Fórum do Búfalo
Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Versão de Impressão

+- Fórum do Búfalo (http://forum.bufalo.info)
+-- Fórum: Mulheres/Feminazismo/Relacionamentos (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=4)
+--- Fórum: Geralzão da Real (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=8)
+---- Fórum: Plantão de Notícias (http://forum.bufalo.info/forumdisplay.php?fid=11)
+---- Tópico: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" (/showthread.php?tid=6643)



Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Homem de Gelo - 03-06-2014

[Imagem: imagem-de-propaganda-do-site-bom-negocio...15x300.jpg]

Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente"

A propaganda do site de classificados Bom Negócio com o cantor Compadre Washington, que ficou famosa por resgatar o bordão "Sabe de nada, inocente", terá de ser retirada do ar. O motivo é o uso, no comercial, da palavra "ordinária" para se referir a uma mulher.

Segundo o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), cerca de 50 consumidoras reclamaram do comercial, que consideraram "ofensivo".

Em reunião realizada nesta terça-feira (27), o Conar decidiu, por unanimidade, que o anúncio só poderá ser veiculado se a parte em que a palavra "ordinária" é citada for modificada.

Como a decisão foi em primeira instância, cabe recurso por parte do site Bom Negócio. Procurada pela reportagem, a empresa disse que vai "aguardar a notificação do órgão para tomar as devidas providências".

Cantor faz papel de aparelho de som
No comercial, Compadre Washington faz o papel de um aparelho de som antigo que elogia uma mulher ao vê-la entrar na piscina. Ela está ao lado do marido.

"Que abundância, meu irmão. Assim você vai matar papai, viu? Esse aí é que é seu marido, é? Sabe de nada, inocente! Vem, vem, ordiná...", diz o cantor.

A palavra "ordinária" não chega a ser pronunciada por inteiro porque, nesse momento, o marido se desfaz do aparelho de som por meio do site de classificados.

A propaganda com Compadre Washington faz parte de uma série de comerciais que a empresa vem colocando no ar nos últimos meses.

O cantor Supla e o ex-jogador de futebol argentino Maradona foram alguns dos protagonistas. Supla faz o papel de uma bateria e Maradona, de uma poltrona.

Fonte: http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2014/05/28/consumidoras-reclamam-e-conar-suspende-anuncio-do-sabe-de-nada-inocente.htm

facepalm:


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - cabraman - 03-06-2014

Nação feminazi, na bahia as ordinarias ficaram indignadas


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Gekko - 04-06-2014

Enquanto isso nossas mais de 300 reclamações com algo realmente ofensivo que foi aquele comercial da Bombril não deram em nada. Alguém duvida que a coisa é propositalmente tendenciosa e que isso vem de cima?


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - PRAGAKHAM - 04-06-2014

Quando falam a verdade a ferida dói, e como na politica!


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Gobila - 04-06-2014

Isso é hipocrisia, agora dar força para 50 consumidoras derrubarem a propaganda, ai é ditadura feminazista.


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Angelo Henrique - 04-06-2014

Quanta besteira.

Agora, costurar uma vagina em um evento "cultural" na UFF pode.


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Tiago Sorine - 04-06-2014

Êta Mainha....Danada!!!

Matou o papai!! yaoming


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Vasiliy Zaytsev - 04-06-2014

Esses publicitários são uns BUNDÕES também hein!


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Gekko - 05-06-2014

Não esqueçam que uma acusação falsa de uma camareira de hotel derrubou o presidente do FMI.


RE: Consumidoras reclamam, e Conar suspende anúncio do "sabe de nada, inocente" - Tom Cruise - 06-06-2014

" O motivo é o uso, no comercial, da palavra "ordinária" para se referir a uma mulher."

Ai eu pergunto,o que aconteceria se fosso o contrário? Se fosse "ordinário"?

feminazismo busca igualdade,eles disseram.