quanto antes pois mulheres legais já são algo raro e o tempo que se prende uma a você é o tempo que se retira dela conhecer e seguir seus planos com outra pessoa, não vejo culpa alguma na moça sinceramente, só vejo que é um relacionamento que um dos lados não quer, então, é hora de tomar atitude e terminar o relacionamento com ela, não precisando nem assumir mandando na lata da mulher tudo, mas mostrando que é algo que o cara não quer mais.

Dê a César o que é de César (não vamos enfiar a porrada numa pessoa que não fez por onde, para mim porrada recebe quem merece)

Acabou, é saber finalizar a história (já que todas tem o seu fim) e partir para novas experiências, tudo isso é aprendizado