Fórum do Búfalo
Eleições 2018. - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Seja bem vindo! (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=6)
+--- Fórum: Boteco do Búfalo (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=16)
+--- Tópico: Eleições 2018. (/showthread.php?tid=9634)

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29


RE: Eleições 2018. - Gandalf - 16-10-2018

Ele já rebateu.. Os caras estão tão desesperados que já não sabem mais o que fazer, ai vem o irmão do Ciro Gomes e joga a pá de cal.. hahahaha


RE: Eleições 2018. - Fernando_R1 - 16-10-2018

Ai meu pâncreas, só a mídia ridícula daqui para levar esse doidão do David Duke a sério.

Só algumas curiosidades sobre a peça:

- Quando ele era Knight of Ku Klux Klan ele concorreu a Senador do estado da Louisiania ... pelo Partido Democrata;
- Em 2006 ele foi convidado por Mahmoud Ahmadinejad, questionando o holocausto dos judeus.


RE: Eleições 2018. - Monarca - 16-10-2018

Uma das maiores vitórias que o Bolsonaro vai deixar é o desprezo às mídias de notícia.

Estão apelando tanto (como naquele caso do processo conjugal) que estão perdendo a credibilidade, com quase nenhuma chance de reconquistá-la no futuro.


RE: Eleições 2018. - A6M Zero - 16-10-2018

Os vídeos do canal do Bolsonaro podem servir como boa parte pra desmentir a galerinha lacradora do Foicebook, além de ser uma boa forma de divulgar a imagem dele.

Vez ou outra posto link de algum vídeo novo no meu perfil e mando pra alguns conhecidos. 


Fica a sugestão.


RE: Eleições 2018. - Bruno Padilha - 16-10-2018

Ted Cruz tem razão.

Só pra terem uma ideia do descrédito da mídia podre, veja que o famoso último debate da globolio teve 7 participantes.
Desses, só 3 ficaram entre os 3 primeiros.
Ou, se preferirem: dos 6 primeiros colocados nas eleições, metade deles (3) nem esteve no debate da globolixo!

1- Bolsomito
2- Andrade Globo
3- Ciro Globo
4- Alckmin Globo
5- João Amoedo
6- Cabo Daciolo


RE: Eleições 2018. - Senna - 16-10-2018

O canal do Bolsonaro no YouTube já tem quase 2 milhões de inscritos, e esse número cresceu agora, pois há pouco tempo quando eu já era inscrito tinha uns 600 mil. Agora os outros candidatos, quando muito tem 30 mil inscritos.


RE: Eleições 2018. - Papa Mike - 16-10-2018

A esquerda, representada pelo PT, que concentrou a representatividade para si até mesmo sabotando outros partidos e candidatos (Marina, Ciro, Cristovam, Heloisa), tá diminuindo e tendo essa derrota eleitoral e cultural acachapante justamente por não aceitar a verdade nua e crua dos fatos.

Conheço pouquíssimos esquerdistas que reconhecem isso mas a grande maioria simplesmente não quer admitir que o Bolsonaro é o produto final, o símbolo máximo da falta de diálogo, humildade e senso de noção política e social, acumulados por ANOS, que estouraram nesta eleição.

Vejo diversas pessoas postando no início da campanha eleitoral que a hora é de diálogo e união para evitar o extremista Bolsonaro.

Só que quando o PT tava por cima da carne seca, ninguém queria saber de diálogo algum! Eram só rótulos, demonização e xingamentos aos oponentes e eleitores deles. Era só sabotagem aos outros partidos de esquerda que tentaram se colocar como alternativa dentro da esquerda. Ao falhar, ganhavam migalhas sob a condição de subserviência ao todo-poderoso PT do deus Lula.

Agora, tenho que ler que "a verdade é que o brasileiro é escroto mas só agora encontrou voz". Quando esse brasileiro escroto tava votando no Lula e na Dilma, aí era tudo lindo, né? Eleitor consciente que reconhece toda a glória que o PT lhe concedeu. Eleitor politizado.

Agora virou todo mundo "fascista, racista e machista" enrustido.

E quem apanha nunca esquece!

Pelo menos desde 2010, essa estratégia do nós x eles se intensificou e foi se desgastando. Queimaram ofensas e rótulos nos inofensivos do PSDB e, principalmente, foram alimentando no eleitorado que votava contra o PT (Serra e Aécio) cada vez mais o sentimento de aversão. Porém, como tinham a maioria, tava tudo bem e quem fosse contra era elitista, entreguista, machista e fascista que devia ficar calado e aceita que dói menos.

Aí a violência urbana escalou, a crise bateu e a Dilma "pedalou". E veio a Lava Jato e o impeachment.

Uma oportunidade para um mea culpa, um ato de humildade de reconhecer que errou e errou feio, que a corrupção tomou conta, e que de agora em diante iriam expurgar os corrputos e "refundar" o partido. Mas não!

Tudo aquilo estava acontecendo porque você que está lendo não aguentou ver o pobre andando de avião nem o filho da empregada fazer faculdade, seu elitista de merda, e foi lá com o pato da FIESP tirar a primeira mulher presidente da república (porque, obviamente, você é machista) e ousa torcer para que o maior líder deste país seja preso, sem provas, num ato de fascismo (e você, por querer Lula preso, se torna um fascista, claro).

Mas a vida ainda dá muitas chances e chega a época eleitoral. O PT tinha a chance de dar um passo atrás, até num ato de inteligência, e deixar um outro candidato de esquerda na linha de frente (Marina ou Ciro) com menor rejeição e um discurso mais conciliador para o momento de crise. Só que não. A arrogância e incapacidade de pensar em não ser o protagonista impediram isso.

E fizeram pior ao empurrar Lula como candidato que estava sendo perseguido pois ganharia a eleição e você, um fascista, racista, homofóbico e elitista, não suportaria ver de novo Lula dando direitos às minorias, contra os ricos e a favor dos pobres. Para isso, isolaram o Ciro e minaram qualquer tipo de apoio que ele pudesse ter para não ousar tirar parte que seja do protagonismo do PT.

O povo brasileiro é bem pacífico, tem doses de paciência cavalares e tolera bastante coisa porque, para viver no Brasil, "ir levando" é uma skill que cada um de nós tem que ter inata. Mas o PT conseguiu com isso tudo ao longo dos anos emputecer o Seu Tião da borracharia, a Dona Maria da padaria, a Sílvia que pega ônibus lotado para trabalhar no comércio, o José caminhoneiro, gente que sempre "se virou" independente da crise do país.

E aí nasce o Bolsonaro. Sim, Jair Messias Bolsonaro, deputado federal com pautas militares e de moral conservadora já integrava o Congresso há anos mas era ali um homem comum. Um deputado como outros que já passaram pelo Congresso, um virtual invisível para 90% da população.

Mas, por força do acaso até (como muitas coisas na história), começou a ganhar destaque (grande parte em razão da patrulha de opinião da esquerda, que deu mídia e palanque) no lugar certo e na hora certa para receber todo o sentimento de revolta acumulado de todas as pessoas que o PT saturou os nervos ao longo de pelo menos 8 anos.

E, receber esse estado de espírito do brasileiro lhe tornou imune às "caneladas" que ele e a equipe dão, à falta de detalhamento de pontos do plano de governo, a frases bem polêmicas do passado, defeitos numa campanha governamental que geralmente custam uma eleição.

Mas o povo tá pouco se fodendo pra isso. E quem do PT (como o PT concentrou o discurso da esquerda com anuência dos esquerdistas, afinal quando tava tudo bem ninguém dizia que "o PT não representa a esquerda toda", entra todo mundo aí) vier pedir voto, união para evitar o "pior", pregar diálogo a esta altura, depois de no mínimo 8 anos que podia ter diálogo, o povo já tem a frase na ponta da língua:

Agora, com a derrota iminente (e de forma até categórica) até a esquerda adjacente abandonou o barco e enfim está demonstrando o sentimento de rejeição que sentia medo de demonstrar nos idos em que Lula sonhava com o nobel da paz.

E o "emputecimento" do povo transbordou e não só atingiu o PT mas todos os partidos tradicionais em especial o PSDB, que foi condenado pelo tribunal popular pelo crime de omissão e subserviência ao PT nas "lutas de luva de pelica" pra inglês ver. O PT ainda se segura por um fio graças ao nordeste mas o PSDB foi literalmente pulverizado em 2018, sendo rebaixado ao patamar de partido médio e não vou me surpreender se, caso não haja também uma reinvenção, em 2022 fique pesadamente ameaçado pela cláusula de barreira.

Bolsonaro eleito possuirá uma responsabilidade maior do que um homem comum possui, pelas circunstâncias que o levarão à Presidência. Ele também que trate de jamais esquecer o que o levará à rampa do Planalto.

Quanto à esquerda, o tempo dirá se eles saberão se reinventar. Por mais críticas que eu tenho, é importante que a esquerda não seja minúscula como a direita foi até agora, até para o bem da direita não se acomodar (como o PT se acomodou ao poder, sem oposição que prestasse). E que os esquerdistas (e aqui coloco muitos colegas e amigos) tenham o pingo de humildade e revejam esse senso de virtude absoluta do discurso, procurando aprender o que o povo comum pensa e quer sem impôr rótulos e julgamentos.


RE: Eleições 2018. - Dartagnan - 16-10-2018

Perfeito o post do Papa Mike aí.  Assino embaixo.


RE: Eleições 2018. - xandysmaster - 16-10-2018

Seu texto foi escrito num estado de calma impressionante. Mas uma coisa é certa, o que rolou até hoje, foi quase uma farra de reis as custas do pobre povo, so que dessa vez, em versão 3D. Se nao tiver controle e nem equilobrio das pessoas que estao la em cima, o poder será como um virus, um desejo paranóico que ter mais poder, aliado ao mal caratismo desses caras la de cima, vira essa zona toda. Se o Bolso for correto e souber equilibrar tudo isso, seguramente ele terá chance de se sair bem dessa bomba toda chamada brezil. Pensem em deixar um manequim cuidando de uma creche, imaginem a zona que viraria o lugar. O brazil foi largado aos trapos por eles, a coisa foi indo num modo automatico tao destrutivo, que deu no que deu.
Se ele for firme e tiver pulso firme e, pessoas com idéias e índoles boas do lado dele, nossa casa não será essa zona, -como diria nosso Eneias.


RE: Eleições 2018. - Bruno Padilha - 17-10-2018

O ideal para o amadurecimento político do Brasil será quando tivermos como protagonistas de embate presidencial figuras omo Jair Bolsonaro, João Amoedo e João Doria, representando espectros da direita, centro e esquerda, respectivamente.
Se dependesse de uma boa zona eleitoral de Joinville, com cerca de CEM MIL eleitores, Bolsonaro fiaria em primeiro com 72% dos votos e Amoedo em segundo com 8%, como ocorreu no primeiro turno.
Com o tempo, a população ignorante de subúrbios de gandes cidades e cidades pequenas dos interiores dos interiores, que hoje votam 13 por ignorância, também superarão, assim como outras regiões que votaram 13 em 2012 vieram a superar hoje. Mas esse aceleramente tende a ser mais rápido, por causa da internet e da velocidade na transformação da contrarrevolução cultural.


RE: Eleições 2018. - Warsaw - 17-10-2018

PT já está morto, falta apenas sepultar.

O desespero da mídia foi tanto que falaram até sobre o carro do cara. E ainda teve gente fazendo suástica em si próprio para dizer que foram os eleitos do Bolso.

Fiquei contente com a vitória do Kim Kataguiri (22 anos) para Deputado Federal com +400 mil votos e do Arthur Moledo, ambos simpatizantes do MBL, e também da Janaína Pascoal, advogada que iniciou o processo de Impeachment da Dilmanta. Enfim, foram eleitos vários deputados do partido NOVO e vários novos (de idade rs), agora essa poha vai andar.

Dia 28 é 17 na urna. Vai ser vitória de 61%. AVANTE!


RE: Eleições 2018. - Digons - 17-10-2018

Acredito que não há nenhum jeito de vencer o BOlsonaro. Mesmo com essas urnas fraudadas, ainda dará Bolsonaro, porque o número de pessoas é tão enorme que isso vai fazer pouca diferença. Acredito que ele esteja com 70% de intenção de votos, essa é a verdade.

Só existe uma maneira de vencer ele, que é o assassinato. Caso isso aconteça (o que eu, infelizmente, não acho difícil), eu sou Ciro desde criancinha yaoming


RE: Eleições 2018. - xandysmaster - 17-10-2018

votar no mito pra que... queria mto meus boletos pagos e nome limpo haha


RE: Eleições 2018. - Tyrant - 17-10-2018

Se matarem ele eu desisto do Brasil, foda-se.


Vou votar e fazer campanha pro PT até eles conseguirem o que querem e isso aqui virar um holocausto.

Vou apoiar aborto, droga, homossexualismo, venda de voto, Lei Rouanet, feminazismo, tudo que tiver de pior até ver a queda da Babilônia.


RE: Eleições 2018. - Thanatos - 17-10-2018

Alguém entende de legislação eleitoral? O que acontece em caso de assassinato? Sei que INFELIZMENTE é uma possibilidade real...


RE: Eleições 2018. - Diamante - 17-10-2018

- Vocês estão muito apocalípticos.  

- Relaxem.


RE: Eleições 2018. - Digons - 17-10-2018

O que acontece é que o Ciro, terceiro colocado, iria para o segundo turno junto ao Haddad,


RE: Eleições 2018. - Bruno Padilha - 17-10-2018

Aí o vice assume, é a mesma chapa, mesma coligação.




[Imagem: denis-pimentinha3.jpg]



Mas isso não acontecerá.


RE: Eleições 2018. - Tyrant - 18-10-2018

(17-10-2018, 11:02 PM)Bruno Padilha Escreveu: Aí o vice assume, é a mesma chapa, mesma coligação.




[Imagem: denis-pimentinha3.jpg]



Mas isso não acontecerá.

Se matarem após as eleições né... vi um video no twitter hj em que o Andrade diz que "não importa o que aconteça nas próximas semanas o Lula precisa ser o novo presidente do Bostil", ou seja, um pedido e aviso cifrado de "Tá liberado fazer merda" pros militantes. Vi outro tbm de um FDP de UBATUBA, militante famoso, que vestiu uma camisa amarela "Meu partido é o Brasil", colocou óculos escuro e boné e foi chingar pessoas na porta de uma grande igreja de lá, e numa carreta do Andrade ele pegou sua pick-up e ficou fazendo arruaça, tudo pra incriminar os eleitores do Mito. Se eu achar de novo os videos ou links posto aqui.


RE: Eleições 2018. - Avenger - 18-10-2018

Esse do cara se passando por eleitor do Mito eu vi hj de manhã no foicebook, já postaram junto a foto da carteirinha de afiliado do PT do cara. 

A que ponto chega o desespero das criaturas, e assistindo o video dá pra ver que é um vermelho disfarçado, pq o jeito de chegar gritando e se impondo como se a opinião deles fosse lei é característico deles, só comparar com outros vídeos da ptzada se exaltando pelas ruas.